Tamandaré Fest é a atração do verão no litoral pernambucano

A praia de Tamandaré, uma das mais famosas do litoral do Nordeste, será literalmente invadida por turistas e visitantes que vão participar do Tamandaré Fest 2017. O evento acontecerá nos três primeiros sábados de janeiro, nos dias 7, 14 e 21, dando boas-vindas ao ano novo.

O Tamandaré Fest é considerado o maior festival de verão realizado no estado de Pernambuco e um dos maiores do Brasil. A festa tem a produção de Sílvio Pontual, Augusto Acioli, Alexandre Gueiros e Bruno Rêgo e tem como marca reunir grandes atrações do cenário nacional.

O público que curte o evento já tem uma grande expectativa por conta do sucesso das últimas edições. Os valores de ingressos variam entre R$ 50 a R$ 175, além da casadinha para os três dias: pista (R$ 100), área vip (R$ 220), tapete vermelho feminino (R$ 330) e tapete vermelho masculino (R$ 380). Em Caruaru, entre os pontos de vendas estão as farmácias Diariamente. Confira a programação:

7 de janeiro
Aviões do Forró
Henrique & Juliano
Marília Mendonça
Avine Vinny
Firma

14 de janeiro
Luan Santana
Maiara & Maraisa
Simone & Simaria
Dorgival Dantas
Mano Walter

21 de janeiro
Bell Marques
Zé Neto e Cristiano
Jonas Esticado
Amigos Sertanejos

Nesse verão cuidado com o câncer de lábio

O câncer bucal vem se agravando cada vez mais e se tornando assim o quinto tipo de câncer mais comum entre os brasileiros do sexo masculino, estimativa essa para o ano de 2016. O Inca (Instituto de Câncer) cita alguns fatores de riscos para o aumento da probabilidade do câncer bucal, como fumo, álcool, exposição solar, má higiene bucal, bem como próteses dentárias mal ajustadas. Pessoas de pele clara possuem menos melanina (pigmento que dá cor à pele) e é essa pigmentação que protege a pele da exposição solar. Assim, os lábios, e a pele como um todo, acabam sofrendo mais.

Mas isso não quer dizer que pessoas de pele mais escura não possam desenvolver o câncer de lábio ou pele, apenas que estão mais protegidas. Já o motivo de praticamente 100% dos cânceres ocorrerem no lábio inferior é devido à maior exposição ao sol. Mas é preciso dizer também que, apesar da exposição solar ser o principal fator, o tabaco e o álcool também possuem papel importante em relação ao câncer de lábio.

Antes as pessoas costumavam ter uma doença prévia nos lábios com potencial de malignização que é a Queilite Actínica. Ela ainda não é um câncer, mas é uma doença que afeta o lábio devido ao sofrimento crônico de toda uma vida exposta ao sol. A Queilite Actínica é bastante comum em profissionais que trabalham expostos ou pessoas que passam muito tempo fora de ambientes fechados. Ela pode permanecer por muitos anos antes de se transformar em um câncer.

Por isso, quando o paciente perceber uma ferida que não cicatriza em até 15 dias, é melhor ele procurar um dentista. E evitar o câncer de lábio não é tão difícil. Além de não fumar e não beber em excesso, devemos nos proteger ao ficarmos expostos ao sol com o uso de chapéu, boné e sombrinhas, além de usar diariamente protetores labiais com fator de proteção solar de no mínimo 15 FPS.

Como evitar a ressaca após as festas de fim de ano

Festas de fim de ano, você sabe como é… muita gente acaba bebendo alguns goles a mais. Essa é uma das épocas em que se consome mais álcool no Brasil, só perdendo para o Carnaval. E quem bebe demais, geralmente passa pelo pesadelo da ressaca no dia seguinte, com os sintomas clássicos de náusea, vômito, cansaço, dor abdominal, dor de cabeça, tremores e tonturas. Depois de se divertir, a pessoa acaba tendo um dia desagradável. Tem como evitar isso? Sim! E o jornal VANGUARDA vai ajudar os leitores.

