Humberto vota a favor de projeto que permite a conselheiros tutelares reeleição

Autor de emendas parlamentares que permitiram a compra de 32 kits com carro, computador, geladeira, impressora e bebedouro a conselhos tutelares de Pernambuco, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), votou a favor do projeto de lei, aprovado na semana passada na Casa, que altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para permitir a recondução dos conselheiros tutelares à função por mais de uma vez.

O senador avalia que a proposta, que seguiu para sanção presidencial, é muito benéfica, pois vai permitir que conselheiros com experiência na área e conhecimento dos problemas locais fiquem no cargo por mais tempo, em benefício dos menores de 18 anos. Hoje, o ECA permite apenas uma recondução dos conselheiros tutelares, cujo mandato é de quatro anos, a partir do voto da população.

“Tenho com os conselheiros tutelares do meu estado e de todo o Brasil uma relação muito próxima. Eu percebo que as pessoas trabalham com muita garra e com muito amor. Por isso, não podemos perder esse pessoal que já tem essa expertise. Acredito que a possibilidade de os conselheiros, obviamente a depender do julgamento popular do trabalho que vierem a fazer, poderem continuar, é algo relevante”, afirmou.

Humberto ressaltou que a medida não afronta qualquer dispositivo constitucional, pois não fere cláusulas pétreas, e nem apresenta incongruência com princípios gerais estabelecidos na Lei Maior. Ele lembrou que, como bem determina a Constituição, é dever da sociedade e do Estado, com absoluta prioridade, colocar a criança e o adolescente a salvo de toda forma de negligência.

“E o ECA determina que o conselho tutelar é o órgão permanente e autônimo encarregado, pela sociedade, de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. Os membros dos conselhos tutelares, portanto, têm importância determinante na defesa constitucional de colocar os menores de idade a salvo de qualquer negligência”, explicou.

O parlamentar ainda reiterou que conselheiros tutelares não são eleitos em sentido estrito, não sendo, assim, cargos eletivos da estrutura de poder do Estado. Ele observa que, ainda que assim fosse, as eleições para o Poder Legislativo já admitem reeleições ilimitadas, sem que isso suscite grandes questionamentos dentro da ciência política.

Consec chega ao Bairro Rendeiras

Nesta terça-feira (16), a Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Ordem Pública, vai realizar reunião ordinária do Conselho de Segurança Cidadã dos Bairros e da Zona Rural (Consec) no setor Leste 03, na Associação de Moradores, no Bairro Rendeiras.

Na oportunidade, será realizada a apresentação da nova formatação do Consec Leste 03, dos bairros Rendeiras, São José e Cedro.

Serviço

Reunião do Consec Leste 03

Quando: 16 de abril (terça-feira)

Horário: 19h

Onde: Associação de Moradores, no bairro Rendeiras

Hostel é opção para descanso a custos reduzidos

O feriado da Semana Santa se aproxima e para algumas pessoas esse período é também sinônimo de descanso, viajem e praia, até mesmo porque ainda dá para “pegar“ um solzinho. Mas, além do desejo do descanso, existe a preocupação com os gastos. Hospedar-se em um hostel pode ser a solução.

Com diárias de valores bem reduzidos e a possibilidade de preparar a própria refeição, o passeio pode ter uma economia considerável e ser bem mais proveitoso, já que vai sobrar dinheiro para outras atividades. Muito comum em países da Europa, o objetivo do hostel, além de baratear os custos é de interação entre os hóspedes, que muitas vezes são pessoas que gostam de viajar sozinhas para trocarem experiências e endereços, como também são os locais preferidos dos “mochileiros”.

Os hostels são como uma extensão de casa, o hóspede aluga sua cama, que possui armário próprio, em quartos compartilhados, que podem ter banheiros e ar-condicionado ou ventiladores. Em muitos existem cozinhas que podem ser usadas pelos hóspedes, lavanderias comunitárias, e áreas comuns que são perfeitas para fazer novas amizades.

