PT não terá liberdade na 1ª secretaria da Câmara

Do Blog do Magno

O deputado Beto Mansur (PRB-SP) não acredita que o PT, que reivindica a primeira-secretaria da Câmara na eleição de fevereiro, terá condição de fazer pirotecnia caso o partido conquiste o cargo, responsável pelos recursos da Câmara.

“O PT não vai fazer nada que o presidente da Câmara não queira”, afirma Mansur, atual primeiro-secretário. O PT tenta a vaga como moeda de troca para apoiar a candidatura à reeleição do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Maia, que enfrenta batalha jurídica para viabilizar a candidatura a reeleição, foi eleito em julho do ano passado para um mandato-tampão, após a queda do deputado presidiário Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

A Constituição Federal veda a reeleição na mesma Legislatura, mas aliados de Maia defendem que ele foi eleito para um mandato temporário, motivo pelo qual a regra não se aplicaria no seu caso.

A primeira-secretaria é responsável por um Orçamento de R$ 5,2 bilhões por ano.

Presa por racismo agora é secretária da Igualdade

Depois de nomear o pai Brivaldo Alves (DEM), ex-prefeito, secretário de Governo, Planejamento e Articulação política e a mãe Héldna Alves na pasta de Administração e Gestão de Pessoas, o prefeito de Bodocó, Túlio Alves (DEM), escolheu Maria Luiza Brito para Secretária de Ação Social, da Mulher e Igualdade Racial. Além de se enquadrar também no critério do nepotismo, por ser irmã do vice-prefeito Edmilson Brito Alencar, a jovem tem um precedente no mínimo conflituoso para cuidar de igualdade racial.

Em 2004, ainda universitária, com apenas 27 anos, ela se envolveu numa confusão e acabou presa acusada de racismo. Conforme registro de jornais da época enviados ao blog, Luiza chegou a ser levada à Colônia Feminina do Bom Pastor, no Recife. Foi autuada em flagrante, na Delegacia de Santo Amaro, para onde foi levada pela vítima de preconceito, o soldado da PM Leonildo Hilário Nunes.

Nunes havia sido chamado para resolver uma discussão entre a universitária e mais três amigos com um taxista, que transportara o grupo de estudantes até o bairro da Ilha do Leite, onde ela mora. O desentendimento com o taxista teria sido pela falta de R$ 2,00 para pagar a corrida. De acordo com a queixa do policial, ela o teria destratado e xingado, o discriminando por ser negro, durante a intervenção no caso com o taxista.

O policial teria desrespeitado o capitão PM Alexandre Menezes, que é amigo da estudante e foi chamado por ela, por telefone, para interferir. Maria Luíza e seus colegas negaram a versão do policial, detido por desacato ao oficial na Corregedoria da Polícia Militar. Ao final da reportagem, a agora secretária é identificada como natural de Bodocó, no sertão, estudante de Serviço Social na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). A prática de racismo, ainda segundo a reportagem, é crime desde 1989 e o acusado pode pegar pena de um a três anos de prisão.

Secretaria de Políticas Sociais promove mais uma edição do Baile do Menino Deus

Na noite desta quarta-feira, 14, a escadaria da Igreja da Catedral, no Centro da cidade, será cenário de mais uma edição do consagrado auto de Natal, “Baile do Menino Deus”.

Durante o espetáculo, cerca de 200 crianças, adolescentes e idosos beneficiários da assistência social do município estarão reunidos para destacar a importância do Natal e da cultura popular.

A partir das 18h30, os caruaruenses poderão apreciar o show, que levará ao o palco ícones da cultura popular como o Bumba-Meu-boi e os Caboclinhos, que interpretarão papéis ligados ao período natalino, em homenagem ao personagem principal, que é o Menino Deus.

A peça também será marcada por música, dança e interpretação artística, que serão apresentadas pelo balé municipal, pelas orquestras de violinos e de metais e dos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos compõem o elenco.

Secretaria de Assistência Social participa da 12ª Romaria Diocesana

A Secretaria de Assistência Social participou, nessa terça-feira (15), da 12ª Romaria Diocesana. Realizada tradicionalmente pela Diocese de Garanhuns durante o feriado da Proclamação da República, a caminhada seguiu em direção ao Santuário Mãe Rainha. O objetivo da participação da secretaria foi disseminar informações sobre o combate ao trabalho infantil, com o tema “O trabalho infantil não é legal, tem que parar”.
 
