Geraldo Julio descarta armar Guarda Municipal

Diferentemente do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que surpreendeu até os aliados e prometeu liberar a posse de armas por decreto para atender à demanda de qualquer pessoa sem antecedentes criminais, o prefeito Geraldo Julio (PSB) usou um categórico “não”, nesta quinta-feira (3), ao rejeitar a hipótese de a Prefeitura do Recife usar recursos públicos para comprar armas para os guardas municipais. “A prefeitura não vai comprar duas mil pistolas para distribuir com guardas municipais. A Guarda Municipal tem papel fundamental de cuidar dos parques, das praças, de preservar o patrimônio. E a guarda do Recife faz isso muito bem”, disse, sem deixar dúvidas no que pensa. “Cada um na Constituição tem o seu papel: a Polícia Federal, as polícias estaduais. A guarda e as prefeituras têm papel de prevenção”, acrescentou.

Guardas precisam ser armados, diz Marília Viana

O prefeito falou sobre o assunto em entrevista à Rádio Jornal, em Geraldo Freire, negando uma demanda da categoria que gera polêmica na sociedade – a maior parte dos estudiosos diz que mais armas só gera mais violência. O mesmo tom incisivo, contudo, não foi usado quando o prefeito foi questionado sobre o nome que apoiaria para a disputa municipal em 2020, ano em que não poderá concorrer mais à reeleição. Indagado se preferia o deputado federal Felipe Carreras ou João Campos, respectivamente quadros do PSB, para indicar na sucessão, ele desconversou, não deu pistas de preferência. Disse que a relação com Felipe era “excelente” – embora existam rumores em diferentes. E ainda destacou que, apesar de João Campos não ter aceitado ser secretário estadual, a decisão não o retira da disputa.

Geraldo Julio demonstrou que, mesmo sem ser candidato a prefeito, não vai abrir mão de querer fazer o sucessor. Ele afirmou que, neste ano, a prefeitura entregará várias obras em andamento, algumas em atraso. Ele citou o Ginásio Geraldão, o Teatro do Parque, a repaginação da Avenida Conde da Boa Vista, a construção do Hospital do Idoso, bem como a retomada das obras da ponte do Monteiro. Todas as obras fizeram parte de sua campanha no ano de 2016, quando se reelegeu.

O gestor aproveitou para alfinetar os adversários do governador Paulo Câmara, sem citar nomes. Ele mencionou que ex-ministros de Michel Temer (MDB) se preocuparam mais em atrapalhar a gestão de Paulo Câmara do que cumprir o papel de executivos. Ele disse, no entanto, não acreditar que Bolsonaro siga o mesmo ritmo, de boicotar os adversários. “Espero que esse governo não atue desse jeito. O novo governo não tem demonstrado que vai fazer esse tipo de jogo. O governo de Temer fez isso”, disse. “Alguns daqueles ministros se perderam na política eleitoral. Em vez de cuidar das suas atividades como ministros estavam tentando atrapalhar o governador Paulo Câmara. Deveriam ter feito muito mais pelo estado”, completou. O prefeito se referiu, de forma indireta, aos deputados federais Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB) e Fernando Filho (DEM). Ele sempre poupa Raul Jungmann (PPS), que foi ministro da Defesa.

O socialista defendeu, ainda, o posicionamento do governador Paulo Câmara, que reiterou, na posse dos secretários, ser contra a privatização da Eletrobras, que tem subsidiárias como a Chesf. Para ele, a privatização “representaria aumento da conta de luz para a indústria de Pernambuco e os pernambucanos”, conforme frisou.

Para o prefeito, ainda não chegou o momento de os governadores do Nordeste procurarem o governo Federal, uma vez que os novos titulares do primeiro escalão estão absorvendo informações, tomando pé da situação. Ele negou, inclusive, haver algum tipo de enfrentamento dos gestores da região. “A ação conjunta dos governadores do Nordeste é importante e as ações administrativas devem ser tratadas administrativa, normalmente, como deve ser. Isso vai ser uma agenda normal. Não tem um enfrentamento da região Nordeste com o novo governo. O presidente está aí eleito democraticamente pelas urnas”, afirmou. “Não vejo como boicote a não ida à posse, os governadores estavam tomando posse também”, pontuou.

