Geraldo anuncia entrega do Compaz do Cordeiro

A população do Recife vai ganhar, no dia do aniversário da cidade, 12 de março, mais um grande presente. O Compaz Escritor Ariano Suassuna, localizado na Avenida Abdias de Carvalho, no Cordeiro, será entregue na data de comemoração dos 480 anos da cidade. O anúncio foi feito nesta terça-feira (3), quando o prefeito levou o novo secretariado municipal, empossado ontem, ao equipamento. Geraldo aproveitou ainda para apresentar à nova equipe, no Hospital da Mulher e na Escola Municipal Santo Amaro Severino Gomes Bria, o padrão de infraestrutura e qualificação dos serviços públicos adotado pela gestão nos últimos quatro anos e que será utilizado no segundo mandato.

“O Compaz é um equipamento que pertence à comunidade. A população opina no projeto, os serviços e ações que serão oferecidos, além do funcionamento de várias secretarias e convênios com entidades privadas. Vamos buscar estas parcerias, com ONGs, empresas e todo mundo que queria contribuir para mudar a vida das pessoas que vão ser atendidas aqui a partir do dia 12 de março”, destacou o prefeito Geraldo Julio. O local beneficiará cerca de 150 mil pessoas, do Cordeiro, Torrões, Prado, San Martin e Bongi.

Ao todo, o equipamento ocupa uma área de 17 mil metros quadrados, sendo maior que o Compaz Governador Eduardo Campos, no Alto Santa Terezinha, que possui 14 mil metros quadrados. O investimento total no local é de R$ 32 milhões e a unidade terá duas quadras de tênis, duas pistas de skate, pista de atletismo, biblioteca, entre outros espaços para a população.

O equipamento vai oferecer diversos serviços de cidadania e inclusão, a exemplo do Compaz Governador Eduardo Campos. Entre eles, Procon, Mediação de Conflitos, Compaz sem Fronteiras (aulas de Inglês e Espanhol), atividades esportivas, promovidas pela Secretaria de Esportes, através do Programa de Esportes e Lazer da Cidade (Pelc) como futebol, futsal e as aquáticas: natação e hidroginástica.

A secretária-executiva de Esportes, Yane Marques, elogiou a estrutura do local. “O esporte serve como ferramenta de educação de verdade. Este espaço é impressionante e eu estou muito encantada. Quero ver isto aqui cheio de crianças e adolescentes utilizando o tempo livre para desenvolver o espírito esportivo. O esporte é um duplo retorno já que as pessoas ficam longe da rua e estão fazendo uma atividade para o benefício da saúde”, comemorou Yane.

Geraldo e o secretariado visitou ainda a antiga sede e a nova sede da Escola Municipal Santo Amaro Severino Gomes Bria. O local, erguido do zero e que possui o padrão de qualidade marca do governo do prefeito, atende 429 crianças e jovens. O imóvel antigo tinha apenas 234 m² e a nova sede é três vezes maior, com 850 m², e tem salas amplas e climatizadas, além de espaço tecnológico com mesas educativas que vão auxiliar no processo de alfabetização das crianças. A unidade tem acessibilidade garantida, contando inclusive com elevador e sala de recursos multifuncionais, onde os estudantes com deficiência serão atendidos individualmente por uma professora especializada em Educação Especial.

No Hospital da Mulher, os presentes puderam constatar a estrutura do local e o diferencial, que é o atendimento humanizado. Inaugurado em maio de 2016, a unidade está instalada em uma área de 30 mil m² e com uma área total construída de 13.348,98 m². O local possui a primeira maternidade de alto risco da cidade e realiza partos, cirurgias, exames, internações, consultas especializadas, entre outros atendimentos necessários para garantir a assistência integral à saúde da mulher. Até esta manhã, o Hospital atendeu mais de 165 mil usuárias, com 37 mil consultas e 1.500 partos. Também foram realizadas 25.500 exames de ultrassonografia.

