Paulo Câmara elenca ações e projetos para o Agreste Meridional

Durante visita a Garanhuns, nessa sexta-feira (26), o candidato da Frente Popular ao Governo de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), elencou uma série de ações e projetos que ajudarão a melhorar a qualidade de vida dos moradores da cidade e dos municípios do Agreste Meridional. Ele citou como exemplos a universalização do ensino de tempo integral, a melhoria da infraestrutura e os incentivos para o crescimento da atividade industrial.

“Vamos fazer com que cada município de Pernambuco, incluindo os do Agreste Meridional, tenham o ensino de tempo integral como uma realidade. Todo aluno que queira estudar na escola de tempo integral vai ter a sua vaga garantida. Temos duas escolas técnicas, a de Lajedo e de Garanhuns, em andamento. Escolas técnicas que vão possibilitar que os alunos tenham curso técnico profissional para a vocação da região. Mas também para os empreendimentos que vão vir para a região”, disse Paulo Câmara.

O socialista ressaltou que o Agreste Meridional será muito beneficiado pelo surgimento de um novo polo para o fortalecimento da atividade industrial na região. “O projeto do distrito industrial de Garanhuns vai se tornar uma realidade e vai aprimorar as instituições que já estão em andamento por aqui”, afirmou, frisando o seu compromisso em integrar os diferentes modelos de negócios existentes. “É necessário fazer a integração entre os pequenos e médios negócios e, também, com os grandes empreendimentos que estão chegando. Garanhuns, como uma cidade polo da região, tem toda condição de se desenvolver cada vez mais”.

Paulo aproveitou a sua passagem pelo município para reforçar a sua intenção de brigar pela melhoria da malha viária da região junto à União. “Vamos ter a chance de discutir e cobrar do governo federal a duplicação da BR-423. É uma obra que já foi prometida e que não saiu do papel”, pontuou, destacando seu comprometimento em outra área essencial. “Temos o compromisso de melhorar o abastecimento de água”, externou.

PREFEITOS
Com o objetivo de apresentar propostas e ouvir sugestões de parcerias, Paulo Câmara, ao lado do seu colega de chapa Fernando Bezerra Coelho (PSB/Senado), reuniu, nessa sexta-feira, em Garanhuns, prefeitos de municípios do Agreste Meridional. Na ocasião, o socialista indicou parcerias que podem ser celebradas entre as administrações estadual e municipais, a partir de 2015. “Vamos trabalhar em parcerias com os prefeitos, porque sabemos que é fundamental andarmos juntos para continuar e avançar o nosso desenvolvimento”, afirmou o socialista.

Entre os prefeitos presentes na reunião estavam Celina Brito (PDT), de Jupi; Edmilson Bahia (PSB), de Correntes; Ernandes Albuquerque (PR), de Venturosa; José Elias (PP), de Calçados; Rossine Blesmany (PSB), de Lajedo; Ricardo Alves (PMDB), de Saloá; Danilo Godoi (PSB), de Bom Conselho; Gerson Henrique (PTB), de Jucati; e Alexandre Martins (PR), de Terezinha.

Armando e João Paulo com agenda intensa no Agreste Meridional

O pré-candidato ao Governo do Estado pelo PTB, senador Armando Monteiro, cumpre, nesta quarta-feira (18), uma intensa agenda política em quatro municípios do Agreste Meridional. Ao lado do deputado federal João Paulo (PT), pré-candidato ao Senado, Armando terá reuniões com lideranças políticas de Garanhuns, Saloá, Bom Conselho e Caetés.

Armando e João Paulo almoçam amanhã com o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), um dos mais destacados líderes políticos da região. Também participarão do encontro a vice-prefeita Rosa Quidute (PT), além de vereadores da base de sustentação do prefeito na Câmara Municipal.

De Garanhuns, a comitiva de Armando e João Paulo segue para a vizinha Saloá, onde ocorrerá encontro com o ex-prefeito da cidade Zé do Leite (2005-2008), filiado ao PR. Zé do Leite é pai do atual vice-prefeito Zé Antônio do Leite, também do Partido Republicano. Também se reúnem com os pré-candidatos vereadores, suplentes e outras lideranças políticas do município.

A próxima parada de Armando e João Paulo é a cidade de Bom Conselho. O anfitrião é o presidente do PTB no município e ex-prefeito Daniel Brasileiro. O encontro em Bom Conselho também terá a presença dos ex-prefeitos Audálio Ferreira (PTB) e Gervásio Matos, que preside o PSDB. A vice-prefeita Josefa Ferreira, filiada ao PTB, também apoia os pré-candidatos. No município, Armando também irá conversar com o ex-candidato a prefeito, Washington Azevedo (PT).

O último compromisso de Armando e João Paulo no Agreste Meridional será em Caetés, onde os pré-candidatos participam da abertura dos festejos juninos no município. O prefeito de Caetés, Armando Duarte, é do PTB, e é um dos principais apoiadores da chapa PTB/PT na região.

Garanhuns recebe Cartão de Pagamento de Defesa Civil

Garanhuns foi o primeiro município do Agreste Meridional a ser contemplado com o Cartão de Pagamento de Defesa Civil, que serve como meio de pagamento de despesas para ações de socorro e assistência às vítimas de desastres naturais. A entrega simbólica aconteceu ontem, no gabinete do Palácio Celso Galvão.

A cidade possui um histórico de estragos causados por conta de intensas chuvas – como as do ano de 2010 – e também outras demandas urgentes que poderão ser atendidas mais rapidamente.

O cartão é uma iniciativa premiada pela ONU (Organização das Nações Unidas) e que, somente no Estado, já repassou mais de R$ 29 milhões.

/**/

Garanhuns vai ganhar novo hospital regional

Durante a inauguração da UPAE (Unidade Pernambucana de Atenção Especializada) de Garanhuns, realizada no último dia 26, o secretário estadual de Saúde, Antonio Carlos Figueira, anunciou que a região ganhará uma nova unidade hospitalar. O projeto do Hospital Regional do Agreste Meridional já foi solicitado pelo Governo do Estado.

Com isso, a Secretaria Estadual de Saúde repassará ao município a gestão do Hospital Regional Dom Moura.

“Após analisarmos a planilha de atendimento do Hospital Dom Moura, observamos que dos 45 mil atendimentos anuais realizados na unidade, 35 mil eram de pacientes de Garanhuns. Já iniciamos o estudo das necessidades da região e devemos ter um projeto finalizado em até três meses”, anunciou Antonio Figueira.