49% dos brasileiros vão passar o Réveillon com roupa nova

Após a semana do Natal, os setores de comércio e serviços esperam pelos consumidores para os gastos de Ano-Novo e uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revela que os gastos podem ser altos. Segundo o levantamento, em média, a pretensão de gastos com viagens, ingresso para clubes, ceia e roupas novas deve ser de R$ 282,20 – valor acima da intenção de gastos em 2016, que foi de R$ 263,06; e maior entre os homens (R$ 332,31).

A pesquisa ainda mostra que 49% dos que vão comemorar a data pretendem comprar roupas, calçados e acessórios para usar na passagem de ano – uma queda de oito pontos percentuais em relação ao ano passado (57%).

O educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli, alerta para a importância de controlar o orçamento, ainda mais considerando a proximidade com outra festa importante. “O réveillon acontece logo na sequência do Natal e as pessoas já terão investido na celebração – seja na ceia, seja na compra dos presentes. Então, é importante planejar as despesas e fazer as contas para saber o limite dos gastos. Afinal, não tem sentido comemorar a chegada do ano endividado ou com as finanças desequilibradas”, alerta.

A pesquisa também mostra que praticamente 84% dos consumidores já decidiram onde pretendem comemorar. A maior parte garante que o réveillon será vivenciado em casa (27%), mas também há aqueles que pretendem viajar (12%) ou passar a virada na casa de outros parentes (11%).

Metodologia

As entrevistas se dividiram em duas partes. Inicialmente ouviu-se 1.632 consumidores nas 27 capitais para identificar o percentual de quem pretendia ir às compras no Natal e, depois, a partir de 600 entrevistas, investigou-se em detalhes o comportamento de consumo no Natal. A margem de erro é de no máximo 2,4 e 4,0 pontos percentuais, respectivamente. A uma margem de confiança de 95%.

ARTIGO — Uma grande dúvida

Maurício Assuero

Aproxima-se o final do ano e, confesso, não sei se torço para esticarmos 2017 ou se desejo 2018 antecipadamente. Esticar 2017 tem relação com a necessidade de aproveitarmos melhor esse momento de mudança econômica. Se fosse possível, então a gente teria uma noção melhor do que pode nos envolver no próximo ano ou, dito de outra forma, perdemos tanto tempo ao longo do processo de impeachment, das denúncias contra Temer, etc. que os sinais desejados de recuperação econômica chegaram tardiamente. Mas, então deve ficar a sensação de que teremos uma continuidade em janeiro. Não será bem assim.

A incerteza política ainda é grande gargalo para a retomada do crescimento econômico. O mercado sabe em quem não confiar, mas não tem um candidato definido para apoiar claramente. Os movimentos de Meirelles até podem satisfazer, mas Meirelles não é Temer. A questão é que este ano entrou para história do país de um modo bem semelhante a década de 1980. Se esta década era chamada “década perdida”, não custa chamar 2017 de “ano perdido”. Não fizemos nada a não ser cair e caímos até onde se permitia cair. Lembro que uma reconstrução demora muito mais tempo para se efetivar do que a destruição e ao longo do tempo, da metade do primeiro governo Dilma para cá, o Brasil sofreu amargamente os efeitos da ação incompetente. Colocar, novamente, este país nos eixos demandará um tempo precioso. Respaldam-se as esperanças na aprovação da reforma previdenciária. Isso dará uma falsa noção ao governo de que ele conseguiu.

Em termos locais, o ano também foi de dificuldade fazendo Pernambuco patinar e atingir um patamar perigoso em relação ao comprometimento da receita corrente líquida. Semana passada o governo anunciouinvestimentos de R$ 279 milhões distribuídos em 36 projetos via PRODEPE que gerariam mais de mil empregos diretos. Um grande laboratório farmacêutico tem projeto de instalação com previsão de inicio das atividades em dezembro/18, gerando 500 empregos diretos e mais de 3 mil indiretos. Importante que isso aconteça porque nós estamos com a corda no pescoço.

Cabe lembrar que temos três eventos importantes em 2018: começaremos o ano coma decisão sobre a condenação de Lula que, caso aconteça, afetará o quadro sucessório; teremos a Copa do Mundo que poderá fazermos diminuir a produção, considerando que teremos um ano de feriados; finalmente, teremos eleição presidencial. Independente disso, que 2018 seja diferente e que nossos sonhos se concretizem em realizações.