Maragogi

Um dos destinos mais procurados nesta temporada é Maragogi, litoral norte de Alagoas, que também possui esse tipo de acomodação. O Brecha Hostel & Rooftop foi inaugurado recentemente e fica localizado a apenas 45 metros do mar, em via tranquila e próxima do centro da cidade.

Os quartos, compartilhados ou privativos, são muito bem equipados com banheiros, chuveiros elétricos e ar-condicionados. As camas-cabines possuem armários com chaves; luminárias individuais; prateleira e tomada para o celular e cortinas que isolam as cabines e tornam o ambiente aconchegante e confortável.

Já que o propósito do hostel é diminuir os gastos, no Brecha tem o espaço rooftop, que nada mais é do que uma cozinha compartilhada muito bem equipada com fogão, micro-ondas, geladeira e todos os demais utensilhos, para o hóspede ficar bem à vontade na hora de preparar suas próprias refeições. No espaço, que fica no terraço superior, ao ar livre e com vista para o mar, as mesas são dispostas para um momento agradável de convivência com os outros hóspedes, formando uma turma animada e de longos bate-papos.

O Brecha Hostel oferece café da manhã, wi-fi, lavanderia, ferro de passar, secador de cabelo e chapinha, além de lençóis e toalhas de ótima qualidade. As camas podem ser de solteiro ou casal e a portaria funciona 24 horas. O hostel tem câmeras de segurança espalhadas pelas áreas comuns. Os ambientes são agradáveis e com uma decoração descolada e arrojada, que tem a assinatura da arquiteta Carol Veras.

O Brecha Hostel e Rooftop está localizado na rua Santa Terezinha, 10, próximo ao Corpo de Bombeiros de Maragogi (AL). Os contatos são através dos números (82) 9 8819-8060 (whatsapp) e (82) 3296-1290. Para conhecer melhor as instalações do Brecha tem o site www.brechahostel.com.br e o instagram @brechahostel.

Como aumentar suas vendas

Renomado especialista em vendas e motivação de equipes comerciais, Janderson Santos, estará em Caruaru no evento denominado “Expect vendas e atendimento”. Trata-se de um treinamento que você precisa para melhorar a lucratividade e seus resultados. Será às 18h30 do dia 2 de maio, no Teatro Difusora, numa realização da FRM Difusão do Conhecimento. Informações e inscrições com Fabiana Moraes nos contatos: (81) 99958-9544 / 99385-8202.

Destaques do Asala para esta terça-feira (16)

O Asala traz duas opções especiais do seu cardápio para esta terça-feira (16): o Linguine ao Maré e o Cheese Bacon Caseiro.

O Linguine ao Maré traz linguine ao molho de pesto com camarões salteados à alioli. Já o Cheese Bacon Caseiro vem com uma deliciosa carne, queijo, bacon frito, verduras, além de batata frita como acompanhamento.

O almoço é servido durante todo o dia.

O Asala funciona na Avenida Marcionilo Francisco, no Bairro Maurício de Nassau, na esquina com a Rodrigues de Abreu. De segunda a quinta-feira, está aberto do meio-dia às 22h30. Já às sextas e sábados, do meio-dia às 2h da manhã.

Café Santa Clara celebra a Semana Santa em Pernambuco

Pelo quinto ano consecutivo, o Café Santa Clara, marca do Grupo 3corações e líder de mercado nas Regiões Norte e Nordeste, estará presente na encenação da Paixão de Cristo, principal evento desta época do ano e encenação mais famosa do Brasil. A apresentação será entre os dias 13 e 20 de abril, no Teatro Nova Jerusalém, na cidade de Brejo da Madre de Deus, em Pernambuco. Durante sete dias, a marca terá um espaço próprio para oferecer degustação do Café Santa Clara, além de ações de interação com as mais de 250 mil pessoas que assistirão ao espetáculo.

Para a Santa Clara, a edição de 2019 será ainda mais especial, pois a marca completa 60 anos de história e aproveita para lançar a campanha Com você todo santo dia. “Temos um papel importante na vida dos nossos consumidores, fazemos parte do seu dia a dia, de geração para geração, há 60 anos. Acreditamos que nossa qualidade vai além dos nossos produtos, está nas relações que construímos nesta jornada todo santo dia”, afirma Roberta Prado, head de marketing do Grupo 3corações.