Diario de Pernambuco

Bolsonaro propõe idade mínima para aposentadoria de 62 anos para homem e 57 para mulher

O presidente Jair Bolsonaro disse que a proposta de reforma da Previdência em discussão no governo prevê a idade mínima de 62 anos para os homens e 57 anos para as mulheres com aumento gradativo. Segundo Bolsonaro, seria mais um ano a partir da promulgação e outro em 2022, mas com diferenças de idade mínima de acordo com a categoria profissional e a expectativa de vida.

Segundo Bolsonaro, o futuro presidente avaliaria a necessidade de novos ajustes no sistema previdenciário. “Quando você coloca tudo de uma vez só no pacote, você pode errar, e nós não queremos errar”, disse em entrevista ao SBT, a primeira após ter tomado posse.

O presidente indicou que as medidas visam principalmente a previdência dos servidores públicos. “O que mais pesa no Orçamento é a questão da previdência pública, que terá maior atenção da nossa parte. Vamos buscar também eliminar privilégios”, afirmou o presidente, que descartou aumentar a alíquota de contribuição previdenciária dos servidores, hoje em 11%.

Aprovação
Bolsonaro disse que a reforma não vai estabelecer regras únicas para todos os setores e todas as categorias profissionais. Citou a expectativa de vida no Piauí, que é 69 anos, argumentando que seria “um pouco forte estabelecer a idade mínima de 65 anos”, como previa o texto da reforma enviado ao Congresso pelo governo do ex-presidente Michel Temer.

A diferenciação visa, conforme Bolsonaro, facilitar a aprovação no Congresso, mas também evitar “injustiça com aqueles que têm expectativa de vida menor”. O presidente voltou a dizer que poderá aproveitar a proposta já em tramitação na Câmara dos Deputados, com alguns ajustes. “O que queremos é aproveitar a reforma que já está na Câmara, que começou com o senhor Michel Temer. A boa reforma é aquela que passa na Câmara e no Senado, não aquela que está na minha cabeça ou na [cabeça] da equipe econômica”, afirmou.

Bolsonaro argumentou que a reforma é necessária para impedir que o país “em mais dois ou três anos entre em colapso”, a exemplo do que ocorreu com a Grécia. “Agora todos terão de contribuir um pouco para que ela seja aprovada. Eu acredito que o Parlamento não vai faltar ao Brasil”, disse.

Justiça do Trabalho

Segundo o presidente, o governo poderá propor a extinção da Justiça do Trabalho, transferindo para a Justiça comum as ações trabalhistas. “Qual país do mundo que tem? Tem que ser Justiça comum e tem que ter a sucumbência – quem entrou na Justiça e perdeu tem de pagar”, argumentou.

Bolsonaro disse que, antes da reforma trabalhista, havia 4 milhões de ações trabalhistas em tramitação. “Ninguém aguenta isso. Nós temos mais ações trabalhistas que o mundo inteiro. Algo está errado, é o excesso de proteção”, afirmou.

O presidente voltou a criticar o excesso de encargos trabalhistas, que acabam onerando a mão de obra no país. Bolsonaro afirmou que não vai mexer em direitos trabalhistas previstos na Constituição, mas que vai aprofundar a reforma trabalhista. “O Brasil é um país de direitos em excesso, mas falta emprego. Nos Estados Unidos, não têm quase direito trabalhista. Não adianta você ter direitos e não ter emprego”, afirmou.

Agência Brasil

‘Menino veste azul e menina veste rosa’, diz Damares Alves

Em nova declaração de repercussão, a pastora evangélica Damares Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, aparece em vídeo em que pede atenção e diz que é uma “nova era no Brasil” que “menino veste azul e menina veste rosa”.

Na quarta (2), em auditório lotado por ativistas que gritavam “aleluia” e “glória a Deus”, Damares tomou posse e fez um discurso emocionado em que disse que não haverá mais “doutrinação ideológica” de crianças e adolescentes, que “menina será princesa e menino será príncipe” e criticou setores da imprensa, sem especificá-los.

