Jorge Gomes cumpre agenda no feriado de 7 de Setembro

29444899681_9571aafe5d_k

A manhã do feriado de 7 de Setembro foi movimentada para o candidato a prefeito Jorge Gomes (PSB). Acompanhado da militância, ele percorreu a avenida Joaquim Nabuco, na via paralela, onde acontecia o desfile cívico. Muita gente festejou a passagem de Jorge Gomes, futuro prefeito de Caruaru. “O desfile mostra o trabalho que é realizado nas escolas pela Prefeitura. É bonito de se ver. Todas as crianças fardadas e dando show. Quero ver Jorge Gomes continuando esse trabalho”, disse a dona de casa Verônica dos Santos.

Depois da presença no ato cívico, Jorge Gomes participou de uma reunião com os moradores do Sítio Cipó, na zona rural de Caruaru. Embaixo da sombra generosa de uma árvore, os moradores falaram sobre os avanços na comunidade, a exemplo da instalação de uma Unidade de Saúde da Família, fruto do Orçamento Participativo. “Tudo que conquistamos aqui foi através do grupo político de Zé Queiroz e Jorge Gomes. Queremos mais. Precisamos do saneamento e tenho confiança que Jorge vai tornar esse desejo em realidade”, afirmou Caetano, presidente da Associação de Moradores.

Acompanhado do prefeito José Queiroz, o candidato a prefeito Jorge Gomes destacou a sua história política, com a experiência de ter participado dos governos Arraes e de Eduardo, e se comprometeu a estar ainda mais perto dos moradores do Sítio Cipó nos próximos quatro anos. “Sei da luta dessa comunidade e vou trabalhar para que as condições de vida dos moradores melhorem cada vez mais, especialmente com a implantação do saneamento no local”, garantiu.

7 de setembro com gritos de “Fora Temer” em Brasília

Michel Temer foi surpreendido com gritos de “Fora Temer” e “golpista” na abertura do desfile militar de 7 de Setembro nesta manhã, em Brasília, em seu primeiro evento público após ser efetivado na presidência da República, há exatamente uma semana.

Os gritos partiram do público posicionado em uma das arquibancadas cobertas próxima ao peemedebista, onde os convidados são selecionados. A manifestação aconteceu quando Temer chegava à tribuna de honra, de onde assiste ao evento ao lado da esposa, Marcela Temer, e autoridades como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski.

O desfile foi oficialmente aberto por Temer às 9h15 desta quarta-feira. Temer não usa faixa presidencial neste quarta, como segue a tradição, e com medo de protestos, não se deslocou para a tribuna no Rolls-Royce conversível do Planalto, usado em ocasiões especiais, mas sim em um carro fechado.

O feriado da Independência, quando tradicionalmente acontece o Grito dos Excluídos, promete manifestações em todo o País contra o impeacment, o governo de Michel Temer, a retirada de direitos e em defesa da democracia.

/**/

Bruno Lambreta prestigia desfile cívico de Caruaru

IMG-20150907-WA0115

Em comemoração a Independência do Brasil, festejado no último dia 7, o vereador Bruno Lambreta (PSD), participou na manhã de segunda-feira do desfilo cívico de Caruaru, realizado na Avenida Joaquim Nabuco.

No local, o parlamentar prestigiou o evento e aproveitou também para parabenizar todos os responsáveis pela organização. “Além de uma data tão importante para o nosso país, também é o momento de parabenizar toda equipe responsável por este desfile, não só a prefeitura que mais um ano fez um belíssimo trabalho, mas também todos os envolvidos, desde os coordenadores das escolas, alunos, bem como o público que se fez presente”, disse Bruno em conversa no palanque oficial do evento.

Além do vereador diversas autoridades compareceram ao desfile.

Manifestantes vendem ‘Pixulequinhos’ durante 7 de Setembro em Brasília

boneco-inflavel-lula

Da Folhapress

O Movimento Brasil levou para a Esplanada dos Ministérios ontem (7) miniaturas do Pixuleko, apelido dado ao boneco inflável do ex-presidente Lula. Em pouco tempo, todos os 600 bonequinhos foram vendidos por R$ 10 cada um.

“É meu souvenir de 7 de Setembro”, disse uma ciclista, que comprou um boneco. Ela não quis ter seu nome divulgado.

A miniatura tem cerca de 30 centímetros e é inflável como o boneco gigante, que ficou famoso após sua primeira aparição nas manifestações contra o governo Dilma Rousseff no mês passado.

“Foi a primeira vez que confeccionamos os minipixulekos. Sucesso total. O PT conseguiu unir todo mundo contra ele”, afirmou a médica Helen Arruda, integrante do Movimento Brasil.

O médio Manoel Augusto Soares, 70, que também participa do Movimento disse que o grupo está vendendo ainda camisetas com a imagem do rosto do juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em Curitiba (PR). Cada camiseta custa R$ 30.

