Governador discute parcerias com a comunidade católica

O governador Paulo Câmara e a primeira-dama do Estado, Ana Luiza Câmara, receberam um grupo de sacerdotes, ontem (13), para um almoço no Palácio do Campo das Princesas. O encontro, organizado pelo padre Luciano Brito, teve como objetivo tratar de parcerias entre o Governo e a comunidade católica no tocante às ações sociais junto aos mais diversos públicos, a exemplo de crianças, idosos e usuários de drogas. Ao final, o chefe do Executivo pernambucano encaminhou as demandas às secretarias responsáveis.

Em nome do grupo, padre Luciano Brito ressaltou a sensibilidade do governador. “Ele nos escutou e cada vez mais tem deixado esse espaço aberto do Governo para que a gente possa construir parcerias junto com a igreja e com tantas outras entidades da sociedade; com o objetivo de tornar o povo mais bem assistido, seja pela igreja, pelo Governo ou qualquer outra entidade. Essa abertura que Paulo propõe a cada um de nós realmente contribui para o crescimento do Estado”, elogiou.

Saúde apresenta novas parcerias de transferência de tecnologia

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (30) nove novas Parcerias para Desenvolvimento Produtivo (PDP) destinadas a fabricação no país de oito medicamentos e um equipamento de saúde considerados prioritários para o Sistema Único de Saúde (SUS). Com os acordos, o Brasil passará a deter a tecnologia para a produção de medicamentos para o tratamento de artrite, doenças autoimune, câncer e hormônio do crescimento, e do aparelho para amplificação sonora individual. Além da inovação, a produção nacional desses produtos, que atualmente são importados, reduz o custo para a saúde pública. Desde 2011, foram economizados R$ 2,4 bilhões dos cofres públicos com a compra de produtos das parcerias.

A transferência de tecnologia dentro das PDP pode durar até 10 anos. O anúncio foi feito durante a reunião do Grupo Executivo do Complexo Industrial da Saúde (GECIS), que atua em políticas de inovação no setor saúde. As novas parcerias são resultado de uma lista com produtos estratégicos para o SUS publicada pelo Ministério da Saúde em dezembro de 2014 para apresentação de propostas por parte de empresas públicas e privadas. Elas tiveram até o fim de abril deste ano para encaminhar os projetos.

“Tenho absoluta convicção que esta é uma política de Saúde e de Estado. Trata-se de uma estratégia essencial para a saúde e para seu complexo industrial, além de ser fundamental para a inovação, geração de emprego e manutenção da balança comercial”, avaliou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Do total de 39 propostas enviadas, 31 foram avaliadas e três aguardam análise técnica. Destas, 22 foram reprovadas por situações como: apresentação incorreta de cronograma, prazo de transferência de tecnologia superior ao estabelecido, preço acima do mercado ou porque não previam transferência tecnológica integral para o Brasil, entre outros. Além disso, foram desclassificados cinco projetos de produtos que estavam fora da lista de itens prioritários.

Ainda durante o evento, o Ministério apresentou também os primeiros resultados das propostas de readequação das 98 Parcerias para Desenvolvimento Produtivo, firmadas até 2014, às novas regras estabelecidas para a política. Nesse cenário, 13 parcerias foram extintas para a produção de 11 medicamentos e 02 equipamentos de saúde. Outras sete parcerias foram aprovadas e três reprovadas. As parcerias reprovadas terão um prazo de 10 dias, a partir do recebimento da notificação, para se adequarem às mudanças solicitadas. Os demais projetos de readequação deverão ser apresentados na reunião do GECIS prevista para dezembro.

“A nova política de PDP  traz segurança, regularidade e previsibilidade. Os processos que lastreiam as decisões políticas e técnicas estão documentadas e vamos ter segurança jurídica de que estamos agindo de forma coerente e transparente”, concluiu o ministro.

Turismo de Pernambuco lança novas rotas e firma importantes parcerias na ABAV 2015

A participação da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco e da Empresa de Turismo de Pernambuco – Governador Eduardo Campos (Empetur) na 43ª edição da Feira de Turismo das Américas, promovida pela Associação Brasileiras das Agências de Viagem (ABAV), foi extremamente positiva. Durante os três dias do evento, realizado de 24 a 26 de setembro, em São Paulo, o estande de Pernambuco recebeu autoridades do turismo e foi palco de importantes ações.