“Um dos desafios é acabar com o abuso da doutrinação ideológica. Acabou a doutrinação ideológica de crianças e adolescentes no Brasil”, afirmou ao falar da defesa de jovens.

Como se organizar para pagar as contas no começo do ano?

Depois das comemorações de fim de ano e viagens de férias, é hora de enfrentar as contas em janeiro. Além dos gastos comuns, como água, luz e telefone, outros entram na lista e podem pesar no bolso, dentre eles, IPVA, seguro obrigatório, licenciamento, IPTU, rematrícula das crianças e material escolar. É necessário ter um bom planejamento para não se perder nos débitos e começar o ano livre de dívidas.

Segundo o Presidente do IBEVAR – Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo, Profº Claudio Felisoni de Angelo, a falta de organização pode se agravar com as despesas do final do ano, muitas delas realizadas com o uso do cartão de crédito. “Além das despesas mensais recorrentes, os gastos de fim de ano costumam implicar em sérios desajustes no orçamento das famílias”.

O economista orienta que além de se planejar, é recomendável, se possível, guardar parte do orçamento mensal ao longo do ano para quitar as contas de janeiro. Mas caso essa economia não ocorra, Felisoni dá algumas dicas para não deixar que as despesas se acumulem. Confira:

1. Aproveite os descontos dos pagamentos antecipados ou à vista
Já esperamos as principais contas que chegam no começo do ano. Então, tente verificar os descontos para quitação antecipada ou pagamentos à vista. Seja de 5% ou 10%, já ajuda no orçamento e na economia para outras contas. Caso não consiga liquidar à vista, parcele os títulos, mas não atrase ou deixe de pagar para não acarretar juros.

2. Evite dívidas excessivas no cartão de crédito
Se possível, evite exageros que não consiga pagar no cartão de crédito, pois pode virar uma bola de neve e os juros são altos demais. Caso isso aconteça, o melhor é optar pelo crédito pessoal para saldar os gastos do cartão, pois possui taxas menores.

3. Use o 13º para ajudar nas contas
O 13º salário pode ser um grande aliado nessa hora. Se você não tem um destino urgente para o dinheiro e não usou para viajar, ele pode entrar como uma renda extra em janeiro e ajudar a pagar as contas. Seja a fatura do cartão com os presentes de Natal ou outras compras de fim de ano, IPTU, IPVA, entre outras. Essa estratégia é interessante para começar o ano sem dívidas.

4. Material escolar
Uma dica para economizar no material escolar das crianças é comprar em conjunto com outros pais, familiares ou vizinhos que tenham filhos na mesma escola. Dividindo as despesas não pesa no bolso e as crianças terão todo o material necessário para o ano letivo. Além disso, faça pesquisa e compare os preços para não comprar na primeira loja e correr o risco de pagar mais caro.

5. Adie gastos dispensáveis
Tente priorizar as dívidas e, se sobrar dinheiro, compre o que desejar. Depois do Natal, muitas lojas entram em promoção para queimar o estoque, por exemplo, e muitas vezes é difícil resistir à tentação. Avalie se o produto é mesmo necessário ou de extrema urgência.

Furto de água é identificado em imóvel de grande porte em Petrolina

A Companhia Pernambucana de Saneamento-Compesa identificou, na tarde de ontem (2), mais um caso de furto de água em Petrolina, Sertão do São Francisco. A fraude foi descoberta em uma residência de grande porte, de quase 500 metros quadrados, com uma média de consumo de apenas dois metros cúbicos por mês. O baixo consumo chamou a atenção dos técnicos da Compesa que foram até o endereço, no bairro Jardim Guararapes, na zona Oeste da cidade, proceder as vistorias e análises necessárias.

A equipe técnica confirmou as suspeitas de desvio de água, encontrando a irregularidade. A ligação do by pass ( tubulação usada para a passagem da água furtada),que foi construída embaixo de um muro de concreto, foi retirada e os proprietários, notificados. Segundo a gerente em exercício da Unidade de Negócios da Compesa, Nadja Alencar, ainda não foi possível quantificar o volume de água desviada e o período estimado da fraude, assim como o valor do prejuízo financeiro causado à empresa.

