Desemprego caiu mais entre mulheres e no Nordeste

A taxa de desocupação entre as mulheres brasileiras teve uma queda mais acentuada em relação a dos homens, quando comparado o resultado do segundo trimestre de 2014 com o mesmo período do ano passado e com os primeiros três meses deste ano. Apesar disso, a taxa de desemprego feminina continua acima da masculina, com 8,2% contra 5,8%.

No primeiro trimestre deste ano, a taxa de desemprego entre os homens ficou em 5,9% e recuou 0,1 ponto percentual no segundo trimestre. Entre as mulheres, essa queda foi 0,5 ponto percentual, de 8,7% para 8,2%.

Se comparada ao segundo trimestre do ano passado, a taxa de desocupação entre as mulheres ficou 1,1 ponto percentual atrás dos 9,3% registrados, enquanto, para os homens, a redução foi 0,2 ponto percentual, de 6% para 5,8%.

A maior taxa de desocupação, entre as mulheres, é registrada na Região Nordeste: 10,4%. Na outra ponta está o Sul, com percentual de 5,1%. Em relação aos homens, a taxa mais baixa de desemprego também está no Sul (3,3%), e a mais alta, no Nordeste (7,7%).

Sem levar em consideração o sexo do pesquisado, a região com maior taxa de desocupação é o Nordeste, com 8,8%. Em seguida, aparecem o Norte, com 7,2%, o Sudeste, com 6,9%, o Centro-Oeste, com 5,6%, e o Sul, com 4,1%.

As maiores quedas em relação ao primeiro trimestre ocorreram nas regiões com as taxas mais altas. Norte e Nordeste tiveram redução de 0,5 ponto percentual. O mesmo ocorre na comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação a 2013, a desocupação caiu 1,1 ponto percentual no Norte e 1,2 ponto percentual no Nordeste.

A pesquisa produz informações contínuas sobre a inserção da população no mercado de trabalho e suas características, tais como idade, sexo e nível de instrução, permitindo, o estudo do desenvolvimento socioeconômico do país. A cada trimestre, a Pnad Contínua investiga 211.344 domicílios particulares permanentes em aproximadamente 16 mil setores censitários, distribuídos em aproximadamente 3,5 mil municípios.

Agência Brasil

Edjaílson critica ausência do Nação Cultural

Foto: Câmara Municipal

Foto: Câmara Municipal

Um dos poucos vereadores a discursar na sessão desta quinta-feira (6), da Câmara, Edjailson da Caruforró, do PtdoB, criticou a ausência do Nação Cultural em Caruaru. Promovido em vários municípios do Estado, o evento seria realizado neste mês na cidade, porém foi cancelado.

“Não sei o que aconteceu neste ano, mas vou procurar apurar para saber o real motivo. O Nação Cultural é um projeto grandioso, acontece em diversas cidades de Pernambuco e não pode ficar de fora daqui. Inclusive, no ano passado, recordo-me muito bem das várias atividades promovidas no município. Lamentável!”.

 

/**/

ASA Indústria e Comércio moderniza embalagens de produtos

Proprietária de algumas das marcas mais conhecidas do mercado, a ASA Indústria e Comércio Ltda. está modernizando as embalagens de vários produtos. Entre as novidades, estão as novas embalagens de bolos, das caixas de fraudas e de sucos. Segundo o departamento de marketing da empresa, além de atender novas demandas, o objetivo é atualizar a marca, de acordo com as tendências de mercado e de consumo.

O gerente de marketing da ASA, Wagner Mendes, explica  que a linha de embalagens de sucos prontos Palmeiron foi redesenhada e ficou mais orgânica, além de enfatizar o fato de ser realmente suco pronto, com alto brix de frutas. Além disso, elas ganharam mais praticidade e agora contam com tapinhas de roscas, fáceis de abrir.

Também foram acrescentadas caixas com três pacotes ao portfólio das fraldas Baby & Baby, levando mais praticidade para as mães e criando o benefício da embalagem reaproveitável, utilizada para guardar brinquedos e acessórios.  Os deliciosos bolos da marca, em dez sabores, também tiveram as embalagens atualizadas e ficaram um pouco mais altas. Além disso, foi feita uma parceria com o Chef Douglas Vanderley, que assina dicas de culinária no verso das embalagens.