Em primeiro lugar, é preciso seguir aquele conselho que você já deve ter ouvido: o melhor é não beber, ou se controlar, tomando cerca de 2 cocktails, no máximo. Porém, se você é dos que se empolgam nestas comemorações, veja as sugestões que podem ajudá-lo a evitar a ressaca. Siga as dicas abaixo antes de beber álcool:

Pré-Detox – É importante se preparar melhorando a sua proteção e desintoxicação alcoólica. O objetivo dessa dica é acelerar a habilidade do seu fígado em se desintoxicar: use este protocolo natural antes dos eventos, como pré-detox para o seu corpo. As substâncias abaixo vão te ajudar a se recuperar muito mais rápido!

N-Acetyl L-Cysteina: Aumenta a produção de glutationa, poderoso antioxidante, além de reduzir a toxicidade do acetaldeído, substância formada pela degradação do álcool – e que é 30 vezes mais tóxica que o álcool.

Silimarina: Antioxidante que protege o fígado contra toxinas, incluindo o álcool. Também promove o aumento de glutationa, que ajuda na proteção e recuperação das células hepáticas.

Magnésio: Esse mineral é extremamente depletado com o consumo de álcool, ou seja, você o perde quando bebe. Por isso, e pelo fato do magnésio ter ação anti-inflamatória, ele ajuda na redução dos sintomas de ressaca.

Vitamina C: É mais eficiente que a silimarina em proteger o seu fígado. Essa vitamina é a mais depletada com o consumo de álcool, e é importantíssima, pois protege o seu fígado contra o estresse oxidativo induzido pela bebida alcoólica. Portanto, consuma muita vitamina C neste período, especialmente antes das festas.

Ácido Alfa Lipoico: Poderoso antioxidante e regenerador de célula hepática, devendo ser, com certeza, utilizado preventivamente neste período.
Fornecer todos esses suplementos antioxidantes ao seu organismo manterá seu fígado protegido e ajudará para que o álcool seja eliminado rapidamente. Use esse pré-detox para aproveitar melhor o fim de ano.

Hidrate-se bem – Para cada bebida alcoólica que tomar, consuma 1 copo de água. Antes de deitar, beba mais um copo de água. Dos grandes! Alimente-se antes e durante o uso de bebidas, pois quando você bebe de estômago vazio, o álcool é absorvido muito rapidamente, causando a ressaca. Consuma ao menos um lanche, como queijo. Tome uma colher de óleo de oliva antes de beber, pois isso reduz a absorção do álcool. Beba água de coco antes de deitar e ao levantar, o que ajuda muito a repor eletrólitos perdidos.

Hora de parar – Quando você começa a ficar com zumbido ou tontura é sinal que você não está conseguindo metabolizar o álcool efetivamente.
Agora, se a ressaca já o pegou, o melhor a fazer é: tomar um caldo de carne e água de coco. Não vá na conversa de que se cura ressaca bebendo mais… isso só vai prorrogar a sua ressaca! Beber esporadicamente certamente não vai lhe causar muitos danos, mas lembre-se que pode lhe causar agressões cerebrais.

Todo cuidado é pouco para evitar os incômodos efeitos da tão temida ressaca. É como se fosse preparar o seu organismo para uma festa que dura dois dias, o dia 31, com o réveillon, e o 1º de janeiro, que é sempre feriado no nosso país e significa uma data para confraternizações entre famílias. Portanto, antes de ir para a festa, coma alimentos ricos em carboidratos, como uma massa, ou frutas com vitamina B6, a exemplo de banana. Uma pesquisa publicada no norte-americano “Quarterly Journal of Studies on Alcohol” mostrou que doses altas de vitamina B6 são capazes de reduzir os futuros sintomas da ressaca.

Outro cuidado é na hora de escolher qual bebida você irá consumir durante toda a comemoração. Misturar vários tipos de bebidas é a receita do desastre para sua saúde. Também não adianta ingerir algo com teor alcoólico mais leve, porém, em grande quantidade. Antes de decidir o que beber, lembre-se das reações do seu corpo nos anos anteriores. Uma dica importante é que fique longe de conhaque, wisky e licores escuros
Eles tendem a entrar mais rapidamente na corrente sanguínea. O consumo de água é indispensável porque ele dilui o álcool e reduz as chances de intoxicação. Tenha uma festa de virada de ano bem seguindo outras orientações:

*Tome um pouco de ar fresco – Dê um tempo na festa, vá até alguma área aberta e dê umas voltinhas, mesmo que o espaço seja pequeno. Vai ajudar seu metabolismo a acelerar.

