Governadores pedem apoio do Congresso à renegociação das dívidas dos Estados‏

Quinze governadores e quatro vice-governadores estiveram nesta terça (22) no Congresso Nacional para pedir apoio dos senadores e dos deputados federais ao projeto de lei do Governo Federal que renegocia as dívidas dos governos estaduais. O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, foi um dos que se reuniram com o presidente do Senado Federal, senador Renan Calheiros, e com o presidente da Câmara dos Deputados, deputado Eduardo Cunha.
 
“O projeto ainda está vindo, portanto não temos o conhecimento detalhado de todo o seu teor, mas se estiver de acordo com o que foi acertado com os governadores, a proposta realmente traz algum alívio, e pode ser importante para melhoria das contas públicas dos Estados”, argumentou Paulo Câmara.
 
O governador pernambucano informou que a renegociação no caso de Pernambuco trata de duas dívidas: uma originária da negociação realizada em 1997 e outra de empréstimos obtidos por meio do BNDES e organismos financeiros internacionais, como Banco Mundial (Bird) e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). “Estamos discutindo essa dívida de 1997, em torno de R$ 3 bilhões e que vai trazer um alívio em nossos caixas algo em torno de R$ 140 milhões no ano. É um volume significativo, um volume que vem em boa hora e que vamos trabalhar, junto aos deputados e à nossa bancada, para que seja aprovado”, explicou o governador.
 
Paulo também participou, pela manhã, da terceira reunião do Fórum Permanente dos Governadores, na residência oficial do Governo do Distrito Federal. O encontro era para aprofundar a análise do projeto que trata das dívidas, mas como o Governo Federal adiou o envio da proposta, os governadores não trataram do tema. Mesmo assim, decidiram ir ao Congresso Nacional pedir apoio e celeridade na apreciação da matéria.O projeto de lei de autoria do Executivo Federal deve exigir algumas contrapartidas dos governadores, como um controle maior na folha de pagamento de pessoal.
 
Além de Paulo Câmara, o encontro do Fórum de hoje contou com a presença dos governadores de Alagoas, Renan Filho; do Amazonas, José Melo de Oliveira; da Bahia, Rui Costa; do Ceará, Camilo Santana; de Goiás, Marconi Perillo; de Mato Grosso, Pedro Taques; da Paraíba, Ricardo Coutinho; do Pará, Simão Jatene; do Piauí, Wellington Dias; do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori; de Rondônia, Confúcio Moura; de São Paulo, Geraldo Alckmin; e do Tocantins, Marcelo Miranda. Também compareceram os vices-governadores do Acre, Nazareth Araújo; do Amapá, Papaléo Paes; do Espírito Santo, César Colnago; e do Paraná, Cida Borghetti. Havia ainda representantes dos governos do Rio de Janeiro, de Roraima e de Mato Grosso do Sul.

Lula recebe apoio e conversa com manifestantes

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu apoio de cerca de 400 manifestantes em frente ao prédio onde mora, em São Bernardo do Campo (Grande SP).

Vestido de vermelho, Lula acenou de sua sacada e chegou a sair para cumprimentar o grupo, que levava cartazes com dizeres como “Chega de antipetismo” e “Lula, o melhor presidente do Brasil”. Ele foi aplaudido e tirou fotos com os manifestantes.

Membros da UJS (União da Juventude Socialista), que participavam do ato, carregavam uma grande faixa com o escrito “#nãovaitergolpe”.

Manifestações a favor do governo federal também ocorreram em outras cidades, apesar do apelo de militantes para que os atos inicialmente marcados para este domingo (13) fossem adiados para evitar confrontos com os grupos pró-impeachment que protestam pelo país.

Em Porto Alegre, movimentos sociais se reuniram no parque Redenção para fazer um churrasco de coxinha, batizado de “coxinhaço”, como contraponto aos chamados “coxinhas”, que pedem a saída da presidente Dilma.

Foram assados mais de 100 kg de coxa de galinha —cada coxinha foi vendida por R$ 2, acompanhada de pão. Alguns moradores de rua entraram na fila constante, com média de 80 pessoas, e ganharam o alimento de graça. Esta já é a quarta edição desse tipo de protesto desde o ano passado.

A organização do evento estima na participação de mil pessoas. A Brigada Militar, a PM gaúcha, ainda não divulgou números.

“Lutamos contra o golpe e pela democracia”, diz Cláudio Knierim, 54, do grupo tradicionalista Piquete Estrela Gaudéria, ligado ao PT.

