Senador Douglas Cintra lança ferramentas digitais

d2995008-1720-4316-8302-4d12bb8648af

Buscando interagir com a população e prestar contas de seu mandato, o senador Douglas Cintra (PTB-PE) preparou uma série de ferramentas virtuais. Desde o início da semana, o petebista conta com um blog, uma página no Flickr e um canal no YouTube, onde detalha sua ação parlamentar e opina acerca de diversos temas. Além disso, o senador reformulou sua fanpage no Facebook, que já era utilizada para entrar em contato com o público.

Através do blog, o público pode acompanhar o trabalho do senador, bem como emitir comentários sobre a sua atuação. O endereço do blog é douglascintra.wordpress.com, e conta com link para o canal no YouTube, o qual conta com vídeos de discursos, entrevistas e trabalhos em comissões, e para a página do Flickr, em que há fotografias da ação do senador em Brasília. No Facebook, o acesso à fanpage do senador é pelo endereço www.facebook.com/senadordouglascintra.

“Entendo que o político necessita estar próximo do povo. Esse diálogo acontece tanto por meio das instituições representativas quanto por meio das ferramentas de comunicação. Agora temos mais canais de comunicação para que a população conheça o nosso trabalho em Brasília por Pernambuco e pela melhoria da vida dos pernambucanos”, observa Cintra.

Senador Douglas Cintra lança ferramentas digitais

192ac480-be70-4dfe-a6d1-f64bbba31061

Buscando interagir com a população e prestar contas de seu mandato, o senador Douglas Cintra (PTB-PE) preparou uma série de ferramentas virtuais. O petebista conta com um blog, uma página no Flickr e um canal no YouTube, onde detalha sua ação parlamentar e opina acerca de diversos temas. Além disso, o senador reformulou sua fanpage no Facebook, que já era utilizada para entrar em contato com o público.

Através do blog, o público pode acompanhar o trabalho do senador, bem como emitir comentários sobre a sua atuação. O endereço do blog é douglascintra.wordpress.com, e conta com link para o canal no YouTube, o qual conta com vídeos de discursos, entrevistas e trabalhos em comissões, e para a página do Flickr, em que há fotografias da ação do senador em Brasília. No Facebook, o acesso à fanpage do senador é pelo endereço www.facebook.com/senadordouglascintra.

“Entendo que o político necessita estar próximo do povo. Esse diálogo acontece tanto por meio das instituições representativas quanto por meio das ferramentas de comunicação. Agora temos mais canais de comunicação para que a população conheça o nosso trabalho em Brasília por Pernambuco e pela melhoria da vida dos pernambucanos”, observa Cintra.

Cintra vai ao INSS e garante 2.000 empregos em call center

9dfe07b3-7604-46d8-a36e-9f705b0fcc41

A presidente do INSS, Elisete Berchiol, garantiu esta semana ao senador Douglas Cintra (PTB-PE), em audiência, a manutenção do contrato com a empresa de call center Provider e, em consequência, a preservação de dois mil empregos em Caruaru, onde opera a central de atendimento do INSS. O contrato, que vence em dezembro de 2017, corria o risco de ser suspenso em função de nova licitação para call center promovida pela autarquia.

“Não podemos colocar em risco a operação do INSS e, por isso, é fundamental a garantia de um bom atendimento”, assinalou Berchiol na audiência. Cintra havia lhe argumentado que uma eventual revogação do contrato, especialmente numa conjuntura de queda acentuada no mercado de trabalho, como a atual, traria sérios prejuízos sociais a Caruaru. “Haverá o desemprego de duas mil pessoas, a grande maioria de jovens, geralmente no primeiro emprego”, alertou.

“Caruaru tornou-se um importante polo de educação, concentrando cerca de 20 mil estudantes universitários, boa parte dos quais tem no call center o sustento essencial para manter os estudos”, disse ainda o senador caruaruense à presidente do INSS, que informou já haver visitado a central de atendimento.

Cintra deu apoio à ampliação do call center quando era secretário de Governo da Prefeitura de Caruaru, em 2008. O grupo pernambucano Provider, que, com dois mil atendentes, opera há quase dez anos o call center do INSS, recebendo cerca de 60 milhões de chamadas anualmente, emprega cinco mil funcionários em todo o estado. Entre outros clientes, atende o banco Itaú, com uma central no Recife.

O INSS realizou licitação para ter uma alternativa de call center, vencida por uma empresa de Minas Gerais, que não será convocada se a Provider continuar operando satisfatoriamente, assegurou Elisete Berchiol.

