Diocesano lança edital para contratação de professor de língua portuguesa

O Colégio Diocesano de Caruaru lançou, nesta segunda-feira (13), mais um edital para realização do concurso para professores. Desta vez, a oportunidade é para professor de língua portuguesa para as séries finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e Ensino Médio .

As inscrições serão realizadas de 13 de outubro a 7 de novembro, no horário das 14h às 17h, na Secretaria da escola. Os interessados deverão apresentar curriculum vitae com foto, cópias do diploma ou certificado da licenciatura em Letras, do RG e do CPF.

O concurso ocorrerá em três etapas. A primeira será no dia 11 de novembro e constará de uma redação e prova de português (com assuntos do programa do Ensino Fundamental II e 1º ano do Ensino Médio). A avaliação será aplicada às 14h. A segunda fase será aula ministrada em turma do Ensino Fundamental II e/ou Médio, a ser realizada em dia e horário marcados após confirmada a aprovação do candidato na primeira etapa. Já a terceira e última fase constará de uma entrevista com os candidatos aprovados na segunda etapa.

O edital completo está disponível no link: http://portal.diocesano-caruaru.com.br/diocesano_editalconcursoprofessorlinguaportuguesa2014.pdf

Escolas municipais não terão aula nesta quarta

A Secretaria de Educação informou por meio de nota que, nesta quarta-feira, 15, não haverá aula nas escolas da rede municipal de ensino e nem expediente na sede do órgão, em comemoração ao Dia do Professor.
Os trabalhos, tanto nas escolas quanto na sede da Secretaria de Educação voltam a acontecer normalmente na quinta-feira, 16.

Lideranças rurais afirmam apoio à Dilma durante encontro da Fetape

Trabalhadores rurais de várias regiões de Pernambuco participam, nesta terça-feira (14) da reunião do Conselho Deliberativo da  Federação dos Trabalhadores Rurais no Estado de Pernambuco (Fetape). Considerado o mais importante encontro da categoria, o evento contou com diversas lideranças políticas, entre elas o senador Humberto Costa, líder do PT no Senado Federal e coordenador da campanha da presidenta Dilma Rousseff em Pernambuco. Durante o evento, que acontece em Carpina, na Mata Norte do Estado,  dezenas de sindicatos e movimentos sociais do interior afirmaram o apoio à candidatura de Dilma para o segundo turno.

Foto Ana Celia Floriano _DIvulgacaoAlém de Humberto Costa, participam também da reunião o  ministro-chefe da Secretaria-geral da Presidência, Gilberto Carvalho; o presidente da Fetape, Doriel Barros, além de prefeitos e vereadores de municípios pernambucanos. A plenária reforçou a decisão da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), que na última quinta-feira também declarou apoio à campanha presidencial do PT.

Durante pronunciamento, o senador fez questão de lembrar o apoio dos governos Lula e Dilma aos trabalhadores rurais. “Todos vocês sabem porque devemos reeleger a presidente Dilma. Conquistamos avanços importantes que olhou para os trabalhadores rurais e para a agricultura familiar, aqueles que vivem no campo”, lembrou Humberto.  “Nosso governo, no essencial, representa os pobres, oprimidos e esses trabalhadores do Brasil”, ressaltou.

Pernambuco leva gastronomia e cultura para 4º Festival de Turismo de João Pessoa

Nos dias 17 e 18 deste mês, a Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur-PE) por meio da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) participa do 4º Festival do Turismo de João Pessoa, na Paraíba. Este é o principal evento do segmento turístico no Nordeste e tem como estimativa reunir cerca de 1.600 visitantes.

Pernambuco participará da mostra com um lounge triplo, ambientado com figuras do Movimento Armorial, dando sequência a nova identidade promocional do turismo de Pernambuco, lançada em setembro, na 42º Feira das Américas – ABAV. Haverá um espaço dedicado à gastronomia com a distribuição de tapiocas feitas pela famosa tapioqueria olindense, Dona Bia. Em parceria com o projeto de marketing digital CurtaPE, a Empetur promove novamente o Café Curta PE,  além da distribuição de folheteria promocional. Na sexta-feira, (17), Pernambuco promoverá palestra de capacitação ministrada pelos executivos do marketing da Empetur, além de representantes do trade pernambucano.