Camisetas vermelhas com os dizeres “a jararaca está viva”, uma referência à declaração de Lula após sua condução coercitiva, no último dia 4 de março, eram uma das mais usadas. A aposentada Clara Aparecida, 54, usava uma camiseta do mesmo modelo. Nas costas, os dizeres: “Mexeu com Lula, mexeu comigo”.

“Foi muito errado, uma ofensa. Ele foi preso sem ser condenado. Por isso protesto pelo nosso direito de ir e vir, pela democracia”, disse a mulher. Também foram vistas faixas e camisetas de “Fora Cunha”.

Uma banda nativista (ritmo típico gaúcho) tocou no carro de som para animar os participantes até o início das falas dos movimentos como CUT e CTB. Os ex-governadores petistas Olívio Dutra e Tarso Genro confirmaram participação no palanque. O evento da Frente Popular do Brasil será encerrado com um show do cantor Nei Lisboa.

Em Fortaleza, o ato de apoio ao ex-presidente distribuiu panfletos e bandeiras e colou adesivos em veículos.

No Rio, onde ocorria o protesto contra o governo, um avião de pequeno porte que carregava uma faixa com a mensagem “Não vai ter golpe” provocou vaias dos presentes. O texto era assinado pela Frente Brasil Popular. (Da Folha de S. Paulo)

Câmara de Agrestina recebe apoio da Prefeitura de Caruaru

Na sessão realizada na última segunda-feira, 15, o Secretário de Governo de Caruaru, Rui Lira, expressou apoio e solidariedade a denúncia realizada pelo presidente da Câmara Municipal de Agrestina, Paulo Sargento (PDT), sobre o uso inadequado da água da barragem do Prata, localizada em Bonito. Em nome do prefeito José Queiroz (PDT), Rui cobrou rigor do Estado e Compesa para investigar o caso e impedir que danos sejam causados ao meio ambiente e a população.

Na primeira reunião de 2016, no início de janeiro, o Paulo apontou no plenário da câmara que os moradores que possuem plantio e cultivo de legumes às margens do rio do Prata e do reservatório estariam fazendo o uso desordenado da água para irrigação das plantações, devido a utilização de agrotóxicos.

Estes materiais podem contaminar a água que é utilizada atualmente para o abastecimento dos municípios de Agrestina, Altinho, Ibirajuba e Caruaru, alguns destes que passaram a ser atendidos pelo reservatório após a barragem de Jucazinho ter atingido o volume morto. Na época, o presidente da casa cobrou da Compesa e do Estado que fiscalizassem a situação e pediu o apoio dos políticos das cidades abastecidas pela barragem.

“Caso seja confirmado que esses moradores estão agindo da forma indevida que hajam orientações para o uso adequado do solo já que se trata de uma região ribeirinha, e principalmente com relação ao uso de agrotóxicos por se tratar de uma questão de saúde pública”, destaca Paulo.

Vestibular de Verão da Fafica recebe apoio de paróquias

Falta uma semana para o encerramento das inscrições do Vestibular de Verão 2016 da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru, Fafica. A instituição recebeu o apoio de paróquias ligadas à Diocese de Caruaru. Em Caruaru, as inscrições podem ser feitas nos salões paroquiais do Monte Carmelo, no Salgado; de São Bento, na Vila Kennedy; de Nossa Senhora de Fátima, no Boa Vista; e de São Paulo Apóstolo, no São João da Escócia. Também podem ser feitas pelo site www.fafica-pe.edu.br/vestibular.

Paróquias de nove cidades da região estão participando deste processo: Altinho (Nossa Senhora do Ó), Bezerros (São José), Bonito (Nossa Senhora da Conceição), Cachoeirinha (Santo Antônio), Chã Grande (São José), Gravatá (Santana), Tacaimbó (Santo Antônio), Taquaritinga do Norte (Santo Amaro) e Santa Cruz do Capibaribe (Nossa Senhora Aparecida).

O Vestibular de Verão será domingo, dia 10 de janeiro de 2016, às 14h. Para quem se inscreve pela internet ou nas paróquias de Caruaru, a prova será realizada na sede da Fafica. Nas demais cidades, os candidatos farão a prova nos salões paroquiais onde se inscreveram.

Assim como o Vestibular realizado no dia 15 de novembro, os candidatos farão uma Redação sobre temas da atualidade. A taxa de inscrição custa R$ 25. A Fafica está oferecendo vagas para os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Filosofia, Pedagogia, Letras-Inglês, Letras-Espanhol, História, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Teologia.

