Prefeitura leva integrantes da Compesa até obra de Urbanização do Canal dos Mocós

3d87c243-8f94-4aa5-86d5-fee5102e4dc7

Na manhã desta sexta-feira (09), o secretário de infraestrutura, Deny Coelho, recebeu em seu gabinete Sérgio Guimarães, gerente de programas especiais da Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa, o consultor Aldir Pipe e uma equipe da empresa responsável pelo projeto do Programa de Saneamento Ambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Ipojuca (PSA Ipojuca). Eles vieram conhecer o projeto de Urbanização do Canal dos Mocós, que teve as obras iniciadas em abril deste ano, e terá fundamental importância para a contenção de alagamentos e enchentes.

O grupo quis ver in loco a grandiosidade da primeira etapa da obra que objetiva urbanizar mais de 5km de um canal que corta boa parte da cidade. “Será, sem dúvida, mais um feito fundamental para a qualidade de vida dos moradores de Caruaru”, explicou Deny. Integrantes da empresa que está desenvolvendo o projeto PSA Ipojuca estudarão, agora, uma maneira de linkar com a Urbanização do Canal dos Mocós. “Objetivamos chegar a sanear 100% de Caruaru. Em 2017 estamos prevendo aumentar nossa rede coletora em 15% com a revitalização de quatro estações elevatórias, assim conseguiremos tratar 500 l/s (litros/segundo). Hoje, 23% desta cidade é saneada, então, temos um grande trabalho pela frente. Mas, não tenho dúvidas que essa obra municipal nos ajudará a alcançar o objetivo final”, comentou Sérgio.

O canal será feito com tubos de até 1,20m de diâmetro, o revestimento terá seis metros e 1,5m de altura. O projeto prevê ainda 3900 metros lineares de calçadas e 172m² de pavimentação em paralelo.

Nessa parte da obra, que tem o cronograma estabelecido em 12 meses, serão investidos cerca de três milhões de reais. Mas, o investimento final previsto para essa obra, juntamente com a urbanização do canal do Salgado, será de cerca de 15 milhões de reais. Os recursos são provenientes do Ministério da Integração Nacional.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.