Entre elas, destacaram-se o lançamento da “Novas Rotas”, série de publicações do Estado que tem por objetivo mostrar os segmentos turísticos locais; o espetáculo “Conheça Pernambuco”, apresentação do balé vertical, que chamou a atenção de todos os que passaram pelo Anhembi; e as quatros ilhas de atendimento, representando os principais destinos pernambucanos – Porto de Galinhas, Fernando de Noronha, Recife e Olinda -, que, não por acaso, foram os mais procurados pelos visitantes.

Além disso, os representantes do Estado participaram de reuniões com empresas de grande porte e projeção: Air Europa, ABREMAR (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), Itaú, grupo LATAM, Visual Turismo e as companhias aéreas TAP, Avianca e Gol. As autoridades também marcaram presença na solenidade de lançamento do novo produto “Ilhas Turísticas Brasileiras”, da Associação Brasileira de Ilhas Turísticas (Abitur), da qual Fernando de Noronha faz parte. A operadora CVC, por exemplo, revelou os planos de operar cinco voos “charter” (quatro de São Paulo e um de Cuiabá) para a capital Pernambucana.

“Durante a ABAV 2015, Pernambuco se destacou com novas rotas turísticas e novas parcerias. Estreitamos ainda mais as relações com os estados do Nordeste, bem como com as companhias aéreas nacionais e internacionais. Pela localização estratégica no Nordeste brasileiro, estamos próximos à Europa e dos Estados Unidos, sendo assim um importante canal de ligação”, afirmou Felipe Carreras, secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco. “Intensificamos também a campanha para ganhar a concorrência do hub LATAM, prevista para iniciar as operações em 2016”, completou.

Ana Paula Vilaça, presidente da Empetur, destacou a valorização de toda a diversidade de Pernambuco durante a ABAV. “No momento de crise e alta do dólar, o nosso objetivo é aproveitar essa oportunidade para desenvolver o turismo no interior e atrair turistas nacionais e estrangeiros”, avaliou.

Já a Diretora de Marketing da Empetur, Sylvia Sarubbi, comentou o lançamento do voo da Gol entre o Recife e São Luís. “Trata-se de uma importante conexão no Nordeste e beneficia os turistas, que agora têm opção de voo direto. Além disso, essas capitais são dois importantes polos para o turismo de negócios”.  Inicialmente, serão dois voos por semana.

A agente de viagens Kika Carvalho não poupou elogios à participação do Estado no evento. “A cada ano, Pernambuco me surpreende mais. Sou pernambucana e me orgulho de ver e participar do crescimento do turismo local, que consegue envolver a comunidade e toma conta dela. No estande pudemos ver essas ações, o que me emociona muito”.

Vinicius Lummertz, Presidente da Embratur; Camilo Simões, Secretário de Turismo do Recife; Evandro Chacon, Prefeito de Pesqueira; e Igor Chacon, Secretário de Turismo de Pesqueira; foram algumas das autoridades que prestigiaram o estande de Pernambuco na ABAV.

Parcerias em Sergipe fortalecem feiras da indústria no Nordeste

Vitrine para os setores da indústria metalmecânica e eletroeletrônica, a Fimmepe Mecânica Nordeste – Feira da Indústria Mecânica, Metalúrgica e de Material Elétrico de Pernambuco chega a sua 21ª edição e acontece de 20 a 23 de outubro, no Centro de Convenções de Pernambuco. O evento é realizado pelo Sindicato das Indústrias Mecânicas, Metalúrgicas e de Material Elétrico de Pernambuco (Simmepe), com organização da Reed Exhibitions Alcantara Machado. Nesta terça-feira (18), representantes da Reed Exhibitions e do Simmepe estarão em Aracaju, em busca de parcerias com entidades como Sebrae e Federação das Indústrias.

De acordo com a diretora da Reed Exhibitions Alcantara Machado do Norte e Nordeste, Tatiana Menezes, a comitiva já passou pela Bahia, Ceará e Paraíba. “Nessas viagens temos encontros com representantes do Sebrae e com entidades representativas das indústrias. Com essas parcerias vamos fortalecer a feira, que incentiva a modernização das indústrias e novos investimentos”, diz Tatiana Menezes.

Esta edição da Fimmepe Mecânica Nordeste acontece junto com a Forind Nordeste – Feira de Fornecedores Industriais, e com a Movimat Nordeste – Feira Internacional de Intralogística. A expectativa é que cerca de 150 expositores participem das três feiras, que acontecem numa área de 13 mil metros quadrados e devem receber mais de 11 mil visitantes. Os setores que estarão presentes são: energias renováveis, máquinas e equipamentos, elétrica e eletrônica, segurança e EPI, transporte e logística.

