“Caruaru só tende a avançar com a Via Parque”

O projeto da Prefeitura de Caruaru, Via Parque, que promete oferecer uma nova realidade aos moradores caruaruenses no tocante a atividades esportivas e de lazer, está prestes a ser posto em prática com o repasse do empréstimo em dinheiro junto à Caixa Econômica Federal. Em entrevista esta semana ao programa Jornal VANGUARDA, na Rádio Caruaru FM, o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, Rubén Pecchio, deu todos os detalhes a respeito da execução do projeto.

Pedro Augusto

Jornal VANGUARDA – A Via Parque será construída no trecho da linha férrea que corta o município de Caruaru. De que forma surgiu a ideia de implantar uma obra tão importante para o aspecto da mobilidade local?

Rubén Pecchio – Antes de destacarmos os investimentos que serão feitos através da Via Parque, gostaríamos de lembrar que, em meados de 2015, a até então deputada estadual Raquel Lyra havia solicitado a elaboração de projetos a serem implantados na região Agreste, com o objetivo de qualificar as ações de políticas públicas. Em Caruaru, tivemos oportunidade de conhecer o arquiteto Suame Lima, que foi um dos responsáveis por nos apresentar a importância não só da linha férrea como também da própria Estação Ferroviária, que faz parte da história da cidade. A partir daí, pensamos e elaboramos o projeto da Via Parque, que foi prontamente aprovado por Raquel – eleita, posteriormente, como prefeita da Capital do Agreste.

JV – Que benefícios poderão ser vistos com a implantação do projeto neste extenso trecho da linha férrea, que, até então, encontrava-se abandonado pelas gestões anteriores?

RP – A Via Parque irá ocupar o ramal da linha férrea, ou seja, estará disponível do setor leste a oeste. Ela terá uma extensão de sete quilômetros, contemplará 14 bairros, como o João Mota, Divinópolis, Caiucá, Centenário, Boa Vista, Centro, Riachão, Salgado, Cedro, dentre outros, beneficiando, também, de forma direta, cerca de 150 mil pessoas. Esse projeto é muito bonito. Além de contemplar as comunidades, integrará ainda mais os caruaruenses, que vêm necessitando, já não de hoje, de espaços de convivência de qualidade. Nela, eles poderão andar de bicicleta, fazer caminhadas, contemplar a natureza, dentre outras atividades. Sem falar nos ganhos econômicos, haja vista que novos comércios deverão funcionar ao redor da Via. Caruaru só tende a avançar com a Via Parque.

JV – A primeira etapa da obra está prevista para iniciar ainda neste segundo semestre?

RP – Já estamos concluindo a etapa das documentações licitatórias e a tendência é de iniciarmos as obras no próximo mês de setembro ou de outubro. Deveremos terminar esta primeira etapa no prazo máximo de 12 meses.

JV – E em relação aos demais projetos que deverão ser postos em prática pela PMC… Está confirmada a revitalização do Parque de Evento Luiz ‘Lua’ Gonzaga?

RP – O Parque de Eventos também possui uma conexão com a linha férrea. Sendo assim, ele será contemplado com a implantação de pista de cooper, área da terceira idade, bem como outros investimentos que servirão a toda população.Vale ressaltar que a prefeitura também se encontra engajada para qualificar vários outros espaços que fazem parte da história de Caruaru e são bastante procurados pelos caruaruenses, como o Alto do Moura, o Monte Bom Jesus, a Feira da Sulanca, dentre outros.

JV – Como estão caminhando as obras das creches que estão sendo reformadas e instaladas em Caruaru?

RP – A educação é fundamental para o desenvolvimento cognitivo da criança. A prefeita Raquel Lyra sabe muito bem disso, tanto é que tem investido bastante na requalificação e construção de vários espaços voltados para a área. Em relação às obras, elas estão seguindo firmemente, apesar do desafio ser grande. Inclusive, estamos procurando alternativas para realizá-las o mais rápido possível de forma correta, qualitativa e responsável.

/**/

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.