“Participamos do Festival de Turismo de João Pessoa desde a primeira edição e sempre com muito destaque, pois acreditamos que o evento é o melhor e mais bem visto do segmento em todo o Nordeste”, comenta a diretora comercial da Empetur, Maria Cláudia de Paula.

57% dos consumidores da terceira idade não têm qualquer reserva de dinheiro, aponta SPC Brasil

O segundo detalhamento de uma pesquisa encomendada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pelo portal de educação financeira Meu Bolso Feliz sobre a atividade econômica na terceira idade revela que a maioria (57%) dos consumidores com mais de 60 anos não possui qualquer tipo reserva financeira ou investimentos. Para chegar a este resultado, os entrevistadores ouviram 632 pessoas com mais de 60 anos, de todas as capitais brasileiras.

De acordo com o relatório, apesar de 72% dos consumidores com mais de 60 anos declararem ter atualmente uma situação financeira estável, essa tranquilidade parece não ter sido conquistada com uma preparação financeira ao longo dos anos para aproveitar a terceira idade.

A maioria dos idosos entrevistados está na corda bamba quando o assunto é imprevistos: 57% não possuem nenhum tipo de investimento ou qualquer reserva de dinheiro.”Essa situação é ainda mais comum entre os entrevistados com baixa escolaridade [68%] e os pertencentes à classe D e E [77%]“, afirma a economista do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Para a especialista, esse tipo de reserva é essencial – principalmente na terceira idade. “É o momento em que a pessoa precisa ter uma boa poupança para lidar com imprevistos de saúde, arcar com despesas de remédios, completar os itens básicos do mês que não puderam ser comprados com a aposentadoria e, claro, aproveitar os prazeres dessa fase da vida”, orienta Kawauti.

E segundo dados do estudo, é a preocupação com os familiares e amigos é um dos principais motivos para os consumidores com mais de 60 anos não conseguirem fazer um pé de meia: quase a metade dos idosos entrevistados (47%) garante que pensa no futuro da família e acaba deixando de fazer coisas que gostaria para manter uma reserva financeira.

Lidando com o dinheiro

Os consumidores da terceira idade garantem que estão no comando de suas ações financeiras e revelam ser independentes para tomar suas próprias decisões: 81% deles afirmam não depender de ninguém para gerir as próprias contas.

No entanto, novamente o estudo aponta que a conquista dessa autonomia não foi acompanhada de um amadurecimento das práticas de Educação Financeira: somente quatro em cada dez (41%) entrevistados com mais de 60 anos dizem saber como calcular os juros de empréstimos. Este percentual aumenta entre os homens (45%), os que têm escolaridade superior (67%) e os que estão nas classes A e B (55%).

As facilidades do Internet Banking também estão longe do público consumidor da terceira idade: apenas 9% afirmam fazer transações bancárias e pagar contas pela web. “Este público é do tipo que gosta de ir pessoalmente ao banco, pagar as contas no balcão e conversar com o gerente. Mas é importante que tomem conhecimento sobre a segurança que as transações virtuais atualmente oferecem e principalmente sobre a comodidade deste tipo de serviço”, aconselha o educador financeiro do portal Meu Bolso Feliz, José Vignoli.

Controle financeiro

O estudo do SPC Brasil e do Meu Bolso Feliz também questionou os entrevistados sobre as maneiras utilizadas para manter o controle de suas finanças. 38% afirmam fazer algum tipo de controle, seja por anotações no papel ou em planilhas eletrônicas. Por outro lado, 40% dos entrevistados garantem que fazem tudo de cabeça e outros 14% admitem não manter controle algum sobre as próprias finanças. Ainda assim, no geral, 74% afirmam não perder mais o controle de seu orçamento do que há alguns anos. “São dados bem otimistas. Não existe a melhor maneira de controlar os gastos. Cada um sabe o que é mais eficiente e prático para si na hora de anotar as despesas. O importante é não perder o controle, como mostra o estudo”, ensina Vignoli.

