Governo quer fechar o cerco a sonegadores

O Ministério da Economia vai lançar logo no início do novo governo do presidente Jair Bolsonaro um programa de combate ao “sonegador profissional”. O futuro secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, antecipou ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, que o programa vai fazer cerco aos devedores contumazes do Fisco, que usam brechas legais e a morosidade da Justiça para ficar devendo.

Segundo Cintra, paralelamente será lançado o Programa de Desburocratização Tributária. Os dois programas são ações imediatas do ministério de Paulo Guedes para simplificar, combater a evasão e distribuir melhor a carga tributaria.

Cintra, que vai comandar também a elaboração da proposta de reforma tributária de Guedes, é contrário aos parcelamentos de débitos tributários, conhecidos com Refis. Algumas das medidas exigirão autorizações legislativas e, por isso, levarão mais tempo para serem implementadas. “Mas o sinal será dado logo de cara.”

O foco inicial da equipe econômica será em ações para simplificar o dia a dia das pessoas e das empresas. Integrantes da equipe reconhecem que não será “nada muito bombástico”, mas são medidas que aliviam a pressão sobre empresas e já pavimentam um caminho para propostas mais complexas, como a reforma da Previdência, que serão endereçadas a partir de fevereiro sob o novo Congresso. Até lá, a estratégia é fortalecer o diálogo com lideranças políticas.

Proposta de mudança no abono salarial também está prevista para o início do governo, mas será preciso mudar a Constituição. O benefício assegura o valor de um salário mínimo anual aos trabalhadores brasileiros que recebem em média até dois salários mínimos de remuneração mensal de empregadores que contribuem para o PIS ou para o Pasep. O futuro governo avalia se vai propor o fim do abono ou a sua redução parcial. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

fonte: Estadão Conteudo

Cinco pessoas morrem em acidente na BR-101

Cinco pessoas morreram em um acidente na rodoavia BR-101, em Jardim Paulista, no município de Paulista, Região Metropolitana do Recife. As vítimas voltavam de uma festa de Réveillon, quando o motorista de aplicativo perdeu o controle da direção e capotou, derrubando o carro de uma ponte. Quatro das vítimas eram da mesma família.

Segundo testemunhas, o condutor do veículo invadiu o canteiro central antes de capotar e cair de uma altura de cinco metros em um canal que passa embaixo da pista. As pessoas ficaram presas às ferragens. Motoristas que circulavam pela área tentaram fazer o resgate, mas não conseguiram.

Entre os mortos estão o servidor público aposentado Marcelo Ferreira Alves, 62, a esposa dele, a dona de casa Edna Severina Alves, 58, e os filhos do casal Levi Ferreira Alves, 20, e Douglas Alex de Lima Souza, 23, e o motorista de aplicativo George Ricardo de Oliveira Moura, 32. Todos morreram no local.

Os bombeiros trabalharam no resgate dos corpos. Eles precisaram serrar as ferragens do veículo para remover as vítimas. Um guindaste ajudou a retirar o carro do canal. O Instituto de Criminalística (IC) também esteve no local. Peritos informaram que o motorista possivelmente conduzia o carro em alta velocidade.

Parentes das vítimas, que estão no Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, informaram que a família voltava de uma festa de réveillon na casa de outro familiar, em Boa Viagem. Os corpos estão sendo necropsiados. A expectativa é de que a liberação aconteça ainda na manhã desta quarta-feira (2).

Janeiro Branco, mês de conscientização sobre a saúde mental

Desde 2014 a Campanha Janeiro Branco ocorre para colocar temas da saúde mental em evidência no mundo em nome da prevenção ao adoecimento emocional da humanidade. Criada pelo psicólogo mineiro Leonardo Abraão, a campanha vem ganhando força no Brasil e recentemente o tema foi discutido em países como Estados Unidos, na cidade de Boston, em Portugal, Japão e alguns países da África.

O projeto convida as pessoas a pensarem sobre suas vidas, a qualidade dos seus relacionamentos e o quanto elas conhecem sobre si mesmas, suas emoções, seus pensamentos e sobre os seus comportamentos. Dessa forma, propõe estratégias políticas, sociais e culturais para que o adoecimento emocional seja prevenido, conhecido e combatido.

Para comentar e fornecer entrevistas sobre o tema, colocamos à disposição a OrienteMe, plataforma de terapia online, criada por três irmãos empreendedores: Daniela, Bruno e Fernanda e mais de 1 mil psicólogos cadastrados pelo Brasil.

Varejo brasileiro deve deixar de faturar R$ 7,6 bilhões em 2019

O varejo nacional deve perder R$ 7,6 bilhões em 2019 por conta dos feriados e pontes, segundo estimativa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Esse montante é 32% menor do que os R$ 11,2 bilhões estimados em 2018. O prejuízo será reduzido pelo fato de ter mais feriados aos finais de semana e menos pontes de emendas. No ano passado foram 15 dias entre feriados e pontes; em 2019, serão dez dias.

