Pagode romântico promete agitar cena musical de Caruaru

Está marcado para o dia 23 de novembro, na Arena Caruaru, o show de lançamento do DVD de um dos principais nomes da nova geração do samba e pagode nacional, o cantor e compositor Ferrugem. O artista traz a Caruaru a turnê de lançamento de seu primeiro DVD: “Prazer, eu sou Ferrugem”.

O show reúne músicas de seus dois primeiros álbuns, “Climatizar” e “Seja O Que Deus Quiser”, além de diversas canções inéditas. Entre os destaques, está a faixa “Pirata e Tesouro”, que foi o samba mais ouvido durante o Carnaval 2018, segundo a Billboard Brasil. Sucessos como “Eu Juro”, “Ensaboado” e “Minha Namorada” também fazem parte do repertório, mostrando as diversas faces de Ferrugem, passando pelo pagode romântico até chegar na animação do samba-rock.

Na mesma noite, também se apresenta o cantor Péricles, ex-vocalista do grupo Exaltasamba, conhecido como o maestro do samba, que vem com seu show dirigido por Lázaro Ramos, a primeira investida do ator global no segmento. O cantor vai apresentar sucessos da época do Exalta e canções que fazem parte do projeto ‘Deserto da Ilusão’, lançado no ano passado. Completando o time do pagode, a banda recifense Beleza Pura e os caruaruenses do Grupo Nuwe.

Os ingressos já estão à venda, na Arena Caruaru e na banca Terceiro Mundo. Os valores variam de R$ 35,00 a R$ 500,00, dependendo do setor. Os camarotes especiais, open bar para 10 pessoas, custa R$ 3.000,00.

A Arena Caruaru tem capacidade para receber um público de 10 mil pessoas, dispõe de 12 camarotes climatizados e mobiliados, baterias de banheiro também com ar-condicionado, arena, front stage, mesas premium e área exclusiva de open bar, bem como um novo estacionamento com capacidade para 2.500 veículos. O open bar vai contar com água, refrigerante, whisky, vodka, caipirinha, Pitú Cola e catuaba.

Outras informações e reservas através do telefone: (81) 3721-7744

Projeto Transformar realiza Baile de Debutantes em Caruaru

No dia 30 de setembro, dez adolescentes de escolas municipais e estaduais de Caruaru, tiveram o sonho da festa de 15 anos realizado. O Baile de Debutantes aconteceu na casa de eventos, Fullano Hall, e foi mais uma ação promovida pelo projeto ‘Transformar’. A seleção das jovens aconteceu nas escolas Erem Maria Auxiliadora Liberato, ETI Prefeito João Lyra Filho e na Escola Professor José Leão.

A coordenação das instituições, propôs que as meninas fizessem um texto contando a trajetória de vida de cada uma, até os 15 anos. “Para que assim, conseguíssemos conhecer um pouco da história delas, podendo identificar se iriam ter ou não uma festa de debutantes, ou mesmo se havia esse sonho”, conta o idealizador e coordenador do projeto, Antenôr Neto.

As debutantes passaram o dia no Hotel Village Premium, com duas equipes de salão de beleza. Depois de prontas, seguiram com o grupo do Clube do Automóvel Antigo de Caruaru (CAAC), em dez Fuscas, até o local do evento. O Baile contou com as apresentações do Dj Willy Santos e da cantora Adelma Costa.

O projeto Transformar iniciou em 2015, a partir do desejo compartilhado entre amigos, de promover ações sociais nas comunidades de Caruaru e região, onde pudessem proporcionar momentos de atenção e carinho para as famílias.

“Queremos incentivar toda sociedade a fazer ações desse tipo, pois é muito gratificante receber o sorriso de satisfação de cada pessoa envolvida. Neste ano, iremos fazer algo maior do que já preparamos, no Baile de debutantes teremos a oportunidade de realizar sonhos, e isso não tem preço”, afirmou o coordenador do ‘Transformar’.