A Forind Nordeste foi criada para aproximar os pequenos, médios e grandes fornecedores de equipamentos, suprimentos e serviços industriais dos grandes grupos empresariais instalados na região Nordeste do Brasil. Já a Movimat Nordeste é uma plataforma para demonstrações de equipamentos, serviços e soluções em intralogística, voltada para os compradores de grandes indústrias, atacadistas, varejistas e distribuidores que buscam controlar de forma eficiente o fluxo e armazenagem de matérias-primas e produtos acabados, além de estreitar relacionamentos e potencializar os seus negócios.

Para o presidente do Simmepe, Alexandre Valença, a união das feiras será muito positiva para o mercado, pois o evento será mais abrangente para a indústria e fortalecerá a economia da região, além de ampliar consideravelmente o evento, com um público maior e mais qualificado. “Esse é um dos diferenciais da edição deste ano. Os visitantes vão encontrar uma exposição maior e com todas as áreas da indústria. As feiras se complementam, então o empresário terá, em um único ambiente, tudo que ele precisa”, completa.

Além da exposição de produtos, a Fimmepe Mecânica Nordeste, a Forind e a Movimat trazem diversas atividades de capacitação e atualização no mercado industrial. Entre elas estão a “Ilha do Conhecimento”- palestras técnicas realizadas por expositores sobre produtos, serviços e melhores práticas -, e a “Ilha da Inovação”, com projetos que apresentarão as melhores soluções em eficiência energética e reutilização de água. Os eventos podem ser acompanhados gratuitamente pelos visitantes.

Outros eventos simultâneos da feira são: Encontro dos Polos Econômicos de Pernambuco (Organizado pela Rede Suape), Seminário Nordestino de Logística (organizado pela Anelog), e o Seminário Loc Show Nordeste, organizado pelo Sindicato dos Locadores de Equipamentos, Máquinas e Ferramentas de Pernambuco (Sindileq). Ao participar da Fimmepe Mecânica Nordeste, da Forind e da Movimat o expositor projeta ainda mais seus negócios no Nordeste, a região mais promissora do Brasil. Mais informações podem ser obtidas nos sites: www.mecanicanordeste.com.br e www.forindne.com.br.

Parcerias em Sergipe fortalecem feiras da indústria no Nordeste

Vitrine para os setores da indústria metalmecânica e eletroeletrônica, a Fimmepe Mecânica Nordeste – Feira da Indústria Mecânica, Metalúrgica e de Material Elétrico de Pernambuco chega a sua 21ª edição e acontece de 20 a 23 de outubro, no Centro de Convenções de Pernambuco. O evento é realizado pelo Sindicato das Indústrias Mecânicas, Metalúrgicas e de Material Elétrico de Pernambuco (Simmepe), com organização da Reed Exhibitions Alcantara Machado. Nesta terça-feira (18), representantes da Reed Exhibitions e do Simmepe estarão em Aracaju, em busca de parcerias com entidades como Sebrae e Federação das Indústrias.

De acordo com a diretora da Reed Exhibitions Alcantara Machado do Norte e Nordeste, Tatiana Menezes, a comitiva já passou pela Bahia, Ceará e Paraíba. “Nessas viagens temos encontros com representantes do Sebrae e com entidades representativas das indústrias. Com essas parcerias vamos fortalecer a feira, que incentiva a modernização das indústrias e novos investimentos”, diz Tatiana Menezes.

Esta edição da Fimmepe Mecânica Nordeste acontece junto com a Forind Nordeste – Feira de Fornecedores Industriais, e com a Movimat Nordeste – Feira Internacional de Intralogística. A expectativa é que cerca de 150 expositores participem das três feiras, que acontecem numa área de 13 mil metros quadrados e devem receber mais de 11 mil visitantes. Os setores que estarão presentes são: energias renováveis, máquinas e equipamentos, elétrica e eletrônica, segurança e EPI, transporte e logística.

A Forind Nordeste foi criada para aproximar os pequenos, médios e grandes fornecedores de equipamentos, suprimentos e serviços industriais dos grandes grupos empresariais instalados na região Nordeste do Brasil. Já a Movimat Nordeste é uma plataforma para demonstrações de equipamentos, serviços e soluções em intralogística, voltada para os compradores de grandes indústrias, atacadistas, varejistas e distribuidores que buscam controlar de forma eficiente o fluxo e armazenagem de matérias-primas e produtos acabados, além de estreitar relacionamentos e potencializar os seus negócios.

