Delegado Lessa faz balanço como deputado

Estreante na Assembleia Legislativa de Pernambuco, o deputado estadual Delegado Lessa faz um balanço positivo de sua atuação o durante o primeiro semestre. Articulação, ação política e interiorização do debate público estão entre as principais características do início do mandato.Entre comissões e frentes parlamentares, o novato integra nove colegiados da Assembleia Legislativa de Pernambuco.

Como coordenador da Frente Parlamentar de Segurança Pública e também presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo, o Delegado Lessa promoveu audiências públicas em vários municípios do estado, com o intuito de aproximar o poder legislativo dos atores sociais no interior. “Essas atividades não ficaram apenas no debate, mas as demandas apresentadas pela população foram encaminhadas para se transformarem em políticas públicas”, afirma o deputado, salientando que foram encaminhados documentos aos órgãos responsáveis para atender os pleitos apresentados nas audiências.

Além disso, o deputado ainda faz parte de comissões como Administração Pública; Negócios Municipais e Assuntos Internacionais, além da Comissão Especial das Barragens, bem como de Frentes como a da Família, da Vida e de Políticas sobre Drogas; da Primeira Infância; e do SUAS (Sistema Único de Assistência Social). A partir desta inserção, o deputado demonstra articulação com diversos setores sociais.

Nesse primeiro semestre, o Delegado manteve um ritmo acelerado de trabalho. Vivendo em Caruaru e viajando diariamente ao Recife para cumprir as atividades parlamentares, Lessa não perdeu o contato com a população do interior para se manter conectado às demandas de Caruaru e região.

Ao longo deste período, o Delegado ainda realizou mais de 50 reuniões de articulação com representantes de segmentos sociais e do poder público, bem como apresentou 35 requerimentos, 20 indicações e cinco projetos de lei. O deputado deixa claro que estes números só tendem a aumentar no decorrer da legislatura. “Temos muitas ações para implementar. A interação diária com as pessoas faz com que novas ideias surjam a cada dia. Estamos fazendo uma política mais próxima do cidadão com o objetivo claro de servir os pernambucanos”, destaca.

Instituições têm até sexta-feira, 12, para se inscrever no Ciência na Escola

O prazo para as instituições de ensino interessadas em participar do Programa Ciência na Escola foi prorrogado para as 23h59 de 12 de julho. O cadastro das propostas tinha se encerrado em 24 de junho. A iniciativa busca aprimorar o ensino de ciências na educação básica, em especial nos anos finais dos ensinos fundamental e médio.

As propostas devem ser submetidas por universidades federais pelo site do programa. Estas devem se juntar com pelo menos um Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (IF) ou um Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet). O consórcio/rede de instituições pode ainda conter:instituições de educação superior públicas ou privadas;
institutos de ciência e tecnologia; redes educacionais estaduais;
redes educacionais municipais; espaços científicos e culturais, como museus, planetários e observatórios.

O investimento do Ministério da Educação (MEC) para o projeto, que ainda conta com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), é de R$ 100 milhões. São até R$ 20 milhões para propostas regionais — que envolvam ao menos três estados da mesma Região do País —, R$ 10 milhões para interestaduais — dois estados da mesma Região — e R$ 4 milhões para iniciativas em um só estado.

Os objetivos do Programa Ciência na Escola são: aprimorar o ensino de ciências nas escolas de educação básica; promover o ensino por investigação voltado à solução de problemas; intensificar a qualificação de professores da educação básica para o ensino de ciências; estimular o interesse dos alunos da educação básica pelas carreiras científicas; identificar jovens talentos para as ciências;
fomentar a implementação de soluções inovadoras que contribuam para aprimorar o ensino e o aprendizado de ciências; incentivar o uso de novas tecnologias educacionais e novos métodos de ensino de ciências; fortalecer a interação entre escolas de educação básica, instituições de ensino superior, espaços de ciência e outras instituições de ciência, tecnologia e inovação; democratizar o conhecimento e popularizar a ciência.

O programa teve início em abril deste ano. Foram quatro ações simultâneas: chamada pública para instituições, chamada pública para pesquisadores, Olimpíada Nacional de Ciências e especialização a distância em ensino de ciência.