“Nosso objetivo aqui foi mostrar a transformação que ocorreu no Recife nestes quatro anos. Visitamos uma escola antiga e uma escola nova, em um novo padrão de infraestrutura para a população. A gente quer que este novo padrão exista em tudo que a prefeitura faz. Nosso desejo é um serviço público de qualidade e oferecido para aqueles que mais precisam, principalmente em um momento de crise como o Brasil está passando, já que quem mais sofre com isso são os mais pobres”, acrescentou Geraldo.

O maior erro de Geraldo

Do Blog do Magno
No primeiro mandato, o prefeito do Recife, Geraldo Julio, viu seu gabinete se transformar num muro de lamentações porque optou por um secretário de Governo que nada articula e sequer atende telefone de políticos, principalmente vereadores da base. Mesmo assim, resolveu incorrer no mesmo erro mantendo Sileno Guedes na função.
De fino no trato, ele não tem nada. Que o digam os aliados que deram o sangue na primeira campanha de Geraldo e na passada, tratados com desdém e que não alimentam nenhuma expectativa de que sua postura arrogante mude da noite para o dia.
Mas como ele é candidato a deputado estadual deve se amoldar ao script dos políticos que se apresentam como cordeirinhos em campanha, para conseguir o objetivo, mas quando chegam ao poder voltam a ser a mesma jararaca própria da sua personalidade.
Ninguém consegue entender como o prefeito entrega uma coordenação política a quem é detestado no partido, na Câmara e na própria administração. É a interlocução do nada pelo nada. Na campanha, Geraldo só conseguiu gerir a sua base porque tirou Sileno da relação com os candidatos proporcionais, entregando a coordenação politica a um aliado que cumpriu bem o papel.
Cria de Eduardo Campos, Sileno é especialista em embromação e fomentar intrigas no Governo quando interesses particulares são contrariados. Até às paredes do Palácio do Capibaribe sabem disso. Com o poder que ninguém é capaz de traduzir em bom português de onde vem, o secretário vai continuar no cargo fazendo o que é especialista: intrigas.

Confira os nomes do secretariado de Geraldo

Um dia depois de tomar posse para o seu segundo mandato como Prefeito do Recife, o prefeito Geraldo Julio anuncia a composição do seu novo secretariado para os próximos quatro anos. A equipe está formatada dentro da Reforma Administrativa proposta pela Prefeitura e aprovada pela Câmara Municipal na última semana, que reduz de 24 para 15 secretarias. Foram reunidos para as funções de auxiliares diretos do Prefeito, nomes com reconhecida capacidade técnica e experiência tanto no serviço público como na iniciativa privada para responder as expectativas da população. A posse dos novos secretários acontece hoje, às 16h, no Forte Cinco Pontas.

A nova secretária de Turismo, Esportes e Lazer será Ana Paula Vilaça, que sai do comando da Empresa de Turismo Pernambucano (Empetur), no Governo do Estado. A Secretaria Executiva de Esportes será comandada pela pentatleta e medalhista olímpica Yane Marques. Secretária de Meio Ambiente e Sustentabilidade durante o primeiro mandato do prefeito Geraldo Julio, a advogada e poetisa Cida Pedrosa volta para a gestão, desta vez a frente da Secretaria da Mulher do Recife.

O atual Secretário de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, assumirá a Secretaria de Educação do Recife. Já Jorge Vieira, titular da pasta de Educação no primeiro mandato, vai para a nova Secretaria de Planejamento, Administração e Gestão de Pessoas. Ele será auxiliado pelo jornalista Alexandre Gabriel em uma das novas funções da pasta, a Secretaria Executiva de Coordenação de Gestão. O atual secretário de Administração e Gestão de Pessoas, Marconi Muzzio, será o chefe de gabinete do prefeito Geraldo Julio.

Com a responsabilidade de melhorar o ambiente de negócios e fomentar o empreendedorismo e sustentabilidade na cidade, como foco no meio ambiente, o economista e empresário Bruno Schwambach traz a experiência do setor privado e será o titular da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente. Ele será auxiliado por executivo da área de sustentabilidade e meio ambiente.