Para o presidente do Simmepe, Alexandre Valença, a união das feiras será muito positiva para o mercado, pois o evento será mais abrangente para a indústria e fortalecerá a economia da região, além de ampliar consideravelmente o evento, com um público maior e mais qualificado. “Esse é um dos diferenciais da edição deste ano. Os visitantes vão encontrar uma exposição maior e com todas as áreas da indústria. As feiras se complementam, então o empresário terá, em um único ambiente, tudo que ele precisa”, completa.

Além da exposição de produtos, a Fimmepe Mecânica Nordeste, a Forind e a Movimat trazem diversas atividades de capacitação e atualização no mercado industrial. Entre elas estão a “Ilha do Conhecimento”- palestras técnicas realizadas por expositores sobre produtos, serviços e melhores práticas -, e a “Ilha da Inovação”, com projetos que apresentarão as melhores soluções em eficiência energética e reutilização de água. Os eventos podem ser acompanhados gratuitamente pelos visitantes.

Outros eventos simultâneos da feira são: Encontro dos Polos Econômicos de Pernambuco (Organizado pela Rede Suape), Seminário Nordestino de Logística (organizado pela Anelog), e o Seminário Loc Show Nordeste, organizado pelo Sindicato dos Locadores de Equipamentos, Máquinas e Ferramentas de Pernambuco (Sindileq). Ao participar da Fimmepe Mecânica Nordeste, da Forind e da Movimat o expositor projeta ainda mais seus negócios no Nordeste, a região mais promissora do Brasil. Mais informações podem ser obtidas nos sites: www.mecanicanordeste.com.br ewww.forindne.com.br.

 

Governador recebe comitiva consular para debater parcerias com Pernambuco

O governador Paulo Câmara (PSB) recebeu, nesta terça-feira (17), no Palácio do Campo das Princesas, a comitiva do corpo consular de carreira de Pernambuco, composta por representantes de oito países. O encontro foi o primeiro de uma série de reuniões que serão estruturadas pelo governo para discutir a ampliação de parcerias e o intercâmbio de experiências de sucesso em políticas públicas.

Participaram os cônsules da China, Wang Xian; da França, Bruno Bisson; da Itália, Ângelo Bicciré; do Japão, Hitomi Sekiguchi; e da Venezuela, Carmen Reyes. Também estiveram presentes a vice-cônsul da Argentina, Alejandra Bomben; a cônsul para Assuntos políticos e Econômicos dos Estados Unidos, Paloma Gonzalez; e a pró-cônsul do Reino Unido, Flávia Salazar Souza; além de Isnard Penha Brasil, do Ministério das Relações Exteriores, e do chefe da Assessoria Especial do Governador, José Neto. 

“Para enfrentar os desafios de uma crise mundial será necessário intensificar as parcerias já estabelecidas e procurar novas alternativas. Tenho o compromisso de continuar a desenvolver Pernambuco, como já vem sendo feito nos últimos oito anos. Nossa disposição é grande; tenho certeza que continuaremos no caminho certo e contando com a ajuda desses países”, argumentou Paulo Câmara.

Durante o encontro, a cônsul do Japão, Hitomi Sekiguchi, elogiou Pernambuco, classificando o Estado como uma referência para o Nordeste e para o Brasil. “Temos interesse em continuar trabalhando em conjunto com o governo, fortalecendo ainda mais as nossas parcerias. A relação do Japão com o Brasil tem cerca de 120 anos e nós vamos trabalhar para estreitar ainda mais esse importante laço”, salientou. “O Estado tem uma grande potencialidade e nós queremos ajudar a desenvolver ainda mais”, concordou Wang Xian, cônsul chinês.

Na mesma linha, o cônsul da Itália, Ângelo Bicciré, ressaltou que um grande número de italianos tem migrado para Pernambuco, principalmente, em virtude da implantação do Polo Automotivo da Jeep, em Goiana. “Hoje, nós temos mais de cinco mil italianos trabalhando em Pernambuco. Há um grande número de pequenas empresas migrando para o Estado e nós queremos intensificar essa troca de experiências. Nosso país também acredita em Pernambuco”, cravou.