Cintra vai ao INSS e garante 2.000 empregos em call center de Caruaru

363a7f88-7f59-431a-aaf7-9bfbd6891455

 

A presidente do INSS, Elisete Berchiol, garantiu hoje (quarta, 09.03) ao senador Douglas Cintra (PTB-PE), em audiência, a manutenção do contrato com a empresa de call center Provider e, em consequência, a preservação de dois mil empregos em Caruaru, onde opera a central de atendimento do INSS. O contrato, que vence em dezembro de 2017, corria o risco de ser suspenso em função de nova licitação para call center promovida pela autarquia.

“Não podemos colocar em risco a operação do INSS e, por isso, é fundamental a garantia de um bom atendimento”, assinalou Berchiol na audiência. Cintra havia lhe argumentado que uma eventual revogação do contrato, especialmente numa conjuntura de queda acentuada no mercado de trabalho, como a atual, traria sérios prejuízos sociais a Caruaru. “Haverá o desemprego de duas mil pessoas, a grande maioria de jovens, geralmente no primeiro emprego”, alertou.

“Caruaru tornou-se um importante polo de educação, concentrando cerca de 20 mil estudantes universitários, boa parte dos quais tem no call center o sustento essencial para manter os estudos”, disse ainda o senador caruaruense à presidente do INSS, que informou já haver visitado a central de atendimento.

Cintra deu apoio à ampliação do call center quando era secretário de Governo da Prefeitura de Caruaru, em 2008. O grupo pernambucano Provider, que, com dois mil atendentes, opera há quase dez anos o call center do INSS, recebendo cerca de 60 milhões de chamadas anualmente, emprega cinco mil funcionários em todo o estado. Entre outros clientes, atende o banco Itaú, com uma central no Recife.

O INSS realizou licitação para ter uma alternativa de call center, vencida por uma empresa de Minas Gerais, que não será convocada se a Provider continuar operando satisfatoriamente, assegurou Elisete Berchiol.

Comissão do Senado vota parecer permitindo a aposentado bloquear empréstimo consignado

douglas-cintra2

Do Blog de Jamildo

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado irá votar, nesta terça-feira (16), medida que garante ao aposentado do INSS a solicitação do bloqueio, a qualquer tempo, de descontos indevidos no seu benefício de parcelas do empréstimo consignado. A medida está prevista em parecer do senador Douglas Cintra (PTB-PE) ao PLS 276/2007. Como tem caráter terminativo, se aprovado, o projeto segue direto à votação do plenário.

“O objetivo do projeto é evitar o mau uso do nome do aposentado para obtenção de empréstimos não autorizados e manter os descontos em folha autorizados de forma regular”, justifica Cintra em seu relatório ao PLS 276/2007, de autoria do senador Valdir Raupp (PMDB-RO).

A justificativa do projeto assinala que ele evita “a utilização fraudulenta de registros de titulares de benefícios previdenciários na obtenção de empréstimos bancários”, contribuindo, dessa forma, para a prevenção deste tipo de criminalidade. O bloqueio não se aplica a descontos autorizados em data anterior ao pedido de suspensão, ou seja, a financiamentos contraídos anteriormente.

O senador pernambucano acrescentou artigo ao PLS 276/2007 estabelecendo que, caso o desconto seja questionado pelo aposentado, será mantida a margem consignável (limite do benefício a ser descontado para pagamento do financiamento), que, no entanto, não poderá ser utilizada na contratação de novo empréstimo até a decisão final do processo.

”Atualmente, quando o desconto deixa de ocorrer devido á contestação judicial ou extrajudicial, a margem consignável é liberada e muitas vezes ocorre que o aposentado consegue tomar novo empréstimo, podendo, com isso, ficar sem margem para pagar o financiamento contestado, se ao final exigido”, explica Cintra em seu parecer.

Brinquedos

Outro parecer do senador pernambucano na pauta da CAE desta terça-feira aprova projeto de lei determinando que no mínimo 5% dos brinquedos e equipamentos de lazer nos shopping centers sejam adaptados para crianças com deficiência ou mobilidade reduzida.

“Os custos da medida são módicos diante dos benefícios que trazem, tendo em vista o poder econômico dos shopping centers. Ademais, é de interesse público a criação de mecanismos de inclusão social das crianças com deficiência, muitas vezes impedidas de participar de diversões nos equipamentos existentes”, justifica Cintra em seu parecer ao projeto de lei, de autoria do então senador Vital do Rego (PMDB-PB).

