Santa Efigênia promove curso para profissionais da saúde

Nos próximos dias 21 e 22 de janeiro, o Hospital Santa Efigênia (HSE), em parceria com o Centro Universitário Unifavip/Devry, promove o primeiro curso de Suporte Avançado de Vida em Cardiologia (ACLS) para capacitação de profissionais da área da saúde como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e estudantes do último período de medicina.

O curso será aberto, principalmente, aos profissionais que atuam em unidades de urgência e emergência e em unidades intensivas. O objetivo é uma educação continuada para qualificá-los no suporte avançado de vida na cardiologia como, por exemplo, na condução de um paciente em parada cardíaca, além de facilitar a ação no atendimento de arritmias cardíacas. 

O curso é fornecido pela Unidade de ACLS do Hospital de Cardiologia do Estado de Pernambuco Agamenon Magalhães. Os participantes terão direito à certificado reconhecido pela Hart Medical, válido por dois anos.

“Queremos fortalecer o Unifavip junto ao Hospital Santa Efigênia como um centro de excelência e formador de opinião para a nossa mão de obra de saúde”, ressalta o coordenador do Setor de Hemodinâmica do HSE, Flávio Japiassu.

O curso começa no sábado, às 8h, no laboratório de simulação realística do Unifavip, o Turbo Health. Para os interessados, o investimento é de R$ 1.200 e a inscrição deve ser feita com Ana Paula Melo, do departamento comercial do Unifavip/Devry, pelo telefone (81) 98241-1395.

Hospital Santa Efigênia apresenta ao público as novas instalações da Emergência

DSC_2837

Na última semana de 2016, o Hospital Santa Efigênia entregou ao público mais uma melhoria de sua estrutura. As recepções da emergência e de internamento foram totalmente reformadas. O espaço recebeu novas poltronas mais confortáveis para os clientes. O atendimento é feito por meio de senhas.

Na área da emergência, o espaço foi ampliado e ganhou novas instalações. Agora, conta com cinco consultórios médicos, sendo dois clínicos, um cardiológico, um ortopédico e um para o cirurgião-geral. Foram criadas duas salas vermelhas para o atendimento de casos considerados mais graves, ambas totalmente equipadas.

Essa nova estrutura une-se à etapa inaugurada em julho que dispõe de seis leitos com camas e dez poltronas para repouso. E neste início de ano, está em fase de acabamento a sala de classificação de risco. Para um atendimento de qualidade neste setor, médicos e enfermeiros do Hospital passarão pelo Curso ACLS (sigla em inglês para Suporte Avançado de Vida em Cardiologia) que será realizado no laboratório do Unifavip nos dias 21 e 22 de janeiro.

“Esta nova etapa da emergênia mostra que muita coisa já mudou aqui no Hospital e muito ainda será feito, porque hoje a gente trabalha em prol do bem estar do nosso cliente. Afinal, desde que assumimos o Santa Efigênia, nosso intuito maior sempre foi e sempre será o de melhorar o grau de satisfação do nosso cliente.”, enfatiza José Pereira Galvão Júnior, diretor-médico do Hospital Santa Efigênia.

No Dia Mundial de Luta contra a Aids, Hospital Santa Efigênia realiza ação de conscientização

Na próxima quinta-feira, dia 1º de dezembro, a equipe de Assistência Social do Hospital Santa Efigênia realiza uma ação educativa de conscientização para lembrar aos funcionários, pacientes e acompanhantes a importância da prevenção contra as doenças sexualmente transmissíveis, principalmente a Aids.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Dia Mundial de Luta contra a Aids será comemorado no Hospital. Durante todo o dia, a partir das 8h, um stand estará montado onde serão distribuídos preservativos e panfletos com orientações sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar a doença. Os pacientes e acompanhantes também serão abordados nos leitos.

“Com esta ação, nós buscamos discutir a vulnerabilidade relacionada ao HIV, sob o ponto de vista do estigma e, principalmente, do preconceito. Nós queremos estimular a reflexão entre as pessoas, pois sem prevenção todos estamos vulneráveis”, afirma Giselle Monique, assistente social do Santa Efigênia.