O Ciência na Escola valoriza a perspectiva pedagógica de que o aluno seja o protagonista na construção e na apropriação do conhecimento, além do aprimoramento do ensino de ciências na educação básica com elementos de ensino por:investigação; mão na massa; abrangência; criatividade;  inovação; diversidade; democratização do conhecimento; popularização da ciência.

O que se espera é que as propostas selecionadas promovam o aprimoramento do ensino de ciências e que sua execução seja capaz de:

intensificar a vivência de alunos das redes públicas de ensino fundamental e médio com métodos de investigação científica para a resolução de problemas, com aplicação no cotidiano;estimular a aproximação e a interação entre atores relevantes à produção do conhecimento científico, escolas de ensino fundamental e médio, instituições de ensino superior, espaços de ciência e outras instituições de ciência, tecnologia e inovação em benefício do ensino de ciências nas escolas públicas de educação básica; despertar, estimular e incentivar talentos e habilidades em alunos da educação básica para as ciências;

promover a qualificação de professores da educação básica para o ensino de ciências sob a perspectiva da aprendizagem pela investigação e adoção de procedimentos científicos; contribuir para a redução das desigualdades socioeducacionais no país.

Governo abre seleção para ‘Mais Médicos’

A partir desta segunda-feira (08) começam as inscrições para a 2ª fase do edital do Programa Mais Médicos, agora destinadas a brasileiros formados no exterior.

Os profissionais interessados em aderir ao programa terão entre os dias 8 e 12 de julho para fazer a inscrição.

As inscrições terão que ser feitas exclusivamente pela internet, através do Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP).

Quanto aos médicos que tiveram as inscrições concluídas na 1ª fase do edital, o prazo para se apresentarem nas cidades escolhidas terminou no dia 28 de junho.

Os números consolidados dos médicos homologados e a lista dos municípios com vagas preenchidas serão divulgados a partir de hoje no site do programa.

Os municípios contemplados neste edital do Mais Médicos são de áreas historicamente com maiores dificuldades de acesso – a exemplo das ribeirinhas, fluviais, quilombolas e indígenas – e que dependem do atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

As pessoas que vivem nas áreas mais vulneráveis do Brasil terão um reforço na assistência à Atenção Primária pelo Programa Mais Médicos a partir deste mês. Até o momento, 1.481 profissionais brasileiros já começaram a atuar nas unidades de saúde.

Prefeitura de Caruaru faz plantio de mudas nos parques urbanos do município

A Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Sustentabilidade e Desenvolvimento Rural (SUDER), realizou o plantio de mudas nos parques urbanos do município. Já foram quase 400 mudas plantadas nos parques Severino Montenegro, Baraúnas, Rendeiras e São Francisco.

O secretário executivo de Sustentabilidade, Alexandre Leite, destacou a importância das ações. “Através delas, conseguimos trabalhar temas ambientais, como a necessidade de preservação do meio ambiente e a necessidade de conservação das áreas verdes urbanas. Além disso, elas ajudam a sensibilizar crianças e adultos, para que, juntos, possamos construir um pensamento comum no sentido da proteção e conservação do meio ambiente. Caruaru assim segue no caminho de um município ambientalmente responsável”, disse.

Outras ações semelhantes já estão previstas para acontecer nos parques urbanos, escolas municipais e áreas verdes de Caruaru. A iniciativa conta com a parceria da Secretaria de Serviços Públicos (SESP) e da Autarquia de Urbanização e Meio Ambiente de Caruaru (URB).

Participação de alunos da rede municipal

Em parceria com a Secretaria de Educação, alunos da rede municipal de Caruaru participaram das atividades. Eles foram recebidos com uma aula sobre a importância da árvore e da preservação do meio ambiente; recebendo ainda instruções sobre o plantio e a manutenção das mesmas.

No Severino Montenegro, estudantes da Escola Municipal Professor Kermógenes Dias de Araújo participaram da atividade; o São Francisco contou com a participação de estudantes da Escola Municipal Augusto Tabosa; no Parque das Rendeiras, houve o apoio de estudantes da Escola Municipal Amaro Matias e, no Baraúnas, a ação contou com a ajuda de moradores da comunidade.

