Curso de Zika estará disponível para profissionais de todos os países‏

O curso do Ministério da Saúde sobre atendimento a pacientes com vírus Zika será ofertado a profissionais de saúde de todo o mundo. Em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), a pasta vai passar a ofertar o módulo também nas línguas inglesa e espanhola. O curso “Zika: abordagem clínica na Atenção Básica” poderá ser acessado no próprio site da Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS), onde já consta a versão em português, além de ser disponibilizado também em plataformas virtuais geridas pela OMS e pela OPAS. A previsão é que a ferramenta esteja disponível a partir de maio deste ano.

O secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Heider Pinto, enfatiza a importância de se disseminar informações sobre o vírus Zika. “É essencial haver um esforço global para combater essa doença e suas consequências. E o Brasil, que acumulou experiência, tanto no combate quanto no estudo desse novo desafio de saúde pública, tem a obrigação de transmitir seus conhecimentos às demais nações”, explica. “O curso já está sendo ofertado em português e tem se mostrado um grande sucesso, com em torno de 27,5 mil matrículas já realizadas”, completa.

O Representante da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil, Joaquín Molina, acredita que o curso deverá estar disponível em breve na plataforma Campus Virtual de Saúde Pública, espaço de aprendizado online da organização. “Foi muito generoso o ato do Ministério da Saúde de colocar à disposição de outros países de língua inglesa e espanhola um curso sobre zika. O Brasil tem muito a ensinar ao mundo sobre vigilância e controle de vetores. O curso também será disponibilizado à sede da OMS, em Genebra, dado o potencial de disseminação que o vírus está tendo no mundo. A OPAS/OMS está neste momento trabalhando nas adaptações necessárias para a adequação do conteúdo a uma linguagem internacional. Estou confiante de que em breve poderemos disponibilizá-lo a outros países”, afirma.

A versão em português está disponível desde fevereiro e apresenta informações sobre o vírus Zika relacionadas à conduta nos casos e situações tratadas nos protocolos aprovados pelo Ministério da Saúde. O módulo de formação é destinado, prioritariamente, a médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e profissionais de nível superior da Atenção Básica, no entanto, é aberto para qualquer um interessado em conhecer mais sobre a doença. Com 45 horas-aula de duração, o módulo tem um capítulo integralmente dedicado aos cuidados voltados às gestantes com infecção pelo vírus e aos recém-nascidos com microcefalia. As inscrições devem ser realizadas pelo site da UNA-SUS e seguem até o dia 15 de fevereiro de 2017.

O curso é composto por quatro unidades educacionais. Os módulos são: aspectos epidemiológicos, promoção à saúde e prevenção de infecção por vírus Zika; quadro clínico e abordagem a pessoas infectadas com vírus Zika; os cuidados com as gestantes com suspeita ou confirmação de infecção por vírus Zika e do recém-nascido com microcefalia; e vigilância da infecção por vírus Zika e suas complicações. A ação trabalha pedagogicamente com atividades interativas, casos clínicos, vídeos com especialistas e entrevistas.

OUTROS CURSOS – Além do curso de Zika, o Ministério da Saúde oferta outras quatro opções de capacitação voltadas para o combate aoAedes aegypti, bem como para a atenção às doenças transmitidas pelo vetor. Está disponível, desde janeiro, um curso de atualização no combate vetorial voltado para agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, profissionais de educação, assistência social e defesa civil, militares e multiplicadores em resposta a emergências em saúde pública. Além desses profissionais, também podem participar as pessoas que estiverem interessadas em ampliar os conhecimentos sobre as doenças e sobre como eliminar o mosquito.

Com linguagem simples e de fácil entendimento, e de acesso livre a qualquer pessoa, o módulo é realizado pela internet, tem 16 horas de duração e conta com certificação ao final. Para acessar o conteúdo, é preciso fazer um cadastro na página do Ambiente Virtual de Aprendizagem do SUS (AVA-SUS) ou do Telessaúde Brasil Redes (Núcleo do Rio Grande do Sul) e começar as aulas virtuais. A expectativa é de que agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias de todo o país atualizem-se pela plataforma. O curso já conta com 7,5 mil inscritos.

Outras duas ações importantes são os cursos para diagnóstico e manejo de dengue e de chikungunya, ofertados de forma permanente pela UNA-SUS a profissionais de saúde de nível superior. O enfoque do curso de dengue, composto por oito estudos de caso, é a identificação do risco de casos suspeitos e a adoção das condutas corretas diante das diferentes situações clínicas, visando à redução de complicações. Desde 2012, foram recebidas mais de 21 mil matrículas para o curso de dengue, sendo a maioria delas realizadas por enfermeiros (48%) e médicos (32%). A maior parte dos profissionais matriculados (52%) atua em centros de saúde e unidades básicas de saúde, que são as portas de entrada do SUS.

