Maia janta com Bornhausen em busca de apoio do PSD

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), jantou, ontem, com o ex-senador Jorge Bornhausen (PSD-SC) em busca de apoio para sua reeleição ao comando da Casa em fevereiro deste ano. O encontro aconteceu em Florianópolis, onde o parlamentar fluminense está desde ontem em campanha.

Antes de ajudar a criar o PSD, Bornhausen foi filiado ao DEM. Foi graças à articulação do ex-senador catarinense que Maia foi escolhido como primeiro presidente do partido, em 2007, quando a legenda foi criada. Até então, o hoje Democratas se chamava PFL (Partido da Frente Liberal).

Para o atual presidente da Câmara, o apoio de Bornhausen é importante para consolidar os votos da bancada do PSD. A legenda tem o deputado Rogério Rosso (DF) como candidato, mas integrantes da cúpula da sigla admitem que a candidatura do correligionário dificilmente deslanchará e ele acabará desistindo da disputa.

No PSD, Maia já conta com apoio informal do ministro Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia e Comunicações), presidente licenciado da sigla. Kassab prometeu ao deputado do DEM que, assim que Rosso desistir oficialmente da candidatura, anunciará publicamente apoio à reeleição dele.

Mesmo antes do apoio público, o ministro já vem ajudando o atual presidente da Câmara nos bastidores. Kassab ajudou a marcar para esta quinta-feira, 12, café da manhã entre Maia e o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), em Florianópolis. A bancada federal catarinense também participou do encontro.

Agenda

De Santa Catarina, o presidente da Câmara deve retornar a Brasília. A previsão é de que só volte a viajar em campanha na próxima segunda-feira, 16, quando deve ir para São Paulo. Na capital paulista, quer se reunir com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e com deputados do Estado.

Em 20 de janeiro, Maia vai a Fortaleza, onde almoçará com a bancada cearense em um hotel à beira-mar e se encontrar com o governador do Ceará, Camilo Santana (PT). No mesmo dia, irá a São Luís, onde pretende jantar com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

PSD/PE elege prefeito mais velho do Brasil

O Partido Social Democrático (PSD), que em Pernambuco é comandado pelo deputado federal André de Paula, elegeu 17 prefeitos, 19 vices e 207 vereadores em todo o Estado. Entre os eleitos (com 7.556 votos), está Josibias Cavalcanti: o prefeito mais velho do Brasil. Aos 88 anos, ele administrará pela quarta vez a cidade de Catende, na Zona da Mata pernambucana, distante 130 quilômetros do Recife.

Com os resultados alcançados nas eleições do domingo, o PSD permanece na posição de terceira maior sigla de Pernambuco e se consolida entre as quatro maiores forças políticas do País: o partido teve mais de 8 milhões de votos para prefeito, elegeu 539 no primeiro turno e vai participar do segundo turno em sete grandes cidades.

Para André de Paula, o resultado da eleição reforça que o PSD, apesar de ser um partido jovem, consolidou-se como uma legenda forte, graças aos esforços dos filiados e do presidente licenciado e ministro, Gilberto Kassab.

“Aproveito a oportunidade para agradecer a confiança de cada pernambucano e de cada brasileiro que nos deu a honra de votar nos candidatos do PSD e de defender a ideologia do nosso partido. Ter entre os nossos filiados um prefeito com a experiência do professor Josibias Cavalcanti, é, sem dúvida, motivo de grande orgulho”, destaca André de Paula.

PSD libera bancada na votação do impeachment

A um dia da reunião do diretório nacional do PMDB que deve aprovar o rompimento do partido com o governo Dilma, outras legendas do chamado “centrão” da base aliada começaram a dar sinais mais fortes de que também poderão desembarcar em breve.

À frente dos Ministério das Cidades, o PSD decidiu liberar seus 31 deputados para votar como quiserem em relação ao impeachment na Câmara. O PP, que comanda o Ministério da Integração, já cogita também liberar oficialmente sua bancada, a terceira maior da Casa, com 49 parlamentares.