Moro se licencia do cargo para período de férias

Na próxima semana, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, tira licença não remunerada do cargo para tratar de assuntos particulares. A licença, entre os dias 15 a 19 de julho, foi concedida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

O afastamento sem vencimentos ocorre nos termos da Lei 8112/90. A assessoria do ministro informou que neste período Moro estará de férias. Por ter assumido o cargo em janeiro, foi usado o recurso da licença. Durante a ausência de Moro, o secretário-executivo Luiz Pontel responderá interinamente pelo ministério.

O despacho que concede a licença a Sérgio Moro está na edição do Diário Oficial da União do dia 8 de julho.

TJPE institui julgamento virtual em plenário na 1ª Turma da Câmara Regional de Caruaru

A Primeira Turma da Câmara Regional de Caruaru começa a utilizar o Processo Judicial eletrônico (PJe), em sessões do plenário, de 11 a 20 de julho. A iniciativa, denominada Plenário Virtual, julgará 100 processos por meio eletrônico, sem a necessidade da presença dos desembargadores que compõem a Câmara na sala de sessões. O objetivo da ação é agilizar ainda mais o trâmite processual no 2º Grau. A legislação que trata do assunto foi publicada no Diário de Justiça eletrônico (DJe) do TJPE por meio da Instrução Normativa 07/2019.

Por meio da legislação, o julgamento de recursos, remessas necessárias e processos de competência originária do Tribunal podem ser realizados de forma eletrônica, através de sessões virtuais. A utilização do módulo de julgamento virtual do PJe e do Sistema de Acompanhamento e Movimentação Judwin 2º Grau fica a critério do julgador. A Primeira Turma da Câmara Regional de Caruaru é formada pelos desembargadores Sílvio Neves Baptista Filho, Humberto Vasconcelos e José Viana Ulisses.

Na prática, o relator encaminha, a seu critério, o feito para julgamento virtual. Ao pedir a inclusão do feito em pauta para julgamento, o relator inserirá o relatório, o voto e a ementa no ambiente eletrônico. O relatório será disponibilizado para consulta pública imediatamente após a inclusão do feito na pauta para o julgamento virtual. Iniciada a sessão virtual, os desembargadores integrantes do órgão julgador têm até dez dias corridos para votarem nos processos incluídos na sessão de julgamento eletrônico. Encerrada a sessão virtual, que corresponde ao décimo dia corrido do seu início, a Secretaria registrará o resultado do julgamento no sistema do PJe ou no Judwin 2º Grau, conforme o processo tramite em meio eletrônico ou físico.

No prazo entre a data da publicação da pauta no DJe e o início da sessão virtual, o Ministério Público e qualquer uma das partes podem expressar a não concordância com o julgamento virtual, sem motivação, ou solicitar sustentação oral, circunstância que exclui o processo da pauta de julgamento virtual com o encaminhamento para a pauta presencial. Qualquer desembargador integrante do órgão julgador, inclusive o relator do processo, poderá indicar, até o encerramento da sessão virtual, o encaminhamento do feito para julgamento presencial.

Segundo o desembargador Sílvio Neves Baptista, o julgamento dos recursos através do plenário virtual inicia uma nova era na apreciação dos feitos pelos órgãos colegiados. “A tendência é que as sessões presenciais sejam realizadas para os processos mais complexos, quando houver a necessidade de debates e sustentações orais na tribuna. Essa medida irá qualificar os julgados com o aumento da disponibilidade de tempo, possibilitando um maior aprofundamento das matérias”, avalia.

De acordo com o desembargador Humberto Vasconcelos, a iniciativa representa uma importante conquista do TJPE para promover a celeridade processual, beneficiando diretamente a população. “Começaremos a usar tecnologia no julgamento das ações com as mesmas segurança e garantia do julgamento presencial e com uma maior agilidade processual. Então, saem ganhando o Judiciário, que se torna mais eficaz, atuando no não acúmulo de ações, e o jurisdicionado, que terá suas ações resolvidas com mais rapidez”, declara.

Para o desembargador Jose Viana Ulisses, o desenvolvimento do julgamento virtual foi um dos passos mais decisivos do Judiciário estadual pernambucano, envolvendo o PJe para uma prestação jurisdicional mais eficaz no 2º Grau. “Por meio dessa ferramenta eletrônica, damos um salto considerável na qualidade do trabalho que realizamos. Seremos mais céleres, com a mesma segurança jurídica”, afirma.