A secretária de Assistência Social, Célia Sobral, enfatizou a importância da participação da população no combate ao trabalho infantil. “O trabalho infantil é um problema social e o combate deve ser um compromisso de todos nós, cidadãos. Quando uma criança abandona os estudos e tem que dividir seu tempo entre a escola e o trabalho, acaba perdendo rendimento escolar e serão sérias candidatas ao abandono escolar e consequentemente ao despreparo para o mercado de trabalho, tendo que aceitar subempregos e assim continuarem alimentando o ciclo de pobreza no Brasil”, afirma.
 
Durante a caminhada e na celebração, o bispo Dom Paulo Jackson falou sobre o tema e explicou que lugar de criança é na escola. Essa parceria foi uma das ações estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), que compreendem as campanhas socioeducativas e mobilizadoras da sociedade para a questão.

Secretaria de Educação promove formação continuada sobre Direitos Humanos e Educação para as Relações Étnico-Raciais

Com o tema Diálogos sobre Pós-Colonialismo, Direitos Humanos e Lei 10.630/2003, a Secretaria de Educação realiza nesta terça-feira, 27, uma formação continuada que visa destacar as perspectivas dos Direitos Humanos e Educação para as Relações Étnico-Raciais.

Na ocasião, as professoras mestras da UFPE – Universidade Federal de Pernambuco, Michele Guerreiro e Alcione Mainar, ministrarão estudo e dialética acerca dos trabalhos que vêm sendo desenvolvidos em cada escola, além disso, também será entregue para cada unidade educacional da rede municipal material de suporte, que inclui textos para serem estudados em reuniões pedagógicas, sugestões de atividades que devem ser trabalhadas em sala de aula e um DVD com filmes, documentários e vídeos com conteúdos que interessam desde os estudantes dos CMEIs – Centro Municipal de Educação Infantis até o 9º ano do Ensino Fundamental.

O diálogo travado pela Educação contará com participação do Movimento Negro de Caruaru e outros membros da sociedade civil.

O encontro acontecerá às 7h30, no auditório do órgão, e é direcionado aos coordenadores pedagógicos do município.

Secretaria da Mulher realiza Seminário comemorativo aos 10 anos da Lei Maria da Penha

A Secretaria da Mulher e de Direitos Humanos, juntamente com a Associação Caruaruense de Ensino Superior (Asces/Unita), Ministério Público, Tribunal de Justiça e Secretaria Estadual da Mulher, realiza nesta quinta-feira, 25, seminário intitulado: Caruaru para as Mulheres: 10 anos da Lei Maria da Penha – Avanços e Desafios. O evento será realizado no Auditório I da Asces – Campus I e terá início às 8h, seguindo até às 16h.

De acordo com o cronograma do evento, o primeiro horário da programação será voltado para o credenciamento dos participantes. Em seguida, dona Severina dará seu depoimento, pois ela é militante dos direitos das mulheres, vítima de violência e contou com os serviços e apoio da Secretaria da Mulher para o seu fortalecimento. Dando continuidade, haverá duas mesas de discussão que serão encabeçadas por profissionais de referência no assunto abordado pelo seminário.

As mesas terão como temas “10 Anos da Lei Maria da Penha: Análise dos avanços e desafios identificados no desempenho das atribuições dos órgãos voltados à promoção dos direitos, à prevenção” e “Erradicação da violência doméstica e familiar contra a mulher”. A primeira mesa irá conduzir a temática do ponto de vista das políticas públicas, a discussão será encabeçada pela conselheira da mulher de Caruaru, Roberta Granville; pela secretária da Mulher, Katherine Lages; e pela diretora estadual de enfrentamento a violência Bianca Rocha.

Em seguida, uma nova mesa irá se formar composta pela delegada, Jimena Gouveia, da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher de Caruaru; a juíza Priscila Vasconcelos, da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher; a defensora pública do Estado, Marília Tenório; e o promotor de justiça do Ministério Público de Caruaru, George Pessoa; esses analisarão a temática a partir do ângulo jurídico.

No período da tarde, a partir das 13h, será realizada uma roda de diálogo que terá como tema as “Reflexões sobre estratégias da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher previstos na Lei 11.340/06-Lei Maria da Penha”.  Em seguida, haverá apresentação de trabalhos acadêmicos.

Para Katherine Lages, o evento tem fundamental importância para dar visibilidade a temática, fazendo conhecer os serviços que a Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria da Mulher disponibiliza às mulheres, e os diversos mecanismos institucionais do Estado para enfrentar e combater a violência que assola a vida e dignidade das mulheres. “Com esta iniciativa e parcerias, leva-se à Caruaru a mensagem que as mulheres não estão sozinhas e que a quebra do ciclo da violência que sofrem, é objeto de preocupação de todas as instituições e segmentos sociais que, em suas áreas de atuação, apresentam estratégias para acolher e apoiar as mulheres caruaruenses”.