Sesc Ler Pesqueira abre período de matrículas para aulas de esportes

A prática esportiva é fundamental na vida de qualquer pessoa. Fortalece não só o corpo, mas também a mente. Por isso, o Sesc Ler Pesqueira está com inscrições abertas para cursos de diversas modalidades esportivas. A partir do dia 8 de janeiro, serão realizadas na unidade aulas do Projeto Atividades Psicomotoras, Lúdicas e Esportivas (Aples); corrida orientada; futebol de campoe ginástica multifuncional.

Para a iniciação esportiva da criançada, o Sesc oferece o projeto de Atividades Psicomotoras, Lúdicas e Esportivas (APLES). Nesse curso, os alunos participam de atividades que estimulam as habilidades motoras básicas, exercícios de postura, relaxamento, respiração, ginástica infantil, brincadeiras tradicionais, jogos cooperativos, entre outros exercícios. Há turmas para crianças de 5 a 7 anos, nivel I; e 8 a 11 anos, nível II. As aulas têm uma hora de duração e acontecem nas segundas e quartas (15h), terças e quintas (17h) ou quartas e sextas (8h).

Os interessados em praticar a corrida orientada precisam ter idade acima dos 16 anos. Com uma hora de duração, as aulas acontecem nas terças e quintas em dois horários (18h ou 19h). Já o futebol de campo tem três categorias: sub-12, 15 anos e 16 anos. As aulas são nas terças e quintas, com horários pela manhã (8h e 10h) e à tarde (14h, 15h e 16h).

Tem ainda a ginástica multifuncional, para os interessados com idades acima de 16 anos. Ao todo, são sete horários disponíveis, de segunda a sexta, pela manhã (6h e 7h), à tarde (16h e 17) e à noite (18h, 19 e 20h).

Para fazer a inscrição, é preciso apresentar carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e uma foto 3×4. A mensalidade custa R$ 12 para comerciários e dependentes e R$ 24 para o público em geral. O local da inscrição é o Ponto de Atendimento do Sesc Ler Pesqueira, que fica na Avenida Luiz de Almeida Maciel, S/N, no bairro Baixa Grande, e o horário é das 9h às 13h e das 14h às 17h.

Prefeitura de Caruaru: Feriado do Dia da Confraternização Universal (1º)

A Prefeitura de Caruaru informa que, em razão do feriado desta segunda-feira (1º), não haverá expediente interno da prefeitura, retornando às atividades na terça-feira (2).

Serviços como unidades 24 horas, SAMU e hospitais estarão atendendo normalmente, assim como a limpeza urbana. Os parques ambientais estarão abertos a partir das 14h. Não haverá ciclofaixa na avenida Agamenon Magalhães neste domingo (31), nem segunda-feira (1).

Nesta segunda-feira (1), a coleta domiciliar de lixo será realizada apenas pela manhã e à tarde. A coleta da noite será feita na manhã seguinte, dia 2.

Vale lembrar que a feira da sulanca será realizada apenas na terça-feira (2).

Central fará amistoso contra o CSE

Treino Central (47)

Em preparativos visando à disputa do Campeonato Pernambucano 2018, o Central fará amistoso contra o CSE, no próximo dia 10, no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios (AL). Será a oportunidade ideal para que o técnico Mauro Fernandes retire as últimas dúvidas antes da estreia da Patativa diante do Afogados, no próximo dia 17, no Vianão, pela rodada inicial da fase de grupos do Estadual.

Até a realização deste amistoso, os recém-contratados Martinez e Danilo Quipapá deverão estar totalmente integrados ao elenco centralino. Zagueiros de origem, eles desembarcaram esta semana no Lacerdão para substituir Hismael e William Paulista que não fazem mais parte dos planos da Patativa. O primeiro não se adaptou à Capital do Agreste e pediu para deixar o clube, enquanto o segundo se encontra lesionado e com problemas particulares.

Já o volante Max Leão, que também acabou sendo liberado, deixou a Patativa por seu futebol não ter agradado ao técnico alvinegro. Para a posição, um novo atleta deverá ser contratado.