Endividamento

As dívidas em atraso, segundo dados do estudo, são uma realidade presente na vida destes consumidores: três em cada dez (32%) já tiveram o nome incluído em serviços de proteção ao crédito somente no último ano. E de acordo com estimativas do SPC Brasilo número de idosos inadimplentes já chega a 4 milhões de pessoas, o que representa cerca de 25% da população acima de 65 anos.

“A média nacional de crescimento de pessoas inadimplentes nas bases do SPC Brasil atualmente é de 3,8%. Quando consideramos só a população entre 64 e 94 anos, o crescimento é de 7,5%, bem acima da média”, afirma Kawauti.

Curiosamente, o estudo aponta que a causa mais comum para os idosos terem o nome negativado é ter ajudado pessoas próximas. ”Dois em cada dez [21%] idosos que tiveram o nome sujo não puderam pagar suas contas, porque emprestaram o nome para financiar compras e pegar empréstimos para amigos e parentes. Essa prática é muito arriscada. Ficar com o nome sujo pode significar ficar sem crédito para realizar um sonho ou lidar em uma situação de emergência”, orienta Vignoli.

Segundo o estudo, a segunda causa mais comum, com 19%, das respostas, é o mau planejamento financeiro, seguido de problemas de saúde (11%), descontrole dos gastos (8%) e de cobranças indevidas (6%).

Metodologia

O objetivo do estudo foi mapear o perfil e o comportamento de consumo da população brasileira idosa. Para chegar às respostas, o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e o portal de educação financeira ‘Meu Bolso Feliz’ entrevistaram pessoalmente 632 consumidores com idade acima de 60 anos de ambos os gêneros e de todas as classes sociais nas 27 capitais brasileiras. A margem de erro é de no máximo 3,9 pontos percentuais para um intervalo de confiança a 95%. Isso significa que em 100 levantamentos com a mesma metodologia, os resultados estarão dentro da margem de erro em 95 ocasiões.

Termina hoje prazo para partidos entregarem lista de filiados

Os 32 partidos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) têm até esta terça-feira (14) para encaminhar, via internet, a relação de seus filiados.  Esta é uma exigência da Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9.096/1995), a qual determina que as listas devem conter a data de filiação e o número dos títulos e das seções eleitorais em que os filiados estiverem inscritos.

As informações devem ser enviadas à Justiça Eleitoral todos os anos, nos meses de abril e outubro, pelos próprios partidos, por meio do sistema Filiaweb, aplicativo disponível no Portal do Tribunal Superior Eleitoral .

Após receber a relação dos filiados, o Tribunal Superior Eleitoral inicia o procedimento de identificação das duplicidades de filiação partidária, isto é, destaca as pessoas que figuram no sistema como ligadas a mais de uma legenda.

A legislação eleitoral determina que, se a relação de filiados não for enviada pelos partidos até o prazo fixado no provimento da Corregedoria-Geral Eleitoral, a filiação constante na última relação remetida à Justiça Eleitoral permanecerá inalterada (parágrafo 1º do artigo 19 da Lei dos Partidos Políticos).

Filiados

O sistema Filiaweb contabiliza, atualmente, 15.319.473 eleitores filiados a alguma agremiação. A legenda com o maior número de filiados é o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB): 2.354.464 (15,36%) inscritos. O Partido dos Trabalhadores (PT) ocupa a segunda posição, com 1.588.733 (10,37%) filiados. A agremiação com o menor número de filiados é o  Partido da Causa Operária (PCO), que conta com 2.658 (0,017%) eleitores inscritos.