Para mais informações, os interessados podem acessar o Edital do Vestibular de Verão no site da Instituição, entrar em contato pelo telefone (81) 2103.3900 ou pelo Facebook: www.facebook.com/FaficaCaruaru.

Côrte Real pede apoio para implantação de CIEs no Estado

018fa537-ca0d-4c83-a87c-70edce15f19f

Em audiência no Ministério do Esporte, o deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE) solicitou ao ministro George Hilton que o governo federal priorize as obras para implantação de Centros de Iniciação ao Esporte (CIE) em Pernambuco. O petebista pleiteou a liberação de recursos federais para os CIEs de Garanhuns, Igarassu e Goiana. Os três centros esportivos já estão com os projetos licitados e prontos para iniciarem as obras. O prefeito de Goiana, Fred Gadelha (PTB), acompanhou a visita ao ministro.

Os centros esportivos de Goiana e de Igarassu estão orçados, respectivamente, em R$ 3,1 milhões e R$ 3 milhões e serão dotados de um ginásio com arquibancada, academia, vestiário, copa, entre outros espaços. Já o de Garanhuns custará R$ 3,8 milhões e, além do ginásio completo, contará com uma estrutura para a prática do atletismo, uma pista de 100 metros e espaço para salto em distância.

Durante a reunião, o deputado Jorge Côrte Real ressaltou ao ministro George Hilton que os centros esportivos são obras de grande importância social para os municípios contemplados. “Esses equipamentos vão propiciar o descobrimento de novos talentos para o esporte nacional e esses futuros atletas poderão integrar às nossas seleções olímpicas”, destacou o parlamentar.

Jorge Côrte Real enfatizou ainda que os CIEs poderão ainda ser utilizados por empresas e indústrias instaladas no entorno dos equipamentos, para o desenvolvimento de atividades sociais voltadas para a prática esportiva. Os centros de iniciação ao esporte buscam incentivar à prática esportiva em territórios de alta vulnerabilidade social e estimular o desenvolvimento da base do esporte de alto rendimento nacional.

Oposição apoia ato da Amupe em defesa dos municípios

unnamed (14)

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) participou, na manhã desta segunda-feira, de ato realizado pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) denunciando a crise financeira que atinge as cidades pernambucanas e já coloca em risco, inclusive, o pagamento do 13º salário dos servidores.

Questionado sobre sua participação na mobilização dos prefeitos, o líder da Bancada, o deputado Silvio Costa Filho (PTB) destacou que a Oposição na Alepe está unida com a Amupe na defesa dos municípios pernambucanos. “Qualquer iniciativa que for feita em prol dos municípios pernambucanos terá nosso apoio. Os municípios pernambucanos precisam recuperar a capacidade de investimento, por isso defendemos uma ampla discussão nacional sobre o pacto federativo”, destacou o parlamentar.

Costa Filho reforça que sempre que os interesses de Pernambuco estiverem em jogo, o Estado poderá contar com o apoio dos parlamentares da Bancada de Oposição. “Nos posicionamos assim agora, da mesma maneira que agimos quando o Governo promoveu a mobilização pelo hub da Latam”, lembrou.

Armando consegue apoio importante para exportação do açúcar brasileiro

Armando Monteiro Londres

Durante a missão comercial realizada esta semana, em Londres, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Armando Monteiro, recebeu uma notícia animadora para o setor sucroalcooleiro do Nordeste. O secretário de Estado para Negócios, Inovação e Capacitação do Reino Unido, Sajid Javid, garantiu o apoio para eliminar a sobretaxa do açúcar brasileiro no mercado da União Europeia.

O ministro pernambucano explica que hoje são cobrados 98 euros por tonelada para a venda do açúcar brasileiro na União Europeia. Com essa medida protecionista, os produtores brasileiros ficam em desvantagem em relação ao açúcar que é vendido ao mercado europeu pelos países da África, Caribe e Pacífico. “O apoio do Reino Unido é muito importante para, junto à comunidade europeia, suspendermos a cobrança desta sobretaxa”, comemora Armando.

Desde que assumiu o MDIC, Armando tem mantido diálogo com produtores do setor sucroalcooleiro para ampliar a presença do açúcar nordestino no mundo. O setor está incluído no Plano Nacional de Exportações, lançado pelo ministro em junho deste ano.

Dentre as medidas estão condições de financiamentos favoráveis à exportação, um modelo que o presidente do Sindaçúcar-PE, Renato Cunha, classifica de inovador:

“O plano lançado pelo ministro Armando faz uma verdadeira reconceituação no quesito exportações de açúcar e etanol, pois envolve em seu bojo também figuras garantidoras, que foram viabilizadas pelo trabalho do MDIC junto ao Ministério da Fazenda e à Presidência da República. Portanto, você passa a exportar tendo esta garantia, com os bancos podendo adiantar recursos para exportação”, afirma.