Há também camisetas com a imagem do boneco de Lula. Até as 10h, o Movimento havia vendido 100 unidades, por R$ 30 cada uma.

O dinheiro arrecadado com a venda dos souvenirs financia a manutenção dos bonecos gigantes e as viagens dos manifestantes.

Soares reclamou de uma barreira feita com placas de metal que isola uma das vias do Eixo Monumental, onde está montado o palanque das autoridades que acompanham o desfile cívico.

“Ela (Dilma) colocou esse muro com medo que fôssemos lá vaiar. É o muro da vergonha, nunca houve isso”, disse Soares.

As placas de metal têm sido colocadas desde 2013 nos desfiles de 7 de Setembro na capital federal, depois das manifestações de junho daquele ano. Nesta segunda-feira, a área isolada é um pouco maior do que a de 2014.

Desfile cívico atraiu milhares de pessoas para a avenida Joaquim Nabuco

Milhares de pessoas compareceram à avenida Joaquim Nabuco para prestigiar o desfile de 7 de Setembro em Caruaru, que este ano contou com a participação de cerca de oito mil desfilantes.

Durante o percurso, estudantes de 23 escolas municipais, estaduais e particulares tomaram conta da avenida. O prefeito José Queiroz (PDT) avaliou o desfile como positivo.

“Este ano foi ratificado o acerto em trazer o evento para a avenida Joaquim Nabuco, pois hoje, apesar de ser um feriadão, a participação das pessoas foi, sem dúvida, um recorde na história dos desfiles de 7 de Setembro em Caruaru”, destacou.

Ao todo, se apresentaram no desfile estudantes de 23 escolas, 14 entidades civis e cinco militares.

Dilma: “Se cometemos erros, vamos superá-los”

Da Folhapress

A presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira (7) que as dificuldades econômicas que o país enfrenta obrigaram o governo a administrar “remédios amargos” e exigem que as forças políticas ponham de lado “interesses individuais ou partidários”.

Em pronunciamento divulgado nas redes sociais da internet para celebrar o Sete de Setembro, a presidente admitiu que políticas adotadas em seu primeiro mandato contribuíram para as dificuldades atuais, mas disse que seu objetivo era preservar empregos e investimentos.

“As dificuldades e os desafios resultam de um longo período em que o governo entendeu que deveria gastar o que fosse preciso para garantir o emprego e a renda do trabalhador, a continuidade dos investimentos e dos programas sociais”, disse. “Agora, temos que reavaliar todas essas medidas e reduzir as que devem ser reduzidas.”

Ela defendeu as medidas de austeridade adotadas pelo governo, que incluíram cortes de despesas e aumento das taxas de juros, como necessárias para conter a inflação e recuperar a economia. “Se cometemos erros, e isso é possível, vamos superá-los e seguir em frente”, afirmou. “Alguns remédios para essa situação, é verdade, são amargos, mas são indispensáveis”.

“As medidas que estamos adotando são necessárias para botar a casa em ordem, reduzir a inflação, por exemplo, nos fortalecer diante do mundo e conduzir o mais breve possível o Brasil à retomada do crescimento”, acrescentou. Dilma defendeu o “esforço de todos” para superar a crise. “A união em torno dos interesses de nosso país e de nosso povo é a força capaz de nos conduzir nessa travessia”, disse. “Devemos nesta hora estar acima das diferenças menores, colocando em segundo plano os interesses individuais ou partidários.”

A presidente se disse “preparada” para “conduzir o Brasil no caminho de um novo ciclo de desenvolvimento”, retomando o discurso que adotou na campanha eleitoral do ano passado, e disse que não haverá “recuos” nem “retrocessos”.

“Nenhuma dificuldade me fará abrir mão da alma e do caráter do meu governo”, afirmou. “A alma e o caráter do meu governo é assegurar, neste país de grande diversidade, oportunidades iguais para nossa população, sem recuos, sem retrocessos.”

Governador defende fortalecimento das instituições no desfile da Independência

General Manoel Luiz Narvaz Pafiadache e Paulo Câmara em passagem à tropa (Foto: Roberto Pereira/SEI)

O governador Paulo Câmara participou do desfile cívico-militar, que celebrou o 193º aniversário da Independência do Brasil, nesta segunda-feira (7), no Recife. Cerca de oito mil pessoas acompanharam o ato, na avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, no bairro da Imbiribeira.

O desfile, que percorreu um trajeto de quatro quilômetros, entre o viaduto Tancredo Neves e as proximidades da ponte Motocomlobó, contou com a participação de 4,5 mil estudantes e entidades, de 40 escolas estaduais, 25 municipais e oito particulares; além de 3,5 mil militares.

“O Brasil precisa fortalecer suas instituições com democracia, transparência e mais vontade de ajudar o próximo. Em momentos como o do 7 de setembro, é importante fazermos essa reflexão: de que precisamos superar muitos desafios. Com união e harmonia, as coisas ficam mais fáceis”, destacou Paulo Câmara.

