Severino Vitalino volta para a UTI do HMV


Jaciara Fernandes

Segue internado no Hospital Mestre Vitalino (HMV), o artesão Severino Vitalino, que, devido a uma infecção nos pulmões, precisou voltar para a UTI Coronariana, na manhã de ontem (29). Até o fechamento desta matéria, o paciente encontrava-se sedado e entubado, porém, o quadro é considerado estável, ou seja, sem alteração.

De acordo com Esther Vitalino, neta mais velha do artesão e que acompanha de perto o estado de saúde do avô, a família está apreensiva, mas muito confiante. “Após 10 dias de internação, a notícia aguardada por todos nós era que ele recebesse alta e não retornar para a UTI Coronariana. Mas, vamos seguindo orando e com pensamentos positivos”, comentou Esther. Ainda segundo ela, Severino teria se sentiu mal e após um exames médicos foi constatado falta de oxigênio no cérebro. Com essa mudança no quadro, o paciente foi levado para a Sala Vermelha e posteriormente para a UTI.

O artesão tem 78 anos foi submetido a uma cirurgia de revascularização do miocárdio, conhecida popularmente como ‘ponde de safena’, no dia 8 de novembro. Ficou sob os cuidados da UTI por 10 dias, quando foi encaminhado para um quarto, e desde então não recebeu alta, sendo que na última semana ele começou a se alimentar através de sonda diante de reclamação de fortes dores. No início desta semana, o paciente passou por um exame de tomografia.

Quanto à cirurgia, segundo Esther, ele se recupera dentro do esperado e que a fragilidade apresenta nos pulmões não esperada. “Por nunca ter fumando, acredita-se que esse problema pulmonar tenha sido resultado de muitos anos inalando fumaça com a queima das peças de barro que produz”, pontuou.

Pedro Augusto é jornalista e repórter do Jornal VANGUARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.