Belo Jardim

O Calango será outro time pernambucano a enfrentar o CSE em amistoso antes do início do PE2018. O Belo Jardim duela com a equipe alagoana, no próximo dia 13, também no Estádio Juca Sampaio. Além do CSE, o Belo Jardim fará jogo-treino com a Associação Atlética Dimensão Saúde (Dimensão), no domingo (7), às 16h, no município de Capela.

Times pernambucanos vão estrear na Copinha

AMÉRICA X SPORT - CAMPEONATO PERNAMBUCANO SUB-20 2017

Pedro Augusto

Considerada a principal competição da categoria de base do futebol brasileiro, a Taça São Paulo de Futebol Júnior, conhecida também como Copinha, terá a sua edição 2018 iniciada nesta terça-feira (2). Ao todo, 128 clubes – divididos em 32 grupos – irão disputar a primeira fase do torneio. Novamente, a Copinha contará com a participação de equipes pernambucanas. Desta vez, o Estado será representado pelo América, Náutico e Sport.

O Periquito – atual vice-campeão pernambucano Sub20 – está no grupo três juntamente com o João Bonifácio (SP), o Mirassol (SP) e o Figueirense (SC). O Mequinha fará a sua estreia diante do João Bonifácio, nesta quarta-feira (3), a partir das 13h (horário de Pernambuco), no Estádio Antônio Pereira Braga. Na mesma data e local, Figueirense e Mirassol medem forças, a partir das 15h, complementando a rodada inicial da chave.

Ainda na quarta-feira, mas só que pela primeira rodada do grupo sete, o Náutico encara o Velo Clube (SP), a partir das 16h, no Tenente Carriço. Antes da estreia do Timbu, os torcedores que comparecerem ao estádio poderão acompanhar o confronto envolvendo a Penapolense (SP) e a Desportiva Paranaense (PR), que também estão compondo a chave sete, e se enfrentam a partir das 15h.

Já o Sport, que acabou se sagrando campeão estadual Sub20 em 2017, está na chave 18 juntamente com o São Carlos (SP), o Linense (SP) e o São Raimundo (RR). O Leão fará a sua estreia contra o Linense, nesta quinta-feira (4), a partir das 18h, no Estádio Luiz Augusto de Oliveira. No mesmo dia e local, mas um pouco mais cedo, às 16h, São Carlos e São Raimundo abrem a primeira rodada do grupo.

De acordo com o regulamento, apenas os dois primeiros de cada chave avançarão para a etapa seguinte, que será composta por rodadas mata-matas. A final será disputada na data do aniversário da cidade de São Paulo, no próximo dia 25, no Estádio do Pacaembu. O atual campeão do torneio é o Corinthians, que bateu o Batatais por 2 a 1, em 2017.

Menina raptada é encontrada em Catende

250852,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0

Pedro Augusto

A menina Flaviana da Silva Moreira, de três anos, que estava desaparecida desde a manhã do último domingo (24), quando, na ocasião, criminosos a levaram de casa no distrito de Cruzes, em Panelas, no Agreste do Estado, acabou sendo encontrada na noite da quarta-feira (27), em Catende, também na região. De acordo com as investigações da Polícia Civil, a criança foi deixada no Bairro Diamante por duas mulheres que alegam ser suas familiares. O mandante do rapto, que teria contado com o auxílio delas, seria um presidiário da Colônia Penal de Pesqueira, que alega ser o pai biológico de Flaviana.

Em coletiva na manhã da última quinta-feira (28), na sede da Secretaria de Defesa Social, no Recife, o secretário executivo da SDS, Humberto Freire, relembrou a dinâmica do crime. “A mãe da menina relatou que um vizinho, na companhia de dois homens, teria chegado ao imóvel dela e no momento em que esta última pegava copos com água, acabou tendo a sua filha levada. Os criminosos fugiram em um automóvel que foi localizado posteriormente em Garanhuns, no Agreste do Estado. Em paralelo ao recolhimento do veículo, na oportunidade, também detivemos dois suspeitos, sendo que um deles foi reconhecido imediatamente pela mãe.”