No PSD, a liberação teve anuência do ministro das Cidades e presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab. Apesar de a notícia ter vindo à tona somente hoje, deputados afirmam que o líder do partido na Câmara, Rogério Rosso (DF), já tinha anunciado a liberação desde antes de se tornar presidente da comissão do impeachment.

De acordo com um dirigente do PSD, atualmente, pelo menos 70% da bancada da Câmara é favorável ao impeachment. Esse líder afirma que a tendência é de que, assim como os deputados, a bancada do partido no Senado, composta por três senadores, também seja liberada para votar como quiser.

No PP, o presidente nacional da sigla, senador Ciro Nogueira (PI), já admite que não terá como segurar suas bancadas, principalmente se o PMDB desembarcar oficialmente do governo. Na semana passada, dirigentes do partido já informaram à presidente Dilma Rousseff dessa dificuldade.

Pelos cálculos da direção da sigla, dos 49 deputados do PP, pelo menos 15 são a favor do impeachment e outros 35 “aguardam” definição oficial do partido. “Só conseguimos garantir os 35 votos para o governo se for para o governo ganhar. Se for para perder, não conseguimos”, afirmou um interlocutor de Nogueira.

Na semana passada, parlamentares do PP pró-impeachment entregaram ao presidente do partido uma lista com assinaturas de 22 deputados e de 4 dos 6 senadores, pedindo a antecipação da convenção nacional da legenda, para discutir o desembarque do governo Dilma Rousseff.

Ciro prometeu marcar uma nova reunião das bancadas para tratar do assunto, mas ainda não definiu a data do encontro. O objetivo do dirigente é “ganhar tempo” e só deixar uma decisão oficialmente sobre rompimento para depois que outros partidos da base anunciarem desembarque.

A liberação das bancadas pelo PSD e, possivelmente, pelo PP deverá dificultar ainda mais o trabalho de Dilma para se salvar do impeachment. A presidente precisa de pelo menos 172 votos para barrar o impeachment na Câmara. Hoje, o governo só conta como 100% certo os votos de todos os deputados do PT, PDT e PCdoB.

PSD sai na frente e inicia capacitação dos diretórios municipais para eleições

466e7eca-4ebf-475b-a5a4-f52a02142028

Orientar os municípios sobre a organização partidária para as eleições 2016. Com este objetivo, o Partido Social Democrático (PSD), presidido em Pernambuco pelo deputado federal André de Paula, sai na frente ao realizar, na manhã desta terça-feira, 22, um grande evento que trouxe ao Recife representantes dos diretórios municipais de várias cidades do Estado. Também estiveram presentes os vice-presidentes da legenda e deputados estaduais, Joaquim Lira e Rodrigo Novaes, e o secretário geral, Charles Ribeiro.

“Estamos fazendo todo esforço possível para levar aos integrantes do nosso partido orientações adequadas sobre legislação eleitoral, alerta de prazo para filiação partidária, prestação de contas e outros assuntos que devem ser tratados com atenção redobrada”, destaca. “O processo eleitoral deve ocorrer com o menor número de erros possível e não vamos parar por aqui. Outros encontros serão realizados a partir do próximo mês, de forma a regionalizar as informações e orientar os nossos candidatos em áreas como marketing, oratória, redes sociais, registros de candidatura, entre outros”, acrescenta o deputado André de Paula.

O advogado Djalma Galindo e o contador Felipe Monteiro foram os palestrantes do encontro. Além de ressaltar que a nova legislação eleitoral reduziu o prazo da campanha de 90 para 45 dias, Galindo chamou a atenção dos municípios para dois prazos importantes: o das filiações, que se encerram no dia 2 de abril, e o da prestação de contas dos diretórios municipais, que termina no dia 30 de abril.

As convenções partidárias, que aconteciam no período de 10 a 30 de junho e agora acontecem entre 20 de julho e 5 de agosto, também entraram na pauta. “Podemos observar que agora há mais tempo para discutir e amadurecer as candidaturas, cujo prazo de registro também mudou de 5 de julho para 15 de agosto”, informa o advogado.

Informações acerca de domicílio eleitoral, número de candidatos que cada partido ou coligação pode lançar, vagas remanescentes, data de comprovação de idade para postular candidaturas, substituição de candidatos, financiamento de campanhas, entre outros, também foram debatidos ao longo da manhã.