Conheça o projeto através das redes sociais: Instagram – @projetotransformar Facebook – projetotransformarpe. Para mais informações ou parcerias entrar em contato pelo número: (81) 9 9296-6545 ou E-mail: projetotransformar@hotmail.com

“Advogado foi morto a mando da ex-esposa e do ex-cunhado”, aponta Civil

Pedro Augusto

Se não bastasse a cena de terror recente, a menina que viu o próprio pai sendo assassinado a tiros em plena luz do dia, no último mês de julho, em Caruaru, será, agora, obrigada a superar, mesmo que de forma inconsciente, a mais um trauma, provocado, segundo as investigações da Civil, por componentes da sua própria família. Em coletiva realizada na manhã da última segunda-feira (1º), no auditório da Diretoria Integrada do Interior 1, a polícia confirmou que o advogado André Ambrósio Ribeiro Pessoa, de 46 anos, teria sido executado com cinco disparos na cabeça a mando de sua ex-esposa e mãe de sua filha, Isadora Ferreira de Almeida, e do seu ex-cunhado, José Isaac Ferreira de Almeida.

De comum acordo, segundo as investigações da Civil, eles teriam contratado o pistoleiro e traficante Ramon Reis da Silva, que era foragido do estado do Sergipe, para efetuar os tiros. O pistoleiro teria acionado, em seguida, os comparsas Emerson Henrique de Azevedo e José Jameson de Sales, que ficaram responsáveis por dar fuga ao executor. Eles estariam no automóvel que teria sido utilizado no homicídio que acabou ganhando repercussão nacional. O veículo foi encontrado, posteriormente, totalmente incinerado, no município de Cupira, também no Agreste do Estado.

De acordo com o titular da 20ª Delegacia de Homicídios, Rodolfo Bacelar, que esteve presidindo o inquérito, André Ambrósio teria sido impiedosamente assassinado devido a desentendimentos com os supostos mandantes. “Ele estava separado havia cinco meses da Isadora e queria reatar, mas a suspeita não quis. Sendo assim, ele passou a ameaçar não só ela como também o seu ex-cunhado de que iria delatar à polícia as falcatruas que vinham acontecendo na empresa dos dois, no qual o advogado possuía participação. Desta forma, a dupla de irmãos decidiu cometer a queima de arquivo”, descreveu.

Segundo informações apuradas pela reportagem VANGUARDA, os supostos mandantes estariam utilizando o empreendimento para lavar dinheiro. Isadora foi presa na manhã da segunda, no Bairro de Boa Viagem, no Recife, e já se encontra à disposição da Justiça na Colônia Feminina de Buíque. Outro integrante da suposta quadrilha que está preso é Ramon Reis, que foi recolhido ao presídio no último dia 9 de agosto. Contra ele, já havia um mandado de prisão em aberto em Sergipe devido à prática de homicídio e tráfico de drogas. Ele já foi conduzido ao estado de origem.

Em contrapartida, até o fechamento desta edição, José Isaac, Emerson Henrique e José Jameson permaneciam foragidos. Quando capturados, eles também responderão pelos crimes de homicídio duplamente qualificado (quando se há a intenção de matar) e formação de quadrilha. Os supostos envolvidos poderão pegar até 30 anos de prisão. “Eles negam a participação, mas, conforme o que apuramos, o José Isaac teria contactado os demais comparsas com o consentimento da Isadora. O Isaac ficou monitorando e repassando aos três integrantes do carro os últimos passos do advogado. Os irmãos decidiram matar a vítima em frente à casa da sua própria mãe, justamente para não chamar a atenção da polícia”, acrescentou Rodolfo.

Mas acabaram, segundo ainda o delegado, subestimando as investigações da Civil. “Apesar de terem tido o ‘trabalho’ de contratar um pistoleiro de fora do Estado, desconfiamos dos envolvimentos dos irmãos, logo no início das investigações, porque em quase 100% dos casos o executor não costuma deixar testemunhas oculares. E foi o que aconteceu neste homicídio. Para quem não recorda mais, durante o crime, o Ramon acabou poupando a vida da babá, que é prima da dupla de irmãos, e da própria menina, que se encontravam na companhia do José Ambrósio. O executor ordenou para que o advogado entregasse a criança à cuidadora e, em seguida, efetuou os disparos”, relatou Rodolfo Bacelar.

Informações que possam levar às prisões dos três foragidos podem ser repassadas para o Disque-Denúncia através dos telefones 3719-4545 (Agreste) e 3421-4545 (Recife e RMR).

Relembre o caso

André Ambrósio morava no Recife e foi executado com tiros na cabeça no último dia 12 de julho, no Loteamento Itamaraty, no Bairro Kennedy, em Caruaru. Na ocasião, o Samu foi acionado, mas, ao chegar até ao local, o serviço constatou a morte do advogado. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal de Caruaru.