Sobre o Grupo 3corações

O Grupo 3corações é líder nacional no segmento de café torrado e moído, pioneiro e líder de mercado com o Cappuccino 3 Corações, e líder nas Regiões Norte e Nordeste com o Café Santa Clara. Fundada em 1959, no interior do Rio Grande do Norte, a companhia industrializa e comercializa as marcas de café 3 Corações, Santa Clara, Pimpinela, Kimimo, Letícia, Fino Grão, Itamaraty, Iguaçu, Amigo, Cruzeiro, entre outras, e o cappuccino #Pronto. Também produz filtro, porta-filtro, café solúvel, refresco em pó Frisco e Tornado, achocolatado, derivados de milho Claramil e temperos Dona Clara. Em 2013, o grupo lançou a TRES, solução de café expresso e multibebidas com mais de 20 sabores de bebidas quentes. Com 25 Centros de Distribuição (CDs), seis Plantas Fabris (nove Unidades Industriais), duas Unidades de Compra e Beneficiamento de Café Verde (Armazéns), uma Unidade Corporativa – Integradora (CE, SP e MG) – e a Escola de Serviços e Sabores, a empresa está presente em mais de 300 mil pontos de venda no País, com estrutura logística e comercial próprias. A empresa também exporta café de algumas de suas marcas para os principais mercados da América Latina e Estados Unidos.

Como implementar governança corporativa em uma gestão familiar

Entende-se como empresa familiar aquela em que as decisões são tomadas por seus fundadores, e que possui, dentre os cargos de gestão ou entre os funcionários, membros da mesma família ou amigos próximos. De acordo com dados do IBGE, essa realidade representa 90% das microempresas brasileiras da atualidade. Mas, mesmo com grande participação na economia e com registro de mais de 60% dos empregos formais do país, poucas são as que permanecem ativas por mais de duas gerações.

O que se sabe, contudo, é: para uma empresa se manter no mercado de forma saudável, é necessário entender que não há problemas em ter familiares ou amigos como membros da equipe, desde que as contas particulares e as jurídicas não se misturem. Para Claudio Apolinario, CEO da Akmos, empresa de saúde, nutrição e bem-estar, que passa por uma implementação de processos de governança corporativa, o ponto-chave para o desenvolvimento empresarial “é diferenciar gestão familiar de empresa familiar e entender que esse tipo de organização pode adotar práticas de governança que irão proteger e prosperar o negócio”.

Transição entre governanças

E quando houver transição entre as governanças? Para que ela seja feita de forma tranquila, é necessário, antes de mais nada planejamento: traçar novas metas, revisitar missão e valores da companhia e até entender onde se quer chegar. “É preciso criar mecanismos para que o planejamento saia do papel e também para que todos tenham uma visão clara sobre o futuro da empresa”, conta Apolinario.

É importante lembrar que, a partir do momento que o planejamento é determinado, os funcionários devem estar alinhados as novas práticas, valores e processos da companhia. “Se não estivermos todos na mesma página que mostra onde estamos, onde queremos chegar e como faremos para alcançar nossos objetivos, dificilmente sairemos do lugar. Cabe à gestão da empresa explicar e engajar suas equipes garantindo que todos tenham condições de seguir o planejamento”, conclui o CEO da Akmos.

Sobre a Akmos

A Akmos é uma empresa de saúde e bem-estar que atualmente engloba um mix de produtos, entre eles, cosméticos, perfumaria, alimentos, vitaminas, shakes, suplementos, vestuários tecnológicos, equipamentos terapêuticos, entre outros.

Com estrutura fabril em Goiás e sede administrativa instalada na Grande Belo Horizonte (MG), possui também cerca de 100 franquias e milhares de distribuidores espalhados por todo Brasil.

Todos os produtos da empresa são registrados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o que garante a qualidade de todos os produtos.

Boa Vista identifica aumento na intenção de compra para a Páscoa

Cresceu em três pontos percentuais (3p.p) a intenção do consumidor em gastar mais nesta Páscoa em relação ao ano anterior (de 31% passou para 34%), conforme constatou a Boa Vista em sua Pesquisa sobre Hábitos de Consumo para a Páscoa.

