10 hábitos de sucesso para estudar para o ENEM a partir de agora

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2018) acontecerá nos dias 4 e 11 de novembro, mas as inscrições começam agora – entre os dias 7 e 18 de maio. Para quem deseja tentar uma vaga nas principais universidades públicas e privadas do País, chegou a hora de intensificar a rotina de estudos e começar a se preparar para os dois dias de prova, com planejamento e calma. Os professores do maior portal de ensino a distância com foco no ENEM, o ProEnem, separaram 10 dicas para ajudar os estudantes a aproveitar melhor as horas de estudo.

Organização – O primeiro passo começa antes mesmo de você abrir o caderno: organizar-se. Separe um ambiente tranquilo para estudar em casa ou peça ajuda à família na hora do estudo. Vale a pena pedir mais silêncio ou mesmo reservar um cômodo só para você durante o período de concentração – as interrupções diminuem o tempo de estudo e prejudicam a memorização do conteúdo. Além disso, abrem espaço para um grande inimigo dos estudantes: a procrastinação.

Cursos Online – Uma das principais ferramentas de estudo de quem estuda em casa são os cursos preparatórios online. Além da praticidade de acompanhar as aulas em qualquer horário e das apostilas com conteúdo atualizado e específico para o ENEM, as plataformas de ensino online são mais acessíveis, e os resultados, assim como nos cursos presenciais, dependem principalmente do empenho dos estudantes. No entanto, é importante pesquisar antes de contratar o serviço; é preciso conhecer os reais resultados de aprovação de cada um e não se basear apenas na publicidade que todos fazem.

Leia os comentários – Assim como você, vários outros estudantes buscam os cursos online e eles serão como os seus colegas de classe, portanto escute o que eles têm a dizer. Vale a pena ler os comentários dos vídeos publicados, para não perder tempo com apresentações que nada vão acrescentar na sua rotina de estudos ou mesmo para acompanhar dicas ou reflexões dos outros estudantes que poderão ajudá-lo a se preparar para a prova.

Aula chata – Se o conteúdo é bom, mas a aula é chata, avalie se terá motivação para passar o ano aprendendo daquela maneira ou se é melhor buscar algo mais dinâmico. A preparação para a prova é um processo estressante e exige que o estudante se aplique. Por isso, o mais importante é encontrar o seu método de estudo – que o manterá motivado a estudar até o dia da prova. O segredo é a consistência.

Animação demais – Se a aula é muito animada, mas você não entende o conteúdo, é melhor buscar outra metodologia, por mais divertido que o professor seja. Essa é uma armadilha comum nos cursinhos preparatórios – aulas-show, mas sem didática. A motivação para continuar estudando está em aprender e melhorar o desempenho na prova, mantendo o foco nos resultados.

Escolha um – Hoje há uma grande oferta de videoaulas no YouTube, por isso vale a pena acompanhar o conteúdo de diversos canais para complementar a formação. No entanto, é importante escolher e assinar um dos cursos preparatórios disponíveis para ter acesso a todas as matérias e ao material pedagógico. As aulas gratuitas são importantes para revisar o conteúdo ou buscar uma nova opinião sobre o mesmo tema, mas não são a base da rotina de estudos. O ProEnem oferece aulas gratuitas em seu site www.proenem.com.br.

Não estude – A atenção é um recurso esgotável. Assim como um músculo, a nossa concentração, após um longo período de utilização, fica fatigada. Por isso, é importante criar uma rotina de estudos que leve em conta um tempo de lazer. É nesses momentos de relaxamento que o cérebro organiza aquilo que aprendeu e fixa o conteúdo na memória.

Anote – Com a facilidade de assistir às aulas pelo computador, muitos estudantes apenas acompanham a matéria sem fazer anotações ou apenas com prints da tela. A aula não é um filme, por isso é importante comprar um caderno e anotar o conteúdo – assim como nas escolas presenciais. Lembrando que: A redação é parte importante da prova e, quanto mais se escreve, melhor se tornar a sua técnica de escrita.