Separado da esposa há alguns meses, André veio na data até Caruaru, especialmente para visitar a filha de um ano e seis meses, onde pegou a criança com a babá e foi até um centro de compras. Ao retornar para deixar a filha na casa da avó materna, estacionou o seu veículo, um Hyundai Santafé blindado, e, ao sair do carro, abriu a porta traseira do lado do passageiro para que a cuidadora saísse com a criança.

Neste instante, o advogado foi surpreendido com a chegada de um homem, a pé, que ordenou para ele entregar a filha à babá. Em seguida, o homem mandou André se ajoelhar e o matou na frente da menor e da mulher.
O corpo dele foi enterrado, posteriormente, na capital pernambucana.

Celebração e festa marcaram o encerramento dos Jogos Escolares

A noite da última quarta-feira (3) foi de celebração no evento de encerramento dos XVII Jogos Escolares Municipais de Caruaru (JEMC). Alunos-atletas, famílias, técnicos e professores se confraternizaram na quadra da Escola Municipal Professora Laura Florêncio, no Bairro do Salgado, para o evento de divulgação dos resultados e entrega dos troféus.

A programação seguiu um protocolo simples com a exibição, em telão, de um vídeo dos melhores momentos dos jogos desta edição, seguida por uma homenagem do aluno José Henrique Leandro de Macedo, do sexto ano da Escola Municipal Dom Bernardino Marchió, representando todos os atletas participantes dos XVII JEMC 2018. Depois vieram as apresentações culturais dos projetos de arte-educação desenvolvidos pelas escolas municipais Professor Luiz Pessoa da Silva e Professor Kermógenes Dias de Araújo, acompanhados pelo coreógrafo Marcos Mercury.

Os alunos da Escola Municipal Professor Leudo Valença também se apresentaram com um grupo percussivo acompanhado pelo professor Sérgio Félix. O professor de educação física Elionaldo José da Silva, responsável pela coordenação, tendo atuado em diversas edições anteriores dos JEMC, foi o homenageado desta edição, recebendo um certificado especial em nome dos demais colegas que atuaram no evento deste ano.

Em sua fala, o secretário de Educação, Rubenildo Moura, ressaltou a tradição dos jogos escolares que marcaram por muitos anos a cidade de Caruaru e que foram retomados, no ano passado, no primeiro ano de gestão da prefeita Raquel Lyra. “Com a volta dos jogos escolares em 2017, tivemos a participação de 4000 alunos, que, em 2018, passou para 5.228, o que demonstra o interesse que a criança tem pelo esporte e o incentivo que a gestão municipal tem dado aos esportes, garantindo a todos o material adequado para o desenvolvimento das práticas, em suas diversas modalidades”, destacou Rubenildo.

“O saldo foi totalmente positivo. Caruaru só tem a ganhar porque esporte é cidadania e inclusão, acima de tudo. A prática do esporte promove emancipação. Os alunos estão de parabéns pela grande e linda festa que eles fizeram nos jogos escolares de 2018”, ressaltou a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Perpétua Dantas.

Os Jogos Escolares Municipais de Caruaru 2018 foram promovidos pela Prefeitura de Caruaru, através das secretarias de Educação e de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, por meio da Gerência de Esportes e Lazer. Foram entregues aos campeões no final da realização de cada categoria por modalidade mais 2.300 medalhas de primeiro, segundo e terceiro lugares. De troféus, foram 125, entre eles o que foi presenteado, de forma simbólica, ao Centro Educacional Marluce, a escola com maior número de participantes nos Festivais Esportivos, representando as demais instituições que participaram.

A edição 2018 dos JEMC contou com mais de 5.222 alunos-atletas participantes de 96 instituições de ensino público e privado da cidade, divididos em cinco categorias nos gêneros masculino e feminino, atendendo a faixa etária de seis a 19 anos. Das 14 modalidades esportivas atualmente oferecidas, cinco foram de esportes coletivos e nove de individuais, sendo todas elas futsal, futebol de campo, voleibol, handebol, basquetebol, natação, atletismo, judô, karate, xadrez, tênis de mesa, badminton, vôlei de praia e bocha paralímpica.