Este ano no Brasil, o foco do Ministério da Saúde são os jovens gays de 15 a 24 anos das classes C, D e E. O Dia Mundial de Luta Contra a Aids foi instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1988. Em todo o mundo, são desenvolvidas atividades para divulgar mensagens de esperança, solidariedade e prevenção. A iniciativa referendada pelo Sistema das Nações Unidas, por meio da Assembleia Mundial de Saúde, tem o apoio dos governos e organizações da sociedade civil de todos os países.

Hospital Santa Efigênia apresenta novidades para 2016

Em uma conferência de imprensa realizada no restaurante Tio Armênio, em Caruaru, a direção do Hospital Santa Efigênia apresentou uma série de novidades e melhorias que serão postas em prática a partir de 2016. Participaram do evento Milton Chaves, presidente do Grupo Milton Chaves, mantenedor do Hospital; Victor Farias, diretor administrativo do Grupo; e José Pereira Galvão Júnior, diretor-médico do Santa Efigênia.

Entre as novidades anunciadas estão a nova Pediatria Santa Efigênia que, a partir de 1º de janeiro, passa a funcionar na Rua Ibicuí (ao lado da sede do Hospital), e a renovação do Seot (Serviço de Ortopedia 24h), da Clínica Médica e da Emergência Cardiológica. Outras ações apresentadas: treinamentos de médicos, enfermeiros e colaboradores; modernização do Bloco Cirúrgico; reformas internas do Hospital; construção da nova UTI com 10 leitos; e aumento das enfermarias para 25 leitos.

O objetivo do Grupo que assumiu o Hospital Santa Efigênia em março deste ano é, principalmente, melhorar a qualidade do atendimento aos clientes. “Queremos dar a Caruaru uma condição de humanização, fazendo com que os profissionais de saúde venham a melhorar a qualidade do serviço. Para isto, estamos engajados no treinamento dos nossos profissionais para consolidar essa qualidade e melhorar o atendimento à população”, explica Milton Chaves.

As ações realizadas até o momento no Hospital e as que serão desenvolvidas a partir do ano novo têm como características a essência do Grupo Milton Chaves que é a de criar e adquirir empresas, visando à melhoria e aperfeiçoamento de seus processos, investindo em tecnologia e, principalmente, no desenvolvimento das pessoas, criando uma realidade sustentável.

Santa Efigênia reformula serviço de Psicologia

93833b95-377e-4ad5-b3a1-d0a4292e976e

O ambiente hospitalar, na maioria das vezes, significa uma situação de incômodo para pacientes e acompanhantes. Estar fora de casa, sofrendo a expectativa da evolução do tratamento, normalmente deixa toda a família fragilizada. Por melhor que seja o atendimento oferecido pelo Hospital, a situação nunca é confortável. Pensando em minimizar os transtornos, o Hospital Santa Efigênia oferece do Serviço de Psicologia que recentemente foi reformulado. Sob a supervisão da psicóloga Poliana Mota, os pacientes têm recebido uma atenção diferenciada.

“A partir do momento que o paciente chega ao Hospital, conversamos com ele e, com o passar dos dias, procuramos ver como está sendo a sua adaptação nesse processo de hospitalização. Nós damos uma atenção melhor a cada um, visando um melhor atendimento”, explica. O acompanhante também tem sido beneficiado com o serviço.

Apesar de não estar hospitalizado, ele acaba passando pelo mesmo processo de angústia dos pacientes. Por isso, a psicóloga o aborda, conversa com ele e o orienta sobre como lidar bem com a situação. Uma mudança relevante do Serviço foi o período de permanência da psicóloga no Hospital. O atendimento agora é de 8h às 18h, sempre de segunda a sexta. “Eu vejo que a procura já vem aumentando. As pessoas começam a se adaptar. A equipe de Enfermagem já me procura porque sabe que o serviço existe. Todos já estão reconhecendo que o serviço faz parte da rotina do Hospital”, ressalta Poliana Mota.

Hospital Santa Efigênia realiza palestra sobre câncer de próstata

O Hospital Santa Efigênia realizou nesta quinta-feira, 26, uma ação alusiva ao Novembro Azul.  O convidado foi o radioncologista Diego Rezende que ministrou palestra sobre a prevenção do câncer de próstata.