Faça amigos – Busque conhecer outros estudantes que têm o mesmo objetivo, seja para trocar informações ou mesmo combinar para revisar o conteúdo juntos. Afaste-se momentaneamente de amigos que não estão com o mesmo interesse.

Pratique – Na internet, é fácil encontrar provas e gabaritos antigos, portanto refaça-os. Coloque em prática o conteúdo aprendido, faça exercícios e simulados. Essa é uma maneira de acompanhar o seu desempenho e observar onde é necessário reforço. Uma dica: Não se assuste com os resultados e nem desanime; leve os simulados como uma oportunidade para ajustar o estudo antes do grande dia.

Secretaria de Educação realiza a III Conferência Estadual Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente

De 7 a 9 de maio, a Secretaria Estadual de Educação, por meio da Gerência de Educação Inclusiva e Direitos Humanos (GEIDH), realiza a III Conferência Estadual Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente (CEIJMA), no Orange Praia Hotel, na Ilha de Itamaracá. O evento, que traz o tema Cuidar de Pernambuco cuidando das Águas, é a etapa estadual da V Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA), do Ministério da Educação (MEC).

Ao todo, 420 escolas públicas e privadas dos anos finais do ensino fundamental de Pernambuco inscreveram seus projetos na CNIJMA. Desse total, 57 foram selecionados para participar da etapa estadual. Na III CEIJMA, eles apresentarão seus trabalhos, onde serão avaliados por uma comissão avaliadora composta pelos estudantes delegados e, ao final do evento, apenas 17 seguirão para a etapa nacional da Conferência, que acontece de 15 a 19 de junho, em Brasília. Neste período, escolas do Brasil inteiro vão apresentar seus projetos e elaborar um documento em que se comprometem a manter as políticas de preservação do meio ambiente.

A programação da III Conferência Estadual Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente (CEIJMA) também contará com a presença de autoridades do Estado e do MEC, além de apresentações culturais e palestras.

Confira a programação:

Dia 07 de maio, às 20h – Apresentações de trabalhos

Dia 08 de maio, às 8h – Abertura oficial, com apresentação cultural e falas de autoridades da Secretaria de Educação do Estado e do Ministério de Educação.

Para Professores:

10h – Palestra com mesa redonda com o tema Uso Sustentável da Água e Contribuição da educação Ambiental.

14h – Palestra sobre a Construção da Política Estadual de Educação Ambiental em Pernambuco;

Elaboração de uma carta de Intenção pelos professores.

Para os Estudantes:

10h – Apresentação dos projetos junto com o Coletivo Jovem.

Dia 9 de maio, às 8h – Culminância – Apresentação dos projetos dos estudantes selecionados para representar Pernambuco na V CNIJMA .

SERVIÇO:

III Conferência Estadual Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente (CEIJMA)
De 7 a 9 de maio, no Orange Praia Hotel, na Ilha de Itamaracá
Mais informações: (81) 3183-9300

Colaboração entre hospitais da Rede Ebserh possibilita avanços em diagnóstico e tratamento renal

Um diagnóstico preciso é fundamental para o sucesso e a eficácia de qualquer tratamento, e, na busca por alternativas viáveis para ampliar a oferta do serviço de nefrologia, o Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) estabeleceu importante parceria com o Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA). Ambos os HUs são filiais da Rede Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), que administra 40 hospitais universitários federais.

No caso específico da nefrologia, a cooperação entre os dois hospitais se consolida por meio da realização de biópsias renais, possibilitando diagnósticos precisos. As amostras coletadas em pacientes do HU-UFGD são enviadas ao HU-UFMA, que realiza os exames e retorna os laudos com o diagnóstico em tempo hábil para o início do tratamento adequado.

“O trabalho em rede é uma possibilidade que beneficia todos os parceiros, na medida em que possibilita agilidade e praticidade, mas também a expansão dos serviços de assistência e a aplicação das pesquisas desenvolvidas no âmbito dos hospitais universitários”, comentou o superintendente do Hu-UFGD, Ricardo do Carmo Filho.