Resultados
Os troféus dos campeões gerais da competição foram entregues por rede. Sendo assim, foram campeões a Escola Municipal Dom Bernadino Marchió pela rede municipal, a Escola Estadual Professora Elizete Lopes, pela rede estadual, e o Colégio Criativo pela rede particular de ensino.
Instituições campeãs gerais por modalidade:
Futsal – Escola Mário Sette;
Handebol – Colégio Municipal Luiz Pessoa;
Voleibol – Colégio Criativo;
Basquete – Colégio Interativo de Caruaru;
Futebol – Escola Municipal Maria Felix;
Judô – Escola Municipal Dom Bernadino Marchió;
Tênis de Mesa – Colégio Cemaf;
Atletismo – Escola Municipal Dom Bernadino Marchió;
Xadrez – Escola Elisete Lopes;
Badminton – Colégio Cemaf;
Natação – Colégio Sagrada Família;
Karatê – Colégio Franciscano Santa Maria dos Anjos;
Vôlei de Praia – Colégio Criativo;
Bocha Paralímpica – Colégio GGE.

PMC conclui curso do Qualifica com entrega de kits

O Qualifica Caruaru concluiu, na última terça-feira (2), o segundo curso promovido pelo programa no município: manicure e pedicure. As nove alunas que se capacitaram no módulo por completo receberam certificado e kit com o material necessário para começar a trabalhar, composto por tesoura, alicate, afastador de cutícula, esmaltes, acetona, óleo de banana, bolsa descartável para pé e mão, e algodão. O encontro aconteceu no Centro de Qualificação Profissional do Rosanópolis (CQP), no município, e contou com a presença da secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Perpétua Dantas. O primeiro curso concluído pelo programa foi o de Mundo do Trabalho, na terça-feira, dia 25 de setembro.

O curso de manicure e pedicure teve duração de aproximadamente dois meses, e as aulas aconteceram no CQP do Rosanópolis, de 28 de agosto a 2 de outubro, de terça a sexta, totalizando 60 horas. “É uma grande oportunidade para essas mulheres, pois sabemos que o mercado de trabalho é seletivo e exigente, e os cursos do Qualifica têm justamente essa proposta de preparar os alunos com qualidade para que esses profissionais possam ser empregados ou trabalhar de forma liberal”, destacou Perpétua. “Para mim, que já trabalho por conta própria, foi a oportunidade de me profissionalizar, o que vai me ajudar bastante a conseguir um emprego”, citou a concluinte Patrícia Maria da Silva, do Bairro Santa Rosa.

Em breve serão lançadas novas oportunidades no site do programa, onde o candidato poderá se inscrever através do endereço eletrônico http://qualifica.caruaru.pe.gov.br/ e obter mais informações através do 0800-281-3344. O Qualifica Caruaru foi lançado no dia 15 de agosto deste ano, com a proposta de oferecer oficinas profissionalizantes para promover novos conhecimentos e favorecer o ingresso, manutenção ou reingresso dos candidatos ao mercado de trabalho local, ampliando o potencial de empregabilidade dos profissionais.

É uma iniciativa da Prefeitura de Caruaru, que envolve as secretarias de Desenvolvimento Econômico/Economia Criativa, Políticas para Mulheres, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Sustentabilidade e Desenvolvimento Rural, e Educação.

ARTIGO — Só faltava essa

Maurício Assuero

O maluco desvairado presidente dos Estados Unidos resolveu colocar o Brasil nas suas ações ardilosas. Sem muita razão acusou nosso país de ser intransigente no comércio exterior com eles. Na verdade, temos uma política voltada para a proteção do nosso produto e naquele período de formação econômica do Brasil (início do Século XX) tínhamos um programa de substituição às importações. Não fosse isso, o país estava dependente de outros em vários aspectos, inclusive, tecnológico.

Ocorre que as exportações brasileiras são mais fortes em produtos do agronegócio, destacando-se soja e carne, mas temos uma matriz que inclui aço, veículos, etc., ou seja, produtos cuja elasticidade renda é diferenciada comparativamente aos do agronegócio (quantos caminhões de bananas deverão ser vendidos para comprarmos um computador de última geração?). No final das contas, a gente não tem o mesmo padrão tecnológico que eles e o que importamos de tecnologia acaba sendo superior ao que importamos. O fato é que isso vai afetar, ainda mais, a economia brasileira no cenário de incerteza eleitoral.

