Raquel Lyra confirma o apoio do PRB

Em reunião na tarde desta sexta-feira (29) a deputada estadual Raquel Lyra (PSDB) recebeu o apoio do PRB. Ela esteve com o presidente estadual, deputado Bispo Ossesio Silva, e com o vereador e presidente municipal, Carlos Silva, confirmando que o partido apoia sua pré-candidatura para a Prefeitura de Caruaru.

A convenção será na próxima sexta, dia 05 de Agosto, a partir das 15h, no Teatro Difusora, na Avenida Agamenon Magalhães.

Lula Cabral ganha o apoio de mais três partidos no Cabo

O PP, o PRP e o PMB do Cabo de Santo Agostinho realizaram uma convenção conjunta para declarar apoio ao deputado estadual e pré-candidato a prefeito, Lula Cabral (PSB). A coligação das três legendas lançou 28 candidatos a vereador. Lula Cabral oficializará a sua candidatura na próxima sexta-feira, às 17h, no CAIC, centro do Cabo. São 15 legendas e oito chapas de vereadores.

Armando explica retirada de apoio em Caruaru

Do Blog do Magno

“Caro Magno,

Ainda não há de nossa parte definição quanto ao quadro sucessório de Caruaru. Considerando o prazo legal, há tempo para concluirmos o diálogo interpartidário e buscarmos o melhor posicionamento sobre as eleições nesse município.

Qualquer especulação neste momento é pura ilação. Desta forma, asseguro que no momento em que tivermos uma definição, a tornaremos pública.

Armando Monteiro Neto – Senador pelo PTB de Pernambuco”

O blog antecipou a informação porque o martelo já foi batido e o anúncio de Armando em apoio a Raquel Lyra, candidata do PSDB à Prefeitura de Caruaru, deve ser feito até sexta-feira. Com isso, Armando exclui da coligação do pré-candidato do PR, delegado Erick Lessa, não apenas o PTB, mas também o PRB e PTdoB.

Moro: Governo deve ir além de apoio verbal à corrupção

Do G1, em São Paulo

O juiz Sergio Moro criticou, em uma palestra nos EUA nesta quinta-feira (14), o que chamou de “omissão” do Executivo e do Congresso brasileiros no esforço para combater a corrupção e disse que o apoio até agora tem sido apenas verbal.”Eles poderiam, por exemplo, propor e aprovar melhores leis para prevenir a corrupção. Também poderiam ajudar os esforços dos agentes da Justiça de outras maneiras. Sua omissão é muito desapontadora”, afirmou.”Para ser justo, o governo atual disse em várias ocasiões que apoia e endossa as investigações”, continuou ele. “Mas os brasileiros devem esperar mais do que apoio verbal.”

Moro falou no Wilson Center, instituição de Washington para a discussão de temas globais que tem um instituto voltado para temas brasileiros. Ele começou explicando o sistema judiciário brasileiro e apresentando um resumo da Operação Lava Jato, dizendo que o pagamento de propina na Petrobras parece ser a regra, não a exceção.

Em seguida, falou que a corrupção sistêmica no Brasil traz um custo “enorme” e tem impacto na confiança nas leis e na democracia.Moro também lembrou da importância do setor privado no combate à corrupção. “Empresas devem fazer seu dever de casa, dizendo não ao pagamento de propinas, implementando mecanismos de controle interno e denunciando pedidos de pagamento de propina”, disse.

Ele ainda listou e refutou algumas críticas sofridas pela Lava Jato. Segundo Moro, as reações vieram especialmente das empresas envolvidas no esquema e dos políticos.”Alguns críticos reclamaram que a Lava Jato não é imparcial e tem fins políticos. Isso não está certo. Claro que, se o crime envolve propinas pagas a políticos, o caso inevitavelmente terá consequências políticas. Mas isso foge ao controle do tribunal”, disse. Em vários momentos, Moro disse que se um político comete um crime ele deve ser julgado, não importando se é de direita, de esquerda ou de centro.