“Nosso objetivo é de sempre utilizar a embalagem como um item de mídia espontânea, porque ao levar nosso produto o consumidor está circulando com nossa marca e a divulgando também” diz Wagner Mendes.  Para ele, a principal característica dos produtos da ASA é a qualidade.

“Investimos primeiramente em um posicionamento de entrega de qualidade para o consumidor. Essa é a primeira percepção que queremos que o consumidor tenha na prática”, acrescenta o gerente de marketing. Na opinião de Wagner Mendes, isso faz com que o produto seja desejado e admirado. Entre as marcas mais conhecidas da ASA estão a Bem-Te-Vi, Palmeiron e Vitamilho, que sempre são destaques nas pesquisas que levantam as mais lembradas pelos consumidores.

Para levar o melhor produto para os consumidores, tudo é feito com muito planejamento. “Usamos todo um conjunto de atividades de processos para levar à casa dos consumidores o melhor produto. Desde a ida ao campo para escolher a melhor matéria prima até o momento de o consumidor colocar o produto no seu carrinho de compras”, pontua Wagner Mendes. Os investimentos vão desde a capacitação dos produtores rurais à qualificação de profissionais para realizarem o melhor processo produtivo, além de investimos em equipamentos e em comunicação.

A ASA Indústria e Comércio Ltda. é uma empresa pernambucana com atuação há 18 anos no estado e conta com 1500 funcionários, sendo uma das principais empresas do Brasil.  São quatro fábricas, localizadas em Pernambuco e na Paraíba, responsáveis pela produção de cerca de 250 itens nos segmentos de alimento, bebida, higiene e limpeza.

Procon Caruaru realiza mutirão para os superendividados

Muitas pessoas fazem compras em cartão de crédito, empréstimos e na hora de efetuar o pagamento não encontram uma solução para sair das dívidas acumuladas. Pensando nisso, o Procon Caruaru irá realizar nos dias 10, 11 e 12 um mutirão para os superendividados. Os atendimentos só são válidos para quem deseja fazer acordo com cartão de crédito ou empréstimo bancário.

O atendimento será realizado das 7h às 13h. O procedimento é realizado com o preenchimento de uma ficha, que será enviado ao banco e após 10 dias sairá o resultado. Quem desejar participar da negociação deve comparecer ao Procon Caruaru, localizado na Av. Rio Branco, nº 315. Quem desejar outras informações, entrar em contato pelo telefone 3727-1054.

North Shopping realiza campanha natalina

O North Shopping Caruaru deu início a sua campanha de Natal, intitulada ‘Natal Quebra-Nozes North Shopping Caruaru’. Este ano, o centro de compras tem como premiação um BMW X1 0 Km.

A cada R$ 300,00 em compras realizadas nas lojas do shopping, o cliente pode trocar as notas fiscais por um cupom para concorrer à premiação. “Uma excelente oportunidade para agregar valor às tradicionais compras de final de ano que serão realizadas no mall”, afirma o gerente de Marketing, Wallace Carvalho.

A troca dos cupons deve ser feita no quiosque da promoção, no período de 1º de novembro de 2014 a 31 de janeiro de 2015. O horário de funcionamento do mesmo é de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 10h às 21h. O grande vencedor será conhecido através do sorteio que será realizado no dia 1° de fevereiro de 2015.

Segurança das feiras de fim de ano será tema de novo encontro

Nesta sexta, 07, será realizado mais um encontro com o intuito de discutir a segurança das Feiras da Sulanca que serão realizadas até o fim do ano. Desta vez, estarão reunidos apenas a Diretoria de Feiras e Mercados e a Polícia Militar. A reunião começará às 10h, na própria diretoria, que funciona próximo à Feira de Ervas, no Parque 18 de Maio.

“Na última reunião, traçamos algumas estratégias. Agora, vamos avaliar o que deu certo e errado na feira realizada na segunda, 03. O objetivo é errar o mínimo possível. A segurança de nossos compradores e sulanqueiros é o nosso objetivo”, pontuou o diretor de Feiras e Mercados, Felipe Augusto.

O diretor aproveitou a oportunidade para informar que também serão realizadas reuniões com os outros órgãos de segurança envolvidos direta e indiretamente com funcionamento pleno da Sulanca.  