PESSEDISTAS AFINADOS

O presidente do PSD de Caruaru, Adolfo José, participou do evento, aprovou e ressaltou: “Por falta de informação, os candidatos do partido não vão perder o mandato depois de eleitos. Tudo que ouvimos aqui foi muito importante. Hoje, os candidatos do PSD têm obrigação de buscar votos, eleger-se e fazer suas declarações corretamente. O partido está altamente dedicado e preocupado com isso. Eu acredito que esses eventos deixarão os pessedistas mais afiados e afinados”, comemora.

Pauluca Moura, presidente do PSD de Goiana e pré-candidato à prefeitura do município, também participou do encontro e destaca o quanto considera fundamental a atenção e preocupação do partido com seus representantes. “Diante de tantas mudanças na legislação eleitoral, as pessoas ficam sem saber o que deve ou não deve ser feito, o que pode ou não pode. O PSD sai na frente e explica tudo, de forma tão didática e clara. Temos uma vantagem enorme: nos sentimos tranquilos em saber que não vamos incorrer em erros por falta de informação. Saio daqui decidido a fazer um encontro semelhante no município de Goiana, com os nossos pré-candidatos a vereador”, pontua Pauluca.

Para o vereador e ex-prefeito de Taquaritinga do Norte, Jânio Arruda, o PSD tem dado grande apoio aos seus pré-candidatos. “Tivemos um encontro extremamente proveitoso e rico em conteúdo repassado. O PSD sai na frente dos demais de forma organizada, mostrando o quanto cresceu e prometendo crescer muito mais, graças à forma como tem sido conduzido. Que venham as eleições 2016”, ressalta.

PSD realiza ato de filiação em municípios do Agreste

Buscando se fortalecer para as eleições de outubro, o Partido Social Democrático (PSD), presidido, em Pernambuco, pelo deputado federal André de Paula, realizará atos de filiação em vários municípios pernambucanos, a partir da noite de ontem, 16, até o próximo sábado, 19.

O primeiro da lista é o município de Canhotinho – no Agreste do Estado, distante 210 quilômetros do Recife. O ato, que contará com a presença do governador Paulo Câmara, formalizará a filiação do deputado Álvaro Porto e marcará também o ingresso do prefeito Felipe Porto, de vereadores e de lideranças locais ao PSD.

E não para por aí. “Visitaremos municípios do Agreste ao Sertão do Estado. Amanhã (quinta-feira, 17), estaremos em Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú, com o prefeito José Patriota, filiando os vereadores Igor Mariano e Franklin Nazário, que se somam ao nosso vereador Cícero Miguel, e outras lideranças”, antecipa o deputado.

Na sexta-feira, 18, a caravana do PSD desembarca em Custódia (Sertão do Moxotó), a 335 quilômetros do Recife, para filiar Manuca, vice-prefeito e pré-candidato à prefeitura da cidade, e grupo político liderado por ele. “Águas Belas, Paranatama e Tacaimbó serão os próximos municípios que visitaremos durante todo o sábado, 19, para visitar companheiros e promover filiações”, acrescenta André de Paula.

/**/

PSD filia vereadores do Recife e passa a formar bancada na Câmara

2f630d00-3183-41d7-81b3-9cbca290d7a7 (1)

O PSD Pernambuco que, no Estado, é presidido pelo deputado federal André de Paula, na noite desta terça-feira, 8, teve a alegria de filiar os vereadores do Recife, Gilberto Alves e Eri, dois nomes de peso que passam a formar a bancada do PSD na Câmara Municipal. O ato, realizado pela Executiva estadual, filiou também 64 pré-candidatos a vereador e contou com a presença do prefeito Geraldo Júlio; do vice, Luciano Siqueira; do presidente estadual do PSB, Sileno Guedes; do secretário municipal de Relações Institucionais, Fred Oliveira; do deputado estadual do PSB, Aluísio Lessa; do prefeito de Cumaru, Eduardinho Tabosa, e de lideranças políticas da capital e interior do Estado. Também contou com a presença dos deputados estaduais da bancada pessedista, Joaquim Lira, Rodrigo Novaes (ambos vice-presidentes do PSD), Romário Dias e Álvaro Porto.