PMDB declara apoio a Heraldo e Conceição em Jaboatão

O PMDB do vice-governador Raul Henry e do deputado federal Jarbas Vasconcelos declara apoio a Heraldo Selva (PSB) e Conceição Nascimento (PSDB) nesta sexta-feira (15). O ato que selará o ingresso dos peemedebistas no bloco de forças que seguirá avançando nas mudanças iniciadas por Elias Gomes (PSDB) em Jaboatão dos Guararapes será realizado no Debate, escritório político de Jarbas, às 11h30.

O ingresso do PMDB na coligação foi comemorado por Heraldo Selva. “É muito importante para a nossa candidatura termos o PMDB conosco. Receber o apoio de referências da política nacional como Jarbas Vasconcelos e Raul Henry, além de Geraldo Melo Filho, aqui de Jaboatão, só faz engrandecer esse projeto que vai avançar na mudança que Elias Gomes tão bem conduziu na cidade”, pontuou.

A relação de Heraldo com Jarbas é antiga. O deputado foi contemporâneo e amigo do ex-deputado estadual Ricardo Selva, pai de Heraldo, já falecido. “Papai e Jarbas tinham uma relação de muito respeito. Tenho certeza que ele também ficaria muito feliz com essa aliança em prol de Jaboatão”, ressaltou Heraldo.

Ponto de Apoio de Saúde é inaugurado‏

2ba166fc-46fc-401a-94a9-f12ec5231228

O município de Garanhuns, conta agora com mais um Ponto de Apoio de Saúde. Desta vez, na zona rural do município, no sítio Borges. O ponto beneficiará, também, moradores do sítio Cágados.  A inauguração da unidade aconteceu na tarde dessa segunda-feira (20), e contou com a presença de moradores da área e representantes do Governo Municipal. Aproximadamente 150 famílias da área serão beneficiadas com os serviços oferecidos na unidade.

A unidade foi implantada em um local cedido pela Associação Comunitária Sítio Cágados/Borges, e possui uma sala de reunião, para realização de ações da Educação em Saúde; um consultório médico; uma sala para procedimentos; uma área de pesagem e uma farmácia. A equipe, formada por profissionais da Unidade Básica de Saúde (UBS) Miracica II, conta com médico, enfermeira e agente comunitário de saúde (ACS), além do apoio de integrantes da própria associação. O ponto de apoio funcionará nas terças e quartas-feira, a partir das 8h até 14h.

O presidente da associação, Sandro Barbosa, afirma que a implantação desse ponto de apoio é a realização de um sonho para toda a comunidade. “Nós estamos muito felizes. A partir de agora vai mudar tudo. Antes a gente tinha muito dificuldade, até pelo custo mesmo, para sair daqui para ir até a cidade, e agora nós teremos os serviços de saúde aqui mesmo. A felicidade é grande, pois tinha muita gente com um sentimento negativo dizendo que não teria esse ponto aqui, e agora é um sonho que está sendo realizado”, afirmou Sandro.

De acordo com o secretário de Saúde de Garanhuns, Alfredo de Góis, o ponto de apoio é mais um avanço do Governo Municipal na busca pela melhoria da qualidade de vida da população. “Nós já tínhamos uma unidade de saúde que dava suporte a população dessas comunidades, que era a UBS de Miracica, porém a facilidade de acesso aos serviços que eles obterão a partir de agora é muito maior, pois o ponto de apoio fica na própria comunidade. A partir de agora teremos uma equipe de profissionais de saúde no ponto de apoio, fazendo com que os serviços de saúde estejam bem mais perto dos moradores”, pontuou o titular da pasta.

/**/

Governador solicita apoio e Alepe garante celeridade ao projeto que beneficia Polo de Confecções do Agreste‏

Após reunião na Secretaria da Fazenda de Pernambuco, realizada ontem (23), o deputado Diogo Moraes se reuniu pela segunda vez com o governador Paulo Câmara, no Palácio do Campo das Princesas, para tratar de questões importantes para o Polo de Confecções do Agreste. O primeiro encontro ocorreu no último sábado (21).

Na audiência, Moraes passou para Câmara todos os pontos abordados durante as negociações na Sefaz e as reinvindicações das entidades públicas e de classe. Diante do desfecho positivo da reunião na Sefaz, com a proposta do Projeto de Lei para criar um Novo Regime Tributário para o Polo de Confecções, o governador pediu à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) celeridade ao processo.