O médico Diego do Amaral Polido, chefe da Unidade do Sistema Urinário do HU-UFGD, conta como se deu o início da cooperação com o HU-UFMA e comenta os benefícios dessa metodologia de trabalho: “O patologista renal Gyl Eanes Barros Silva, que é vinculado ao hospital do Maranhão, está montando lá um dos mais modernos serviços de patologia renal da américa Latina e está oferecendo a realização de leitura em biópsia renal para toda a Rede Ebserh. Com isso, temos a possibilidade do diagnóstico preciso em torno de dez dias, o que diminui o tempo de internação do paciente e favorece o início de um tratamento eficaz num prazo bem menor”.

Ainda de acordo com o médico, antes dessa cooperação, o prazo para realização dos exames era superior 30 dias, e envolvia também o custo e o risco do envio das amostras ou da transferência do próprio paciente para um hospital em Campo Grande. A alternativa era, ainda, tratar empiricamente, sem confirmação do diagnóstico.

“Nesses casos, nem sempre o medicamento era o mais adequado, por exemplo, visto que, em muitas doenças, as manifestações e os sintomas se confundem. Por isso, nem sempre o diagnóstico correto é possível sem a biópsia. Outro fator importante é a diminuição do tempo de internação, já que muitas vezes o paciente permanecia internado, aguardando vaga para transferência para Campo Grande, o que aumentava custos operacionais ao HU-UFGD, bem como potencializava os riscos de uma infecção hospitalar para o paciente”, comenta Diego.

A partir dessa metodologia de cooperação, com a expansão do trabalho em rede, a perspectiva para o HU-UFGD é de aumento da capacidade de atendimento. “Não só aumenta a capacidade, como possibilita o completo atendimento no serviço de nefrologia ambulatorial no HU-UFGD, permitindo almejar projetos maiores, como a realização de transplante renal, para o que é imprescindível a biópsia renal”, finaliza o médico.

Dia do Trabalhador será comemorado no Sesc Ler Belo Jardim neste domingo (6/5)

Sesc Lazer Belo Jardim

Em comemoração ao Dia do Trabalhador, celebrado em 1º de maio, o Sesc Ler Belo Jardim preparou uma programação especial para o Sesc Lazer deste domingo (6/5).A Unidade irá promover diversas atividades, como recreação esportiva e banho de piscina. Os momentos acontecem nas áreas de lazer, das 10h às 16h. O preço do ingresso é R$ 8, mas comerciários e dependentes pagam apenas R$ 4.

No local, o público poderá aproveitar o dia ao som de Adriano Guiller e banda. Além disso, será realizado um bingo com todos os que estiverem participando das atividades. Também haverá torneio de futsal e dominó entre as equipes do Sesc Ler Belo Jardim, Cemarc, Motorac, Mundo da Criança, Upa Especialidades e RR Calçados. Na unidade, serão vendidos almoços, petiscos e lanches para o público.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 19 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Serviço – Sesc Lazer

Data: 6 maio de 2018

Local: áreas de lazer do Sesc Ler Surubim – Rua Pedro Leite Cavalcante, s/n, Cohab II

Horário: 10h às 16h

Ingresso: R$ 4 (comerciário e dependentes) / R$ 8 (público em geral)

Informações: (81) 3726-1576

UNINABUCO sediará 1º Encontro de Comunidades de TI

A UNININABUCO – Centro Universitário Joaquim Nabuco, no Recife, sediará o 1º Encontro de Comunidades de TI, neste sábado (05), das 10h às 16h, no Auditório da Instituição de Ensino Superior (IES). O evento, que é gratuito e aberto ao público, tem como objetivo promover a troca de conhecimentos entre membros, auxiliar curiosos, estudantes, recém-formados e até profissionais sobre os mais diversos assuntos da área de Tecnologia da Informação (TI).