Já a cônsul da Venezuela, Carmen Reyes, citou o sucesso do programa Pacto pela Vida e disse que o Estado tem políticas sociais importantes para compartilhar com as demais nações. “Além de fortalecer a nossa relação cultural, também podemos aprender muito com os programas sociais pernambucanos”, comemorou Carmen. A Venezuela tem uma relação de 200 anos com o Brasil.

Governo firma parceria para recuperar estradas

O governador Paulo Câmara assina, nesta quarta-feira (25), com as empresas Cone S/A, M. Dias Branco, Solar Coca-Cola e R.E.D.E. Suape, um protocolo de intenções que sela parceria para recuperar três trechos da BR-101 Sul e um da PE-08, em Jaboatão dos Guararapes. A cerimônia será realizada no Palácio do Campo das Princesas, às 11h. As obras de infraestrutura estão orçadas em R$ 12,4 milhões. Os recursos serão aportados pela iniciativa privada e serão abatidos do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) das companhias.

O benefício é previsto pelo Programa de Desenvolvimento da Infraestrutura Industrial (Proinfra). Os  trechos, quando recuperados, representarão avanço na mobilidade rumo ao Complexo Industrial Portuário de Suape. A expectativa é que o início das obras aconteça já em 2015, com duração prevista de seis meses.

“As parcerias com o setor produtivo são fundamentais para o nosso desenvolvimento econômico. Quando fui secretário da Fazenda, tive a oportunidade no Confaz de participar da concepção do Proinfra, instrumento este que irá  possibilitar a melhoria da infraestrutura do nosso Estado”, argumentou o governador Paulo Câmara.

O projeto de recuperação já está pronto e foi encomendado pela Cone S/A à JBR Engenharia, que avaliou as melhorias possíveis na mobilidade da BR-101 Sul e indicou as obras necessárias. O estudo foi doado pela empresa ao Governo do Estado para facilitar e acelerar sua execução.

Hoje, mais de 100 mil pessoas se deslocam por dia de outros municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR) para trabalhar em empresas próximas e vinculadas ao Complexo de Suape.

“A iniciativa reforça o compromisso do Governo de Pernambuco em manter diálogo ativo com as empresas que investem e geram emprego e renda no Estado. Mostra como é frutífera a parceria entre poder público e a iniciativa privada para melhorar o ambiente de negócios e a qualidade das condições de trabalho em Pernambuco”, complementa o secretário de Desenvolvimento Econômico, Thiago Norões.

/**/

Caruaru e consulado Chinês discutem parcerias

Equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Caruaru representaram
a prefeitura em visita ao Consulado Chinês, na semana passada. O objetivo
da visita foi apresentar as oportunidades que nosso município oferece e as
perspectivas para os próximos anos. Das duas partes foram apresentados os
interesses em estabelecer intercâmbios entre Caruaru e cidades Chinesas,
bem como com instituições do país.

Participaram do encontro o vice- cônsul geral, Zhang Xiangyan, a vice-
consulesa, Zhang Re, o secretario de Desenvolvimento Econômico de Caruaru,
Erich Veloso e o assistente técnico, Renard Ferraz. Este foi o segundo
encontro entre a prefeitura e o consulado, pois em setembro de 2014,
recebemos a visita dos representantes chineses para conhecer o município.

“A receptividade dos chineses têm sido muito boa. Eles se mostraram
bastante interessados no desenvolvimento econômico de nossa cidade, tanto
pelo nosso crescimento nos últimos anos, quanto pelas potencialidades que
apresentamos. Também se mostraram dispostos, a iniciar parcerias em áreas
como educação e infraestrutura”, destacou Erich Veloso.

Paulo reforça parcerias com o Governo Federal

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, teve nesta terça-feira (13) as primeiras reuniões de trabalho com ministros do Governo Dilma Rousseff. Pela manhã, ele se encontrou com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, e, à tarde, se reuniu com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues. Paulo saiu otimista das conversas. “Viemos nos apresentar, iniciar esse processo de colaboração, para que as parcerias continuem ocorrendo, como nos últimos oito anos”, disse Paulo. Os dois ministros ficaram de ir a Pernambuco nas próximas semanas para efetivar algumas das parcerias discutidas hoje.

 O governador explicou que esse foi apenas um primeiro contato. A partir de agora, os secretários estaduais das áreas – André de Paula (Cidades) e Sebastião Oliveira (Transportes) – terão encontros específicos para detalhamento dos projetos com os secretários-executivos e técnicos dos ministérios. A audiência no Ministério das Cidades contou com a participação do prefeito do Recife, Geraldo Julio, que foi conversar com Kassab sobre obras de mobilidade urbana, saneamento e habitação.