O setor de outras atividades é o que deve contabilizar a maior perda, cerca de R$ 3,16 bilhões, queda de 32% em relação a 2018. É importante ressaltar que nesse grupo predomina o comércio de combustíveis, além de joias e relógios, artigos de papelaria, dentre outros. A atividade de supermercados perderá cerca de R$ 1,93 bilhões em 2019 e também deve ter retração de 32% em comparação a 2018.

Os demais segmentos que devem deixar de faturar com os feriados e pontes são: farmácias e perfumarias (-31%), com perda de faturamento de R$ 1,1 bilhão; seguido de vestuário, tecidos e calçados (-32%), com R$ 801 milhões; e móveis e decoração (-33%), com montante atingido de R$ 620 milhões.

A FecomercioSP desconsiderou os feriados estaduais e municipais que também prejudicam, em média, a atividade comercial. Na análise da Entidade, R$ 7,6 bilhões poder parecer que causa um enorme dano ao varejo, contudo, este valor representa 0,4% de tudo que o setor fatura em um ano, ou cerca de um dia e meio de comércio completamente fechado.

Além disso, com a economia mostrando sinais de recuperação mais forte, a tendência é de haver um crescimento ainda maior em 2019. Para Federação, a discussão de perdas por conta dos feriados vai ficando pra trás, a expectativa é de que as famílias terão mais oportunidades de trabalho e ganho de renda, o que proverá grandes benefícios a todos os segmentos.

A FecomercioSP ressalta que o estudo não visa analisar a transferência de renda para outros setores, sobretudo, o turismo, que é sabido que é favorecido nestes períodos.

Sobre a FecomercioSP
A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 137 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por cerca de 30% do PIB paulista – e quase 10% do PIB brasileiro -, gerando em torno de 10 milhões de empregos.

Recadastramento dos cartões Leva Idoso e Estudante Rural teve início

A Associação das Empresas de Transportes de Passageiros de Caruaru – AETPC informa que o recadastramento para os usuários dos cartões Leva Idoso e Estudante Rural teve início nesta quarta-feira (02).

Para realizar o recadastramento, o usuário deve comparecer ao atendimento do Leva que fica no 3º piso do Shopping Difusora, das 8h às 18h, munido de original e cópia do RG e do cartão LEVA. No caso dos usuários do cartão LEVA Estudante Rural, é necessário apresentar ficha cadastral rural, assinada e carimbada pela Instituição de Ensino.

A AETPC informa que todos os usuários do cartão LEVA Idoso deverão revalidar seu cartão através de comprovação de vida. A ação tem como objetivo evitar fraudes no setor de transporte público de Caruaru e atualizar o cadastro dos usuários.

Câmara de Caruaru define comissão de representação durante recesso parlamentar

Nesta quarta-feira (02), o Presidente da Câmara de Vereadores de Caruaru, Lula Tôrres (PSDB), definiu a comissão de vereadores que deverá representar a Casa durante o recesso parlamentar. A Comissão de Representação, amparada pelo artigo 265 do Regimento Interno da Câmara, será composta pelos seguintes edis:

Lula Tôrres (PSDB) – Presidente
Bruno Lambreta (PDT) – Membro
Marcelo Gomes (PSB) – Membro
Pierson Leite (PSD) – Membro
Ricardo Liberato (PDT) – Membro

O objetivo da comissão é representar o corpo parlamentar durante o recesso dos vereadores, que segue até o próximo dia 31. Na primeira terça-feira do mês de fevereiro, dia 05, já serão retomadas as reuniões ordinárias, sessões solenes e audiências públicas.

Vale ressaltar que somente as reuniões e sessões estão suspensas. A Câmara continua funcionando de segunda à sexta, das 07h às 13h.

Secretaria da Fazenda iniciará a entrega dos carnês do IPTU 2019

A Prefeitura Municipal de Caruaru, através da Secretaria da Fazenda, iniciará a entrega dos carnês do IPTU 2019 ainda este mês. O contribuinte que deseja consultar e pagar o seu tributo antes da entrega dos boletos pode se dirigir ao Centro Administrativo, na Av. Rio Branco, 315, Centro. A primeira parcela do IPTU, ou a parcela única, terá vencimento no dia 31 de janeiro e o pagamento poderá ser realizado em casas lotérica, na Caixa Econômica Federal, no Banco do Brasil ou na tesouraria da prefeitura, que também funciona no Centro Administrativo, de segunda a sexta, das 7h às 13h.