Na ocasião, serão realizados cinco palestras e dois workshops que abordarão temas como “Simplesmente Docker”, “Mineração de dados: Twitter, big data, suas possibilidades e consequências”, “Drones criando oportunidades de negócios e trazendo ainda mais lazer às pessoas”, “Entendimento do negócio no time”, e muitos outros. Entre os organizadores do evento está o estudante do 6º período do curso de Sistemas de Informação da UNINABUCO Recife, Matheus Lubarino.

De acordo com o coordenador de Sistemas de Informação da Instituição, Arlindo Correia, receber um evento dessa natureza é extremamente importante para ajudar a desenvolver o cenário da TI na cidade. “Recife possui diversos grupos focados em áreas distintas, porém, não existia até o momento um evento que pudesse unificar a troca de conhecimento. Por mais que uma IES como a UNINABUCO tenha ótimos meios de mostrar como os futuros profissionais poderão atuar, o contato com líderes de comunidades e profissionais extremamente qualificados em suas respectivas áreas, fortalece ainda mais a segurança aos estudantes, e ajuda a guiar nesse campo de atuação tão amplo que é esta área”, detalha.

A atividade é uma realização da comunidade PHP Pernambuco, em parceria com a UNINABUCO, Idealizza, Umbler, GeekNight, Manguez.AL, Women Who Code Recife, ChatBotPE, AVATECH, PUG-PE, FEMUG e Casa do Código. Inscrições e outras informações a respeito do evento podem ser obtidas por meio do link: http://sereduc.com/jZNUue.

SERVIÇO
1º Encontro de Comunidades de TI
Data/Hora: Sábado, 05 de maio / Das 10h às 16h
Local: Auditório da UNINABUCO Recife | Avenida Guararapes, 233, Santo Antônio
Informações e inscrições: http://sereduc.com/jZNUue

54% dos brasileiros acham difícil contratar empréstimos e financiamentos, revela indicador do SPC Brasil e CNDL

O Indicador de Uso do Crédito apurado pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) revela que 54% dos consumidores brasileiros consideram difícil contratar empréstimos ou linhas de financiamento para fins pessoais. Entre os indivíduos das classes C, D e E essa percepção é ainda maior e atinge 59% dos entrevistados. Já entre as classes A e B, o percentual é de 36%. De acordo com a sondagem, apenas 11% dos consumidores avaliam o processo como fácil.

Retrato de um cenário restritivo por parte das instituições financeiras e do comércio em geral, é que 17% dos brasileiros tiveram crédito negado ao tentarem fazer uma compra parcelada no último mês de março, sendo o principal motivo a existência de apontamentos de inadimplência em seu nome, com 8% de menções. Há ainda casos em que a falta de comprovação de renda ou renda insuficiente (5%) inviabilizou a concessão de crédito.

Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, com a inadimplência em patamar elevado e desemprego, os bancos e financeiras têm restringido o crédito no mercado, o que dificulta a contratação por parte do consumidor. Mas as concessões já começam a reagir em meio a retomada da economia, depois de um período prolongado de escassez de crédito ocasionado pela crise. “Na década anterior, o crédito foi o motor da economia. Porém, nos últimos anos, a inadimplência avançou bastante em razão das dificuldades impostas pela crise. Somente agora, as concessões começam a esboçar alguma reação. Ainda estamos longe do cenário pré-crise, mas a tendência é de melhora, principalmente porque a redução da Selic deve contribuir, em alguma medida, para destravar o crédito”, afirma a economista.

46% dos brasileiros tomaram crédito em março. Cartão é o mais usado

De acordo com o indicador, na passagem de fevereiro para março, cresceu de 41% para 46%, o percentual de consumidores brasileiros que utilizaram alguma modalidade de crédito. Os que não recorreram a recursos emprestados somam 54% da amostra. O aumento desse número fez com que a escala do Indicador de Uso do Crédito também apresentasse um crescimento de 3,5 pontos, passando de 26,2 em fevereiro para 29,7 pontos em março, embora ainda permaneça em baixo patamar. Pela metodologia do indicador, que varia de zero a 100, quanto maior o número, maior a utilização de crédito.