Os proprietários pagarão uma multa mediante os cálculos relativos à média do consumo da água desviada. Em Petrolina, por dia, são identificadas uma média de dez imóveis com irregularidades. Só no ano de 2018, foram mais de mil ocorrências desse tipo registradas em imóveis da cidade. “Utilizamos a tecnologia, análise do consumo a partir da mudança de registros velhos por novos e uma série de medidas para detectar o consumo baixo em imóveis de grande porte e assim conseguir a identificação das fraudes. Os critérios se baseiam, dentre outros, na análise do perfil do imóvel, como número de moradores, área construída, consumo e tipo de construção,” explica a gerente Nadja Alencar.

UNINASSAU Garanhuns oferece 200 vagas em cursos gratuitos

A Faculdade UNINASSAU Garanhuns promove, de 08 a 16 de janeiro, o Projeto Capacita. Ao todo, serão oferecidas 200 vagas em cursos gratuitos nas áreas de Tecnologia da Informação e Exatas. A iniciativa tem como objetivo promover a capacitação da população para o mercado de trabalho, por meio da oferta de cursos gratuitos de rápida duração e com certificado.

A programação conta com quatro cursos, que abordarão os temas: Marketing digital para empreendedores; Boas práticas em segurança digital; Como utilizar a calculadora científica; e Como utilizar a calculadora financeira HP12C. As aulas acontecem nas dependências da Instituição de Ensino Superior (IES), no turno da noite.

Segundo o diretor da UNINASSAU Garanhuns, Francisco Sarinho, o Projeto é uma grande ocasião para que a comunidade possa aumentar o seu potencial profissional. “O Capacita é uma oportunidade para que os participantes aperfeiçoem os seus conhecimentos, além de poderem aprender novas habilidades e competências, visando a oportunidade de empreender ou disputar uma vaga de inserção ou recolocação no mercado de trabalho”, destaca.

Para conferir a lista completa dos cursos disponíveis em cada uma das IES e realizar as inscrições, os interessados em participar do Capacita 2019 devem acessar o site https://extensao.uninassau.edu.br/DetalhesEvento.aspx?EventoId=13755 e selecionar a cidade onde os cursos serão realizados.

No dia do evento, é solicitado aos participantes que façam a doação de um quilo de alimento não perecível, que posteriormente serão repassados a instituições filantrópicas.

Primeiro ato do 2º Governo Paulo Câmara garantirá mais água para o Sertão

O governador Paulo Câmara comandará, nesta sexta-feira (04/01), o primeiro ato do seu segundo mandato à frente do Governo de Pernambuco, renovando o compromisso e a priorização da gestão estadual com a sustentabilidade hídrica. No Sertão do Moxotó, o chefe do Executivo estadual vai assinar Ordem de Serviço para o início do Sistema Adutor de Custódia. A intervenção encerrará, quando finalizada, o quadro de pré-colapso no abastecimento de água em que a cidade se encontra, beneficiando 40 mil pessoas. Na ocasião, Câmara estará acompanhado de todos os secretários que compõem a nova equipe de Governo.

“As obras de água continuarão sendo uma prioridade no nosso segundo Governo. Vamos seguir investindo muito para fortalecer o abastecimento dos pernambucanos que convivem com dificuldades na área. E faço questão de levar todo o meu novo secretariado para a assinatura dessa Ordem de Serviço para reforçar que o nosso compromisso com a melhoria da qualidade de vida das pessoas tem que nortear o trabalho de todos os servidores do Governo de Pernambuco”, destacou Paulo Câmara.

O Sistema Adutor de Custódia será implantado a partir do Reservatório de Moxotó, em Sertânia, na mesma região, e levará água de qualidade para cerca de 40 mil custodienses. Ao todo, serão investidos R$ 31 milhões do Tesouro Estadual. A expectativa é de que as obras sejam concluídas em 12 meses.