Secretaria de Turismo abre inscrições de artesãos para XVII Fenearte‏

A Secretaria de Turismo (Setur) de Garanhuns vai inscrever os artesãos interessados em participar da XVII Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), que será realizada no Centro de Convenções, na cidade de Olinda.

Aqueles que já são cadastrados no órgão municipal devem procurar, a partir de manhã (22), a sede da Setur, localizada no Centro Administrativo, na avenida Caruaru, S/N. O prazo segue aberto nos dias 23, 24, 27, 28 e 29, sempre das 8h às 13h. Os artesãos que não possuem o cadastro podem realizar sua inscrição nos dias 30 de junho e 01 de julho, no mesmo local.

Este ano, serão disponibilizadas 30 vagas para artesãos do município, sendo 25 delas destinadas aos cadastrados na Casa do Artesão e as outras cinco para os demais interessados. Todos podem apresentar as peças que devem ser enviadas ao evento, entre os dias 29 de junho e 4 de julho, na sede da Casa do Artesão, localizada na praça Dom Moura, S/N, no prédio do Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti.

/**/

D’Almeida assume Secretaria Executiva da Receita

Bernardo DAlmeida

Bernardo D’Almeida, vice-presidente do Complexo Portuário de Suape, foi convidado pelo governador Paulo Câmara para assumir a Secretaria Executiva da Receita, vinculada à Secretaria Estadual da Fazenda – SEFAZ, capitaneada por Marcelo Barros. Juntos irão enfrentar o desafio de aumentar a arrecadação.

Bernardo, que antes de ir para o Porto estava à frente da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, destacou-se pela sua gestão no ancoradouro, com uma política centrada na chegada de novas cargas, como as frutas, que depois de oito anos saindo por Pecém volta a operação de longo curso para Europa através de Suape.

Temer reavalia Pelaes para secretaria de mulheres

Folha de S.Paulo – Gustavo Uribe

Com a repercussão das declarações e suspeita contra a ex-deputada federal Fátima Pelaes (PMDB-AP), o presidente interino, Michel Temer, reavalia a indicação da peemedebista para a chefia da secretaria de políticas para as mulheres, vinculada ao Ministério da Justiça.

O governo federal decidiu ampliar a pesquisa sobre o histórico público e judicial da presidente do PMDB Mulher antes de dar posse a ela do cargo. Nas palavras de um assessor presidencial, com o que foi revelado até o momento, tornou-se “insustentável” a permanência dela no posto.

Como a indicação de Pelaes partiu de uma sugestão da bancada feminina na Câmara dos Deputados, o presidente interino pretende conversar antes com as representantes da frente parlamentar.

O peemedebista pretende tomar uma decisão no início desta semana. Para o lugar da peemedebista, os dois nomes mais cotados pelo presidente interino são de Solange Jurema e Nancy Thame, ambas do PSDB, mesmo partido do ministro Alexandre de Moraes (Justiça).

Apontada pelo Ministério Público Federal como integrante de uma “articulação criminosa”, Pelaes foi nomeada na sexta-feira (3), em decisão publicada no Diário Oficial da União.

Segundo relatório da Procuradoria-Geral da República, ela é suspeita de envolvimento no esquema desmantelado pela Operação Voucher, em 2011. Na época, foi citada no escândalo ligado a uma ONG fantasma que havia celebrado convênio com o Ministério do Turismo dois anos antes.

Questionada pela Folha, Pelaes respondeu, por meio da assessoria: “Eu confio no trabalho da polícia e da Justiça e estou tranquila de que tudo será esclarecido”.

Além disso, a peemedebista se posicionou contra o aborto em casos de estupro durante as discussões sobre o projeto do Estatuto do Nasciturno, em 2010, durante seu mandato na Câmara dos Deputados, o que gerou polêmica entre entidades feministas.

Secretaria de Saúde de Gravatá convoca candidatos classificados para contratação‏

A Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria municipal de Saúde, convoca os candidatos classificados na Seleção Pública Simplificada para se apresentar no prédio da Secretaria, no período 27 a 30 de maio, das 8h às 16h, para a contratação imediata.

Os mesmos deverão realizar os exames previstos no item 7.2 do edital de Seleção. Esses classificados estão sendo convocados devido à desistência de alguns profissionais aprovados, que, no ato da convocação, não assumiram os cargos para os quais foram aprovados.

Para a contratação, os candidatos deverão apresentar os seguintes documentos: RG, Título de Eleitor, Certidão de Nascimento ou Casamento, Carteira Profissional, comprovante de residência, Registro Profissional, Diploma, Certificado de Pós-Graduação e Conta Bancária no Bradesco.

A entrega dos exames e documentação deverá ocorrer, impreterivelmente, até o dia 07 de junho.