Nesse sentido, o mercado parece que já se acomodou com a ideia de ter Bolsonaro presidente. A queda na taxa de câmbio, fazendo o dólar voltar para um patamar de R$ 3,85, bem como o aumento da Bolsa de Valores em 3,80% deu sinais claros que isto esta associado a Bolsonaro porque as ações que puxaram a Bolsa para cima são de empresas que seriam privatizadas pelo candidato.

A gente tem dito aqui em vários momentos que dificilmente um candidato será eleito sem o crivo do mercado e na conjuntura atual, nota-se que o mercado não quer saber de Fernando Haddad, embora ainda não tenha valorizado o que significa Jair Bolsonaro. A informação clara é a proposta econômica dele. Em contrapartida, o controle dos bancos para baixar taxa de juros, proposto por Haddad, implica em perda de lucro e nem bancos nem acionistas querem isso. Por isso, essa proposta parece estar enterrada.

Ao longo do tempo, principalmente de 2012 para cá, a economia brasileira passou a sofrer o impacto da derrocada mundial. O desemprego gerado é a maior constatação dos equívocos econômicos e embora se tenha, ainda este mês um presidente legítimo eleito pelo povo, precisamos ter consciência de que ele não vai resolver nossos anseios em 24 horas. No meio de tudo isso, vem Donald Trump jogar gasolina no fogo. Daqui a pouco teremos a 6ª Frota Americana nas nossas costas.

Uma data para colocar os sorrisos nos rostos

Pedro Augusto

Há quem ainda critique as datas comemorativas, chegando a dizer que elas só servem mesmo para alavancar as vendas do comércio. Dedução esta, no mínimo, precipitada, porque mal sabem elas que são justamente nesses dias que várias ações de solidariedade acabam sendo postas em prática, propiciando um pouco de dignidade para aqueles que já haviam até se esquecido de como é sorrir.
Um exemplo disso pode ser visto no domingo (14), quando, ao menos por um intervalo, dezenas de crianças em situação de quase miséria da Rua da Lata, no Bairro São João da Escócia, em Caruaru, vivenciarão momentos de muita alegria, esperança e amor ao próximo. Em conjunto, os projetos filantrópicos ‘Anjos da Noite’ e ‘3 em 1’ realizarão no local a tão esperada festa do Dia das Crianças 2018.

Na programação, muitas brincadeiras com a presença de palhaço, distribuição de lanches, roupas e brinquedos. Todo o volume garantido foi fruto da arrecadação de ambas as entidades, que, com os seus representantes, receberam a equipe de reportagem do Jornal VANGUARDA, na manhã da última terça-feira (3), no endereço da festa.

De acordo com a organizadora do ‘Anjos da Noite’, Monalisa Monick, o Dia das Crianças da Rua da Lata promete bastante emoção. “Pelo o que vocês observaram, a situação destas crianças é muito precária, então proporcionar um pouco de alegria para elas não têm preço. Durante o nosso mutirão, conseguimos arrecadar alimentos, vestuários, calçados, brinquedos e a festa está garantida, mas qualquer ajuda continua sendo muito bem-vinda, haja vista que as necessidades permanecem grandes”, disse.

E Monalisa sabe muito bem disso. Além de se encontrar engajada na organização da festa e de semanalmente realizar vários cortes de cabelo na sede do ‘3 em 1’, que fica também na Rua da Lata, todas as noites das segundas-feiras ela tem percorrido os bairros de Caruaru com o objetivo de matar um pouco da fome de moradores de rua. Para isso, vem contando com o auxílio de demais voluntários, todos engajados na distribuição de alimentos. “Sempre procuramos diversificar o cardápio, ou seja, numa semana sopa, na outra mungunzá e, assim, vamos tentando fazer a nossa parte. Os alimentos são provenientes de doações e as suas produções também. Embora o ‘Anjos da Noite’ tenha iniciado as suas atividades há pouco tempo, um bom volume de pessoas já tem sido beneficiada, o que tem nos deixado bastante felizes!”, destacou.

Felicidade em poder estar ajudando ao próximo também podem ser percebidos nos olhos e nas reações dos mantenedores do projeto ‘3 a 1’, Pedro Bernardino e Sicleide Vanuza. Eles se mostraram satisfeitos e orgulhosos com as ações desempenhadas em meio ao turbilhão de dificuldades a serem superadas diariamente. “O espaço é pequeno, mas aqui muitas crianças estão tendo a oportunidade de escutar a palavra de Deus, de se alimentar e de aprender música. Nas segundas e quartas-feiras, adultos também têm tido a oportunidade de serem alfabetizados através do trabalho voluntário da professora Ivana. Ela vem ensinando os alunos a ler e a escrever, o que tem possibilitado um novo enxergar de mundo para todos os beneficiados. Enquanto estivermos por aqui, faremos de tudo para ajudar a nossa comunidade. A situação é muito precária e só sabe quem convive por aqui!”, comentou Sicleide.