Além dos secretários André de Paula e Sebastião Oliveira, as audiências tiveram as participações de Danilo Cabral (Planejamento e Gestão) e de José Neto (Assessoria Especial). No Ministério dos Transportes, o deputado federal Anderson Ferreira se incorporou à comitiva.

O ministro Antônio Carlos Rodrigues revelou ao governador Paulo Câmara que pretende ir a Pernambuco em breve para lançar a licitação do lote 1 do Arco Metropolitano e também para o lançamento do edital para duplicação da BR-423, entre São Caitano e Garanhuns. Outro ponto acertado foi a elaboração do projeto para a duplicação da BR-232 entre São Caitano e Cruzeiro do Nordeste.

Já o ministro Gilberto Kassab disse que essa primeira conversa é importante para que “nenhum projeto, nenhuma obra tenha solução de continuidade e que a população possa, o mais rápido possível, ser beneficiada por essas ações”. “Essa é a nossa disposição, é a disposição do Governo de Pernambuco, da Prefeitura do Recife. Com isso, todos juntos, vamos conseguir os nossos compromissos”.

Kassab também revelou que a presidente Dilma Rousseff estava sabendo da conversa com os pernambucanos e que ela teria recomendado o fortalecimento das parcerias com o Governo do Estado e a Prefeitura do Recife.

Paulo busca novas parcerias com o Banco Mundial

Depois de manter conversações com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para conseguir novas parcerias de financiamento nas áreas de Saúde e Educação, o governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara, esteve hoje à tarde na sede do Banco Mundial (Bird), na capital federal. Câmara conversou com a representante do Bird no Brasil, Deborah Wetzel.

“O Banco Mundial sempre foi muito receptivo para com Pernambuco. Principalmente porque o Estado apresenta bons projetos, bem avaliados pela própria instituição”, disse Câmara, ao deixar a sede do Bird no Brasil.

O governador eleito lembrouque muitos dos projetos de Pernambuco, inclusive, estão sendo apresentados pelo Bird como modelos de boa gestão para outros Estados. “Pernambuco tem se diferenciado. O Estado tem crescido mesmo quando o País não cresce. Não vão faltar projetos e ideias nos próximos quatro anos”, prometeu Paulo.

Durante a conversa com Deborah Wetzel e técnicos do Banco Mundial, Paulo Câmara lembrou que a sua gestão será de continuidade do trabalho iniciado pelo ex-governador Eduardo Campos, de ampliar os avanços.

Entre os pontos do seu programa de Governo, o governador eleito destacou: a universalização do acesso ao ensino em tempo integral e a meta de levar a iniciativa também à rede municipal, em parceria com os municípios; a ampliação da rede de hospitais de referência, a manutenção e aprofundamento do Pacto pela Vida e a melhoria da infraestrutura de Pernambuco nas áreas de abastecimento d`água, saneamento e rodovias.

Deborah Wetzel disse que Pernambuco integra a estratégia do Banco Mundial para o Brasil e que espera fechar novas parcerias com o Estado na gestão de Paulo Câmara. A dirigente do Bird destacou como uma área importante para novas parcerias com o Estado o trabalho na formação de crianças na primeira infância, questão que também integra o programa de Governo de Paulo. Deborah destacou, ainda, o apoio da instituição a projetos de parcerias público-privadas.

Pernambuco tem três projetos em andamento com o Banco Mundial: o Educar, para desenvolvimento da Educação e gestão pública no Estado, no valor de US$ 154 milhões; o Projeto Pernambuco Rural Sustentável (Prorural), no valor de US$ 100 milhões, e o Projeto de Sustentabilidade Hídrica do Estado de Pernambuco (PSH-PE), no valor de US$ 190 milhões.

MÉRITO LEGISLATIVO – Pela manhã, Paulo Câmara participou, no Salão Negro da Câmara dos Deputados, da cerimônia de entrega da Medalha do Mérito Legislativo. O governador eleito de Pernambuco foi uma das 49 entidades e personalidades que receberam a comenda – numa iniciativa do deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE).

A medalha de Paulo foi entregue pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e pelo senador Pedro Simon (PMDB-RS), que também foi agraciado com a comenda e está deixando a vida pública. O governador eleito representou a viúva do ex-governador Eduardo Campos, Renata Campos, homenageada também pela Câmara dos Deputados. unnamed (17)