A nova Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos será comandada por Ana Rita Suassuna, atual titular da pasta de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos. A conselheira do Conselho Municipal de Juventude e Gerente de Políticas Públicas para a Juventude, Camila Barros, será a nova secretária executiva de Juventude do Recife. O sociólogo e professor André Sena será o secretário executivo de Políticas Sobre Drogas. Quem ficará à frente do Gabinete de Imprensa é o jornalista Carlos Eduardo Santos, que até então atuava como secretário Executivo de Relações com a Imprensa. Confira a lista completa.

Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer – Ana Paula Vilaça

Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer (Executiva de Esportes) – Yane Marques

Secretaria da Mulher – Cida Pedrosa

Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Bruno Schwambach

Secretaria de Planejamento, Administração e Gestão de Pessoas – Jorge Vieira

Secretaria de Planejamento, Administração e Gestão de Pessoa (Executivo de Coordenação de Gestão) – Alexandre Gabriel

Secretaria de Educação – Alexandre Rebêlo

Secretaria de Saúde – Jaílson Correia

Secretaria de Planejamento Urbano – Antônio Alexandre

Secretaria de Infraestrutura e Habitação – Roberto Gusmão

Secretaria de Infraestrutura e Habitação (Executivo de Habitação) – Carlos Fernando Filho

Secretaria de Cultura – Lêda Alves

Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano – João Braga

Secretaria de Saneamento – Alberto Feitosa

Secretaria de Segurança Urbana – Murilo Cavalcanti

Secretaria de Finanças – Ricardo Dantas

Secretaria de Governo e Participação Social – Sileno Guedes

Secretaria de Governo e Participação Social (Executivo de Articulação Política) – Rodrigo Farias

Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos – Ana Rita Suassuna

Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos (Executiva de Juventude) – Camila Barros

Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Direitos Humanos e Políticas Contra o Crack (Executivo de Políticas sobre Drogas) – André Sena

Procuradoria-Geral do Município – Ricardo Correia

Controladoria-Geral do Município – Rafael Figueiredo

Gabinete do Prefeito – Marconi Muzzio

Gabinete de Projetos Especiais – João Guilherme Ferraz

Gabinete de Imprensa – Carlos Eduardo Santos

Assessoria Especial – Fred Oliveira

Procon – José Neves

Representação em Brasília e Relações Internacionais – Giovani Oliveira

Agência Recife para Inovação e Estratégia (ARIES) – Guilherme Cavalcanti

Conselho – Silvio Meira

Conselho – Francisco Cunha

Rebelo vira secretário de Educação de Geraldo

Um dos nomes fortes da atual equipe do prefeito Geraldo Júlio, o secretário de Planejamento, Alexandre Rebelo, trocará a atual pasta pela Educação na montagem da equipe que será anunciada hoje. Outros secretários confirmados:jornalista Carlos Eduardo, secretário de Comunicação; Marconi Múzzio, atual secretário de Administração, assume a chefia de gabinete.

João Braga permanece em Mobilidade e Controle Urbano e Sileno Guedes em Governo. Roberto Gusmão assume Infraestrutura e Habitação, enquando Alberto Feitosa vai cuidar de Saneamento. O jornalista Alexandre Gabriel, que atualmente cuida de Imprensa, assume a secretaria-executiva de Planejamento. Ana Paula Vilaça será a secretária de Turismo. Jorge Vieira assume Planejamento. Jailson Correia permanece em Saúde e Murilo Cavalcanti em Defesa. A pentaatleta Yane Marques será secretária-executiva de Esportes.

Yane assume área de Esportes na gestão Geraldo

A pentaatleta Yane Marques foi convidada pelo prefeito Geraldo Júlio (PSB) para a assumir a Diretoria-Executiva de Esportes e deve ser uma das surpresas do secretariado a ser anunciado amanhã. Na reforma administrativa, a Secretaria de Esportes foi extinta e pelo novo modelo todas as suas atribuições passam a ser vinculadas à pasta de Turismo. Yane tem uma trajetória vitoriosa. Em 2004 e 2006 venceu o Campeonato sul-americano e, em 2007, conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos, ambos realizados no Rio de Janeiro

Em 2014, Yane foi medalha de ouro nos Jogos Sul-Americanos, disputados no Chile, na primeira vez que participou desta competição.Foi novamente medalha de ouro do Campeonato Pan-americano na Cidade do México e no Campeonato Mundial em Varsóvia, em setembro, ficou em 14º lugar  encerrando o ano na 10ª posição do ranking da UIPM.