O especialista apresentou dados sobre a incidência da doença entre os homens e o tabu que ainda existe na nossa região. “Infelizmente, apesar de o câncer de próstata ser o segundo tipo de câncer mais prevalente entre os homens, perdendo apenas para o câncer de pele, ainda existe uma grande resistência por parte dos homens em realizar os exames preventivos, em especial o exame de toque retal. São exames simples, indolores, de fácil realização e que possibilitam o diagnóstico precoce da doença”, explicou.

Os participantes foram alertados, também, sobre a necessidade e a importância da realização dos exames preventivos para o diagnóstico precoce da doença. “É fundamental que se quebre esse estigma que existe na nossa sociedade em relação à realização dos exames preventivos, em especial o toque retal, para que se possa otimizar as chances de cura”, disse Dr. Diego Rezende.

A palestra do Novembro Azul, assim como foi a do Outubro Rosa que orientou as mulheres sobre a prevenção do câncer de mama, são momentos de informação promovidos pelo Departamento de Serviço Social do Santa Efigênia. “Nosso objetivo junto aos funcionários e acompanhantes dos pacientes do Hospital é de educar e de trazer uma informação fácil para que tenham a sabedoria de evitar doenças que são precocemente diagnosticadas. Nós temos que nos preocupar com a qualidade de vida e a nossa saúde tem que estar em primeiro lugar”, ressaltou Andreza Soares, assistente social do Hospital Santa Efigênia.

Hospital Santa Efigênia realiza palestra sobre a prevenção do Câncer de Próstata

O Hospital Santa Efigênia realiza nesta quinta-feira, dia 26, a palestra “Novembro Azul – Um Alerta para o Câncer de Próstata”, com o oncologista Diego Rezende. O evento é voltado para funcionários e acompanhantes de pacientes do Hospital e faz parte das comemorações do mês dedicado à conscientização da importância de prevenir o segundo câncer que mais atinge os homens no Brasil.

A ideia do Serviço Social do Santa Efigênia é estimular e intensificar as ações para detecção precoce deste tipo de câncer na população masculina, de acordo com as determinações do Ministério da Saúde e da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem.

Nesta ação, serão abordados, entre outros assuntos, os sintomas da doença, a prevenção e os exames que devem ser realizados. A palestra com o Dr. Diego Rezende será no 1º Andar do Hospital Santa Efigênia, a partir das 17h.

Santa Efigênia recebe reestruturação física e de equipamentos

BLOCO CIRÚRGICO

Há sete meses, o Hospital Santa Efigênia passou a ser administrado por um novo grupo. Desde então, uma grande mudança estrutural vem sendo proporcionada para a modernização da unidade de saúde mais tradicional da região. Os funcionários passam por capacitações para melhor atender os pacientes e acompanhantes. Novos equipamentos foram adquiridos. O bloco cirúrgico recebeu novas mesas cirúrgicas, focos, um aparelho de esterilização a plasma e novos ares-condicionados, que garantem maior conforto à equipe médica. O setor de UTI ganhou camas, respiradores, desfibriladores e um aparelho de Gasometria.

O Santa Efigênia também passa por uma reformulação no que diz respeito à segurança. A recepção recebeu catracas para o controle da entrada de pessoas. Os acompanhantes dos pacientes serão cadastrados e terão acesso ao interior do prédio com a utilização de um crachá e uma pulseira de identificação. Câmeras estão sendo instaladas em pontos estratégicos para monitorar o movimento dentro do Hospital.

Outra novidade é a transferência do laboratório de análises clínicas para o prédio do Hospital. Agora, ele passa a ser um Laboratório 24h, garantia de mais agilidade para o diagnóstico dos pacientes. O resultado dos exames sai, no máximo, em 30 minutos; o hemograma, por exemplo, fica pronto em 10 minutos.

Os prontuários também passaram por modernização. Agora, tudo o que é prescrito pelos médicos é feito em um sistema de informação que interliga os consultórios à farmácia do Hospital de forma on line. O processo agiliza o atendimento e diminui, consideravelmente, o risco de erros de aplicação de medicamentos.

E, depois de muito tempo dependendo de ambulâncias de outras unidades de saúde, o Hospital Santa Efigênia dispõe de uma UTI Móvel 24h. Equipada com aparelhos modernos, o veículo torna mais rápida a remoção de pacientes.