Os cartões de crédito (40%) foram o instrumento de crédito mais usado em março pelos brasileiros. Bastante à frente do segundo colocado, que é o crediário ou cartão de loja, com apenas 10% de menções. O cheque especial foi citado por 6% da amostra e o empréstimo por 6%. Há ainda, 4% de consumidores que buscaram financiamentos. “A facilidade, a comodidade e a popularidade do cartão explicam o fato dele ser a modalidade mais citada. O cartão de crédito é hoje um meio de pagamento usualmente aceito em diversos estabelecimentos, até mesmo entre os informais e, a tendência é que se consolide cada vez mais como a principal forma de pagamento dos brasileiros”, afirma o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior.

26% dos usuários de cartão de crédito entraram no rotativo em março; valor médio da fatura supera os R$ 950

Entre os brasileiros que se utilizaram do cartão de crédito (40%) em março, a minoria (26%) conseguiu diminuir o valor da fatura. Para 36% ela se manteve em patamar estável na comparação com o mês anterior, ao passo que 33% observaram aumento no valor utilizado. O valor médio da fatura paga em março reportado pelos entrevistados foi de R$ 955.

O levantamento ainda revela que nem todos os usuários de cartão conseguiram pagar a fatura integral. No total, 26% acabaram entrando no rotativo, sendo que 15% pagaram um valor entre o mínimo e o total e 3% pagaram somente o mínimo. Outros 1% pagaram apenas um valor abaixo do mínimo estipulado. Questionados pelo SPC Brasil, 7% ainda não haviam realizado o pagamento no período da sondagem. Os que pagaram a fatura integral somam 71% da amostra.

As compras de supermercados lideraram entre os itens mais adquiridos via cartão de crédito, com 62% de menções – o que comprova que o cartão ganha popularidade mesmo entre compras corriqueiras e de baixo valor. Em seguida surgem os gastos com remédios e farmácia (48%), roupas, calçados e acessórios (38%), combustível (35%) e gastos com bares e restaurantes (31%).

46% dos consumidores admitem viver no limite do orçamento

Sobre a própria situação financeira, a maior parte dos brasileiros disse viver no ‘zero a zero’, ou seja, não devem, mas também não possuem sobras de dinheiro no orçamento. Essa é a realidade para 46% dos entrevistados. Em situação ainda mais complicada estão 32% dos consumidores, que disseram estar com as contas ‘no vermelho’ e sem condições de honrar compromissos assumidos. Apenas 15% garantem ter sobras no orçamento, sendo que 13 % pretendiam poupar e 2% pretendiam gastar.

Questionados sobre os motivos da dificuldade financeira, 48% dos que estão no vermelho disseram que os itens de consumo estão muito caros e corroem parte da renda, ao passo que 24% tiveram queda nos rendimentos. Outros 24% alegam perda do emprego e 14% reconhecem descontrole dos gastos.

Metodologia

O Indicador abrange 12 capitais das cinco regiões brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Salvador, Fortaleza, Brasília, Goiânia, Manaus e Belém. Juntas, essas cidades somam aproximadamente 80% da população residente nas capitais. A amostra, de 800 casos, foi composta por pessoas com idade superior ou igual a 18 anos, de ambos os sexos e de todas as classes sociais. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais. Baixe a íntegra do indicador em https://www.spcbrasil.org.br/imprensa/indices-economicos

/**/

Analistas-Tributários realizam greve nacional de 8 a 10 de maio pelo cumprimento do acordo salarial da categoria

Dos dias 8 a 10 de maio, cerca de 7 mil Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) paralisarão suas atividades em todo o país, em greve nacional pelo cumprimento integral do acordo salarial da categoria, assinado há mais de dois anos. O movimento dos servidores do cargo exige que o governo federal regulamente, por meio de decreto do Poder Executivo, o Bônus de Eficiência e Produtividade da Carreira Tributária e Aduaneira. A gratificação foi aprovada em lei no ano passado e é um importante instrumento amparado no cumprimento de metas de eficiência institucional da Receita Federal.

