Inscrições abertas para os artesãos participarem de feira natalina em Gravatá

A Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Turismo, está com inscrições abertas para artesãos gravataenses participarem da Feira de Artesanato de Natal 2016. O evento ocorre de 05 a 18 de dezembro na Praça da matriz, no Centro da cidade.

O convite tem por finalidade inscrever artesãos, com suas respectivas produções natalinas, para ocupação de um espaço coletivo com 10 estandes com 2m² cada. Os mesmos são cedidos pela Prefeitura, em parceria com a Unidade do Agreste Central e Setentrional – SEBRAE/PE.

Podem participar artesãos cadastrados como micro empreendedores individuais ou que possuam declaração de aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP) ou, ainda, possuidores do número de inscrição da Receita Federal para Produtor Rural (NIRF).

As inscrições poderão ser realizadas até o dia 01 de dezembro, na Secretaria de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, localizada na Rua Rui Barbosa nº 150. O Interessado deverá preencher a ficha de inscrição, além do Termo de Compromisso e a Declaração de Cessão de Direito de Uso da Imagem e apresentar os seguintes documentos: Cópia do RG e CPF, Cópia da Carteira do SICAB (frente e verso), dentro do prazo de validade ou, na falta justificada, fornecimento do nº de inscrição, Cópia do comprovante de residência dos últimos seis meses.

Edital convoca artesãos pernambucanos para participar da Feira Brasil Original‏

A Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), por meio da Diretoria de Promoção do Artesanato, lançou Edital de Chamamento Público m.º 005/2016, a fim de selecionar artesãos e entidades representativas do artesanato, com suas produções, para ocupação de espaço coletivo na 1ª Feira Brasil Original, realizada entre os dias 20 e 23 de outubro, em São Paulo, no Pavilhão de Exposições do Anhembi. O edital pode ser acessado no site da AD Diper (www.addiper.pe.gov.br) ou do Centro de Artesanato de Pernambuco (www.artesanatopernambuco.pe.gov.br).

Serão selecionados 12 profissionais ou entidades que irão representar Pernambuco no evento e que terão parte das despesas custeadas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas presencialmente, por e-mail ou Sedex, até o próximo 5 de setembro. A lista provisória de selecionados será divulgada em 12 de setembro. O interessado em participar da seleção deverá preencher o formulário de inscrição e apresentar os documentos exigidos no edital.

“Nossa principal meta é valorizar o trabalho do nosso artesão e levar a arte genuinamente pernambucana para novos espaços de divulgação. Participar de eventos como este motiva as pessoas a produzirem, a se relacionarem, enfim, a se sentirem parte de um projeto maior, que envolve justamente aquilo que lhes dá maior prazer: fazer artesanato”, disse o diretor-presidente da AD Diper, Jenner Guimarães Rêgo.

Podem participar artesãos maiores de 18 anos, cadastrados no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab), com Carteira Nacional de Artesão, dentro do prazo de validade. Já as entidades representativas (associações ou cooperativas) precisam estar legalmente constituídas e também cadastradas no Sicab.

Poderão participar artesão nas classificações: arte popular, artesanato tradicional, artesanato de referência cultural, artesanato contemporâneo e artesanato de reciclagem. Podem ser selecionadas obras dos seguintes tipologias: argila, madeira, fios e tecidos, fibras vegetais, papel, semente, casca, flores e folhas secas, pedra, couro, pele, pena, conchas e escamas de peixe, chifres e ossos, cera, massas, gesso, parafina, metais ou vidro.

Os selecionados deverão arcar com suas despesas de passagens aéreas e alimentação, ficando o traslado, hospedagem e participação no evento cobertas pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP) e AD Diper.

Artesãos de Gravatá são presença confirmada na XVII Fenearte‏

Com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo, doze artesãos gravataenses, envolvidos nos mais diversos segmentos, representarão Gravatá, no Agreste, durante a 17º Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) que, este ano, acontece de 7 a 17 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

Os artesãos estarão participando do evento em dois stands. O primeiro espaço é o stand 79, localizado na Rua 5. O mesmo pertence à Prefeitura e servirá para exposição e comercialização de diversos artesanatos locais.

O segundo espaço terá a participação das artesãs que confeccionam bonequinhas da sorte na Loja Brasil Original. O local é organizado pelo Sebrae Nacional. As artesãs receberam uma consultoria realizada pelo órgão em parceria com a Secretaria de Turismo. O objetivo foi desenvolver outros produtos, agregando valor à arte já produzida. Foram criados 06 modelos de peças exclusivas que estarão expostas na Loja Brasil Original para comercialização.

Fenearte – O aspecto lúdico do tema “Artesanato. Arte Brincante” promete encantar os visitantes da maior feira do segmento na América Latina que, este ano, acontece de 7 a 17 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. O evento apresenta o universo dos brinquedos artesanais e a alegria dos brincantes, personagens que dão vida aos tradicionais folguedos populares como maracatu, pastoril, reisado, bumba meu boi, entre tantos outros.

Com investimento de R$ 5,5 milhões e expectativa de movimentação financeira superior a R$ 40 milhões, a Feneart espera atrair um público de 330 mil pessoas. Mais de cinco mil expositores, entre artesãos de Pernambuco, do Brasil, e de alguns países, dividem cerca de 800 espaços, numa área de 30 mil m², no pavilhão do Centro de Convenções.

A Fenearte, juntamente com o Centro de Artesanato de Pernambuco, entre outras iniciativas do Governo do Estado, tem como objetivo valorizar e difundir os saberes tradicionais, estimular o potencial de crescimento dos artesãos e artesãs funcionando, assim, como importante elemento estruturador da cadeia produtiva do artesanato local.