Senado aprova parecer de Cintra estendendo a negociação coletiva à administração pública

unnamed (23)

A redução das greves e paralisações no funcionalismo, com benefícios à população usuária dos serviços públicos, será um dos vários efeitos positivos da extensão da negociação coletiva à administração direta. A afirmação foi feita pelo senador Douglas Cintra (PTB-PE) após a aprovação, hoje (quarta,11), por unanimidade, na Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional (CEDN), do seu parecer ao projeto de lei estabelecendo a medida.

Como foi votado em caráter terminativo – ou seja, sem a necessidade de passar pelo plenário – o projeto de lei seguirá agora direto ao exame da Câmara dos Deputados. O PLS 397/2015, de autoria do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), integra a chamada Agenda Brasil, conjunto de propostas em tramitação no Senado selecionadas como capazes de atenuar a crise econômica.

“O senador Douglas Cintra se dedicou ao projeto com empenho, como se dele fosse”, elogiou Anastasia, autor do projeto. “O parecer de Cintra concilia todos os interesses envolvidos, do governo e dos funcionários públicos”, destacou no plenário da CEDN o senador Paulo Paim (PT-RS).  Para o presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil, João Domingos dos Santos, que acompanhou a votação, “foi enfim atendida antiga reivindicação do funcionalismo”.

Enfrentamentos – Com 26 artigos, o projeto estende a negociação coletiva aos funcionários públicos federais, estaduais e municipais. Participarão da negociação, de um lado, as entidades de classe dos servidores públicos e, do outro, representantes do organismo estatal respectivo.

Entre os 14 itens que poderão integrar a negociação coletiva estão – além, obviamente, da remuneração – os planos de carreira, avaliação de desempenho, planos de saúde e de capacitação, condições de trabalho, criação e extinção de cargos e funções.

O PLS 397/2015 fixa, porém, limites à negociação coletiva no serviço público, como as dotações orçamentárias e os gastos com pessoal na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Determina, ainda, punições para quem retardar as negociações: infração disciplinar para o representante da administração direta e multa para o sindicato dos funcionários.

No parecer em que recomendou a aprovação do projeto, Cintra destacou que a realidade atual das demandas salariais no funcionalismo“ é repleta de incompreensões e enfrentamentos”. Tal situação, segundo ele, leva, na imensa maioria dos casos, “à solução extrema da greve, que, afora desgastar as relações entre os servidores e o Estado, gera prejuízos incalculáveis à população usuária dos serviços públicos”.

Levy almoça com Cintra e outros senadores

Douglas Cintra

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, alertou que a desaceleração da economia irá se aprofundar sem o ajuste fiscal que está executando. O aviso foi dado em almoço, ontem (10), com os senadores do bloco União e Força, do qual faz parte Douglas Cintra (PTB-PE), cujo gabinete Levy visitou após o almoço.

De acordo com relato de Cintra, Levy lembrou, no encontro, que houve protesto generalizado do empresariado por ocasião da reoneração da folha de pagamento, mas agora é bem maior para as empresas o custo do desaquecimento da atividade econômica.
A reoneração foi a medida do ajuste fiscal que elevou a taxação sobre o faturamento da maioria dos 56 setores que haviam trocado a isenção da contribuição previdenciária pela cobrança de uma alíquota sobre suas receitas.

“As medidas do ajuste fiscal são duras, mas necessárias. O país não voltará a crescer sem estar fiscalmente saneado”, declarou o ministro da Fazenda aos senadores, informou o parlamentar pernambucano. O bloco União e Força, do qual participa, reúne nove senadores do PTB, PSC, PR e PRB.

Cintra relatou ainda que, apesar de ter havido sugestões para uma maior aproximação da presidente Dilma Rousseff com os senadores do bloco, integrante da base de sustentação do governo, o clima com Levy foi cordial. “Houve consenso de que se é ruim com o ajuste fiscal, sem ele será muito pior para o país”, contou o senador petebista.

Cintra obtém R$ 1,9 milhão para obras de calçamento em Caruaru

Douglas Cintra

O Ministério das Cidades assegurou a liberação de R$ 1,9 milhão de emenda do senador Douglas Cintra (PTB-PE) ao orçamento da União deste ano para o calçamento das ruas do bairro do Inocoop, em Caruaru. A informação foi dada hoje (quarta, 04) pelo Ministério ao gabinete do senador. “É uma obra aparentemente simples, mas de grande importância para um bairro carente de melhorias urbanas”, comemorou Cintra.