Para o IPTU de 2019, observando o disposto no artigo 506 do CTM, houve como regra geral a atualização pelo IPCA (4,56%) e UFM no valor de R$ 2,69. O cálculo do IPTU possui como base de cálculo o valor do imóvel (obtido através de metragens e características), sendo aplicada a alíquota (de acordo com sua utilização) no valor do imóvel para determinação do valor. O calendário fiscal para o IPTU terá 10 parcelas e o contribuinte que optar pelo pagamento da cota única terá 10% de desconto.

Lembrando que o contribuinte pode retirar também seu IPTU 2019 na Internet, através do site: www.portaldocontribuinte.caruaru.pe.gov.br

UNINASSAU abre inscrições para contratação de docentes

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de docentes da Faculdade UNINASSAU, no Cabo de Santo Agostinho e em Piedade. Os interessados em participar da seleção deverão enviar Currículo Lattes atualizado e as devidas comprovações de titulação por e-mail até o dia 6 de janeiro.

O processo visa preencher vagas em diversos cursos nas áreas de Saúde, Humanas e Exatas. Os candidatos deverão ter título de doutor, mestre ou especialista, ter disponibilidade para ministrar aulas no período noturno e/ou diurno, pós-graduação específica na área da disciplina e residir próximo à unidade.

Os candidatos aprovados na prova de títulos serão submetidos a uma entrevista, uma avaliação escrita e uma avaliação didático-pedagógica, que constará de uma aula expositiva com duração de 20 minutos. As bancas acontecerão na UNINASSAU Piedade, de 7 a 10 de janeiro.

Os interessados nas vagas de Piedade deverão enviar e-mail com o Currículo Lattes atualizado e os títulos para o e-mail logistica.piedade@mauriciodenassau.edu.br. Já os candidatos da unidade do Cabo de Santo Agostinho enviarão e-mail para logistica.cabo@mauriciodenassau.edu.br.

Os detalhes podem ser conferidos nos editais, disponíveis no site da instituição – www.uninassau.edu.br.

Por Paulo Feijó

Hidratação no verão garante organismo saudável

A estação mais quente do ano mal começou e as altas temperaturas registradas nas últimas semanas fizeram com que muitas pessoas aumentassem a ingestão de líquidos para amenizar o calorão. A falta de hidratação pode prejudicar o organismo e em longo prazo resultar em problemas de saúde.

A recomendação para evitar a desidratação, no caso de um adulto, é o consumo em média de 2 litros por dia, principalmente de água. “Essa medida pode variar de acordo com alguns fatores, como idade, peso, clima e condições do ambiente, presença de alguma doença. O importante é nunca esperar ter a sensação de sede, pois esse já é um sinal de desidratação”, explica a nutricionista e pesquisadora da Fundação Pró-Rim, Fabiana Baggio Nerbass.

Para variar a hidratação é possível beber água de coco, chás naturais gelados e sucos naturais, sem adição de açúcar. Evite consumir refrigerantes, refrescos em pó ou até mesmo de caixinha que contêm muitos conservantes, aditivos químicos e nenhum nutriente aproveitável ao organismo.

A desidratação

O organismo pode perder água na forma de urina, parte das fezes e pela transpiração, muito frequente nesse período por conta do calor. “Há evidências que mostram que a sensação de sede é desencadeada tardiamente, quando o organismo já está levemente desidratado”, explica a nutricionista. E isso parece ser mais relevante em crianças e idosos, cujo mecanismo da sede é ainda mais sensível a estas perdas.

A sede é o principal sintoma da desidratação, mas também pode ser percebida quando a boca fica seca, a pele ressecada, olhos aparentemente fundos, tontura e enjoo. Quando isso ocorre a hidratação do organismo deve ser feita com água, soro, água de coco, bebidas isotônicas, sopas, sucos e chás.

Por meio da urina é possível verificar o estado de hidratação e pode ser monitorado diariamente. As diferentes tonalidades indicam se o indivíduo está mais ou menos hidratado. Quanto mais clara e transparente estiver a urina, melhor hidratado se encontra o organismo.

Fique atento as cores e seus sinais:

– Urina bem clara: pode indicar que esteja tomando água em excesso. E ao contrário do que se pensa, a ingestão exagerada de líquidos também pode ser um problema, pois sobrecarrega os rins e traz à perda de sais, inchaço, sonolência e mal-estar.

– Amarelo claro: essas são cor ideal.

– Amarelo escuro: considerado normal, porém é um sinal de que precisa ingerir mais água.

– Ambar ou mel: esse é um sinal de desidratação. É importante beber mais água.

– Laranja: pode indicar falta de água ou pigmentos de comida. Se persistir pode ser problemas de fígado ou na vesícula. É importante consultar um médico e realizar um exame para descartar qualquer problema.

– Espuma ou efervescente: se for persistente, indica o excesso de proteína ou algum problema renal. Consulte um nefrologista.