O Novo Regime Tributário criará um mecanismo de emissão de notas fiscais avulsas aos consumidores, através de uma prestação de serviço da Sefaz. Este serviço será oferecido no Expresso Cidadão da Moda, um espaço que será criado para melhorar a qualidade do atendimento.

Já na manhã desta terça-feira, Diogo, que também é primeiro-secretário da Casa, se reuniu com o presidente da Alepe, deputado Guilherme Uchoa, que garantiu total apoio ao Estado para esta questão.  “Essa luta eu tenho testemunhado de perto. Eu assisti ontem pela manhã a apreensão do deputado Diogo Moraes e do prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira. Ambos, com a grande preocupação de conseguir uma solução que atenda aos fabricantes, consumidores e empresas de transportes. Com isso, apesar do Estado e de todo país estar atravessando uma crise difícil, o governador Paulo Câmara foi muito sensível ao apelo do deputado Diogo Moraes, de todas as lideranças públicas e entidades de classes que estiveram ontem na Sefaz. O final foi muito feliz. O projeto será encaminhado à Alepe em regime de urgência. Nós teremos a maior urgência para que esse problema seja resolvido no menor espaço de tempo que a lei permitir”, declara Uchoa.

Líder diz que DEM não vai apoiar recriação da CPMF

pauderney-2303-1-768x512

O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Pauderney Avelino (AM), afirmou, hoje, que seu partido votará contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que recria a CPMF. No último fim de semana, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, chegou a dizer em entrevistas que o governo Michel Temer cogita defender a recriação do tributo.

“Meu partido tem posição contra. Não vamos apoiar um eventual retorno da CPMF. Já disse a Temer. É uma questão partidária”, afirmou. Segundo o líder, a contribuição atinge a camada mais pobre da população, mesmo aqueles que não possuem conta bancária. Isso porque, afirmou, o tributo será repassado aos preços de produtos e serviços. “Essa discussão deve ser banida”.

No último fim de semana, o líder do PSDB na Câmara, deputado Antônio Imbassahy (BA), também se posicionou contra a CPMF. Como mostrou a Coluna do Estadão, o tucano disse que a bancada não apoiará a recriação do tributo. “Considero um grave equívoco falar de aumento de impostos. A pauta deve ser a drástica redução de despesas, interrompendo a gastança promovida pelo petismo”, afirmou.

Humberto apoia ida de Cardozo, Barbosa e Kátia Abreu para defender governo no Senado‏

Com o apoio do líder do Governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), a Comissão Especial do Impeachment do Senado definiu, nesta quarta-feira (27), que os ministros da Advocacia-Geral da União, José Eduardo Cardozo, da Agricultura, Kátia Abreu, e da Fazenda, Nelson Barbosa, irão defender a rejeição do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff no colegiado. A sessão será realizada na sexta-feira (29).
 
Membro suplente do colegiado, Humberto defendeu ainda a ida de um representante do Banco do Brasil para explicar o contrato de prestação de serviços que a instituição financeira mantém com o Governo Federal para operar o Plano Safra. O fato está na denúncia analisada pelos parlamentares.
 
Além disso, serão ouvidos, no próximo dia 3 de maio, por sugestão dos parlamentares governistas, os professores Geraldo Luiz Mascarenhas Prado e Ricardo Lodi Ribeiro, além do ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcello Lavenère. 
 
Para Humberto, a presença dos convidados na comissão é importante para esclarecer ainda mais que a presidenta Dilma não cometeu qualquer crime de responsabilidade e, portanto, não deve ser punida com o afastamento do cargo.
 
“Porém, infelizmente, aqui nós vamos ter dois tipos de voto: o dos que sabem que não há crime e vão votar contra o impeachment, e o dos que sabem que não há crime e, mesmo assim, vão votar a favor do impeachment”, resumiu. 
 