Com o empenho da verba decidido pelo Ministério das Cidades, a prefeitura apresentará o projeto de engenharia à Caixa Econômica Federal. Após a aprovação do projeto, a CEF autoriza a licitação para a contratação da empresa responsável pelo calçamento. Feita a concorrência, a Caixa autoriza o início da obra e irá liberando os recursos à medida em que ela vai sendo executada.

Outra emenda de Cintra ao orçamento vigente beneficiando Caruaru destina R$ 1,3 milhão para a compra de equipamentos hospitalares, como raio X, e R$ 500 mil para melhorias de estradas vicinais.

O senador caruaruense preocupou-se também com outros municípios do agreste, assinando emendas no valor total de R$ 1,1 milhão igualmente para compra de equipamentos hospitalares em Brejo da Madre de Deus, Bonito, São Caetano e Agrestina.

Senador Douglas Cintra é cidadão de Bonito

Em solenidade ocorrida na noite de ontem, na Câmara de Vereadores de Bonito, o senador Douglas Cintra (PTB-PE) recebeu o título de cidadão bonitense. Em seu discurso, o petebista deixou claro o amor que sente pela cidade. “Bonito serve de inspiração para meus trabalhos no Senado Federal, onde atuo com foco na preservação ambiental e na interiorização do desenvolvimento econômico de Pernambuco”, afirmou.

Convém salientar que o município tem sido alvo das ações do senador. Basta citar que ele conseguiu uma emenda de R$ 350 mil para que sejam realizados investimentos na área da saúde e outra de R$ 650 mil para a aquisição de equipamentos em prol da área rural.

O autor da proposta de entrega do título foi o vereador Paulo Sérgio (PT), que destacou a relação afetiva entre o homenageado e o município, bem como enalteceu a trajetória empresarial do novo bonitense. “Douglas Cintra tem a essência do nordestino do Agreste pernambucano: é ativo, trabalhador e dinâmico”, elencou o parlamentar.

Além disso, o legislador salientou que a homenagem havia sido aprovada mediante decreto legislativo no dia 8 de maio de 2014, antes mesmo de Cintra assumir o Senado. Vale lembrar que Douglas Cintra também faz parte da ONG Sabiá da Mata, localizada em Bonito, que desenvolve atividades voltadas para o meio ambiente.

/**/

Emenda de Cintra destina R$ 100 milhões à duplicação da BR-423

unnamed (7)
O senador Douglas Cintra (PTB-PE) apresentou à Comissão Mista de Orçamento emenda ao orçamento da União de 2016, cujo projeto de lei está em discussão no Congresso, destinando R$ 100 milhões às obras de duplicação da BR-423, entre São Caetano e Garanhuns. A licitação da rodovia deve ser lançada no fim do mês pelo DNIT (Departamento Nacional de infraestrutura de Transportes).
O custo total da duplicação da BR-423, num trecho de 70 quilômetros,  está estimado pelo DNIT em R$ 400 milhões, incluindo, além da duplicação em si, o reforço do asfalto da rodovia existente.

“A obra, uma antiga aspiração da população do agreste, irá melhorar substancialmente a infraestrutura viária em Pernambuco, essencial para interiorizar o desenvolvimento. Contribuirá, também, para eliminar o elevado índice de acidentes fatais na BR-423, pelo tráfego intenso de caminhões e motos. É altamente justificada, portanto, nossa emenda, cuja aprovação irei discutir pessoalmente com os deputados e colegas senadores da Comissão Mista”, declarou Cintra.

A duplicação da BR-423 é uma das prioridades do senador pernambucano. Ele se reuniu com dirigentes do DNIT, por duas vezes, em julho e em agosto, para discutir a obra, acompanhado dos prefeitos de Garanhuns, Izaias Régis (PTB), na primeira reunião, e de São Caetano, José Neves (PTB), na seguinte.

Segundo o coordenador-geral de Planejamento e Programação de Investimentos do DNIT, André Nunes,  a obra será licitada em dois lotes, no sistema de RDC (Regime Diferenciado de Contratações Públicas), que permite maior rapidez nas contratações.

O primeiro lote, entre São Caetano e Lajedo, deve ir à concorrência no final deste mês, e o segundo, até Garanhuns, logo em seguida, no máximo até janeiro. “Com a concessão à iniciativa privada do Arco Metropolitano e da duplicação da BR-232 até Cruzeiro do Nordeste, a BR-423 será a maior obra do DNIT em Pernambuco”, informa Nunes.