Ela é casada com Pedro, que já vivenciou na pele a dor de viver perambulando pelas ruas. “Quando criança, fui morador de rua e sei muito bem o que é passar frio e fome. Mesmo com todas as dificuldades financeiras possíveis, decidi criar esse espaço, juntamente com a Sicleide, para tentar evitar que outras pessoas passem por todo o sofrimento que tive de enfrentar durante essa época de infância. Com o apoio de voluntários, doadores e demais amigos, o ‘3 a 1’ vem caminhando, o que nos têm enchido de bastante esperança para continuar ajudando cada vez mais o próximo. Esta festa do Dia das Crianças, por exemplo, promete ser inesquecível para a meninada daqui e só temos a agradecer aos contribuintes”, afirmou.

Apesar da festa já estar garantida, toda contribuição possível é sempre muito bem-vinda. Dessa forma, não só o ‘Anjos da Noite’ como também o ‘3 a 1’ se encontram de portas abertas para que os interessados conheçam as suas atividades e realizem as suas doações no que se refere a alimentos, vestuários, calçados, cobertores, produtos de limpeza, brinquedos e livros. Os telefones para contato são: 98996-1181 (Anjos da Noite) e 99346-1305 (3 em 1).

Caruaru Shopping contará com complexo esportivo

Com o objetivo de criar locais para a prática de esportes e, consequentemente, promover um maior bem-estar para a população de todo o Agreste pernambucano, o Caruaru Shopping deu início às obras do seu Complexo Esportivo. O equipamento será inaugurado no primeiro semestre de 2019, com uma área total de 6.000 metros quadrados. O investimento gira em torno dos R$ 5 milhões.

O empreendimento terá dois campos de Fut. 6 (Futebol Society), com 20 metros de largura e 40 de comprimento cada unidade, bem como quadras para Beach Tênnis, Box de CrossFit e uma completa área de lazer e convivência. “O Complexo Esportivo contará ainda com quiosques e um bar exibindo o que há de melhor no mundo dos esportes. Ótima oportunidade para você reunir amigos e familiares”, adiantou Marcus Belarmino, superintendente do Caruaru Shopping.

De acordo com Marcus, uma das finalidades do centro de compras e convivência é aumentar as opções para quem frequenta o local. “Estamos ampliando as opções para o público com novas lojas, um novo hotel e agora uma área destinada à prática esportiva. Vale lembrar que já contamos com academia, boliche e parques infantis. Tudo isso aliado ao conforto e à segurança que o Caruaru Shopping oferece” afirmou.

Ainda segundo o superintendente, o complexo também contará com um aplicativo, onde o frequentador poderá fazer suas reservas e pagamento de locações, seja para o futebol ou outro esporte qualquer, e ainda montar seu time pelo próprio App.

A chegada do Complexo Esportivo também vai movimentar a economia de Caruaru e região. “Estamos preparando muitas novidades para nossos clientes e a qualidade de vida através da prática esportiva é uma delas”, finalizou Belarmino.

Bom para a criançada, bom para o comércio

img src=”http://blogdowagnergil.com.br/vs1/wp-content/uploads/2018/10/VDA5700-640×427.jpg” alt=”” width=”640″ height=”427″ class=”alignnone size-medium wp-image-120241″ />

Pedro Augusto

Uma das datas mais lucrativas para o varejo no segundo semestre já se encontra bastante próxima de ser comemorada – na próxima sexta-feira (12) -, o que promete mais uma vez impulsionar alguns setores do mercado local. Especificamente em relação ao comércio, a expectativa é de que, em 2018, o Dia das Crianças incremente as vendas nas empresas de brinquedos, calçados, vestuários e demais segmentos demandados, em pelo menos 5%, em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com o presidente do Sindicato dos Lojistas de Caruaru (Sindloja), Manoel Santos, a estimativa só não é mais animadora por parte dos comerciantes devido ao momento atual em que o país vem atravessando, ou seja, com todas as suas atenções voltadas para as eleições.