John Silva e mais 25 pessoas deixam o PSD de Caruaru

unnamed (9)

No fim da tarde de ontem (8), o líder comunitário John Silva esteve em reunião no Recife com André de Paula, secretário das cidades e presidente estadual do PSD. O encontro serviu para o jovem anunciar a sua desfiliação e a de mais 25 pessoas que integravam o Partido Social Democrático em Caruaru, John ainda entregou os cargos de 2º tesoureiro municipal do PSD e Presidente estadual da juventude do PSD: “deixam comigo a sigla professores, estudantes, profissionais liberais e outras lideranças” disse o jovem de 24 anos.

John Silva que é Presidente da Associação dos Moradores do Severino Afonso –AMSA e constantemente vem fazendo críticas a gestão de Queiroz a frente da Prefeitura de Caruaru afirmou que “nossa saída do PSD se faz de forma fraterna, deixo amigos pessoais lá, pessoas como André de Paula, Charles Ribeiro e o deputado Rodrigo Novaes, talvez seja um até breve. No entanto, decidimos sair pela grande possibilidade de o cenário futuro do PSD na cidade, não nos ser favorável”, ele não quis mencionar se o motivo de sua saída é a grande possibilidade de o partido apoiar o candidato de Queiroz.

Segue abaixo a relação de nomes que deixam o partido em Caruaru, um percentual de 30% dos filiados que totalizam cerca de 190 pessoas segundo a página do filiaweb. As cartas de desfiliação serão encaminhadas nesta quinta feira para Adolfo José, presidente municipal do PSD.

Executiva municipal do PSD em Caruaru realiza mudanças nos cargos

Na última quinta feira a comissão provisória do PSD em Caruaru foi renovada por mais 1 ano,   e em sua renovação a composição tem algumas novidades. No fim de 2013, o vereador Demóstenes Veras que ocupava o cargo de Vice-Presidente do partido em Caruaru saiu da sigla, e o PSD em Caruaru estava, até então, com o cargo vacante.

Após a renovação a comissão provisória continua sob o comando do empresário e ex-vereador Adolfo José, as novidades ficam por conta do cargo de Vice-Presidente que passa a ser ocupada pelo vereador Alecrim, que antes ocupava o cargo de 1º Tesoureiro, em seu lugar foi assume o ex-vereador Bruno Lambreta, e a grande novidade fica por conta do cargo de 2º tesoureiro que passa a ser ocupado pelo jovem John Silva, que faz parte do diretório estadual como presidente da Juventude do PSD em Pernambuco, e agora passa também a integrar a executiva municipal com o aval da legenda no estado.

André de Paula assumirá vaga de Guerra

O presidente do PSD em Pernambuco, André de Paula, vai assumir a vaga deixada na Câmara Federal pelo deputado Sérgio Guerra (PSDB), que morreu nesta quinta-feira (6) em São Paulo.

André de Paula já foi deputado federal pelo PFL e Democratas. Em 2010, com o insucesso da União por Pernambuco, liderada por Jarbas Vasconcelos (PMDB), não conseguiu se eleger.

O pessedista, porém, não caiu no esquecimento. Hoje, com o partido do ex-prefeito Gilberto Kassab (SP) sob seu comando em Pernambuco, é ligado ao grupo político do governador Eduardo Campos (PSB).

Caruaru se prepara para receber evento da juventude do PSD

Foi realizada na tarde de ontem, na sede do PSD de Pernambuco, no Recife, uma reunião para traçar os planos do 1º Encontro da Juventude do partido em 2014. De acordo com o presidente da JPSD no Estado, John Silva, o evento vai ser realizado em fevereiro, logo após a volta às aulas, e tem como objetivo despertar o interesse dos universitários de Caruaru e região pela política.

“Pelo que as pesquisas recentes têm mostrado, houve um interesse expressivo de parte da juventude pela política, principalmente após os protestos de julho no Brasil”, explicou o jovem militante John Silva.

Além da programação do evento, a reunião também tratou da estruturação da sigla e da implantação de dois novos núcleos jovens em Paulista e Águas Belas.