– Rosa ou avermelhada: se for persistente, pode indicar problemas no fígado, rim, próstata, infecção ou ainda um tumor.

– Acastanhada: indica desidratação severa ou problemas de fígado.

– Azulado ou esverdeado: pode ser de comida, medicação ou ainda, infecção bacteriana.

Fonte de pureza

Além de ajudar na diminuição de sensação de fome, a água melhora a circulação sanguínea, a disposição, auxilia no funcionamento do intestino, contribui com a saúde dos cabelos e da pele, entre outros benefícios.

O cuidado com a qualidade da água ingerida também merece atenção, pois muitas vezes a ingestão de líquido contaminado pode resultar em doenças, como a leptospirose. Para evitar que isso ocorra, consuma somente água filtrada ou fervida, tanto para o preparo dos alimentos quanto para ingestão. Água de qualidade é incolor e não apresenta cheiro nem gosto.

Como se hidratar

A água é a principal fonte de hidratação, mas você também pode optar por sucos, leites, frutas, verduras e legumes, que contém água na composição. Frutas como melão e melancia têm quase 90% de água e fornecem boa parte da necessidade hídrica do corpo. Já as verduras e legumes são ricos em água e sais minerais, sendo ótimas opções de refeições que combinam com esta estação.

Refrigerantes e sucos artificiais não devem ser substituídos pela água na hora da hidratação. “Essas bebidas contém uma quantidade considerável de açúcar e ausência de nutrientes essenciais, além do excesso de sódio e a presença de corantes”, indica a nutricionista Fabiana. O consumo de bebidas artificiais somado a outros hábitos inadequados podem contribuir para doenças, como diabetes e obesidade.

Para evitar a desidratação, leve sempre com você uma garrafinha de água. Curta o verão com a saúde em dia!

Sobre a Pró-Rim – A Fundação Pró-Rim foi fundada em 1987, em Joinville (SC), pelos médicos nefrologistas Dr. José Aluísio Vieira e Dr. Hercilio Alexandre da Luz Filho com o propósito de oferecer um tratamento mais digno e diferenciado aos pacientes renais. É reconhecida como referência nacional na área de nefrologia. É pioneira em transplantes renais no Estado e sua equipe está entre as que mais realizam transplante no país. Já ultrapassou a marca de 1600 transplantes renais, é a primeira instituição de nefrologia do mundo a receber a certificação internacional Qmentum. Possui unidades de hemodiálise em Santa Catarina e Tocantins e atende pacientes renais crônicos de todo o Brasil (www.prorim.org.br)

/**/

Dados revelam que a região Nordeste trata apenas 36,22% do esgoto coletado

Por Tainá Ferreira

Segundo dados do Instituto Trata Brasil, apenas 36,22% do esgoto no Nordeste é tratado. Dessa forma, a região é a segunda do Brasil com pior saneamento básico, atrás apenas do Norte, que trata apenas 18,3% do esgoto coletado.

No Brasil, cerca de 100 milhões de pessoas não têm coleta de esgoto e apenas 44,92% dos resíduos são tratadas. Além disso, outro dado preocupante é que mais de 3,5 milhões de brasileiros, nas 100 maiores cidades do país, despejam esgoto irregularmente, mesmo tendo redes coletoras disponíveis.

Pedro Scazufca, economista e consultor do Instituto Trata Brasil, avalia que a falta de planosmunicipais de saneamento traz sérias consequências para a população.“Essa situação leva a uma série de problemas, inclusive em termos de saúde para a população. Falta de saneamento leva a um aumento da incidência de doenças de veiculação hídrica”, alerta.

Os números refletem um problema histórico do país. Para tentar reverter esse quadro, deputados e senadores discutem um projeto de lei (PL 10.996/2018) que pretende alterar o Marco Legal do Saneamento Básico. A matéria pretende atribuir à Agência Nacional de Águas competência para editar normas sobre o serviço de saneamento no país.

Para o deputado federal e autor do PL,Hildo Rocha (MDB-MA), a proposta permite que o setor privado invista na melhoria do saneamento básico e que todas as regiões do Brasil tenham tratamento de esgoto adequado.

“Precisamos de recursos privados para tomar conta dos sistemas que são superavitários e os sistemas deficitários, o poder público assume. Assume para que os mais pobres do nosso país tenham direito a saneamento completo e poder ter uma melhor qualidade de vida”, avalia.

Pedro Scazufca avalia que a aprovação do PL contribui para o aumento de investimentos. “É importante que o setor seja capaz de mobilizar maiores investimentos e, com isso, seguir nesse rumo de universalização dos serviços”, afirma.

A Câmara deve iniciar a discussão do tema em uma comissão especial. Se aprovada,a proposta poderá seguir diretamente para votação no Plenário da Casa.