Asces divulga manual do candidato para vestibular 2015

A Faculdade Asces organiza a realização do Vestibular 2015, que será
realizado no domingo, 23 de novembro, às 13:30h. O cronograma do
certame e também o Manual do Candidato, com todas as normas e
esclarecimentos, já estão disponíveis nos sites www.asces.edu.br/vestibular
www.curseltec.com.br/asces . O período de inscrições acontecerá entre 27
de outubro e 18 de novembro, pelo valor de R$ 110,00.

A Asces passa a oferecer 16 cursos de graduação, contando com três campi,
além de diversos espaços anexos. A novidade deste ano é o lançamento do
Bacharelado em Nutrição e em Comunicação Social – Jornalismo, além dos
tradicionais cursos de Administração Pública, Biomedicina, Direito,
Educação Física (Bacharelado), Educação Física (Licenciatura), Enfermagem,
Engenharia Ambiental, Engenharia de Produção, Farmácia, Fisioterapia,
Odontologia, Relações Internacionais, Saúde Coletiva, Serviço Social.

A faculdade montará estandes informativos sobre os cursos nos dois
shoppings de Caruaru, Difusora e North, além de manter a comunicação direta
por meio da sua página oficial na Internet. Fique conectado às nossas redes
sociais e ao Portal Asces (www.asces.edu.br) para acompanhar todos os
detalhes deste processo. O início das aulas para a primeira entrada será no
dia 02 de fevereiro e para a segunda entrada, em 03 de agosto de 2015.

Proprietários de lavanderias assinam termos aditivos

O Ministério Público, em parceria com a Prefeitura e o CPRH, deu mais um passo importante no ordenamento das atividades das lavanderias em Caruaru. Em audiência realizada na manhã da última terça-feira (14), em sua sede, no bairro Universitário, o MP colheu as assinaturas dos termos aditivos de ajustamento de conduta, que haviam sido acordados com os proprietários dos estabelecimentos. No encontro, estes últimos se enquadraram oficialmente a quatro opções: mudança para o Distrito Industrial, mudança para outros locais, permanência nos espaços onde já vêm atuando bem como encerramento das atividades.

De acordo com a promotora de justiça Gilka Miranda, que esteve à frente das negociações desde o início, a elaboração dos termos aditivos foram frutos de várias reuniões com os proprietários ao longo dos últimos dois anos. “Na prática hoje eles assinaram a termos complementares ao que já vinha sendo definido desde 2012. Uns irão se transferir para o Distrito, onde a Prefeitura cederá a estrutura física. Já outros preferiram permanecer ou mudar para locais que atendam as determinações da legislação ambiental. Por fim, também tiveram aqueles que optaram em encerrar as suas atividades. Com o ato de hoje, Caruaru conquistou uma grande vitória na preservação de seu meio ambiente”.

Após as assinaturas dos termos aditivos, agora o Ministério Público ficará atento aos prazos estipulados. “Como foram definidas quatro situações, eles serão alternados. Por exemplo, para quem conseguiu ficar no seu local de atuação o prazo será mais curto. Em contrapartida, quem irá se transferir para o Distrito Industrial terá um tempo maior para se adequar”, finalizou Gilka Miranda.

Aposentados devem comprovar que estão vivos para não perderem seu benefício perante INSS

Cerca de dois milhões de beneficiários do INSS ainda não formalizaram a prova de vida, também chamada fé de vida. O prazo inicial para a renovação da senha e a comprovação de vida nas instituições bancárias era 28 de fevereiro de 2014, porém, foi prorrogado até 31 de dezembro deste ano.

Conforme informações da Dra. Simony Prado, advogada da ANSP – Associação Nacional da Seguridade e Previdência, o recadastramento é obrigatório, e feito por meio da renovação da senha utilizada para recebimento do benefício. Contudo, apesar de ser um procedimento simples, a não realização causa a cessação do benefício e caso isso ocorra, o segurado deverá se submeter a todos os procedimentos para requerimento de um novo benefício.