O presidente do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), Geraldo Seixas, esclarece que as premissas da gratificação já foram amplamente discutidas pelos ministérios envolvidos na negociação salarial, pelo Fisco e pelo Congresso Nacional. Mesmo após todo o debate sobre o tema, destaca o líder sindical, a Casa Civil analisa, há mais de um mês, os termos do decreto para regulamentação do Bônus de Eficiência. “Aguardamos a edição do decreto que regulamentará o Bônus de Eficiência desde o dia 11 de julho de 2017, quando foi sancionada a Lei nº 13.464, que reestruturou a remuneração dos servidores da Carreira Tributária e Aduaneira e criou a gratificação. A Casa Civil analisa, há mais de um mês, os termos do decreto. A morosidade em todo este processo demonstra não apenas um enorme desrespeito para com os servidores do Fisco, mas, também, o descaso do governo para com a Receita Federal, órgão responsável pela Administração Tributária e Aduaneira do País”, avalia Geraldo Seixas.

A postura do governo federal, segundo Seixas, não deixou outra opção para os Analistas-Tributários, senão a realização de greves até o cumprimento integral do acordo salarial da categoria. Neste ano, servidores do cargo têm realizado greves semanais desde o mês de março, como forma de protesto contra a inexplicável demora para a regulamentação do Bônus de Eficiência. “Desconhecemos as razões pelas quais o decreto ainda não foi editado. Este longo processo precisa ser findado urgentemente, para que a Receita Federal possa voltar à normalidade. No entanto, o governo federal não nos deu alternativas e nós decidimos acirrar o movimento de greve dos Analistas-Tributários e seguiremos firmes até que este processo seja encerrado”, afirma o presidente do Sindireceita.

Geraldo Seixas destaca ainda que, além do cumprimento do acordo salarial, os servidores também protestam contra ações que podem inviabilizar o funcionamento da Receita Federal do Brasil, entre elas a falta de definição em relação às progressões/promoções dos Analistas-Tributários; a Portaria nº 310/2018, que determina a mudança no regime de plantão dos ATRFBs; e a morosidade do pagamento de adicionais noturno/insalubridade/periculosidade. “A Receita Federal, a partir das suas atividades essenciais e exclusivas de Estado, é um órgão fundamental para o desenvolvimento do Brasil e para o enfrentamento à atual crise que abala o nosso país. Essas medidas podem ter como consequência a inviabilização do funcionamento da Receita Federal, prejudicando não apenas os servidores do órgão, mas toda a sociedade brasileira”, alerta o líder sindical.

Nos dias 8, 9 e 10 de maio, diversos serviços e atividades ficarão suspensos nas unidades da Receita Federal em todo o Brasil, entre eles: atendimento aos contribuintes; emissão de certidões negativas e de regularidade; restituição e compensação; inscrições e alterações cadastrais; regularização de débitos e pendências; orientação aos contribuintes; parcelamento de débitos; revisões de declarações; análise de processos de cobrança; atendimentos a demandas e respostas a ofícios de outros órgãos, entre outras atividades. Já nas unidades aduaneiras, os Analistas-Tributários não atuarão na Zona Primária (portos, aeroportos e postos de fronteira), nos serviços das alfândegas e inspetorias, como despachos de exportação, verificação de mercadorias, trânsito aduaneiro, embarque de suprimentos, operações especiais de vigilância e repressão, verificação física de bagagens, entre outros. “Seguiremos firmes e unidos em defesa dos nossos direitos. A nossa greve é um instrumento de luta legítimo, que não prejudicará a atuação em ações fundamentais para o país, como a Operação Lava-Jato. Nosso movimento será realizado por 72 horas em defesa dos servidores da Carreira Tributária e Aduaneira, da Receita Federal do Brasil e da qualidade dos serviços prestados pelo órgão à sociedade”, finaliza Seixas.