A intervenção consiste no aproveitamento da captação no canal de aproximação construído na saída do Reservatório de Moxotó, da Transposição do Rio São Francisco, além da estrutura da Estação Elevatória (EB-01) da Adutora de Moxotó, na qual serão implantadas as bombas do Sistema Adutor de Custódia. Esta Estação Elevatória irá bombear o reforço de água para o sistema de abastecimento da cidade de Custódia, no total de 85 l/s, através de uma tubulação de ferro fundido com diâmetro de 400 mm até a Estação de Tratamento de Água de Custódia.

Para este mesmo empreendimento deverá ser ampliada a Estação de Tratamento de Água para a capacidade de tratamento de até 85 l/s, além da implantação de trechos curtos de Adutoras de Água Tratada que alimentarão os Reservatórios Existentes. Com a entrega da obra, a população da cidade de Custódia terá o fornecimento de água regularizado através de tubulações diretamente para suas residências. Antes da assinatura da Ordem de Serviço, o governador e sua equipe de Governo visitam a Estação Elevatória Rio da Barra, em Sertânia.

/**/

Vereador toma posse do cargo na Câmara

O vereador Moysés Santos (PRP) tomou posse do cargo de vereador na tarde da quinta-feira (03), na sede do Poder Legislativo de Caruaru. Ele passa a ocupar a cadeira de Alberes Lopes, que assumiu esta semana a Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação de Pernambuco.

A sessão solene contou com a presença de autoridades, familiares e amigos do vereador. A cantora Cristiane Vieira realizou uma homenagem durante a solenidade.

O vereador Moysés agradeceu a chance de assumir o mandato, e se colocou como “mordomo para servir os caruaruenses”.

“Quero agradecer a vocês e me colocar como mordomo, pois estou aqui para servir com excelência e amor a todos os caruaruenses, fiscalizando, cobrando e olhando sempre para a coletividade, disposto a ouvir e atender a demanda popular” destaca o vereador.

Prefeitura de Caruaru nomeia novos secretários

A Prefeitura de Caruaru informa que as secretarias de Educação (SEDUC), Saúde (SMS) e a Fundação de Cultura e Turismo (FCTC) terão novos titulares a partir desta sexta-feira, dia 04/01.

Na Educação assume a pasta Marta de Medeiros Correia, atual gerente de Ensino da SEDUC. Já Francisco Santos ficará à frente da Secretaria de Saúde. Ele já atuou como secretário executivo de Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLAG). O novo presidente da Fundação de Cultura será o secretário de Governo, Rubens Júnior, que vai acumular as duas funções temporariamente.

A prefeita Raquel Lyra agradeceu os serviços prestados pelos ex-secretários Rubenildo Moura, Ana Maria Albuquerque e Maria Alves nas visíveis melhorias em cada área de atuação.

Confira abaixo o perfil dos novos secretários:

Secretaria de Saúde – Francisco Santos: professor da Asces-Unita desde 2010 e do curso de medicina da UFPE de Caruaru desde 2013. Formado em fisioterapia na UFPE e com especialização, mestrado, doutorado e pós-doutorado em Saúde Pública. Toda a formação de pós-graduação realizada na Fiocruz.

Secretaria de Educação – Marta de Medeiros Correia: professora pós- graduada em Psicologia Educacional pela UFPB. Atua há 32 anos na área de educação. Foi gerente executiva de educação no estado da Paraíba e coordenadora estadual do Programa Mais Educação. Também foi vice-diretora da Fundação Bradesco e coordenadora estadual de concursos da Fundação Getúlio Vargas.

Gasolina vendida nas refinarias está mais barata nesta quinta

O preço da gasolina negociada nesta quinta-feira (3) nas refinarias está mais baixo: o litro passou de R$ 1,5087 para R$ 1,4675. A última redução no preço do combustível ocorreu no dia 28 de dezembro do ano passado, quando passou de R$ 1,5554 para R$ 1,5087.

De acordo com a Petrobras, a política de preços da empresa para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras “tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo”.

Segundo a estatal, essa “paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”. A Petrobras informa ainda que, “o preço considera uma margem que cobre os riscos (como volatilidade do câmbio e dos preços)”.

Agência Brasil