Bagaggio investe R$ 600 mil na abertura de duas unidades em Pernambuco

Foto_loja_ShoppingRecife2

Com apenas um ano no mercado pernambucano, a Bagaggio expande sua atuação no Estado com a abertura de duas novas lojas, ainda este ano, resultando no investimento médio de R$ 600 mil. A marca carioca, presente nos shoppings Recife, Guararapes e RioMar, chega ao Agreste do Estado para aquecer o mercado local de malas e acessórios de viagem. A loja foi inaugurada no mês de outubro no Shopping Difusora, em Caruaru. Ao todo, serão 70m² de ambiente aconchegante, onde o público encontrará aproximadamente três mil opções variadas de malas, pastas, mochilas e bolsas, além de artigos infantis.

A outra unidade está prevista para abrir no mês de novembro no Shopping Tacaruna, em Olinda. Na loja serão investidos cerca de R$ 400 mil, em um espaço de 111m². Com o mesmo perfil da unidade de Caruaru, a loja de Olinda também terá três mil opções de artigos, além de um cantinho de bem-estar para os clientes.

De acordo com a empresária, Eliziane Guerra, o número de pessoas que viajam para dentro e fora do país tem aumentando nos últimos anos e, consequentemente, crescido a demanda no setor. “Observamos um crescimento médio de 25% no último semestre”, comenta, revelando que a marca está presente em todas as regiões do país. “Nosso objetivo é ampliar, ainda mais, para os lugares onde há deficiência no setor de malas e acessórios de viagem”, acrescenta Thiago Simas outro sócio da empresa.

Para os empresários, a maior dificuldade de ampliar a marca em Pernambuco é encontrar mão de obra qualificada. “Precisamos de mais cursos profissionalizates no setor de verejo. A seleção para contrarar é algo que requer tempo e paciência”, comentam.

Acta passa a funcionar em Caruaru

André Alexei é um dos proprietários da empresa Foto: Divulgação

André Alexei é um dos proprietários da empresa Foto: Divulgação

Passou a operar desde o dia 28, em Caruaru, a Acta Consultoria Organizacional. Composta por profissionais experientes, oriundos de secretarias da Prefeitura de Caruaru, a empresa é especializada em serviços voltados para a gestão financeira. De acordo com um dos proprietários, o economista André Alexei, a Acta tem como principal objetivo “maximizar os resultados das organizações públicas e privadas oferecendo soluções inovadoras e eficientes, fundamentados na ética, na excelência e no compromisso com o cliente”.

Dentre os serviços oferecidos pela empresa estão: análise diagnóstico; auditoria contábil, financeira e de processos, desenvolvimento de programas de redução de custos, planejamento orçamentário, reestruturação administrativa, planejamento fiscal, recuperação de créditos tributários e previdenciários, planejamento estratégico, desenvolvimento de sistemas de informação; formulação e implementação de modelo de gestão.

Em paralelo a abertura da Acta, que fica localizada na rua Gouveia de Barros, nº2, no bairro Maurício de Nassau, também já está operando em Caruaru o Escritório Contábil Rodrigues Oliveira. Este último é especializado em resolução de demandas voltadas para o segmento imobiliário.

TSE nega pedido do PSDB para criar comissão a fim de auditar eleições

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou hoje (4)  pedido do PSDB para a criação de uma comissão a fim de auditar o resultado das eleições presidenciais. O tribunal, no entanto, autorizou o partido a ter acesso aos arquivos eletrônicos e demais documentos referentes à totalização dos votos. O plenário seguiu o voto do presidente do TSE, Dias Toffoli.  Ele ressaltou que todos os procedimentos deferidos constam em resoluções da corte que tratam da transparência do processo eleitoral e estavam disponíveis antes da eleição.

Em seu voto, Toffoli disse que o partido não apresentou indícios de fraude e limitou-se a relatar a descrença de algumas pessoas no resultado da votação. Apesar de autorizar os procedimentos, o presidente garantiu a transparência das eleições e ressaltou que o desenvolvimento dos programas usados na apuração das urnas esteve a disposição, desde abril, de todos os partidos políticos, do Ministério Público Eleitoral (MPE) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), desde o momento em que começaram a ser elaborados. Sobre a criação de uma comissão para auditar os resultados, o presidente rejeitou o pedido, formulado por um delegado do partido, pessoa sem legitimidade perante o TSE.