Antes do desfile, acompanhado do general Manoel Luiz Narvaz Pafiadache, comandante do Exército, o chefe do Executivo pernambucano seguiu de carro aberto, um Lincoln 1933, do Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães, o Geraldão, até o viaduto Tancredo Neves, para a revista à tropa.

Presidente abre comemorações do 7 de Setembro em Brasília

A presidente Dilma Rousseff abriu há pouco o desfile de 7 de Setembro na Esplanada dos Ministérios. Ela chegou ao palanque de autoridades no Rolls Royce presidencial aberto, acenando para o público. Ela foi recebida pelo vice-presidente da República, Michel Temer, pelo ministro da Defesa, Jaques Wagner, e o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.

Logo após a chegada da presidente, começaram os ritos oficiais, com a fanfarra dos dragões da independência tocando o Hino Nacional acompanhada do coral dos alunos do Colégio Militar de Brasilia. Este ano, os atletas paralímpicos são os responsáveis por levar o fogo simbólico.

Ao todo, 3 mil militares, entre homens e mulheres, desfilarão sob o som das bandas do Batalhão de Polícia do Exército e do Batalhão da Guarda Presidencial. Um dos momentos mais aguardados do desfile é a apresentação da Esquadrilha da Fumaça, que volta à parada após dois anos sem participar.

Durante o desfile, o Exército fará uma homenagem aos 70 anos da Força Expedicionária Brasileira com comboio de 26 viaturas históricas utilizadas durante a Segunda Guerra Mundial, algumas delas vieram de Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte.

Feriado: Expediente para uns, descanso para outros

Pedro Augusto

No Dia da Independência do Brasil, comemorado nesta segunda-feira (7), em todo o país, apenas os centros de compras e os serviços essenciais estarão funcionando em Caruaru. De acordo com o auditor fiscal da Agência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego, Francisco Reginaldo, o desempenho das atividades vem a atender a decreto estabelecido pela Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016. Entretanto, para que isso ocorra sem nenhum atropelo, é necessário que os empregadores garantam folga em data posterior ou efetuem pagamento de diária redobrada aos seus funcionários.

“Assim como nos outros, neste feriado estaremos circulando pelo município com o objetivo de fiscalizar as atividades. O estabelecimento que for pego cometendo alguma irregularidade, no tocante ao direito do trabalhador, ficará sujeito à quitação de multa”, reforçou Francisco Reginaldo.

Se pela CCT, o Caruaru Shopping, Shopping Difusora e o Polo Caruaru estão autorizadas a funcionar, o mesmo não poderá acontecer com as lojas do Centro. No Dia da Independência do Brasil, elas deverão estar de portas fechadas.

Sem expediente ainda estarão as lojas e os centros de compras do entorno do Parque 18 de Maio, que não comportará as atividades da Sulanca na data habitual. “Conforme também determinação da CCT 2015/2016, sempre que um feriado cair na segunda, a Sulanca tem de ser realizada no dia posterior, ou seja, na terça-feira. Em 2015 já observamos duas mudanças referentes à data e podemos afirmar que os faturamentos registrados acabaram sendo positivos. Essa também é a nossa expectativa quanto à feira do próximo dia 8”, avaliou o diretor do Departamento Municipal de Feiras e Mercados, Felipe Ramos.

Horários

De acordo com o seu Departamento de Marketing, no feriado da Independência, o Shopping Difusora estará com as lojas abertas das 11h às 20h. Já o Polo Caruaru funcionará das 9h às 18h e o Caruaru Shopping, das 10h às 20h.

Escolas preparadas para o Desfile de 7 de Setembro

O momento mais esperado das comemorações do Dia da Independência do Brasil ocorrerá nesta segunda-feira (7) em Caruaru, quando os alunos da rede municipal de ensino se apresentarão no desfile cívico-militar, que este ano estima a participação de cerca de oito mil pessoas, entre civis e militares.

O tema do desfile será ‘Uma viagem pelo mundo da leitura’, que remete ao universo da imaginação e deixa garantida uma passagem para o desenvolvimento humano através de novos conhecimentos capazes de preparar o indivíduo para outro plano, com maior crescimento pessoal, profissional e qualidade de vida.

Para a secretária de Educação, Graça Rosal, a leitura deve ser uma prática dentro e fora das salas de aula e, por isso, a intenção da Secretaria de Educação é investir no crescimento e na transformação social, que é causada pela leitura. “O hábito da leitura deve também originar a capacidade reflexiva e crítica do estudante, facilitando a comunicação e oportunizando-o a emitir opiniões com mais facilidade e com mais propriedade”, afirmou.

O tradicional Desfile de 7 de Setembro terá a programação iniciada às 8h, quando o prefeito José Queiroz, ao lado de autoridades locais, fará o hasteamento da bandeira, no Grande Hotel. Logo após, às 8h30, mais de 70 agremiações sairão em passeata, do início da avenida Joaquim Nabuco, sentido Cagep, para comemorar o Dia da Independência do Brasil.