Em 2015, Yane voltou ao pódio do Campeonato Mundial, conquistando a medalha de bronze em Berlim e tornou-se bicampeã dos Jogos Pan-americanos ao vencer em Toronto 2015. Nesta competição, ela quebrou o recorde mundial da esgrima para o pentatlo moderno, com 18 vitórias e três derrotas, um total de 277 pontos e aproveitamento de 85%, superando o recorde mundial percentual da campeã mundial em Berlim um mês antes, Lena Schöneborn.

Em 31 de julho de 2016, através de uma votação popular realizada na Internet e anunciada pelo presidente do Comitê Olímpico Brasileiro no programa de televisão Fantástico, Yane foi escolhida para ser a porta-bandeira da delegação brasileira na cerimônia de abertura dos Jogos. Na Rio 2016, ficou apenas em 23º lugar, com um total de 1269 pontos.

Geraldo: secretariado mais enxuto para 2017

Do Diario de Pernambuco

O sinal verde foi dado para que o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), coloque em prática a reforça administrativa que estava sendo costurada nas últimas semanas, visando o o segundo mandato (2017-2020). Ontem à noite, os 24 secretários que compõem seu governo entregaram uma carta coletiva colocando os cargos à disposição. Agora, o próximo passo é encaminhar hoje ou, no mais tardar amanhã, a proposta de reforma administrativa à Câmara Municipal propondo uma redução no secretariado que poder chegar até 37,5%, caso se confirme o redesenho da gestão com o corte de nove pastas das atuais 24.
O prefeito, inclusive, já marcou uma coletiva para amanhã, às 10h, quando deverá detalhar as mudanças que deverão ocorrer nessa reforma administrativa, como prováveis incorporações de pastas dentro de outras. O objetivo é enxugar ainda mais os gastos com custeio da prefeitura para o próximo ano, diante da crise econômica nacional que vem trazendo reflexos diretos no caixa dos estados e municípios.

No início do mês, o prefeito, através do secretário de Finanças da cidade, Ricardo Dantas, já havia anunciado que realizará um corte de R$ 90 milhões no exercício de 2017.

A expectativa é de que até a próxima quarta-feira a Câmara dos Vereadores tenha aprovado o projeto de lei a ser encaminhado pela prefeitura e assim, até o dia 30, o prefeito Geraldo Julio anuncie quem serão os nomes que vão compor a sua segunda gestão.

Alguns dos secretários que colocaram o cargo à disposição ontem, como é o caso de Sileno Guedes, responsável por entregar a carta coletiva ao socialista, devem ser remanejados – poderia trocar a Secretaria de Governo pela Educação. A reformulação será um verdadeiro xadrez, já que é necessário observar as peças políticas que estão esperando para saber em quais projetos se encaixarã. Também encerrará a angústia de alguns nomes, na expectativa de assumir como suplentes tanto na Assembleia Legislativa como na Câmara do Recife.

/**/

Datafolha: Geraldo tem 60%; João Paulo, 40%

Folha de S. Paulo 

O atual prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), seria reeleito com 60% dos votos válidos se a eleição fosse hoje, indica pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (29). O ex-prefeito da capital pernambucana, João Paulo (PT), teria 40% dos votos válidos.

O levantamento, concluído na véspera da eleição, mostra que as intenções de voto ficaram estáveis quando comparadas com o resultado da pesquisa divulgada no início desta semana. Geraldo Julio tinha 59% e João Paulo, 41%.