*Evite alimentos condimentados – Esqueça comida muita temperada ou apimentada que pode prejudicar o estômago e deixa-lo mais sensível à bebida.

*Evite beber demais – Recomenda-se de 3 a 4 drinques por noite para mulheres que querem evitar a ressaca, mas se você exagerar, esqueça bebidas alcoólica pelas próximas 48 horas. Dizem que o organismo do homem é mais resistente ao álcool, mas vai depender de cada organismo.
*Beba muita água antes de ir para a cama – Isso ajuda a atenuar a desidratação provocada pelo álcool.

ARTIGO — Insanidade

Por Maurício Assuero

A ideia inicial era aproveitar este espaço para um balanço da economia brasileira este ano, mas diante da insanidade do governo com a Medida Provisória ? 764, publicada no dia 27/12/2016 no Diário Oficial, a gente vê que o governo realmente se supera no exercício supremo da burrice. O que mais espanta é a concordância do presidente do Banco Central e do ministro da Fazenda. Que Temer não entenda o que está fazendo, até se aceita porque ele não tem afinidades com números, mas os outros, não.

A medida visa diferençar preços para pagamento à vista, ou seja, se um produto custa R$ 100,00, vc pode pagar, à vista e em dinheiro, digamos, R$ 90,00. Se for pagar com o cartão então o preço seria R$ 100,00. Lindo, não? Até parece que é isso que irá ocorrer na prática! Na verdade, a tendência é funcionar assim: o preço à vista é R$ 100,00, mas se você pagar com o cartão, então você paga R$ 110,00, ou mais. A medida além de não contribuir para redução dos juros cobrados pelas administradoras, não considera que a renda do trabalhador está em declínio. As pessoas, não irão de dispor de recursos para pagamento à vista (é por essa razão que toda economia tem as linhas de créditos disponíveis).

Dentre as razões para que a taxa praticada pelas administradoras seja alta vamos destacar duas: a primeira é que as administradoras usam empréstimos de conta corrente garantida como lastro de suas operações, ou seja, elas tomam dinheiro emprestado aos bancos e com isso a taxa praticada pelos bancos é base de custo para elas. Assim, se diminuir esta taxa, obviamente haverá impacto na taxa para o cliente. Adicionalmente, isso iria favorecer a redução nos encargos financeiros aplicados sobre o saldo devedor e sobre as possíveis renegociações. A segunda questão é uma lei do mercado: a taxa é alta porque o risco de inadimplência e de perdas é alto. E tudo isso remonta a uma única coisa: renda em declínio.

O mais interessante é que o presidente do Banco do Brasil disse, em alto e bom tom, que os bancos públicos não puxarão juros para baixo. Devemos nos lembrarmos que Dilma impôs ao BB e a CEF, redução de juros e esperou ser seguido pelos bancos privados. Isso afetou o valor de mercado dos bancos porque as ações caíram. Agora, o BB diz não e diz de forma muito coerente.

Lamentável o que faz este governo perdido. Nenhuma das ações propostas por Temer tem impacto positivo na economia, no curto prazo. A retomada do emprego é ponto decisivo para a economia voltar a crescer. Temer faz, exatamente, o contrário.

FUTEBOL: Central e Porto farão estreia na Copinha

Os dois representantes de Caruaru na Copa São Paulo de Juniores entrarão em campo no decorrer da semana pela primeira rodada. Compondo o grupo 23, o Central enfrenta logo na estreia o Flamengo – atual campeão do torneio. A partida envolvendo os adversários ocorrerá nesta quarta-feira (4), a partir das 20h (horário de Pernambuco), no Estádio Anacleto Campanella. No mesmo dia, mas um pouco mais cedo, às 15h, o Porto encara o Criciúma, no Estádio Distrital do Inamar, em confronto válido pelo grupo 30.

Também presentes na competição, o Náutico duela com o Vila Nova, nesta terça-feira (3), às 15h, no Estádio Tanabi; o Sport mede forças com o Batatais, no mesmo dia e horário, no Estádio J.D Martins, enquanto o Santa Cruz enfrenta o XV de Piracicaba, também nesta terça e às 15h, no Estádio Novelli Júnior. Os três times da capital estão integrando, respectivamente, as chaves 2, 8 e 16. De acordo com o regulamento, desta vez se classificarão para a próxima etapa da competição apenas os vencedores dos 30 grupos.