Realizado com pouco mais de mil respondentes, ao longo do mês de março, o levantamento da Boa Vista identificou ainda que 45% irão manter o padrão de gastos na comparação com o ano passado (em 2018 eram 43%), e outros 21% gastarão menos agora (eram 26%).

A pesquisa também identificou que 48% dos entrevistados pretendem gastar entre R$ 50 e R$ 200 com as compras de Páscoa. Outros 47% disseram que gastarão até R$ 50 por presente e 5% apenas acima de R$ 200.

Dos entrevistados, 81% disseram que pagarão as compras de Páscoa à vista. Destes, 53% utilizarão dinheiro, 32% o cartão de débito, 14% o cartão de crédito (parcela única) e 1% o carnê/boleto.

Por outro lado, dos 19% que pagarão de forma parcelada as compras realizadas nessa Páscoa, 92% utilizarão o cartão de crédito (eram 87% em 2018) para pagar as compras. 6% o carnê/boleto (eram 12% em 2018) e 2% a função de débito programado (era 1% em 2018).

Ovo de Páscoa X Bombom

27% pretendem substituir o ovo de Páscoa por bombons como opção de presente nesta Páscoa. No ano passado, 20% dos entrevistados fariam esta substituição. Outros 49% ainda pretendem seguir a tradição e presentear com Ovos de Páscoa (contra 54% em 2018).

59% dos consumidores levarão em conta o preço dos produtos para tomar a decisão de compra (contra 57% em 2018). Outros 32% levarão em conta a qualidade (contra 35% em 2018). Lançamentos e novidades, embalagem e formato também serão levadas em conta e que irão influenciar na compra, por parte da minoria dos entrevistados.

Para 37% dos consumidores entrevistados pela Boa Vista, Páscoa é uma data que gera despesas extras no supermercado (6p.p. abaixo que em 2018), além de gastos com alimentação fora de casa (5%) e gastos com viagens (8%).

Compra de outros itens

Dos entrevistados, 57% farão compras de outros itens, além dos tradicionais presentes de Páscoa. Dentre estes, destacam-se despesas com alimentação (63%), itens para a casa (21%), lazer/viagem (11%) e brinquedos (5%).

57% gastarão entre R$ 50 e R$ 200 com a compra de outros itens que não sejam relacionados à Pascoa. 20% gastarão até R$ 50 e 23% valores acima de R$ 200.

76% dos pagamentos destes outros itens, além dos relacionados à Páscoa, serão pagos à vista. 24% deles parcelados. Estes números permaneceram praticamente estáveis na comparação com 2018. Destes, 52% em até 2 vezes, 29% em até 3 parcelas e 19% em quatro ou mais parcelas.

Metodologia

A Pesquisa Hábitos de Consumo para a Páscoa, elaborada pela Boa Vista, entrevistou 1.036 pessoas no período de 12 a 29 de março de 2019, em todo o país. O universo é representado por consumidores que buscaram informações no Consumidor Positivo da Boa Vista (www.consumidorpositivo.com.br), assim como do mercado. Para leitura geral dos resultados, deve-se considerar 95% de grau de confiança e margem de erro de 3p.p, para mais ou para menos.

Inadimplência encerra primeiro trimestre com leve alta de 0,13%

O crescimento do número de consumidores com contas em atraso e registrados no cadastro de inadimplentes perdeu força neste início de ano. Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que a inadimplência ficou praticamente estável no primeiro trimestre de 2019, com um pequeno avanço de 0,13%. No mesmo período do ano passado, a variação trimestral havia sido de 2,38% na quantidade de pessoas inadimplentes. Na comparação anual, isto é, entre março de 2019 e o mesmo mês do ano anterior, também houve uma desaceleração na quantidade de consumidores que deixaram de pagar suas contas, com uma alta de 2,12%. Em março passado, a alta fora de 3,13%.