Sesc com matrículas para atividades esportivas

Em busca de proporcionar um estilo de vida mais saudável para a comunidade, o Sesc está com novas vagas para turmas de esportes e outras atividades físicas nas unidades de Caruaru, Pesqueira, Belo Jardim, Surubim e Buíque. Há opções para todas as idades, a preços populares, em modalidades como natação, hidroginástica, handebol, ginástica multifuncional, musculação, artes marciais, corrida orientada, futsal, futebol society e de campo. Para se inscrever, os interessados devem procurar o Ponto de Atendimento de cada unidade. Os preços variam de R$ 13 a R$ 30 para trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e de R$ 26 a R$ 60 para o público geral, com pagamento mensal.

Em Caruaru, há vagas abertas para natação, hidroginástica e musculação, com turmas para pessoas a partir dos 15 anos de idade. Em Pesqueira, há opções disponíveis para ginástica multifuncional e corrida orientada para o público a partir dos 16 anos, futebol de campo com turmas para crianças a partir dos 10 anos e artes marciais para crianças com idade mínima de 8 anos. Há ainda avaliação física para jovens a partir dos 15 anos de idade.

Já o Sesc Ler Belo Jardim tem turmas com novas vagas de futsal para crianças e adolescentes dos 7 aos 15 anos, além de musculação e ginástica para jovens a partir dos 14 anos. Em Surubim, as opções com vagas abertas são de natação para crianças a partir dos 5 anos, hidroginástica para jovens a partir dos 15, além de handebol, futsal e futebol society, todas as três últimas modalidades para crianças a partir dos 7 anos.

Em Buíque, há inscrições abertas de natação para crianças a partir dos 3 anos de idade e para adultos. Há ainda turmas com novas vagas de ginástica para jovens a partir dos 15 anos e para adultos, além de futsal para crianças com idades entre 7 e 9 anos e futebol de campo para jovens a partir dos 15 anos e adultos.

Documentação – Para realizar a inscrição em qualquer uma das atividades esportivas é preciso levar documentação de identificação pessoal. Para turmas de atividades aquáticas, a exemplo de natação e hidroginástica, é necessário apresentar exame dermatológico (de pele) atualizado. Não há a necessidade de apresentar exame de aptidão física.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 20 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br
Serviço: Matrícula para turmas de esportes do Sesc

Caruaru

Turmas: natação, hidroginástica e musculação

Preços: R$ 40 (comerciários e dependentes) e R$ 80 (público geral)

Informações: Ponto de Atendimento – Rua Rui Limeira Rosal, s/n, Petrópolis

Telefone: (81) 3721-2368
Pesqueira

Turmas: ginástica multifuncional, corrida orientada, futebol de campo, artes marciais e avaliação física

Preços: ginástica multifuncional, corrida orientada, futebol de campo e artes marciais – R$ 13 (comerciários e dependentes) e R$ 26 (público geral); avaliação física – R$ 15 (comerciários e dependentes) R$ 30 (público geral)

Informações: Ponto de Atendimento – Avenida Luiz de Almeida Maciel, s/n, Baixa Grande

Telefone: (87) 3835-1164

Belo Jardim

Turmas: futsal, musculação e ginástica

Preços: futsal – R$ 14 (comerciários e dependentes) e R$ 26 (público geral); musculação R$: 24 (comerciários e dependentes) e R$ 48 (público geral); ginástica – R$ 14 (comerciários e dependentes) e R$ 28 (público geral)

Informações: Ponto de Atendimento – Rua Pedro Leite Cavalcante, s/n, Cohab II

Telefone: (81) 3726-1576

Surubim

Turmas: natação, hidroginástica, handebol, futsal e futebol society

Preços: natação – R$ 22 (comerciários e dependentes) e R$ 44 (público geral); hidroginástica – R$ 30 (comerciários e dependentes) e R$ 60 (público geral); handebol, futsal e futebol society – R$ 13 (comerciários e dependentes) e R$ 26 (público geral)