FUTEBOL: Trio de ferro da capital com mudanças para 2017

Pedro Augusto

A partir desta semana, a expectativa é de que Sport, Santa Cruz e Náutico iniciem os seus trabalhos dentro de campo já visando às participações nos campeonatos Pernambucano e do Nordeste. Com desfechos diferentes ao término da temporada 2016, os três maiores clubes do Estado deverão começar os preparativos de olho nas competições que virão pela frente com algumas mudanças em relação aos últimos elencos e às comissões técnicas. Garantido na Série A do Brasileirão em 2017, o Leão é dos três que menos apresentará modificações para a torcida. De presidente novo – o advogado Arnaldo Barros foi eleito no dia 16 de dezembro –, o time da Praça da Bandeira fez questão de manter uma boa base para o próximo ano.

Além de garantir a permanência de atletas bastante conhecidos da nação rubro-negra, como o goleiro Magrão, o zagueiro Durval e o meia Diego Souza, o novo mandatário do clube ainda decidiu apostar na efetivação do até então técnico interino, Daniel Paulista. Responsável por comandar a equipe nas últimas rodadas do Brasileirão 2016, quando juntamente com o elenco conseguiu livrar o Sport do rebaixamento, Daniel ficará à frente do chamado “grupo titular” que voltará as suas atenções apenas para a Copa do Nordeste. Já o plantel do Pernambucano contará com o trabalho de outro profissional ainda a ser anunciado. Em relação aos reforços, a diretoria está tentando fechar a contratação por empréstimo do atacante Henrique Dourado – vinculado ao Fluminense.

Em crise financeira e rebaixado para Série B, o Santa Cruz dará início à pré-temporada 2017 com um novo comandante. Trata-se do ex-técnico do Figueirense, Vinícius Eutrópio, que terá a árdua missão de montar uma equipe com menos da metade do orçamento de 2016, lidando também com a debandada de diversos jogadores que se destacaram nesta última temporada, a exemplo dos atacantes Keno e Grafite, além do meia João Paulo. Ainda sem conseguir renovar os contratos dos poucos atletas que demonstraram interesse de permanecer no Arruda e também tentando sanar os salários atrasados dos funcionários do clube, a diretoria coral havia anunciado apenas duas contratações até o fechamento desta matéria: o goleiro Júlio César (ex-Náutico) e o zagueiro Bruno Silva (ex-Oeste).

Pelas bandas dos Aflitos, o clima também é de mudança. Sem conseguir o acesso à Série A, apesar das chances claras, o Náutico tentará em 2017 interromper a série de fracassos que vem lhe acompanhando há várias temporadas. Para isso, a diretoria decidiu apostar no retorno do técnico Dado Cavalcanti. Além disso, vários jogadores que fizeram vergonha na última rodada da Série B 2016, quando perderam para o Oeste por 2 a 0, em plena Arena Pernambuco, acabaram não tendo os seus contratos renovados, como o zagueiro Rafael Pereira, o lateral Gastón Filgueira, o meia Vinícius e o atacante Bérgson. Para os seus lugares acertaram os defensores Ewerton Páscoa (ex-Ceará) e Thiago Alves (ex-Ponte Preta), além dos avançados Thomas (ex-Joinvile) e Anselmo (ex-Fortaleza).

/**/

Mensagem de fim de ano de Bruno Lambreta

IMG-20161220-WA0090É com um imenso carinho, que desejo a todos os caruaruenses um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de muita paz e amor nos corações. Que neste fim de ano possamos refletir ainda mais sobre o sentido do Natal e sua importância na vida de todos nós.

Agradeço também a todos aqueles que confiaram e depositaram seu voto no nosso projeto para Caruaru, que a partir de 2017 começa a tomar ainda mais força. Obrigado e boas festas.