Câmara confirma inconsistência de denúncias contra prefeito de Belo Jardim e arquiva pedido de impeachment

A Câmara de Vereadores de Belo Jardim confirmou a inconsistência da denúncia e rejeitou, ontem, um pedido de abertura de processo de impeachment contra o prefeito Hélio dos Terrenos. De acordo com a procuradoria do município, o resultado já era esperado, já que as denúncias foram feitas sem fundamentação, tendo apenas conotação política.

Para o procurador do município, Uriel Filho, a decisão dá Câmara de Vereadores confirma e entendimento de não houve qualquer tipo crime cometido pelo prefeito Hélio dos Terrenos. “O pedido de impedimento teve conotação mais politica. As denúncias não tinham sustentação. Esse foi também o entendimento dos vereadores”, destacou Uriel Filho.

Nove vereadores a favor do arquivamento do processo de impedimento: Tenente (PTB), Euno Andrade (PSDB), Evandro Macarrão (DEM), Zé Gury (MDB), Dapaz (PSB), Marco Buchudo (PSB), Bruno Galvão (PT), Claudemir Paulino (PSB) e Zé Pereira (PSB). Apenas cinco parlamentares votaram pela abertura do processo: Marcelino Monteiro (MDB), Pitomba da Lotação (DEM), Gilvandro Estrela (PV) e Nilton Senhorinho (PSB).

Sesc realiza projeto “Viajando no Mundo da Literatura” nesta sexta

Viajando no Mundo da Literatura

Para promover a literatura e incentivar as práticas literárias, o Sesc Ler Surubim promoverá, nesta sexta-feira (04), o projeto “Viajando no Mundo da Literatura”. Aação acontece na unidade, das 8h às 17h, e oferecerá momentos de contação de história, apresentações teatrais, empréstimo e trocas de livros. A entrada é gratuita.

A iniciativa tem o objetivo de incentivar a leitura através da contação de histórias e teatralização. Aatividade é aberta à comunidade, mas tem como público-alvo os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental. “Cada turma trabalhou um autor diferente. Os temas estão bastante diversificados, entre eles, serão abordados contos, fábulas, crônicas e cantigas de roda”, afirma Tatiana de Moura, orientadora pedagógica da unidade.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 19 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Teatro Geraldo Barros recebe o espetáculo “Um minuto pra dizer que te amo”

Com enredo que consolida uma trajetória de vida, memória, narrativa e morte, o espetáculo “Um minuto pra dizer que te amo” será apresentado no Sesc Arcoverde nesta sexta-feira (4/5) e no sábado (5/5), dentro do projeto Temporada Casa de Espetáculos. A montagem, que conquistou seis troféus no Prêmio Apacepe de Teatro e Dança, tem direção assinada por Rudimar Constâncio e é uma produção do Matraca Grupo de Teatro, do Sesc Piedade. As apresentações vão acontecer no Teatro Geraldo Barros, sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 10, mas os comerciários e seus dependentes têm desconto e vão pagar R$ 5.

Em cena é abordado de forma poética e contemporânea o Mal de Alzheimer. No palco, o universo de duas mulheres: a mãe de Lúcio e Amélia, uma cuidadora contratada, que, por meio da música, criou pontes capazes de trazer de volta as lembranças da mãe de Lúcio. Ao mesmo tempo, acontece o encontro de pai e filho, no mesmo espírito de amor e respeito. Os personagens entram em uma aventura lúdica em busca das melhores lembranças e se deparam com conflitos e a certeza que só o amor transforma a adversidade da doença.

O elenco é formado pelos atores Carlos Lira, Célia Regina, Vanise Souza, Douglas Duan, Lucas Ferr e Marinho Falcão. “A montagem pretende trazer a reflexão sobre a memória e o Mal de Alzheimer, além de falar sobre os sentimentos comuns a quem possui ou não a doença”, explica o diretor Rudimar Constâncio.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 19 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.