Em relação ao outro, de acordo ainda com o secretário, a polícia encontrava-se, até o fechamento desta matéria, investigando a sua participação no rapto. Quanto ao vizinho da menina, ele acabou tendo a prisão temporária decretada. “Através do nosso Sistema de Inteligência chegamos ao presidiário de Pesqueira que confirmou a participação no crime. Ele teria acionado as mulheres para que elas libertassem a criança, o que acabou acontecendo. Este suspeito alega ser o pai biológico da menina, mas isso só poderá ser confirmado após as conclusões dos laudos periciais. Quanto às mulheres, elas também afirmam que possuem parentesco com a menor, porém terão de passar por exames”, acrescentou Humberto.

Tão logo foi encontrada, Flaviana foi atendida na Policlínica de Catende, onde uma equipe médica confirmou à imprensa que exames teriam constatado que a criança havia sido vítima de abuso sexual. Informação esta que acabou sendo totalmente descartada pela Polícia Científica. “Já na madrugada da quinta, a menina foi levada para o IML de Petrolina, onde se submeteu a perícias traumatológicas e sexológicas. Não foi constatado nenhum sinal de violência tanto física como sexual, ou seja, ela não foi estuprada”, destacou a gerente geral da PC, Sandra Santos.

A menina já se encontra sob os cuidados da mãe com o auxílio do Conselho Tutelar de Panelas. “Ressaltamos que todos os suspeitos estão sendo ouvidos, ou seja, as investigações permanecem, e mais prisões podem ocorrer a qualquer momento. Não descartamos nenhuma hipótese de motivação, inclusive, a de briga familiar”, finalizou o secretário Humberto Freire.

Prefeitura de Belo Jardim forma 50 educadores em curso de Libras

DSC08770

A Prefeitura de Belo Jardim, através da Secretaria de Educação, promoveu, na noite da quarta-feira (27), a formatura do curso básico de Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), no Centro Comunitário Municipal Castelinho. O curso foi ofertado aos professores e cuidadores de crianças especiais da rede municipal de ensino e teve duração de 3 meses.

A solenidade contou com a presença dos concluintes do curso, dos professores e interpretes de Libras, Marcos Aurélio e Priscylla Alexandra, da equipe técnica da Secretaria de Educação, e dos secretários de Educação, Ricardo de Oliveira, e de Assistência Social, Luzinete Torres.

“É com muita alegria que estamos entregando os certificados de conclusão do curso a 50 profissionais da área educacional de Belo Jardim que atuam na rede municipal de ensino. Este momento evidencia o nosso compromisso em oferecer uma educação de qualidade e inclusiva”, disse o secretário de educação, Ricardo Oliveira.

/**/

Suspeitos de tráfico são presos em operação

Quadrilha Salgado (5)

Pedro Augusto

A Polícia Civil de Pernambuco apresentou o saldo do desdobramento da operação Natrium, na manhã da última quinta-feira (28), no auditório da Dinter 1, às margens da BR-104, em Caruaru. De acordo com o titular da 20ª Delegacia de Homicídios, Márcio Cruz, que está presidindo o inquérito referente à associação criminosa que vem sendo desarticulada pela operação, desta vez dois supostos integrantes foram presos em flagrante, bem como nove mandados de busca e apreensão acabaram sendo cumpridos – todos na cidade.

Além de José Douglas da Silva Oliveira e de Rodrigo Manoel de Lima, que foram recolhidos na manhã da quinta, mais três suspeitos já tinham sido presos no desenrolar da Natrium. Foram eles: Bartolomeu da Silva, Diego da Silva Oliveira e José Carlos dos Santos Silva, de idades não informadas. Após passarem por audiência de custódia, os três últimos acabaram sendo soltos, enquanto José Douglas pagou fiança e escapou de ser encaminhado para Penitenciária Juiz Plácido de Souza. Em contrapartida, Rodrigo Manoel iria passar também por audiência até o fechamento desta matéria.

De acordo com o delegado Márcio Cruz, a associação criminosa possui atuação no Bairro do Salgado e outras pessoas ainda podem ser presas. “Iniciamos as investigações referente a este grupo em março deste ano e, ao longo dos meses subsequentes, efetuamos as detenções do Diego, do Bartolomeu e do José Carlos. Já o José Douglas e o Rodrigo Manoel acabaram sendo presos em flagrante na data de hoje (quinta-feira, 28). Esta associação possui ligação com o tráfico de drogas e mais suspeitos ainda podem ser recolhidos”, informou.