O senador reiterou que o processo de impedimento da presidenta é absolutamente injusto, pois trata-se de “uma mulher decente e honesta” que governou conforme determina a legislação brasileira e a Constituição. Segundo ele, a “injustiça” cometida pela Câmara dos Deputados terá de ser corrigida no Senado. 
 
“O processo foi aberto em decisão que reflete absoluto desvio de poder. O presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) decidiu agir contra a presidenta no dia que o PT iria se manifestar contra ele no Conselho de Ética da Câmara. Ou seja, há um erro e um pecado original no início da questão”, avalia. 
 
Por isso, de acordo com o senador, o processo de impeachment se transforma em um golpe político parlamentar que desrespeita o regime democrático. “Estamos debatendo uma moção de desconfiança da chefe de Estado. Mas aqui no Brasil o sistema é presidencialista e não parlamentarista, modelo em que isso se aplicaria”, explicou. 
 
O parlamentar reforçou que um processo dessa magnitude envolve a estabilidade do Estado e não apenas de um governo e criticou a oposição, que apostou na estratégia do quanto pior, melhor. Ele argumentou que as razões para ocorrer um impeachment têm que ser graves e concretas. “O Governo não editou créditos suplementares desrespeitando as leis orçamentárias, por exemplo. E também não houve dolo. Por isso, trata-se de um golpe”, concluiu.
 
A comissão do impeachment também definiu que ouvirá amanhã, quinta-feira (28), os autores do pedido de impedimento da presidenta: os juristas Miguel Reale Jr., Janaina Paschoal e Hélio Bicudo.

Vereadores de Brejo da Madre de Deus solicitam apoio de deputado

Os vereadores Hilário Paulo, Josivaldo Lopes e Wagner Assunção (Bolão), de Brejo da Madre de Deus, se reuniram nesta terça-feira (29) com o deputado Diogo Moraes, na Assembleia Legislativa de Pernambuco para tratar de questões importantes para a região. No encontro foram abordadas duas questões: a liberação de recursos para a realização de serviços de enfrentamento à seca, junto à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária do Estado e a necessidade de ofertar serviços eleitorais no distrito de São Domingos, distante 60km do município.

Durante a reunião, o deputado Diogo Moraes (PSB), informou aos vereadores sobre a liberação de mil horas máquinas para a realização de limpeza de barreiros e pequenos açudes, além das estradas vicinais, com recursos da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco. “A iniciativa é muito importante para Brejo da Madre de Deus, principalmente pela possibilidade de chuvas nos próximos meses. Com a limpeza destes barreiros e pequenos açudes, a captação da água será ampliada e os agricultores terão melhores condições no período de estiagem”, explicou Moraes.

Os vereadores, satisfeitos, declararam que será elaborado um cronograma com a distribuição das mil horas máquinas entre os distritos que necessitam da ação. “Além do trabalho de enfrentamento à seca, também serão feitas melhorias nas estradas, pois o material retirado será colocado em locais críticos, beneficiando o acesso para veículos e facilitando o escoamento da produção”, disse Hilário Paulo. Os trabalhos, quando iniciarem, serão monitorados pela equipe do deputado Diogo Moraes.

A outra pauta do encontro foi especificamente sobre o distrito de São Domingos, distante 60km de Brejo da Madre de Deus. De acordo com os vereadores, os cidadãos que precisam solucionar questões eleitorais, como inscrição, transferência e segunda via de título de eleitor, precisam viajar para a sede. Consciente da necessidade de oferecer o serviço para a população, o deputado agendou, para o mesmo dia, outra reunião com o Desembargador e Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), Antonio Carlos Alves.

No TRE-PE, os representantes do município solicitaram apoio do órgão para implantação do serviços de inscrições, transferências e segunda via de títulos eleitorais para o distrito. Segundo o vereador Hilário, ficou definido que será realizado um estudo para viabilidade de oferta dos serviços em São Domingos. “Nós solicitamos ao presidente do TRE este levantamento técnico para que medidas positivas para nosso povo sejam tomadas”, informou o vereador. “A população do distrito é de 22 mil pessoas, que precisam se deslocar por uma longa distância até Brejo da Madre de Deus. É importante a oferta deste serviço à região para que todos possam exercer a sua cidadania”, declarou Moraes.