Ainda assim, o Brasil encerrou o primeiro trimestre deste ano com aproximadamente 62,7 milhões de pessoas inscritas em cadastros de inadimplentes e que, portanto, enfrentam dificuldades para obter acesso a crédito no mercado, seja por meio de compras a prazo, financiamentos ou empréstimos. O dado representa mais de 40% da população adulta brasileira.

Em três regiões a inadimplência do consumidor se manteve praticamente estável no mês de março: ligeira alta de 0,70% no Norte e de 0,24% no Centro-Oeste, além de um pequeno recuo de -0,04% no Nordeste. Já no Sudeste, o crescimento do volume de pessoas com contas atrasadas foi de 4,34%, enquanto no Sul houve um avanço de 2,15%.

Em termos proporcionais, o Norte é a região que possui a população mais inadimplente: 47% de seus residentes estão com o CPF negativado, o que representa 5,74 milhões de inadimplentes. Em seguida aparecem Centro-Oeste (43% da população inadimplente ou 5,07 milhões de negativados), Sudeste (40% de inadimplentes ou 27,01 milhões de pessoas nessa situação), Nordeste (40% de inadimplentes ou 16,36 milhões consumidores em contas em atraso) e Sul (37% de sua população inadimplente ou 8,51 milhões de pessoas com o CPF negativado).

Para o presidente da CNDL, José Cesar da Costa, o ritmo de recuperação da economia está aquém do esperado e, consequentemente, afeta a melhora dos índices de inadimplência. “O desempenho da economia neste início de ano frustrou as expectativas. O desemprego persiste em um nível elevado e o consumo não esboça um crescimento vigoroso. Apesar da desaceleração da inadimplência neste início de ano, o estoque de pessoas com o CPF restrito ainda é muito alto. O que mais favorecerá um ciclo de queda da inadimplência será uma recuperação mais acentuada do mercado de trabalho e da renda dos trabalhadores”, analisa o presidente.

Inadimplência cai quase 23% entre jovens de até 24 anos e cresce 8% na população acima dos 65 anos. País tem quase 18 milhões de inadimplentes na casa dos 30 anos

Dados detalhados do indicador revelam que a inadimplência apresenta comportamento distinto entre as faixas etárias. No último mês de março, houve uma queda de -22,89% na quantidade de pessoas inadimplentes com idade entre 18 e 24 anos. Também houve recuo nas faixas etárias de 25 a 29 anos (8,31%) e de 30 a 39 anos (-0,42%).

Já entre a população de idade mais elevada, houve alta nos atrasos de pagamento. Idosos entre 65 e 84 anos apresentaram um crescimento de 8,46% no volume de negativações de CPF. A elevação também foi observada nas faixas etárias de 50 a 64 anos (4,76%) e de 40 a 49 anos (3,29%). Em termos percentuais, é a faixa dos 30 aos 39 anos que reúne o maior número de consumidores com contas em atraso no país: são 17,7 milhões de brasileiros na casa dos 30 anos que não conseguem honrar seus compromissos financeiros. “É justamente nessa fase da vida em que a corrida ao crédito acaba sendo inevitável, pois muitos já constituíram família, possuem filhos e assumem mais compromissos financeiros. Em um momento de crise, pode ser difícil equilibrar o orçamento se não houver controle e disciplina”, explica o presidente do SPC Brasil, Pellizzaro Junior.

Volume de dívidas cai 1,07% em março, o terceiro recuo seguido do indicador

Outro número calculado pela CNDL e pelo SPC Brasil é o volume de dívidas que estão no nome de pessoas físicas. Nesse caso, houve uma queda de 1,07% em março deste ano na comparação com o ano passado. Trata-se do terceiro mês seguido em que há um recuo no indicador.

Os segmentos que apresentaram as quedas mais expressivas na quantidade de dívidas foram o setor de comunicação, que engloba contas de telefone, internet e TV por assinatura (-9,56) e o de comércio (-5,91%). O número de dívidas bancárias, que levam em conta faturas de cartão de crédito, empréstimos e financiamentos, ficou praticamente estável em março, com ligeira alta de 0,02% no período. O único ramo que mostrou alta em março foi o setor de água e luz, cujo crescimento foi de 17,20%.