Já o curso de chikungunya foi lançado em dezembro de 2015 – a primeira oferta recebeu 9.494 matrículas, sendo 36% de enfermeiros, 30% de médicos e 16% de técnicos e auxiliares de enfermagem. A maioria dos matriculados (52%) atua em centro de saúde ou unidade básica. O curso é composto por duas unidades: a primeira traz informações sobre epidemiologia, quadro clínico, diagnóstico, ações de vigilância e organização dos serviços de saúde, além de apresentar a importância da educação permanente em saúde. Já a segunda unidade aborda casos clínicos, nos quais o profissional é estimulado a refletir sobre a melhor conduta para realizar o manejo de pacientes com suspeita da doença.

Abertura do curso Nepso será realizada neste sábado em Garanhuns‏

Amanhã (02), a partir das 8h, a Unidade Acadêmica de Garanhuns da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UAG/UFRPE), em parceria com a Secretaria de Educação e Esportes (Seduce), realiza a abertura do curso Nossa Escola Pesquisa sua Opinião (Nepso). Na ocasião será apresentado o programa para os professores inscritos – sendo 16 efetivos em regência, três coordenadoras pedagógicas e uma gestora.

A abertura do curso também vai contar com a palestra: “A importância da pesquisa na educação básica”, com o lançamento do almanaque Nepso e a entrega dos certificados dos cursistas 2015.

Nepso – O programa consiste na disseminação do uso da pesquisa de opinião como instrumento pedagógico em escolas públicas de ensino regular fundamental e médio e em cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA). O curso forma professores pesquisadores que possam levar o projeto para ser executado nas instituições que atuam, facilitando aos alunos o acesso à iniciação de pesquisas científicas. O Nepso é fruto da parceria entre o Instituto Paulo Montenegro e a ONG Ação Educativa.

/**/

Gerência de Juventude promove curso gratuito

Começam hoje, 29, e vão até o dia 11 de março, as inscrições para o Curso Get Connected (Esteja Conectado), da Cisco Networking Academy, promovido gratuitamente pela Casa das Juventudes Urbana e direcionado para jovens de 15 a 29 anos.

O objetivo é apresentar os fundamentos da computação e as habilidades de navegação na Internet. Durante o curso, que tem duração de cerca de 30 dias, serão trabalhados pontos como: identificação dos diferentes tipos de sistemas de computadores, componentes, impressoras e outros dispositivos; aperfeiçoar o entendimento de Microsoft Windows e saber a forma de trabalhar com arquivos e pastas; entender a rede de computadores, como navegar e pesquisar na Internet e como usar o e-mail; criar contas no Facebook, LinkedIn e YouTube, além de identificar problemas comuns e implementar soluções simples para hardware, software e redes.

O início das aulas é no dia 15 de março e as inscrições devem ser realizadas na Casa das Juventudes Urbana, que fica localizada na Rua Maria Celestina de Queiroz,109-A, São Francisco, ou através da internet pelo email: djuventudecaruaru@gmail.com.

Os documentos necessários para efetivar a matrícula são RG, CPF e email (caso não possua, a gerência irá auxiliar na criação). Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone 3724 0208.

Casa das Juventudes apresentará curso oferecido pela Cisco Networking Academy‏

A Secretaria de Educação, através da Casa das Juventudes Urbana, apresentará, na próxima quinta-feira, 25, o curso Introdução Tecnológica da Cisco Networking Academy para autoridades e convidados.

O objetivo é mostrar a importância da capacitação e, posteriormente, abrir inscrições para que a comunidade jovem de Caruaru possa se especializar na área de Tecnologia da Informação, além disso, frisar a parceria lançada entre a Secretaria de Educação e o programa internacional.

A Cisco Networking Academy, um programa de Responsabilidade Social Corporativa Cisco, está disponível para instituições e indivíduos em todo o mundo para aprenderem habilidades de TI e construção de carreira.

Atualmente, existem mais de cinco milhões de estudantes ativos no Programa Cisco Networking Academy em mais de vinte mil academias instaladas em universidades, escolas técnicas, escolas secundárias, escolas preparatórias, organizações comunitárias e outros programas educacionais em mais de cento e oitenta países que recebem os diferentes currículos em até 9 idiomas.