Viúva ofereceu 80 mil reais pela morte do embaixador

VEJA 

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) reuniu um conjunto de evidências de que o assassinato do embaixador da Grécia, Kyriakos Amiridis, de 59 anos, foi tramado em detalhes pela viúva.   Uma delas está no depoimento de um dos envolvidos. Eduardo Moreira Tedeschi de Melo, sobrinho do policial militar e assassino confesso Sérgio Moreira Filho, contou à polícia que na manhã da última segunda-feira, dia 26, ou seja, horas antes do assassinato, a embaixatriz Françoise Amiridis ofereceu 80 000 reais para que ele ajudasse o tio a executar o plano.

Sérgio é apontado como executor do assassinato e está preso temporariamente, junto com seu primo, Eduardo Moreira Tedeschi de Melo, e Françoise, de quem era amante.

Em depoimento, Sérgio contou que foi até a casa deles, em Nova Iguaçu, para tomar satisfações do diplomata, já que Kyriakos teria agredido a esposa dias antes. Ela estaria no shopping naquela noite. Os dois teriam brigado e o policial teria matado o grego em legítima defesa, de acordo com suas declarações.

“O depoimento do Eduardo não deixa dúvidas de que foi tudo tramado. Tanto que naquela manhã ela ofereceu 80 000 para que ele ajudasse o tio no plano”, explica um investigador.

Apesar das confissões parciais de Sérgio e do sobrinho Eduardo, a Policia Civil tenta montar um quebra-cabeça intrigante de um macabro triângulo amoroso. A DHBF já sabe, por exemplo, que Françoise chegou à casa no dia 18 de dezembro, enquanto Kyriakos só veio de Brasília no dia 21. Nesses três dias, Sergio e Françoise dormiram juntos na casa. Aos policiais, o PM chegou a contar  que frequentava a casa da amante até mesmo quando o embaixador estava em casa dormindo.

Até agora, Françoise nega qualquer participação no plano para matar o marido. Ela contou, no entanto, que constantemente era agredida pelo marido, a quem descreveu como agressivo, arrogante e que “estava sempre bêbado”. Os investigadores sabem que, naquela noite de segunda-feira, ela saiu de casa até que Sérgio matasse o embaixador e tirasse o corpo de lá para desovar em outro local. A causa da morte ainda não foi definida. Sabe-se apenas que os vizinhos não ouviram qualquer disparo de arma de fogo.

No sofá havia marcas de sangue e, mesmo tendo o local do crime sido lavado, a perícia com luminol também detectou vários pontos com vestígios de sangue. Dentro da casa o PM enrolou o corpo de Kyriakos num lençol e colocou dentro do carro que o grego havia alugado. Depois, atirou-o debaixo do Arco Metropolitano e ateou fogo ao veículo com a gasolina que havia comprado mais cedo.

Lava-Jato: fim de gestões para reaver R$ 10,1 bilhões

O Globo

Em um ano conturbado na economia e na política, com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e o agravamento da recessão, a Lava-Jato avançou de forma expressiva, tendo como marca o maior acordo de delação premiada da história, o da Odebrecht. Ao longo de 2016, 17 operações policiais foram realizadas, que resultaram em 20 denúncias por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa — cinco a mais do que em 2015, que teve 15 ações policiais. Com uma lista de 71 delatores e a adesão de sete empresas a acordos de leniência, a operação entra em seu quarto ano com negociações concluídas para recuperar de criminosos R$ 10,1 bilhões, além de ter bloqueado o equivalente a R$ 3,2 bilhões em bens dos acusados.

No total, 24 pessoas estão atrás das grades, das quais 14 já foram condenadas e dez cumprem prisão preventiva. Outras dez pessoas estão em prisão domiciliar. Entre os condenados presos estão quatro políticos — o ex-ministro José Dirceu, o ex-senador Gim Argello, os ex-deputados Pedro Corrêa e André Vargas — e dois empresários, Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro, da OAS. O herdeiro do Grupo Odebrecht, que assinou acordo de delação premiada, deve permanecer na prisão por mais um ano.

As informações da empreiteira devem gerar novas operações em todo o país, a exemplo do que ocorreu com o ex-governador do Rio Sérgio Cabral, que teve esquema de corrupção atribuído a ele desvendado depois que a empreiteira Andrade Gutierrez e outros delatores passaram a colaborar com a Justiça, no que se tornou a primeira parceria da força-tarefa de Curitiba com o grupo formado no Rio.