Para calcular os votos válidos o Datafolha exclui da amostra os votos brancos, nulos e os eleitores que se declararam indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

No total de votos –ou seja, quando são incluídos os votos brancos, nulos e indecisos–, Geraldo Julio tem 51% das intenções de voto. Antes, tinha 50%. Já João Paulo, tem 35% ante 34% antes. Indecisos são 5%, mesmo índice anterior, enquanto os que pretendem votar em branco ou nulo oscilaram de 11% para 9% agora.

Nesta pesquisa, realizada nesta sexta (28) e sábado (29), foram feitas 1.748 entrevistas com eleitores de todas as regiões do Recife com 16 anos ou mais. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi encomendada pela Folha e pela TV Globo e está registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) com o número PE-04578/2016.

Geraldo Julio por pouco não venceu no primeiro turno: teve 49,34% dos votos válidos contra 23,76% de João Paulo, 18,59% de Daniel Coelho e 5,43% de Priscila Krause. Edilson Silva (PSOL) teve 2,1%. Carlos Augusto (PV), Simone Fontana (PSTU) e Pantaleão (PCO) não chegaram a 1%.

Os dois candidatos enfrentaram-se pela última vez nesta sexta-feira em um debate morno promovido pela TV Globo.

Em debate, João Paulo e Geraldo trocam farpas

Do Portal LeiaJá

A três dias do 2º turno, os candidatos a prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB) e João Paulo (PT), se enfrentaram, na manhã de hoje, em um debate na TV Jornal. No primeiro bloco, onde os postulantes trocaram perguntas entre si, as farpas soltas entre eles abafaram a exposição das propostas. Entre uma acusação e outra, João Paulo chamou Geraldo de “ingrato” e o atual prefeito rebateu, ponderando não ter feito parte da gestão do PT quando ele e o ex-prefeito João da Costa governaram a capital pernambucana.

Primeiro a questionar, João Paulo pontuou a construção do Hospital do Idoso. Geraldo disse que a unidade prometida por ele vai suprir a necessidade da população idosa e destacou que o PT “não fez nenhuma unidade de saúde” durante 12 anos. A partir daí, iniciou-se uma série de troca de acusações.

“Geraldo não seja tão ingrato, você participou do meu governo. O PSB participou. Esta realidade que você coloca do bom atendimento da saúde não é no Recife, pode ser em outro país. O que vemos são filas, as pessoas chegando às 4 horas da manhã para disputar um atendimento e sobre o hospital vocês prometeram na campanha de Eduardo Campos, de Paulo Câmara”, disparou João Paulo. “Ele fica me chamando de ingrato, não governei com ele não. Ele governou com João da Costa. Quando ele governava a cidade, eu participava do governo de Eduardo Campos”, respondeu Geraldo.

Em seguida, o socialista questionou João Paulo sobre as propostas que ele tinha para o lazer na capital. Em resposta, o petista ironizou: “você é o prefeito mais desaconselhado para se falar em lazer”. “Você fechou equipamentos no Pátio de São Pedro e nós cuidamos essencialmente da nossa cultura. Se teve um governo que mais investiu, foi a nossa gestão”, argumentou.

Sobre a questão da habitação na cidade, João Paulo disse que atualmente “há uma deficiência na cidade” e na retirada de palafitas. “As casas que ele construía, gente, sinceramente, sem reboco, os banheiros sem azulejo, muitas vezes sem balcão, ele entregava algo inacabado para a população. A gente não. Entregamos 1.319 casas, com todo acabamento para dar dignidade às famílias”, destacou o prefeito.

Em réplica, João Paulo voltou a acusar Geraldo de ilusionismo. “Ele sempre fala de uma cidade que não é a cidade do Recife”, salientou o petista. “Ele discute tudo menos o futuro da cidade. Fazer do debate uma briga e uma arenga não quero. Quem briga e arenga é o PT que é o seu partido e não o meu”, retrucou o socialista.

No último questionamento, o candidato à reeleição perguntou se João Paulo era contra o Hospital do Idoso. O petista disse que a prevenção era mais importante do que a construção da unidade de saúde. “É difícil dialogar com ele porque sempre tenta mostrar um futuro, mas vamos para o presente. Vá ver os postos de saúde, as escolas, a qualidade das merendas. Temos que acima de tudo fazer o preventivo. Em Casa Amarela, são diversos postos de saúde fechados, medicamentos faltando. Esta é a verdadeira face do Recife”, ponderou.