Apesar da unanimidade formada no plenário, o ministro Gilmar Mendes defendeu que a Justiça Eleitoral acabe com suspeitas de fraude no resultado nas eleições, mesmo que sejam descabidas e levantadas por meio das redes sociais. Segundo o ministro, o pedido do PSDB contribui para a pacificação do assunto.

Durante o julgamento, Mendes disse que a insegurança também é provocada por declarações de autoridades públicas. O ministro citou uma frase dita pela presidenta Dilma Rousseff, em 2013, um ano antes do período eleitoral.  “Eu não cometo nenhuma imprecisão ao lembrar a declaração da presidenta Dilma que diz ‘a gente faz o diabo quando é hora de eleição’. A gente pode entender essa expressão de várias formas. Mas, fazer o diabo tem uma carga figurativa muito grande. Será que fazer o diabo significa que é capaz até de fraudar a eleição? Vejam a responsabilidade de pessoas que ficam a falar bobagem, inclusive em campanha eleitoral. Veja o peso que isso tem no imaginário das pessoas. O que significa fazer o diabo na eleição? “, disse Gilmar.

A frase da presidenta foi dita em março de 2013, em João Pessoa (PB), durante a entrega de casas e retroescavadeiras a municípios da Paraíba. Na ocasião, Dilma disse que os recursos do governo federal são liberados de acordo com a necessidade da população e não por critérios políticos.  “Nós podemos disputar eleição, nós podemos brigar na eleição, nós podemos fazer o diabo quando é hora da eleição. Agora, quando a gente está no exercício do mandato, nós temos de nos respeitar, porque fomos eleitos pelo voto direto do povo brasileiro. O governo não tem nenhuma justificativa para perseguir que não é do esmo partido dele. “

No pedido de auditoria, protocolado na semana passada, o PSDB  diz ter “absoluta confiança” de que o tribunal garantiu a segurança do pleito, mas pretende tranquilizar eleitores que levantaram, por meio das redes sociais, dúvidas em relação à lisura da apuração dos votos. O partido solicitou que o TSE crie uma comissão formada por integrantes dos partidos políticos para fiscalizar todo o processo eleitoral, desde a captação até a totalização dos votos.

Pagamento do décimo terceiro cresce 10,1% e deve injetar R$ 158 bi na economia

O valor relativo ao 13º salário a ser pago este ano pelas empresas públicas e privadas alcançará R$ 158 bilhões, montante superior em 10,1% aos R$ 143 bilhões do ano passado. A soma inclui antecipações ao longo do ano e beneficiará aproximadamente 84,7 milhões de trabalhadores, 2,9% acima do registrado em 2013. O acréscimo médio aos ganhos de cada trabalhadores, aposentado ou pensionista é de R$ 1.774 mil.

O cálculo é do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A base é a coleta de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Também contribuíram o Ministério da Previdência e Assistência Social (MPAS) e a Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Conforme o Dieese, para projeção do montante, equivalente a 3% do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma das riquezas geradas no país, foram usados valores recebidos pelos beneficiários do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), aposentados e pensionistas pelo regime próprio da União, dos estados e, pela primeira vez, dos municípios.

Além disso, no caso dos assalariados, as correções tiveram como base a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor( INPC). Na conta, não entram ganhos do mercado informal e autônomos.

Na justificativa técnica, o Dieese observa que o impacto total na economia é diluído por causa dos pagamentos antecipados. Salienta que “a maior parte do valor referente ao 13º é paga no fim do ano”. Mais de um terço dos beneficários do 13º salário (32,7 milhões) são aposentados ou pensionistas. Eles recebem 29,3% do total pago (R$ 46,2 bilhões).

Aposentados e pensionistas da União recebem 4,8% (7,6 bilhões). Nos estados e municípios, o valor atinge, respectivamente, R$ 6,1 bilhões (4,8%) e R$ 1,34 bilhão (0,8%). Já os empregos formais alcançam 52 milhões de pessoas (61,4%), movimentando R$ 111,4 bilhões.

De acordo com o Dieese, 2,39 milhões de pessoas receberão o adicional por conta de aposentadoria ou pensão deste ano, do ingresso no mercado de trabalho ou ainda da formalização do emprego.