Informações: Ponto de Atendimento – Rua Frei Ibiapina, s/n, São José

Telefone: (81) 3634-5280

Buíque

Turmas: natação, ginástica, futsal e futebol de campo

Preços: natação – R$ 22 (comerciários e dependentes) e R$ 44 (público geral); ginástica R$ 18 (comerciários e dependentes) e R$ 36 (público geral); futsal e futebol de campo R$ 15 (comerciários e dependentes) e R$ 30 (público geral)

Informações: Ponto de Atendimento – Rua Projetada, s/n, Frei Damião

Telefone: (87) 3855-2230

Cartão LEVA: novos pontos de recarga são abertos na cidade

Os usuários de transporte público de Caruaru ganharam novos pontos de venda de créditos dos cartões LEVA. Agora, os bairros Centro, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora das Graças, Universitário, Maurício de Nassau, Boa Vista, Caiuca, São Francisco, Rendeiras, Loteamento Baraúnas, Distrito Industrial, Vila Kennedy , Salgado, Sítio Juriti, Jardim Liberdade, Cidade Alta, Alto do Moura, Vassoural, Petrópolis, Indianápolis, São João da Escócia, Cedro, Riachão e o 1° Distrito contam com estabelecimentos comerciais habilitados para realizarem os serviços de cadastro do cartão LEVA comum e recarga de crédito dos cartões LEVA comum, estudante e servidor.

O estabelecimento comercial que tiver interesse em disponibilizar o serviço deve entrar em contato com a AETPC através do número: ‭0800 087 6680‬.

Os estabelecimentos que realizam a venda dos créditos recebem uma bonificação de acordo com o percentual de vendas.

Humanização e atendimento são tema de palestra no HRA

Nesta terça-feira (09) às 9h, o Hospital Regional do Agreste, através do Núcleo de Educação Permanente (NEP), realiza a palestra “Acolhimento e humanização em saúde: abordagem profissional”.

A ação tem o apoio a Formatec – Caruaru e tem como objetivo aperfeiçoar o atendimento ao público que procura o HRA. São convidados a participar recepcionistas e burocratas da unidade de saúde.

Serra Talhada recebe Super Mix Itinerante nesta sexta-feira (12)

Depois de aportar em Caruaru, na quinta-feira (11), a Super Mix Itinerante chega a Serra Talhada nesta sexta, 12 de julho, das 18h30 às 22h, no auditório central da Exposerra, no Pátio de Eventos Waldemar de Oliveira. A Super Mix está dentro da programação da 20ª edição da Feira da Indústria, Comércio e Serviços de Serra Talhada, que acontecerá de 11 a 13, e contará com mais de 250 expositores. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo www.feirasupermix.com.br.

A região é conhecida pelos negócios gerados pelo setor de comércio e serviços, além dos polos de saúde e educação. De acordo com o gerente da unidade do Sebrae do Sertão Central, Moxotó, Pajeú e Itaparica, Henrique Malaquias, Serra Talhada é uma localização que tende a passar por mudanças de comportamento com o prenúncio do início das operações do aeroporto e de grandes redes atacadistas.

“Com grandes redes chegando a Serra Talhada, os mercadinhos precisam se preparar para poder concorrer de igual para igual. Por isso, vamos apresentar no evento o Mercadinho do Futuro, projeto que busca incentivar o desenvolvimento dos pequenos e médios supermercadistas e promover o reforço das relações com estes empresários”, destaca o gerente.

Durante o evento, a Super Mix promove ainda a palestra “Desafie o gigante”, ministrada pela mestra em administração e especialista em marketing Adriana Cavalcanti. Os novos modelos de consumo, as tendências de vendas do varejo, o perfil do novo cliente e a atuação em multicanais são alguns dos tópicos em foco.

“Quero mostrar como os pequenos varejistas podem se destacar e se tornar mais competitivos dentro desse mercado tão mutante. Como podem gerir a relação com o cliente, tornando-a mais competitiva e lucrativa, além de usar a tecnologia e a inovação em favor deles”, explica Adriana.

A Super Mix Itinerante em Serra Talhada é promovida pela Associação Pernambucana de Supermercados (Apes) e Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (Aspa). O evento conta com o patrocínio da Vitarella, São Braz, Banco do Nordeste e Compare Distribuidora. A feira de negócios ainda tem o apoio da ÉPão, Sebrae, Câmara dos Dirigentes Lojistas de Serra Talhada, Sindcom, Abras Brasil e Abad.