Datafolha: Geraldo, 50%, João, 34%; válidos 59% a 41%

Do G1 PE

Foi divulgada nesta quarta-feira (26) a segunda pesquisa Datafolha de intenção de voto para a Prefeitura do Recife no segundo turno. O levantamento do instituto foi encomendado pelo jornal “Folha de S.Paulo” e pela TV Globo. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Segundo o Datafolha, isso significa que, considerando a margem de erro, a chance de o resultado retratar a realidade é de 95%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Votos totais:
– Geraldo Julio (PSB) –  50% (pela margem de erro, entre 47% e 53%)
– João Paulo (PT) – 34% (entre 31% e 37%)
– Branco/nulo/nenhum: 11%
– Não sabe/não respondeu: 5%

No levantamento anterior, Geraldo Julio tinha 47% e João Paulo, 34%. Votariam em branco ou anulariam, 13% e não souberam/não responderam, 6%.

Votos válidos:
– Geraldo Julio (PSB) – 59% (pela margem de erro, entre 56% e 62%)
– João Paulo –  41% (entre 38% e 44%)

Para calcular os votos válidos, são excluídos da mostra os votos brancos, nulos e os eleitores que se declaram indecisos. Esse procedimento é o mesmo usado pela Justiça Eleitoral na hora de divulgar o resultado oficial da eleição.

No levantamento anterior, Geraldo Julio tinha 58% e João Paulo, 42% dos votos válidos.

Geraldo Julio contesta gestões do PT durante debate

O prefeito do Recife e candidato à reeleição, Geraldo Julio (PSB), participou de um debate promovido pela TV Clube/Rede Record, na noite de ontem. Durante quase uma hora e meia de programa, o socialista fez críticas às gestões do PT à frente da Prefeitura e ressaltou ganhos para a cidade em seu governo. “O debate foi muito esclarecedor para que o recifense visse quais são os dois caminhos que a cidade tem. São dois caminhos e dois comportamentos muito diferentes. Queremos continuar administrando a cidade trabalhando para resolver os problemas para cada um que mora no Recife. O povo precisa disso, de trabalho”, destacou em entrevista após o debate.

Geraldo Julio também falou sobre propostas para o segundo mandato, caso reeleito. Assim como tem apresentado no guia eleitoral, o prefeiturável defendeu a construção do Hospital do Idoso, o programa “Do Recife para o Mundo” e a requalificação da Avenida Conde da Boa Vista. “A gente teve muitos avanços no Recife de 2013 para cá. A educação mudou de patamar com o programa Escola do Futuro, que levou a Robótica para as escolas municipais. E na saúde, entregamos a maior obra realizada pela Prefeitura, que foi o Hospital da Mulher e para a próxima gestão será a vez do Hospital do Idoso”, prometeu.

O postulante do PSB elencou outras realizações de sua gestão. “Foi na nossa gestão que implantamos a Faixa Azul, que beneficia mais de 600 mil pessoas todos os dias. As mulheres do Recife também se beneficiam do Mãe Coruja municipal, os jovens têm acesso ao Passe Livre, além das reformas que fizemos nos postos de saúde e escolas municipais. Na segurança, instalamos mais de 170 câmeras, e construímos um equipamento que muda a vida das pessoas e dá esperança às famílias, colocando os jovens em um espaço de cidadania, esporte e lazer, que é o Compaz”, lembrou.

Nas considerações finais, Geraldo ressaltou o trabalho feito durante toda campanha e afirmou que pretende fazer uma boa gestão nos próximos quatro anos. “Meu compromisso é com o trabalho, o resultado e com o futuro desta cidade. Ficou claro aqui neste debate que o Recife tem dois caminhos e com perfis diferentes. Temos a certeza que podemos continuar com este trabalho iniciado em 2013 e que vem transformando a vida de muitas pessoas desta cidade”, concluiu.