Somente na América Latina, o programa foi implementado em seiscentas e cinquenta Academias, instaladas em vinte e quatro países, com mais de sessenta e cinco mil estudantes ativos. Aqui no interior de Pernambuco, apenas Caruaru e Garanhuns foram contempladas com o programa.

A apresentação acontecerá às 15h, na Casa das Juventudes Urbana, que fica localizada na Rua Maria Celestina de Queiroz, 109 A, São Francisco.

Secretaria de Agrestina oferece curso gratuito

Em tempos de enfrentamento ao Aedes aegypti, o reaproveitamento de material que seria descartado na natureza é mais do que necessário. Partindo desse pressuposto, a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres de Agrestina inscreve, de 22 de fevereiro a 10 de março para curso gratuito de artesanato. Vinte mulheres terão a oportunidade de aprender a dar novas formas a garrafas pet, caixas de papelão, rolos de papel, entre outros materiais.

A professora Valdinete Diniz Tavares, ministrará aulas a partir do dia 14 de março, na sede da Secretaria, sempre às segundas-feiras, à tarde (com horário a definir). De acordo com a secretária Maria Edinete Luiz, a atividade também poderá servir como “geração de renda, através da realização de feirinhas para comercializar as peças produzidas”. Para se inscrever, as interessadas devem ir até a Secretaria, na Rua Coronel Manoel Alves, no Centro de Agrestina, das 7h às 13h.

Prefeitura de Caruaru abre inscrições para curso de Libras

Estão abertas as inscrições para mais uma edição do Curso Básico de Língua Brasileira de Sinais (Libras) em Caruaru. Ao todo, são 75 vagas abertas para a formação de três turmas. As inscrições devem ser realizadas no Centro de Atendimento às Pessoas com Deficiência (CAPD), na rua Deolindo Tavares, nº 191, no bairro Maurício de Nassau, mesmo local onde o curso será ministrado. O CAPD atende pelos telefones: 3701-1885 ou 0800-2813344.

Compõem o público do curso: servidores públicos municipais, professores da rede pública municipal e estadual; familiares ou pessoas de convívio de deficientes auditivos; arte-educadores da Saúde, agentes de Saúde, enfermeiros; recepcionistas dos hospitais públicos; integrantes de instituições especializadas; policiais, agentes penitenciários, técnicos judiciários e do Ministério Público e estudantes. No ato da matrícula, é necessário apresentar as cópias do RG, CPF, cartão do SUS, comprovante de residência e uma foto 3×4.

Para familiares ou pessoas de convívio, é necessária a xerox do exame audiométrico da pessoa com deficiência auditiva de proximidade. Para funcionários públicos, a xerox da parte externa do contra cheque. O curso tem duração de quatro meses e as aulas acontecem uma vez por semana; os dias disponíveis são as segundas, quartas e sextas das 8h30 às 11h.

Para os que optarem pelas segundas feiras, o curso tem início no dia 15 de fevereiro; já para os que optarem pela quarta, o início está marcado para o dia 17 de fevereiro, e os que escolherem a sexta no dia 19. Ao término da formação, os participantes receberão certificados de conclusão. O curso é gratuito.

Prefeitura de Caruaru abre inscrições para curso de Libras

Estão abertas as inscrições para mais uma edição do Curso Básico de Língua Brasileira de Sinais (Libras) em Caruaru. Ao todo, são 75 vagas abertas para a formação de três turmas. As inscrições devem ser realizadas no Centro de Atendimento às Pessoas com Deficiência (CAPD), na rua Deolindo Tavares, nº 191, no bairro Maurício de Nassau, mesmo local onde o curso será ministrado. O CAPD atende pelos telefones: 3701-1885 ou 0800-2813344.

Compõem o público do curso: servidores públicos municipais, professores da rede pública municipal e estadual; familiares ou pessoas de convívio de deficientes auditivos; arte-educadores da Saúde, agentes de Saúde, enfermeiros; recepcionistas dos hospitais públicos; integrantes de instituições especializadas; policiais, agentes penitenciários, técnicos judiciários e do Ministério Público e estudantes.   No ato da matrícula, é necessário apresentar as cópias do RG, CPF, cartão do SUS, comprovante de residência e uma foto 3×4.

Para familiares ou pessoas de convívio, é necessária a xerox do exame audiométrico da pessoa com deficiência auditiva de proximidade. Para funcionários públicos, a xerox da parte externa do contra cheque.   O curso tem duração de quatro meses e as aulas acontecem uma vez por semana; os dias disponíveis são as segundas, quartas e sextas das 8h30 às 11h.