Confira abaixo o nome dos participantes gravataenses:

   Artesão Trabalho desenvolvido.
01 Art Gravatá Brinquedos Educativos
02 Edmilson Ferreira da Silva Arte decorativa em madeira, granito, calcário e cimento
03 João Galdino de Moura Peças decorativas em madeira, escultura, macheteria
04 Ricardo Queiroz Trabalhos em madeira e decoupage
05 Jamili Batista Luiz Peças decorativas em cipó
06 Cleuton Azevedo Artes plásticas
07 Luiz Carlos do Monte Peças decorativas em madeira
08 Ana Maria da Silva Brinquedos em madeira
09 Deise Almeida Peças decorativas em cabaça e juta
10 Vera Farias Trabalhos manuais
11 Alberico Garra Sertaneja
12  Grupo de Artesãs Bonequinhas da Sorte

 

Artesãos de Gravatá participam da 16ª FENEARTE em Olinda

De 02 a 12 de julho acontece no Centro de Convenções em Olinda a 16ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato de Pernambuco – FENEARTE que além de incentivar a cultura do estado, tem como objetivo estimular a exposição e comercialização dos produtos desenvolvidos pelos artistas para clientes de todo o mundo. De Gravatá participarão 15 artesãos e a Prefeitura através da Secretaria de Turismo está disponibilizando transporte gratuito para os artistas.

De acordo com Fátima Vieira, presidente da Associação dos Artesãos de Gravatá, serão montados três stands com variedades de peças de madeira, cosméticos, bonecas, relógios, metal e alumínio, e estarão abertos de segunda a sexta, das 14h às 22h, no sábado e domingo, das 7h às 22h.

Nessa edição o homenageando será o Mestre Nuca de Tracunhaém e “Poeta e cantador, rei dos trocadilhos”, Lourival Batista ou o Louro do Pajeú como também é conhecido; que completaria 100 anos em 2015. A Feira de negócios é a maior da América Latina com mais de 5 mil expositores – que une cultura, gastronomia, moda, decoração, música e artesãos de Pernambuco, e mais de 50 mil países participando do evento.

/**/

Artesãos de Agrestina participarão da Fenearte 2015

O município de Agrestina vem há muito buscando a valorização do artesanato e da música produzida de forma local. Outro capítulo desse trabalho será realizado durante a Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), que tem início nesta quinta-feira (2) no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. Artesãos como Alex Souza, Lucinha Silva (confecção de bonecas a partir de vassouras), Eliaquim Antônio, da talha em madeira e Valmir Reginaldo, que reaproveita material descartados em ferros-velhos, já confirmaram que enviarão peças para serem expostas e comercializadas. Mais de cinco mil expositores, de todo o mundo estarão no local até o dia 12 de julho. A maioria dos participantes é de Pernambuco.

O trabalho dos agrestinenses será exposto no estande 59, que funcionará no horário habitual da feira. “O espaço é institucional, para a divulgação das potencialidades do município enquanto destino turístico, mas também possibilitará aos artesãos um espaço para expor e vender o que produzem, além de disponibilizar um dia para que eles possam visitar o evento”, disse Josenildo Santos, secretário de Cultura, Turismo e Juventude de Agrestina. 

Os ingressos para a Fenearte 2015 custam R$ 10 e R$ 5 (meia) de segunda a sexta-feira. Nos finais de semana, os bilhetes são vendidos por R$ 12 e R$ 6 (meia). Eles podem ser adquiridos tanto no Centro de Convenções quanto no Shopping Tacaruna. A Fenearte funciona das 14h às 22h durante a semana e das 10h às 22h nos sábados e domingos.

HOMENAGEM – A Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte) estará promovendo tributo às trajetórias de Manoel Borges da Silva, o Mestre Nuca de Tracunhaém, e o lendário poeta Lourival Batista, o Louro do Pajeú. Neste ano, o tema do evento trará como principal referência o encontro da arte do barro com a lírica sertaneja. 

Associação dos Artesãos do Alto do Moura e Comitê Gestor discutem o São João 2014

A Associação dos Artesãos do Alto do Moura recebeu, na manhã desta
sexta-feira (02), representantes do Comitê Gestor do São João 2014. Na
pauta, os moradores e artesãos sugeriram melhorias relacionadas à
infraestrutura, segurança e trânsito. Participaram do encontro, Fundação de
Cultura, Secretaria de Administração, Destra, Polícia Militar e ABPA,
empresa captadora de recursos.

Foi acordado que todas as barracas serão padronizadas com dimensão 2 x2 e o
palco principal do palhoção será recuado para ampliar a área destinada ao
público forrozeiro. Cada barraca poderá dispor no máximo dez mesas com
quatro cadeiras, cada uma.

A fiscalização dos vendedores clandestinos será intensificada.

O destaque para o trânsito foi referente aos horários de carga e descarga
de mercadorias alimentícias. Os comerciantes poderão abastecer seus
estabelecimentos das 6h às 10h.

A festa no Polo Alto do Moura também terá horário de começar e terminar. O
tenente Alberaci Neves destacou que as festividades iniciarão às 11h e
terminarão às 18h. Os restaurantes podem funcionar até 20h.

De acordo com o presidente da Associação dos Moradores, Aldir José, a ata
com todas as medidas serão encaminhadas, próxima semana, para a presidente
da Fundação de Cultura, Lúcia Félix.