Metodologia

O indicador de inadimplência do consumidor sumariza todas as informações disponíveis nas bases de dados às quais o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) têm acesso. As informações disponíveis referem-se a capitais e interior das 27 unidades da federação. A estimativa do número de inadimplentes apresenta erro aproximado de 4 p.p., a um intervalo de confiança de 95%. Baixe a íntegra do indicador e a série histórica em https://www.spcbrasil.org.br/imprensa/indices-economicos
SPC Brasil – Há 60 anos no mercado, o SPC Brasil possui um dos mais completos bancos de dados da América Latina, com informações de crédito de pessoas físicas e jurídicas. É a plataforma de inovação do Sistema CNDL para apoiar empresas em conhecimento e inteligência para crédito, identidade digital e soluções de negócios. Oferece serviços que geram benefícios compartilhados para sociedade, ao auxiliar na tomada de decisão e fomentar o acesso ao crédito. É também referência em pesquisas, análises e indicadores que mapeiam o comportamento do mercado, de consumidores e empresários brasileiros, contribuindo para o desenvolvimento da economia do país.

CNDL – Criada em 1960, a CNDL é formada por Federações de Câmaras de Dirigentes Lojistas nos estados (FCDLs), Câmaras de Dirigentes Lojistas nos municípios (CDLs), SPC Brasil e CDL Jovem, entidades que, em conjunto, compõem o Sistema CNDL. É a principal rede representativa do varejo no país e tem como missão a defesa e o fortalecimento da livre iniciativa. Atua institucionalmente em nome de 500 mil empresas, que juntas representam mais de 5% do PIB brasileiro, geram 4,6 milhões de empregos e movimentam R$ 340 bilhões por ano.

Conab realiza capacitações em municípios para agricultores familiares

Começa nesta segunda-feira (15) o encontro de representantes da Associação do Quilombo Tanquinhos e da Associação Comunitária de Moradores do Bairro Esplendor com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O objetivo é a capacitação para que as comunidades especiais acessem o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), de apoio à agricultura familiar.

O evento dá início à operacionalização do projeto aprovado que envolve as duas entidades, que terá o investimento de R$ 162.395,36 e contempla a compra de mais de 9 toneladas de mix de carne caprina e ovina para doação à Associação Comunitária de Moradores do Bairro Esplendor. A iniciativa beneficia diretamente 25 pecuaristas familiares do município de Águas Belas e cerca de 250 pessoas em situação de insegurança alimentar do município de Sanharó, que receberão os alimentos por meio da unidade recebedora.

Nesta terça-feira (16), o treinamento também será realizado com representantes da Associação dos Moradores de Panorama e da Fraternidade Espírita de Timbaúba. O projeto em vias de execução nessas duas entidades conta com o investimento de R$ 31.998,32 e contempla a compra de mais de 12 toneladas de produtos hortifruti (batata doce, feijão verde, inhame, milho e mandioca) para doação à unidade recebedora. “Além de beneficiar diretamente agricultores familiares de Timbaúba, a iniciativa garante comida a cerca de 150 pessoas em situação de insegurança alimentar do município”, garante o superintende da Conab em Pernambuco, Antônio Elizaldo de Vasconcelos e Sá. “O objetivo é dar aos participantes todo apoio e instruções para que o projeto seja finalizado com sucesso e sem dificuldades”.

O ciclo de capacitação também envolve os agricultores familiares da Fazenda Santa Cristina, sede da Secretaria de Agricultura de Escada, no interior de Pernambuco. Na última quinta-feira (11), com a participação de representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social e Agricultura, o engenheiro agrônomo especialista em gestão pública, Rodrigo Silva, encarregado da Conab em Pernambuco, orientou os participantes sobre as regras de execução do PAA.

Serviço 1:
Encontro orientativo sobre o PAA
Data: 15 de abril às 10h

Serviço 2:
Encontro orientativo sobre o PAA
Data: 16 de abril às 9h

Para os dois encontros:
Local: Auditório da Conab
Endereço: Estrada do Barbalho, 960 – Iputinga – Recife/PE