Em entrevista ao Jornal VANGUARDA, na manhã da última terça-feira (2), o sindicalista confirmou a desaceleração recente de consumo. “Ao longo deste ano, temos observado algumas oscilações no que diz respeito ao desempenho do nosso varejo, ora reagindo com faturamentos animadores, ora nem tanto, deixando os lojistas preocupados. Com a proximidade das eleições e essa indefinição ainda no que tange ao nome do novo presidente e demais representantes, verificamos, no último mês, certa desaceleração nas vendas, haja vista que grande parte dos caruaruenses está receosa com qual rumo o Brasil deverá tomar e vem freando o seu consumo. Desta forma, projetamos um crescimento nas vendas de, no máximo, 5% em relação ao último Dia das Crianças”, disse.

Especializada na venda de brinquedos, tanto no atacado quanto no varejo, a Casa Cabral é uma das empresas que já vêm sentindo incremento nas vendas. De acordo com o gerente Adriano Lima, a estimativa é superar o faturamento obtido em 2017. “Nossa meta é de superarmos em até 10% as vendas de brinquedos registradas no Dia das Crianças do ano passado. Para isso, reforçamos o nosso estoque com produtos que atendem a todos os gostos e os bolsos e já estamos contabilizando aumento nas comercializações no atacado como também no varejo. A expectativa é de movimento redobrado já partir deste fim de semana”, avaliou.

Na Agremil, outra empresa especializada na oferta de brinquedos, a demanda de produtos voltados para a data comemorativa também se encontra em ordem crescente. “A tendência é de que, a partir de agora, as vendas aumentem de forma significativa, até porque brinquedo continua sendo o preferido na lista de presentes da criançada e os pais nunca deixam de presenteá-los. Em paralelo, também sempre há aqueles consumidores que costumam comprar este tipo de produto para doá-lo a instituições de caridade e, neste ano, não está sendo diferente. Na Agremil, a procura já se encontra satisfatória e deverá aumentar ainda mais nos próximos dias. Deveremos superar o faturamento do ano passado”, analisou o gerente Leandro Leite.

Assim como o de brinquedos, o setor de calçados costuma faturar alto no Dia das Crianças. De acordo com o gerente Demétrius Souza, a rede de sapataria Muniz costuma ser bastante demandada neste período e em 2018 a tendência também é de incremento nas vendas. “Esta data costuma ser o pontapé inicial para as grandes vendas de fim de ano e nos encontramos otimistas quanto ao faturamento que deverá ser obtido em 2018. Como não poderia ser diferente, nesta época a maior procura está correspondendo a calçados infantis, mas também há demanda por linhas adultas, já que muitos pais costumam pegar o embalo do presente do filhão e acabam comprando também calçados para si. Sempre projetamos superar as vendas do ano anterior e, mesmo ainda com a crise, nos encontramos animados”, comentou.

Clientes

Quem não perdeu tempo e já garantiu o presente do Dia das Crianças foi a estudante Morgana Nascimento. Ela recebeu a “missão” de procurar e adquirir as melhores opções em termos de presente para os afilhados da sua mãe e não decepcionou. “Pesquisei bastante e acabei encontrado o que procurava: bons brinquedos com preços acessíveis. A minha mãe não vai ter do que reclamar!”, disse ela, aos risos.

Na mesma loja, a reportagem VANGUARDA entrevistou a dona de casa Maria Lúcia que, apesar de não ter criança na família, não vai deixar a data passar em branco. “Comprei uma boneca com um precinho bom para a filha da minha vizinha. Vim logo até a loja para não ter que enfrentar a correria e a concorrência das compras de última hora”, afirmou.

Informais

No mercado informal também há comerciantes que se encontram otimistas quanto às vendas do Dia das Crianças 2018. A ambulante Talita Estefani, por exemplo, aguarda ao menos igualar com o faturamento que foi obtido no último ano. “Não só eu que trabalho na informalidade, mas o comércio num todo, está precisando bastante do movimento que é impulsionado pela data. Tenho esperança de que conseguirei vender quase todo o meu estoque de brinquedos até esta sexta-feira”, projetou.

O informal Gilson Silva, que vende vestuários infantis, aguarda movimento redobrado a partir deste fim de semana. “Mesmo com a política, muitas pessoas não vão deixar de vir até o Centro para comprar o presente da criança. Acredito em boas vendas neste sábado (6)”, opinou.