Para os que optarem pelas segundas feiras, o curso tem início no dia 15 de fevereiro; já para os que optarem pela quarta, o início está marcado para o dia 17 de fevereiro, e os que escolherem a sexta no dia 19. Ao término da formação, os participantes receberão certificados de conclusão. O curso é gratuito.

Prefeitura de Caruaru abre inscrições para curso de Libras

Estão abertas as inscrições para mais uma edição do Curso Básico de Língua Brasileira de Sinais (Libras) em Caruaru. Ao todo, são 75 vagas abertas para a formação de três turmas. As inscrições devem ser realizadas no Centro de Atendimento às Pessoas com Deficiência (CAPD), na rua Deolindo Tavares, nº 191, no bairro Maurício de Nassau, mesmo local onde o curso será ministrado. O CAPD atende pelos telefones: 3701-1885 ou 0800-2813344.

Compõem o público do curso: servidores públicos municipais, professores da rede pública municipal e estadual; familiares ou pessoas de convívio de deficientes auditivos; arte-educadores da Saúde, agentes de Saúde, enfermeiros; recepcionistas dos hospitais públicos; integrantes de instituições especializadas; policiais, agentes penitenciários, técnicos judiciários e do Ministério Público e estudantes.   No ato da matrícula, é necessário apresentar as cópias do RG, CPF, cartão do SUS, comprovante de residência e uma foto 3×4.

Para familiares ou pessoas de convívio, é necessária a xerox do exame audiométrico da pessoa com deficiência auditiva de proximidade. Para funcionários públicos, a xerox da parte externa do contra cheque.   O curso tem duração de três meses e as aulas acontecem uma vez por semana; os dias disponíveis são as quartas-feiras, nos horários da manhã e da tarde, e as sextas-feiras apenas no horário matutino.

Para os que optarem pelas segundas feiras, o curso tem início no dia 15 de fevereiro; já para os que optarem pela quarta, o início está marcado para o dia 17 de setembro, e os que escolherem a sexta no dia 19. Ao término da formação, os participantes receberão certificados de conclusão.

Curso gratuito tem inscrições abertas

Em Gravatá, no Agreste, a Prefeitura em parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Turismo e PRODETUR, está com 30 vagas disponíveis para o curso gratuito de Precificação e Técnica de Vendas. Os interessados devem procurar o Centro de Formação Profissionalizante, situado na Rua Cleto Campelo, Centro, das 8h às 12h30.

No ato das inscrições é necessário levar os seguintes documentos: Cópia do RG, CPF, e Comprovante de Residência. Os participantes devem ter idade mínima de 18 anos. O curso acontece de 15 de fevereiro até o dia 8 de março. Os alunos terão direito ao lanche.

Secretaria realiza curso permanente em Caruaru

A Secretaria de Saúde de Caruaru, em parceria com a Secretaria de Participação Social, realizará mais uma vez o curso de mobilização permanente destinado tanto a sociedade civil, quanto ativistas, a compreender e então defender o parto humanizado. A ação será dividida em dois dias de atividades, 28 e 29 de janeiro, no horário das 13 às 17 horas no auditório da Secretaria de Saúde, e serão ministradas pelo médico e professor da UFPE Izaias Souza, pela Psicóloga Verônica Santa Cruz e Doula Sueli Freitas.

O curso é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde de Caruaru e tem como objetivo fortalecer o ativismo em prol do direito ao parto humanizado. “O principal objetivo da realização deste curso é de conseguirmos mobilizar a população e os movimentos sociais, a saírem em defesa do parto humanizado. Para isso, explicaremos o que é esse parto e como beneficia a gestante e o bebê.” Destaca Verônica Santa Cruz, psicóloga.

Durante o encontro haverá uma explanação das conjunturas internacional, nacional e municipal que envolve o nascer de forma natural e humanizada. Também uma apresentação do Movimento Nascer Bem Caruaru que vem qualificando e humanizando toda a linha de atenção à saúde e cuidado da gestante e do bebê. Outros temas abordados, serão a violência obstétrica, os direitos das gestantes e sua família, boas práticas obstétricas e o plano de parto.

Ainda segundo Santa Cruz: “A Secretaria de Saúde já estruturou toda uma linha de cuidado, que vai desde a atenção básica, exames das gestantes na rede, até possíveis transferências para setores de referência, caso necessário. Houve reformas estruturais, capacitação das equipes e contratação para melhor desempenho e atendimento na rede, em várias unidades de saúde, principalmente na Casa de Saúde Bom Jesus. Todos precisam estar cientes do esforço que fazemos por essa causa.”

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas na própria Secretaria de Saúde, que fica localizada na Av. Vera Cruz, São Francisco ou pelo email nep.caruaru@gmail.com