Ainda de acordo com a Dra. Simony, para realizar este recadastramento o segurado não precisa comparecer na Agência da Previdência Social. “A prova de vida deverá ser formalizada na Agência do seu banco pagador, onde habitualmente recebe seu benefício, por meio da renovação de sua senha. Para isso, basta estar munido de documento de identificação com foto e de fé pública (Carteira de identidade, Carteira de trabalho, CNH, entre outros)” explica.

O recadastramento para prova de vida é muito importante para o segurado, uma vez que garantirá o recebimento de seu benefício, além disso, é uma arma importante contra fraudes. Contribui com a diminuição do contingente de crimes de fraude previdenciária, como recebimento por parente de benefício de segurado já falecido.

A ANSP oferece para seus associados à orientação e consultoria previdenciária pessoal. Além de profissionais especializados e altamente qualificados, sempre atentos aos interesses dos segurados. Mais informações através do site: www.anspbeneficios.org.br

Associação de Magistrados defende atuação de juiz da operação Lava Jato

Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e a Associação Paranaense dos Juízes Federais (Apajufe) lançaram nota nesta segunda-feira (13) em defesa à atuação do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas ações penas relativas à Operação Lava Jato. O magistrado virou alvo de críticas da presidenta Dilma Rousseff e de petistas após a divulgação de depoimentos na semana passada.
Na nota, as associações afirmam que os depoimentos do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef foram divulgados pelo fato de as ações penais da Lava Jato não estarem cobertas pelo sigilo de Justiça. Somente as declarações dadas no processo de delação premiada não podem vir à público.

“Diante disso, declaramos total apoio e confiança no trabalho desenvolvido com zelo e responsabilidade pela Justiça Federal do Paraná a partir da investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na denominada Operação Lava Jato. A Ajufe e Apajufe não aceitam qualquer declaração que possa colocar em dúvida a lisura, eficiência e independência dos magistrados federais brasileiros”, diz a nota.

Dilma Rousseff, por exemplo, chegou a dizer que o “vazamento” dos depoimentos era uma “tentativa de golpe”. Hoje, o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), disse “não ser útil” para a eleição virem à público as declarações de Costa. “Sei que essas informações estão ainda sob sigilo e eu pedi essas informações, então eu acho muito estranho e estarrecedor que no meio da campanha eleitoral façam esse tipo de divulgação”, afirmou a petista na sexta-feira.

Leia a íntegra da nota:

“Nota à Imprensa sobre a Operação Lava Jato

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE) e a Associação Paranaense dos Juízes Federais (APAJUFE), em razão das inúmeras declarações públicas de supostos “vazamentos” de informações sigilosas na denominada “Operação Lava Jato”, esclarecem:

Os processos judiciais, em regra, são públicos e qualquer pessoa pode ter acesso, inclusive às audiências, salvo nas hipóteses de segredo de justiça de acordo com as previsões legais dos artigos 5º, LX, e 93, IX da Constituição. A publicidade dos processos e das decisões judiciais visa exatamente a garantir o controle público sobre a atividade da Justiça.

As 10 (dez) ações penais da “Operação Lava Jato” que tramitam na 13ª vara federal da Justiça Federal do Paraná não estão em segredo de justiça, inclusive a ação penal na qual foram realizados os interrogatórios dos acusados Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef, entre outros réus.

Por outro lado, os depoimentos prestados na fase de investigação e em decorrência da delação premiada encontram-se em segredo de justiça, sob a análise do Supremo Tribunal Federal, e não se confundem com as declarações prestadas ou que ainda serão prestadas na referida ação penal, que são de caráter público.

Diante disso, declaramos total apoio e confiança no trabalho desenvolvido com zelo e responsabilidade pela Justiça Federal do Paraná a partir da investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na denominada “Operação Lava Jato”.

A AJUFE e APAJUFE não aceitam qualquer declaração que possa colocar em dúvida a lisura, eficiência e independência dos magistrados federais brasileiros.

Antônio César Bochenek
Presidente da Ajufe

Anderson Furlan
Presidente da Apajufe