“A nossa maior preocupação desde que assumimos o Hospital é melhorar a qualidade do atendimento às pessoas. Nesse período, buscamos qualificar nossos funcionários. O nosso público é quem, realmente, merece o conforto que precisa ser dado pelo Hospital”, explica José Pereira Galvão Júnior, diretor-médico do Hospital Santa Efigênia.

Nova diretoria promove reestruturação no Santa Efigênia

f588acc4-4b8b-42bc-bafc-787e52284d3a

Há sete meses, o Hospital Santa Efigênia passou a ser administrado por um novo grupo. Desde então, uma grande mudança estrutural vem sendo proporcionada para a modernização da unidade de saúde mais tradicional da região. Os funcionários passam por capacitações para melhor atender os pacientes e acompanhantes. Novos equipamentos foram adquiridos. O bloco cirúrgico recebeu novas mesas cirúrgicas, focos, um aparelho de esterilização a plasma e novos ares-condicionados, que garantem maior conforto à equipe médica. O setor de UTI ganhou camas, respiradores, desfibriladores e um aparelho de Gasometria.

O Santa Efigênia também passa por uma reformulação no que diz respeito à segurança. A recepção recebeu catracas para o controle da entrada de pessoas. Os acompanhantes dos pacientes serão cadastrados e terão acesso ao interior do prédio com a utilização de um crachá e uma pulseira de identificação. Câmeras estão sendo instaladas em pontos estratégicos para monitorar o movimento dentro do Hospital.

Outra novidade é a transferência do laboratório de análises clínicas para o prédio do Hospital. Agora, ele passa a ser um Laboratório 24h, garantia de mais agilidade para o diagnóstico dos pacientes. O resultado dos exames sai, no máximo, em 30 minutos; o hemograma, por exemplo, fica pronto em 10 minutos.

Os prontuários também passaram por modernização. Agora, tudo o que é prescrito pelos médicos é feito em um sistema de informação que interliga os consultórios à farmácia do Hospital de forma on line. O processo agiliza o atendimento e diminui, consideravelmente, o risco de erros de aplicação de medicamentos.

E, depois de muito tempo dependendo de ambulâncias de outras unidades de saúde, o Hospital Santa Efigênia dispõe de uma UTI Móvel 24h. Equipada com aparelhos modernos, o veículo torna mais rápida a remoção de pacientes.

“A nossa maior preocupação desde que assumimos o Hospital é melhorar a qualidade do atendimento às pessoas. Nesse período, buscamos qualificar nossos funcionários. O nosso público é quem, realmente, merece o conforto que precisa ser dado pelo Hospital”, explica José Pereira Galvão Júnior, diretor-médico do Hospital Santa Efigênia.

/**/

Treinamentos clínicos em caminhão-escola é sucesso em Caruaru

Cento e vinte pessoas participaram do treinamento clínico no Dräger Truck oferecido de graça em Caruaru nesta segunda-feira, 26 de outubro. O evento foi uma parceria do Hospital Santa Efigênia com a Dräger Internacional, empresa alemã produtora de equipamentos hospitalares. Profissionais como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, além de estudantes de cursos da área de saúde de Caruaru e região estiveram presentes.

O objetivo deste curso foi o de disponibilizar educação continuada para os profissionais de saúde que trabalham com pacientes críticos em unidades de terapia intensiva. “Aqui no caminhão, os participantes tiveram a oportunidade de receber um curso teórico e depois praticar nos equipamentos, conhecer as tecnologias da Dräger para otimizar a sincronia do paciente com as máquinas”, explicou Natália Costa, instrutora do curso.

Para o diretore-médico do Hospital Santa Efigênia, José Pereira Galvão Júnior, “o grande diferencial deste evento trazido para a nossa cidade foi a importante parceria entre o Hospital e a Dräger Internacional, sem a qual seria praticamente inviável a organização do curso”.

A vinda do Dräger Truck contou ainda com a colaboração de três órgãos da Prefeitura de Caruaru: a Destra, que fez o comboio do caminhão-escola do Polo Caruaru, na BR 104, até a Estação Ferroviária; da Fundação de Cultura, que liberou o espaço da Estação para o veículo; e do Departamento de Energia do Município que disponibilizou energia elétrica para a sala de aula.

A próxima parada do Dräger Truck será Recife. O caminhão-escola fica na capital até o dia 29 de outubro. Na semana seguinte, segue para João Pessoa.