Ainda na coletiva de imprensa, o titular da 20ª Delegacia de Homicídios, detalhou de que forma vem agindo a quadrilha. “Em grande parte, ela vem comercializando entorpecentes no sistema varejo. As investigações irão permanecer, haja vista que mais pessoas podem estar envolvidas. Chegamos até ela, após passarmos a apurar alguns crimes de morte que ocorreram neste ano no Salgado. Entretanto, ainda não podemos confirmar a autoria da associação nestes homicídios”, finalizou Márcio Cruz.

ARTIGO — Qual é a importância do propósito na relação entre empresas e colaboradores?

Por Indianara Ferreira

Por quase toda a história humana, empresas tiveram um único propósito: lucrar. Entretanto, de uns anos para cá isso se tornou mais uma consequência de um trabalho bem realizado, ou serviço bem prestado, do que efetivamente um propósito. As novas gerações de empreendedores passaram a compreender que o desenvolvimento e perpetuação de uma marca estavam intimamente ligados ao alinhamento ideológico que a mesma apresentava aos clientes, mercado e sociedade.

O propósito sofreu uma ressignificação, de objetivo tangível para ideologia intangível. Essa ideologia determina hoje quem se mantêm no mercado. O propósito pode ser a satisfação do cliente, a preocupação com o meio ambiente, ou qualquer outra finalidade desde que haja um impacto social, de importância no alinhamento comportamental e de repercussão para o público. Vivemos um desligamento do Eu para a preocupação com o coletivo.

Isso não ocorreu apenas com o empresário. Na verdade, começou como um movimento vindo pelo próprio funcionário, colaborador ou prestador de serviços. O público que buscava emprego, sendo mais jovem, cresceu alinhado a ideologias que dialogam com sua personalidade. Sobretudo a geração Y, se recusa a trabalhar para uma empresa que não respeite suas crenças particulares sobre a sociedade e seu modo de ver o mundo.

Com o tempo, eles foram se tornando funcionários exemplares, chefes e até empreendedores, mas sempre levando seus ideais como bandeira e objetivo primário para as empresas. Como uma marca se posiciona em relação a diversos assuntos, hoje em dia, tem mais peso do que seu produto em si. O propósito ganhou papel central, pois vivemos uma época de ideologias no centro da sociedade.

O impacto de melhora na produtividade de uma equipe é de 100% quando ela realiza uma atividade em que realmente acredita, que está de acordo com seu modo de ver o mundo. Isso os leva a superar metas estipuladas, não faltar e até trabalhar mais. Vivemos a geração do trabalho pelo prazer, pela vontade de realizar, e não só pela necessidade de sobreviver.

Muito disso vem das condições gerais do mundo. A fome, o saneamento básico, todas as necessidades primárias, são muito mais facilmente atendidas hoje na maioria dos países, e a informação transita livre e em alta velocidade. A ausência de preocupação exacerbada com o caráter prático, permite uma reflexão mais profunda da atuação do profissional como indivíduo no mercado de trabalho e na sociedade.

É possível ver como isso é impactante na retenção de talentos, por exemplo. O engajamento é altíssimo, levando o turn over para 2% a 3% ao ano. A empresa investe no profissional e o colaborador também investe na empresa pois ele confia que crescerá na carreira, já que acredita na companhia, nos ideias de sua fundação e linha de trabalho. Hoje já mal se fala em motivar, pois a motivação vem de alinhamento e comportamento que já são parte do funcionário. Ele não busca benefícios apenas, busca ser ele mesmo dentro da empresa.

Quem tem funcionários alinhados com seu propósito atende o lado comportamental. O técnico pode ser ensinado, o comportamento é quem determina o real comprometimento e resultado. Por séculos se buscou que funcionários “vestissem a camisa da empresa”, quando na verdade o necessário era transformar as empresas para que buscassem propósitos mais elevados, e encontrar uma equipe que já estivesse alinhada a esses ideais. Afinal, de camisa se troca toda hora.

É por isso que cada vez mais a vida pessoal e profissional se unem. Não é mais preciso ter ideais e comportamentos diferentes em casa e na empresa, e essa comodidade e tranquilidade combatem o estresse de uma vida tão corrida. Sempre se recomenda que se faça o que ama, porém é preciso se atentar à importância de estar onde se ama também, pois quando se está seguindo ideais que são iguais aos seus, o compromisso é consigo mesmo e não só com a empresa.