Renato Cunha lembra ainda que o estímulo às exportações do setor sucroalcooleiro ajuda a ampliar e manter os empregos nos Estados do Nordeste. Em Pernambuco, por exemplo, as exportações podem representar até 60% da produção.

/**/

Vice-prefeita da Toritama reafirma aliança com Diogo Moraes

unnamed (47)

A presença do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) em Toritama segue firme na aliança com a vice-prefeita do município Lucinha Pereira (PSDB). As ações do mandato de Moraes se fortaleceram nas palavras da vice-prefeita durante entrevista concedida na manhã desta quarta-feira (28).

“Eu sou uma pré-candidata e estou apta a receber quem vier aderir a nossa campanha. Estamos hoje com o PSDB, PSL, PTC e PT do B. E se aparecer alguém que queira vir somar estamos aí para receber qualquer um que queira vim. Diogo Moraes tem nos apoiado e estamos juntos para o que der e vier”.

Lucinha participou por telefone do Programa Cidade em Foco, transmitido em cadeia pelas rádios Filadélfia FM e Farol FM em Pão de Açúcar –Taquaritinga do Norte, além da Colinas FM (Brejo da Madre de Deus).

Coopergás pede apoio a Queiroz para expandir sua atuação em Caruaru

unnamed (35)

Representantes da diretoria da Companhia Pernambucana de Gás – Copergás estiveram reunidos com o prefeito José Queiroz, na manhã de hoje, 27, para informar sobre a readequação da área que ocupam no Distrito Industrial de Caruaru. Atualmente a empresa está instalada em 3,1 hectares, porém, só precisam de 2,2 hectares. Assim, a Companhia decidiu devolver 1,1 hectares, tendo em vista que o local é bastante valorizado, havendo inclusive uma fila de empresas interessadas em se instalar no local. A Copergás mantém sua subestação no Módulo II, área com infraestrutura completa e excelente localização.

Na conversa com o prefeito, o diretor-presidente da Companhia, Décio Padilha, pediu o apoio da prefeitura para expandir a comercialização do gás natural aqui em Caruaru. “O potencial econômico e de crescimento de Caruaru é indiscutível e a nossa experiência com a distribuição de gás para as indústrias sempre foi positiva. Por isso, queremos potencializar nossa atividade aqui e oferecer para outros setores e localidades do município o nosso gás, que é mais barato, seguro, não necessita de transporte e não tem risco de acabar”, defendeu Padilha.

O prefeito agradeceu pela preocupação do grupo em devolver a área, que deverá ser disponibilizada para uma outra indústria. “Cada metro do nosso Distrito Industrial vale muito para nós, pois representa geração de emprego e renda. Por isso eu comemoro esta devolução, pois poderemos dar oportunidade a mais uma empresa. Sobre a comercialização do gás, acredito que representa, inclusive, uma oportunidade de economia. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Erich Veloso, ficará responsável por intermediar a relação entre a Copergás e os empresários locais”, acrescentou Queiroz.

O grupo vai aproveitar a vinda ao interior do Estado para vistoriar a obra do gasoduto “Caruaru – Belo Jardim”. Mais de 200 pessoas trabalham na obra, que está avançada e deve ficar pronta no próximo ano.

Em carta à Dilma, prefeitos apoiam recriação da CPMF

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) e a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) entregam nesta quinta-feira (21) à presidente Dilma Rousseff uma carta de apoio à recriação da CPMF, o imposto sobre movimentações financeiras. No documento, eles afirmam que o apoio é condicionado à divisão dos recursos com os municípios e à destinação exclusiva do dinheiro arrecadado com o tributo para a área da saúde.

No encontro de hoje, os prefeitos irão defender a criação de uma alíquota de 0,38%, o que significa um incremento de 0,18% à proposta inicial do governo. A sugestão é que, desse valor, 0,17% fique com a União, 0,09% com os estados e 0,12% com os municípios. Segundo cálculos das entidades, os municípios receberiam R$ 19,2 bilhões a mais por ano.

A proposta de CPMF está parada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados esperando a designação de um relator. A alíquota existiu até 2007, quando foi derrubada pelo Congresso, e era de 0,38%, o mesmo percentual proposto atualmente pelos prefeitos.

Para amenizar a crise econômica, o governo quer ressuscitar o imposto, gerando uma arrecadação que deve alcançar R$ 32 bilhões em 2016.